Geral

Charisma, um dos maiores cavalos de CCE do mundo

Publicado

⠀em

Apresentado pelo Neozelandês Mark Todd nas pistas, ele venceu provas importantes por diversas vezes

Charisma, também conhecido como ‘Podge’ e ‘Stroppy’, nasceu em 30 de outubro de 1972. Suas características foram lapidadas pelos sangues Thoroughbred e 1/16 Percheron. Seu pai, Tira Mink, e seu avô paterno, Faux Tirage, eram Thoroughbred.

Sua mãe, Planet, era quem tinha uma ascendência misturada, um pouco de Percheron e outras raças britânicas, advindas de sua mãe, avó materna de Charisma, Kiritea.

A aptidão para o Hipismo também veio de sua linhagem. Planet foi uma bem-sucedida égua de Salto na Nova Zelândia. Sob condução de Sheryl Douglas, tornou-se a primeira égua na Nova Zelândia a saltar o equivalente a sua própria altura.

Charisma

Olimpíadas de Seul – Salto

No entanto, uma lesão terminou sua carreira mais cedo. E ela ficou reservada para a reprodução com o garanhão Thoroughbred, Tira Mink.

Um dos produtos desse cruzamento, Charisma nasceu em uma fazenda de três mil acres, em Wairarapa, porção sudeste da ilha. Mesmo em tenra idade, Charisma sempre foi um animal alegre e fácil de treinar.

Logo foi comprado por David Murdoch, que colocou ainda potrinho em um pasto com cerca baixa. Cerca essa que Charisma aprendeu a pular. Aos quatro anos de idade já tinha também iniciado na reprodução.

A doma dele foi lenta e tranquila. Em 1977, foi comprado por Sharon Dearden, passou a competir com ele em provas de Salto da classe B. Ela o treinou até o nível Intermediário para Concurso Completo de Equitação.

Charisma

Charisma e Mark Todd em Seul – Cross

Embora o conjunto tenha sido cotado para as Olimpíadas de Los Angeles, Dearden decidiu vender o cavalo. A Sra. Fran Clark comprou-o e depois emprestou-o a Jennifer Stobart, que fez algumas provas de Adestramento com ele ‘apenas por diversão’.

Mas foi sob as rédeas de Mark Todd que Charisma tornou-se um sucesso. Virginia Caro foi quem ofereceu o cavalo para Mark montar, já que o dele estava doente. Em maio de 1983, ele passou a treinar o castrado. Charisma estava um pouco gordo naquela época e Mark tentava arduamente manter o peso dele.

Charisma venceu seus dois primeiros eventos sob a condução de Mark Todd. Depois, passaram a ganhar competições importantes, liderando sempre desde as primeiras fases da prova. Acabaram sendo selecionados para as Olimpíadas de Los Angeles.

Da Nova Zelândia, Charisma foi transferido para a Inglaterra em fevereiro de 1984. Contraiu uma doença que nunca mais o abandonou pelo resto de sua carreira. Mas que não atrapalhava seu desempenho. Nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, Mark e Charisma foram bem no Adestramento e, depois do Cross-country, ficaram com o ouro individual.

Após as Olimpíadas, a proprietária do Charisma, Fran Clark, decidiu vender seu cavalo. No entanto, por alguma razão, ela não parecia querer que Mark Todd continuasse a montá-lo. Em 1985, ela ofereceu Charisma à britânica Lizzie Purbrick.

Sabendo que Mark queria continuar com ele, Purbrick propôs um acordo para comprar Charisma sem Fran Clark desconfiar. O patrocinador de Mark Todd, Woolrest, transferiu 50.000 libras para a conta de Lizzie. E assim ela pagou Fran Clark. Mark Todd passou a ser o dono oficial de Charisma mesmo tendo deixado a antiga dona não muito feliz.

Eles continuaram a competir juntos na Inglaterra, perpetuando a longa lista de vitórias. Em todos os mais importantes torneios de CCE, lá estavam eles, sempre nas primeiras colocações. Alguns tropeços houveram pelo caminho, mas eles nunca saíram das manchetes.

Charisma

Charisma e Mark Todd em Seul – Cross

Antes da aposentadoria, Mark e Charisma foram para as Olimpíadas de 1988 em Seul. Foram implacáveis tanto no Adestramento como no Salto, fechando com um Cross-country limpo e ficando com mais uma medalha de ouro individual. Levaram a Nova Zelândia ao bronze por equipes também.

Após o bi olímpico consecutivo, Charisma foi aposentado. Voltou para a Nova Zelândia, onde ficou por um tempo. Em 1995, voltou para a Grâ-Bretanha até sofrer uma eutanásia em 2003 por ter quebrado a paleta no campo na fazenda de Mark, em Cambridge. Ele estava com 30 anos.

Fonte e Fotos: Wikipedia

WordPress Ads
WordPress Ads