Geral

Docs Okie Quixote o segundo a carimbar a NCHA Triple Crown

Ninguém apostava muito nele, mas tornou-se um dos maiores ganhadores de todos os tempos na Apartação

Publicado

⠀em

Antes de mais nada, Docs Okie Quixote foi o segundo animal coroado com a Tríplice Coroa da Apartação nos Estados Unidos. Filho de Doc Quixote (Doc Bar) e Jimmette Too (Johnny Tivio), famoso alazão, nascido em 1980, foi o campeão do NCHA Futurity de 1983, NCHA Super Stakes e NCHA Derby de 1984.

Além disso, o primeiro a alcançar essa marca a ser de propriedade, treinado e apresentado pela mesma pessoa, Joe Heim. Treinador da modalidade Apartação, de Thackerville, Oklahoma, Heim entrou no NCHA Riders Hall of Fame. Assim como Docs Okie Quixote, que figura na lista do NCHA Horse Hall of Fame.

Entretanto, na época havia dúvidas da capacidade do garanhão como um bom cavalo de provas. A vitória no Futurity não dirimiu as dúvidas das pessoas sobre o talento de Docs Okie Quixote. Mas, tudo ficou para trás quando ele ganhou o Super Stakes e em seguida o Derby. “Ele é simplesmente o melhor [cavalo] que já tive. Ele tem tudo – expressão, estilo, habilidade atlética”, comenta Heim.

https://www.youtube.com/watch?v=wdfTzmiGROA

Além disso, tem genética. Joe Heim criou o cavalo junto com a esposa Joice. Eles eram donos de Jimmette Too e possuíam, em sociedade, uma parte de Doc Quixote. Assim, decidiu cruzar a égua com o garanhão e nasceu Docs Okie Quixote.

Encerrou sua carreira nos pistas como um dos maiores ganhadores de todos os tempos, US$ 635.707. Contudo, a história terminou em tragédia. O garanhão morreu em 1986 de complicações de uma cirurgia de cólica logo após sua primeira temporada na reprodução.

“Não só a Tríplice Coroa, mas também Docs Okie Quixote, foram presentes da vida. As chances de acontecer duas vezes com o mesmo treinador são como um raio atingindo o mesmo local”, finaliza Heim.

Fonte: Quarter Horse News
Crédito da foto: Cortesia/AQHA

Veja outras notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads