Geral

Morre Plinio de Rezende Kiehl um dos fundadores do Jockey Clube de Sorocaba

Quartista era conhecido pela qualidade de seus animais com destaque nas corridas

Publicado

⠀em

O criador quartista Plinio de Rezende Kiehl, proprietário do Haras Santa Carolina, em Dourado (SP), faleceu na noite de ontem (20), vítima de câncer, aos 84 anos.

Respeitado criador da raça no Brasil, participou do primeiro Potro do Futuro, realizado em 1978, na cidade de Jaú (SP) e foi um dos fundadores do Jockey Clube de Sorocaba, interior de São Paulo.

Em nota divulgada nas redes sociais, o Jockey Clube de Sorocaba lamentou a morte de Kiehl. “É com extremo pesar que comunicamos o falecimento do nosso querido amigo, criador e proprietário Plinio de Rezende Kiehl. Nossos profundos sentimentos a toda a família, e àqueles que tiveram o privilégio de conhece-lo e fazer parte de sua história”.

Conhecido pela qualidade dos animais de sua propriedade, Kiehl costumava apresentar excelentes exemplares da raça nos leilões que participava.

Sempre atuante com cavalos de corrida, seus animais conquistaram importantes vitórias nas principais provas do país como Potro do Futuro, Megarace, Brazilian Futuriry, Rei e Rainha da Velocidade, entre outras.
 
Kiehl era viúvo e havia perdido seu filho Plínio Kiehl Neto (Plininho), falecido de Covid-19, em março deste ano.

A equipe Cavalus Comunicação lamenta muito e se solidariza com os familiares e amigos de Plinio de Rezende Kiehl.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads