Geral

O Brasileiro de Hipismo é uma raça de cavalos formada no Brasil

A formação do cavalo BH começou com o emprego de éguas nacionais, já adaptadas às atividades de hipismo, com garanhões de linhagens europeias

A partir de algumas das mais importantes linhagens europeias de cavalos de Salto e Adestramento, tais como Hanoveriano, Holsteiner, Oldenburger, Trakehner, Westfalen e Sela Francês, surgiu o Brasileiro de Hipismo, ou BH. Através de cruzamentos entre si ou com exemplares de Puro Sangue Inglês da América do Sul.

Brasileiro de Hipismo
São cavalos que se adaptam às modalidades do Hipismo

Cavalo leve, ágil e de grande porte, tem altura superior a 1,65m, perímetro torácico de 1,90m e perímetro de canela de 21cm. O BH tem cabeça média de perfil reto ou meio curvado, pescoço médio bem destacado do peito e espáduas, cernelha destacada, dorso bem ligado ao lombo e a garupa, membros fortes e andamentos briosos, relativamente elevados e extensos

Os exemplares BH possuem excelente mecânica de salto, coragem, inteligência e elegância nos movimentos. São admitidas todas as pelagens. Suas características o tornam apto para quaisquer modalidades de Salto, Adestramento ou Concurso Completo de Equitação. É um cavalo de trote não muito cômodo. Porém bem ágil e esperto, muito dócil e fácil de lidar.

O desenvolvimento da criação nacional do BH tem despertado o interesse de técnicos alemães, franceses e americanos que incluem nosso rebanho entre os melhores do mundo. O que indica um futuro promissor para o Brasileiro de Hipismo.

Brasileiro de Hipismo
Raça foi alicerçada com éguas nacionais cruzadas com garanhões de linhagens europeias

Tudo começou na década de 1970, quando o criador Ênio Monte resolveu criar uma raça brasileira destinada ao Hipismo. Para tanto, cruzou as raças Orloff, de origem russa, com Westfalen e trakehner, alemãs.

A receita incluiu ainda pequenas doses de PSI, Hanoveriano, Holsteiner e Hackney, pitadas de Oldenburg, Sela-argentina, Sela-francesa etc. Desde então, o Brasileiro de Hipismo vem se firmando nacionalmente.

Quem regulamente a raça é a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo de Hipismo – ABCCH, criada em 1977. Nasceu da firme determinação de um grupo de amantes do Hipismo que se uniram em torno de um ideal comum: criar e desenvolver uma raça de cavalos com aptidão para os esportes hípicos.

Brasileiro de Hipismo
Doda e Aspen em 1996

Ênio Monte foi seu primeiro presidente. Sem fins lucrativos, a ABCCH está encarregada de promover, dentro dos padrões estabelecidos, o desenvolvimento da criação do Cavalo Brasileiro de Hipismo. Atualmente, a ABCCH conta com aproximadamente 370 associados e mais de 23 mil animais registrados.

Além disso, o cavalo BH é o que melhor atende as exigências e necessidades das Polícias Militares, sendo eleito o cavalo com o melhor padrão racial para executar o policiamento montado em diversos Estados da Federação.

Foram cavalos BH participantes nas conquistas das medalhas de bronze alcançadas pela Equipe Brasileira de Hipismo nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, e Sydney, em 2000. Além das três medalhas de ouro por equipe em Jogos Pan Americanos.

Fonte: Wikipedia e Brasileiro de Hipismo
Fotos: Brasileiro de Hipismo