Geral

Três Tambores: 3 erros que você precisa eliminar para tornar-se competitivo em 2021

Claudia Ono fala em sua coluna da semana sobre como você conhecer os problemas que te fazem errar e sumir com eles!

Publicado

⠀em

Chega janeiro e a maioria dos competidores de Três Tambores começa a ‘tirar o pé do chão’ para começar o ano dando resultado. 

Falar em dar resultado parece meio vago, mas para cada um isso tem um significado a curto prazo.

Ter resultado para o cara que corre 18 é cair para 17. Enquanto que para quem não corre é começar a correr. Para quem só derruba é deixar de derrubar.

Mas todos eles querem uma só coisa: vencer!

Então, vamos lá. Vamos entender porque você tem problemas nos Três Tambores. 

Eu considero problema aquilo que você tenta resolver há mais de um mês sem sucesso.

Sintonizou? Você tem um problema?

LEIA TAMBÉM

Passo número 1: elimine as causas dos seus problemas nos Três Tambores e eles sumirão

Pergunte ao seu problema por que ele acontece.

Você ’empaleta’ com seu cavalo? Por que isso acontece?

No momento em que ocorre, como você está posicionado?

Para onde você olha e como usa as rédeas? Tudo é um sinal para o seu cavalo.

Se fosse você lá embaixo correndo, cada puxão na rédea, cada batida de perna, tudo seria interpretado e iria gerar uma reação.

Com o seu cavalo é a mesma coisa.

Se ele começa o no giro antes da hora, eu te pergunto: você sabe onde e como ele deveria entrar?

Portanto, não existe a pílula mágica. Um exercício não fará um cavalo deixar de entrar antes do giro, se você não for absolutamente assertivo com relação aos pontos e ações para o giro ideal.

Se você deseja vencer nos Três Tambores, corra para eliminar seus problemas no percurso.

Todo problema como ’empaletar’, abrir o giro, fazer barriga nas retas, negar giro, perder o equilíbrio, será sempre um impedimento para que o seu tambor deslanche.

Claudia Ono fala em sua coluna da semana sobre como você conhecer os problemas que te fazem errar nos Três Tambores e dar adeus a eles!
Crédito da foto: Divulgação/Taylor Shields

O que nos leva ao passo número 2: coloque metas

Você só chegará ao ponto que determinar. Isso acontece em qualquer área da vida, inclusive nos Três Tambores.

Se você não souber onde quer chegar, provavelmente ficará onde está.

E se você sentir que não pode ir além de um certo ponto, não passará deste ponto.

A mente comanda, acredite!

Então, se você acha que não tem capacidade para dar um 17s0 e que isso não é para você, não fará 17s0.

É incrível que ainda haja resistência a acreditar no poder da mente.

Tantos estudos e comprovações científicas, tantos exemplos e ainda existe dúvida.

Quer ser maior nos Três Tambores do que é hoje?

Comece acreditando que pode ser mais e colocando uma meta.

Vou te dar um exemplo desse poder que você tem e não sabe.

Um atleta da patinação artística pode dar salto com duas voltas no ar. Um double axel. Ele pode fazer isso a todo momento.

Mas quando está treinando ou competindo e na hora de armar o salto vem aquela pequena dúvida que dura um instante. Adeus double axel, o corpo não sobe.

Falo isso de carteirinha, porque já fui patinadora. E isso também acontecia na capoeira.

Por isso, trabalhe o seu mindset. Use a sua mente a seu favor ou ela será um sabotador da sua evolução.

Claudia Ono fala em sua coluna da semana sobre como você conhecer os problemas que te fazem errar nos Três Tambores e dar adeus a eles!
Crédito da foto: Divulgação/WyoSports.net

Passo número 3: olhe para o seu cavalo como um cavalo

Tá ok, eu sei que sabe o que é um cavalo. Mas não sabe QUEM é o cavalo.

Toda a vez que você se irrita porque puxou a rédea de dentro e ele abriu o giro, mostrou que não sabe como um cavalo ‘funciona’.

Busque conhecimento.

Já viu um piloto de F1 que não conhece carros? Que não sabe sobre a dinâmica do movimento? Que não sabe sobre os efeitos causados pela aceleração e desaceleração nas curvas? Não existe!

Se quer ser um atleta de alta performance, tenha conhecimento além do mediano.

Quando um cavalo estufa saindo do giro, preste atenção na rédea de dentro e na mão do competidor e vai ver um cavalo com o pescoço dobrado.

O que isso significa?

Um cavalo de pescoço dobrado perde a estabilidade do seu corpo.

É como você andando sobre um tronco com 15 centímetros de largura e alguém puxando a sua cabeça para o lado. Você vai cair!

Para quem não entende um mínimo sobre cavalos, a única chance de dar certo é deixar para ele o tempo todo e não tentar acionar.

É melhor nenhuma ação do que uma ação equivocada.

O único problema é que dessa forma estará sempre refém de alguém que detenha mais conhecimento.

Trabalhe estes três passos e 2021 será o ano da sua decolagem. E eu espero que seja!

Por Claudia Ono
Três Giros
Crédito da foto de chamada: Divulgação/Monterey Bay Herald

Veja outras notícias no portal Cavalus

Geral

2ª Etapa Copa Wrangler Haras NSG irá distribuir mais de R$ 70 mil em prêmios

Prova ainda terá duas motos Honda, premiação especial para o conjunto que bater o recorde da pista e até o mundial de Três Tambores; inscrições serão abertas no dia 25 de janeiro pelo SGP Sistema

Publicado

⠀em

A pista revelação de 2020, localizada em São Pedro/SP, recebe nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro as disputas da 2ª etapa da Copa Wrangler Haras NSG de Três Tambores. Mais de R$ 70 mil em prêmios serão distribuídos entre as 19 categorias disputadas, sendo que os campeões do Tira Teima e do Feminino levarão para casa uma moto Honda 0 km cada. No caso do Tira Teima, a premiação ainda será em dinheiro até o 5D.

Se não bastasse tudo isso, a prova terá duas premiações especiais, que prometem agitar ainda mais as disputas. Afinal, o conjunto que bater o recorde da pista do Haras NSG, que é de 16s877 (de Anderson da Bezerra na sela de Alestte Zorrero), ganhará um vale compras de R$ 2 mil da Wrangler. E conjunto que conseguir bater o recorde mundial de Três Tambores, que é de 16s374 (de Sidnei Júnior na sela de Game Boy EK), leva para casa uma premiação extra de R$ 20 mil do Haras NSG . E não para por aí, a Wrangler ainda vai coroar essa premiação com um ano de roupa da marca para esse novo recordista mundial.  

Ao todo, a Copa Wrangler Haras NSG de Três Tambores terá cinco etapas, sendo que a primeira foi realizada com grande sucesso em 2020. Para este ano, o Haras NSG e seus parceiros – Wrangler, Botupharma, Classic Equitech, Rações Vale e Embryoland – , preparam uma super premiação para a final da Copa (válida para quem participar de no mínimo 3 etapas).

2ª etapa da Copa Wrangler terá premiação especial para quem baixar o tempo da pista e o recorde mundial – Foto: Divulgação/Haras NSG

Pista rápida e segura

Sem dúvida, a pista do Haras NSG foi a grande revelação de 2020. Afinal, em apenas três provas de Três Tambores realizadas no local, sendo duas da ANTT e a outra a 1ª etapa da Copa Wrangler, já foram registrados dois tempos na casa dos 16 segundos: 16s877 e 16s975. “Isso mostra todo o potencial da pista e dá expectativa de tempos ainda menores. Ainda mais com o incentivo dos nosso parceiros que acreditam no projeto da Copa Wrangler Haras NSG”, garante Alexandre Monteiro, proprietário do Haras NSG, e que delegou a organização da copa para Flávia Cajé.

Mas, além de rápida, o titular do complexo faz questão de frisar que, acima de tudo, a pista é segura. Não tendo sido registrado, aliás, nenhum incidente em nenhum dos eventos que foram realizados no Haras NSG, sejam nos de Três Tambores ou de outras modalidades equestres. equestres. “Nosso complexo é um dos melhores do país e queremos ter em nossa pista também os melhores conjuntos. Por isso, priorizamos a segurança dos animais e competidores para que eles possam dar o melhor de si”, finaliza. Alexandre.

Em apenas três provas, a pista do Haras NSG já registrou dois tempos na casa dos 16 segundos – Foto: Divulgação/Haras NSG

Experiência única

Todo mundo sabe que o Haras NSG surgiu com o intuito de proporcionar uma experiência única, tanto para os competidores quanto para a família que o acompanha durante as provas. Portanto, o local não possui apenas uma grande arena com uma pista oficial, coberta e painel 360º para a realização de provas. Como também um ambiente pensado exclusivamente para oferecer conforto e requinte.

Neste quesito destacam-se os camarotes da arena que acomodam até 20 pessoas. São ambientes com ar-condicionado, sistema de som, todo mobiliado, com choppeira individual e serviço de bar exclusivo. Os interessados em adquirir um dos camarotes durante a 2º etapa Copa Wrangler Haras NSG devem entrar em contato pelo WhatsApp (19) 99966-8398.

Ademais, ainda no sentido de oferecer experiências únicas, o Haras NSG informa que estão previstos shows nas noites dos dias 12 e 13 de fevereiro. Isso no Taberna NSG, que é um American Country Bar, que funciona dentro do complexo.

Sem dúvida, o Taverna NSG proporciona uma experiência única – Foto: Divulgação/Haras NSG

Inscrições para a Copa Wrangler Haras NSG

As inscrições da 2ª etapa da Copa Wrangler Haras NSG serão abertas no dia 25 de janeiro através do SGP Sistema. A expectativa é que o evento supere o número de inscritos da 1ª etapa, realizada em novembro do ano passado, com mais de 800 inscritos.

Antes de mais nada vale destacar que cada competidor irá receber um kit exclusivo da Wrangler. Trata-se de uma bolsa jeans, incluindo camiseta oficial da prova, entre outros brindes dos demais parceiros da prova: Botupharma, Equitech, Vale Rações e Embryoland.

Outras informações sobre a Copa Wrangler podem ser obtidas com a Flávia Cajé, presidente da ANTT e organizadora da prova, pelo telefone (17) 98112-7669.

Instagram: @harasnsg | WhatsApp: (19) 99966-8398 | Site: https://nsg.kidigital.com.br/

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Divulgação/Haras NSG

Veja mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Geral

Cleveland Bay é uma das raças inglesas mais antigas do mundo

Uma raça de cavalos que se originou na Inglaterra durante o século 17

Publicado

⠀em

O Cleveland Bay tem esse nome em homenagem a sua coloração: bay = castanho. Assim como também homenageia o distrito de Yorkshire de Cleveland, Inglaterra. É um cavalo bem musculoso, com pernas fortes. Porém curtas em relação ao corpo. Os cavalos são sempre da cor castanho. Embora alguns pelos claros na crina e na cauda sejam característicos de algumas linhagens.

Um dos mais antigos da Inglaterra, o Cleveland Bay tem ancestrais que desenvolvidos durante a Idade Média. Como resultado, usados como cavalos de carga (tração). Eram puros e derivados da extinta raça Chapman. Os cruzamentos mais na frente, portanto, foram com andaluz e berber. Logo depois, com árabes e thoroughbred. Seu uso em carruagens e passeio selecionou, em seguida, animais mais leves.

Cleveland Bay é uma das raças inglesas mais antigas do mundo. Uma raça de cavalos que se originou na Inglaterra durante o século 17
Cavalos da raça ao redor de Buckingham

A popularidade do Cleveland Bay oscilou muito desde que foi importado em primeiro lugar para os Estados Unidos no início do século 19. Apesar de um declínio depois da Segunda Guerra Mundial, com a industrialização, os exemplares voltaram a ser procurados a partir da década de 1970. Dados do Wikipedia, no entanto, mostram que apenas cerca de 550 cavalos existissem em todo o mundo em 2006.

Além de ser um cavalo de tiro, o Cleveland Bay também é bastante apto para puxar carroças. Era um dos cavalos preferidos para a agricultura antes do aparecimento das máquinas de trabalho. Hoje em dia esta raça marca presença nas cavalariças da monarquia britânica (a puxar carruagens), como também em competições, tanto de Salto como de Dressage (Adestramento).

Apesar de estar em perigo de extinção, este não é um perigo eminente. Graças aos apreciadores da raça. Portanto, existem alguns pontos espalhados pelo mundo em que fazem todos os esforços possíveis para multiplicá-los.

Fonte: cavalos.animals.info, Wikipedia
Crédito das fotos: Wikipedia

Veja outras notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Geral

10 dicas para comprar seu primeiro cavalo

Você sempre teve vontade de comprar um cavalo e agora acha que chegou a hora certa! Mas, é preciso ficar atento a alguns pontos para que essa experiência seja realmente prazerosa

Publicado

⠀em

Quando a gente sabe que chegou a hora de realizar um sonho antigo, quer logo mergulhar de cabeça no projeto. Por exemplo, você sempre quis comprar um cavalo e, finalmente, isso será possível.

Tenha em mente que seu primeiro cavalo será inesquecível. Aquele que sempre terá um lugar especial na sua história, independente do que aconteça no processo. Por isso, é importante prestar atenção em alguns pontos para que esse momento seja positivo em sua memória para sempre.

Dizem por ai que se conselho fosse bom a gente não dava, vendia. Mas, nesse caso, ajudará você a começar na direção certa!

Você sempre teve vontade de comprar um cavalo e agora acha que chegou a hora certa? Preste atenção nessas dicas que são super importantes!

Então vamos as dicas para comprar seu primeiro cavalo

  1. Peça ajuda a um cavaleiro experiente. Nem todo mundo no meio do cavalo é verdadeiro. Seu treinador ou amigo perceberá sinais sutis de problemas de saúde ou de comportamento.
  2. Nunca compre por impulso. A emoção é real, mas evite tomar decisões precipitadas.
  3. É uma boa ideia dar uma olhada em alguns cavalos. E embora o primeiro possa ser o seu favorito, você vai querer ter certeza.
  4. Tire muitas fotos e grave vídeos e mostre ao seu instrutor ou treinador, especialmente se eles não puderem comparecer.
  5. Observe o cavalo do chão, não monte logo de cara. Peça para vê-lo no pasto, na cocheira, sendo preparado. É essencial ter uma ideia do comportamento dele nessas situações.
  6. O vendedor deve montar o cavalo primeiro. Não confie quando ele disser que o animal é quieto e bem-educado. Você vai querer ver por si mesmo.
  7. Conheça a história e a experiência do cavalo. Não tenha medo de fazer muitas perguntas e pesquisas.
  8. Pague o seu próprio veterinário para examinar o cavalo. Também conhecido como exame pré-compra . Essa é uma dica muito útil na identificação de problemas de integridade e saúde.
  9. Peça uma ou duas semanas de teste. Nem todo vendedor concorda com isso, mas é algo que pode ser muito útil. Você verá as verdadeiras ‘cores’ desse cavalo.
  10. Um contrato assinado é obrigatório! Seria bom se tudo pudesse ser um acordo de aperto de mão, mas isso não vai protegê-lo no tribunal.

Além dessas dicas, se você tiver algum outro alerta, compartilha com a gente!

Por Equipe Cavalus
Fonte: Cowgirl Magazine
Crédito das fotos: Divulgação/Pixabay

Confira outras Dicas no portal Cavalus

Continue lendo
X
X