Internacional

Após surto de EHV na Europa, FEI divulga medidas para retorno das provas

Competições poderão ser retomadas a partir do dia 12 de abril, desde que seguindo as medidas pré-estabelecidas e aprovadas pelo Conselho da FEI

Publicado

⠀em

A Federação Equestre Internacional (FEI) divulgou nesta terça-feira (30) medidas para a retomada segura de provas na Europa. No dia 1º de março a entidade cancelou eventos hípicos em 10 países do continente europeu devido a um surto do herpes vírus equino (EHV-1).

De acordo com o comunicado da FEI, as competições podem ser retomadas a partir do dia 12 de abril na Europa. Isso desde que sejam seguidas as medidas pré-estabelecidas a fim de evitar a propagação da doença.

Sendo assim, as medidas focam em seis pontos principais. Em primeiro lugar, na preparação pré-evento do local pelos organizadores, depois na preparação dos atletas antes dos eventos. Na sequência, passando pelo exame na chegada e no local dos eventos, bem como a saída dos eventos e jurisdição.

Ainda de acordo com a FEI, as medidas de retomada das competições foram exaustivamente revisadas em uma sessão de consulta com stakeholders de diversas áreas. Depois, ajustadas pelo grupo de trabalho de Epidemiologia Veterinária da FEI e Comitê Veterinário da FEI. E, finalmente, aprovadas pelo Conselho da FEI.

LEIA TAMBÉM

Combate ao EHV

Sobretudo, as medidas permanecerão em vigor até 30 de maio de 2021, informa a  FEI. O objetivo é proporcionar uma margem de segurança com base científica para permitir o monitoramento de quaisquer outros surtos relacionados.

Contudo, esta data pode ser prorrogada, se necessário, mediante aviso prévio à comunidade. As referidas disposições temporárias serão formalizadas em estatutos juridicamente vinculativos que serão publicados durante a semana a partir de 5 de abril de 2021.

Por fim, vale destacar que o grupo de trabalho de Epidemiologia Veterinária da FEI concordou que não há atualmente nenhuma evidência indicando que seria inseguro retornar às competição internacional na Europa continental. Isso desde que as medidas preventivas obrigatórias estejam implementadas e não haja mais surtos relacionados.

No entanto, o grupo continuará acompanhando diariamente a evolução do surto na Europa. Além disso, o FEI Horse App será atualizado com novos módulos que possibilitam uma rastreabilidade aprimorada como parte das medidas de Retorno à Competição do EHV-1. Eles serão lançados na segunda semana de abril.

Por Equipe Cavalus
Fonte: CBH

Crédito da foto: Divulgação/Pixabay/Andrea Petra Fogas

Veja mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads