Redieiros voltam a esquentar ‘turbinas’ para temporada nos Estados Unidos

O Winter Slide é uma prova de médio porte em Oklahoma que acaba sendo um dos primeiros bons encontros dos competidores de Rédeas nos Estados Unidos a cada começo de temporada. Aos poucos, treinadores, cavaleiros de todas as modalidades e cavalos vão retomando as atividades.

A ideia é voltar os cavalos para as competições, pegar ritmo para encarar os grandes eventos que já têm data marcada. E no calendário de início de ano da Rédeas, o Winter Slide aconteceu de 26 de janeiro a 3 de fevereiro, no Hard Murphy Coliseum, em Ardmore. As provas foram julgadas por Drake Johnson.

As categorias, entre Aberta, Non Pro e Amador, valeram para os resultados do Derby e ainda provas AQHA, NRHA e sem idade limitada para os animais (Ancillary). Competidores da Youth (Jovem) e Cavalos Novos (Novice) também entraram em pista. Entre os destaques, o treinador brasileiro, radicado nos Estados Unidos, Head Trainer do Cardinal Ranch, Franco Bertolani.

Com KR Crackerjack, de propriedade de Annapoala SRL, marcou nota 75 para ficar com o título do Open Derby. A mesma nota valeu para a NRHA Open Nível 4, onde também sagrou-se campeão. E ainda, para a Open Slate NRHA, que a mesma nota serviu para o título dessa outra categoria.

“A diferença estre as categorias não é muito discrepante. Uma delas, o Open Derby, é para cavalos que já ganharam até US$ 10 mil. O Derby Nível 4 pela NRHA, para cavalos de quatro anos, é a prova principal do evento. E o Open Slate é uma prova aberta, para todas as idades. Como em uma passada valeria para as três categorias, eu resolvi inscrever o cavalo para as três. Foi bom, que deu muito certo!”, conta Franco.

Para esse novo ano, Franco conta que já está trabalhando em ritmo acelerado, visando as principais competições da temporada. “A expectativa é muito boa. Estou com bastante cavalos de três anos em treinamento, cavalos muito bons. Trabalhando bastante, para ficar bem mais do que preparado para o que temos pela frente. Estou bem tranquilo e confiante com os animais que tenho para esse ano”.

Trevor Dare, com Electric Wind, marcou 74,5 para ficar como campeão Derby Intermediate Open, e segundo lugar na Open. Luke Gagnon, com Tinker With Chicks, nota 73, levou o Dery Limited Open; enquanto o Derby Open Nivel 1 ficou para Thomas Rodden, com Pale Faced Dancer, nota 72,5. Na Non Pro, o Derby teve Lindsey McCutcheon, sobrinha de Tom McCutcheon, como campeã. Ela montou Spooky Vortex e marcou 73 pontos.

Por Luciana Omena
Na foto: Franco e KR Crackerjack durante a premiação. Crédito: Cedida

Escreva um comentário