Internacional

Conheça a história da NCHA Triple Crown

Publicado

⠀em

Conheça a história da NCHA Triple Crown Em português Tríplice Coroa, consiste em três grandes eventos da temporada de uma associação, campeonato ou modalidade esportiva

Em português Tríplice Coroa, consiste em três grandes eventos da temporada de uma associação, campeonato ou modalidade esportiva

No caso da Apartação americana, fazem parte, hoje, da NCHA Triple Crown o NCHA Futurity, NCHA Super Stakes e NCHA Derby. Caso um mesmo cavalo ganhe as três provas nessa sequência, fica coroado na categoria Aberta. Enquanto para a Non Pro vale as três vitórias seguidas do cavaleiro.

Dessa forma, tudo começou com o NCHA Futurity, o único programa oficial definido por restrições de idade que a National Cutting Horse Association havia criado. A saber, destinado a cavalos de três anos de idade que não competiram em nenhum outro evento. Até 1970, portanto, era a única prova nesse estilo.

Uma vez que as inscrições para o Futurity cresciam – de 49 em 1962 para 539 em 1969 – e, por conseqüência, as premiações aumentavam, também aumentava a demanda por cavalos já prontos. Foi criado então o NCHA Maturity em 70, para cavalos de quatro anos hípicos. Cinco anos depois, foi renomeado de Derby, já com as categorias Open e Non Pro.

A criação do NCHA Super Stakes em 1981 estabeleceu, então, a NCHA Triple Crown como conhecemos hoje. Os três principais eventos, que são realizados no Will Rogers Memorial, em  Fort Worth, Texas.

Quem inaugurou a galeria de tríplices coroados foi Smart Little Lena ao vencer o NCHA Futurity de 1982, bem como o NCHA Super Stakes e NCHA Derby de 1983. Aliás, um animal que veio a se tornar um dos mais importantes do mundo do cavalo em geral, especialmente da Apartação. Vencedor de tudo, hall of fame e grande pai e avo, foi apresentado por Bill Freeman.

Fonte: Sally Harisson
Tradução e adaptação: Luciana Omena
Crédito da foto: Wikipedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads