Dessa vez o brasileiro venceu o rodeio de Coleman, que aconteceu de 13 a 15 de junho. Marquinhos também pontuou em Cleburne

Voltando ao ritmo e aos pódios, o brasileiro Marcos Alan Costa, campeão mundial de Tie-Down Roping pela PRCA em 2017, venceu mais um rodeio. Dessa vez foi o Coleman PRCA Rodeo, em Coleman, Texas. Com uma laçada de 8s8 adicionou US$ 1.767,00 aos seus ganhos. Somando o sétimo lugar no Johnson County Sheriff s Posse, em Cleburne, Texas, onde marcou 9s3 (empatado) e ficou com US$ 167,00, o laçador agora é o 42° do ranking mundial.

Segundo informações de sua esposa, a amazona Keyla Polizello, Marquinhos está em franca evolução, buscando subir cada vez mais no ranking, visando entrar no Top 15 para poder fazer a National Finals Rodeo.

“Ele está super bem, os joelhos estão ótimos, perdeu peso depois de um ano parado para recuperar das cirurgias. Ficando mais leve, consequentemente, ele fica mais rápido, e esse é o objetivo. Estamos muito felizes com tudo que vem acontecendo. A égua dele, a ‘Paraguaia’, está afinada com ele, tudo correndo bem”, contou Keyla, avisando que essa semana já partem para a temporada de verão.

Os rodeios de agora em diante serão cruciais para Marquinhos, em especial. Entre todas as cerca de 600 etapas que a PRCA faz por temporada, cada competidor precisa escolher 65 para pontuar. Esse número foi alterado para esse ano, já que antes eram 75 rodeios.

Marcos Alan Costa pela PRCA
Marquinhos em Coleman

A cada semana, sinalizam quais etapas, caso ganhem algum dinheiro, entram para o ranking. Como Marquinhos não laçou no começo da temporada, as próximas semanas são bem importantes, a agenda é cheia, com boas chances dele melhorar sua posição.

Assim como Keyla, que disputa nos três tambores, e Junior Nogueira, que está na briga no laço pé. Com US$ 35.512,82, Juninho é o nono melhor no ranking mundial da sua categoria. Marquinhos tem US$ 16.623,86. A batalha mais árdua é de Keyla, em seu primeiro ano com o Card, está na 126ª posição, com US$ 4.492,48. Todos eles querem terminar a temporada com a melhor colocação possível!

Na rodada, que teve mais de 20 etapas, um destaque para o Parker County Sheriffs Posse Frontier Days And PRCA Rodeo, em Weatherford, Texas. Shane Frey, do steer wrestling, teve um fim de semana impressionante. Foi para a final em três etapas e ganhou as três. Ele começou sua jornada em North Platte, Nebraska, depois seguiu ao sul do Red River para Weatherford, até chegar em Mesquite, Texas.

“Minha adrenalina está no alto. Poderia dirigir a noite toda com certeza”. Frey parou o relógio em 3s9 segundos para a vitória em Weatherford. Em North Platte, venceu a primeira rodada em 3s4 e depois marcou 4s1 na segunda rodada. Ficou em primeiro pela média de 7s5. Em Mesquite seu tempo foi 4s2, o menor entre todos. Ao todo, ganhou mais de US$ 6 mil no final de semana. Valor ainda não suficiente para levá-lo ao Top 50 da modalidade. Mas isso por pouco mais de US$ 700.

Marcos Alan Costa pela PRCA
Shane Frey

A onda é apostar todas as suas fichas na temporada de verão. “Estou indo para casa agora e fico mais algumas noites na minha própria cama. Logo partimos para a maratona de rodeios dessa época do ano. Se tudo correr bem como espero, não quero ver minha casa novamente até 1° de outubro”, reiterou o buldogueiro. Essa é a data em que o ranking já estará fechado e os 15 melhores em cada modalidade classificados para a NFR.

Frey vem de uma família do rodeio, seu pai e tio já foram finalistas da NFR em suas épocas, em que disputavam com grandes lendas. Ele sempre quis competir em steer wrestling e vai demorar um tempo para esquecer o final de semana onde tudo foi perfeito. Outros campeões em Weatherford: bareback – Jake Brown (90 pontos); team roping – Tanner Green/Jake Clay (4s4); saddle bronc – Kobyn Williams e Jacobs Crawley (84.5 pontos); tie-down ropig – Treg Schaack (7s7); barrel Racing – Cindy Smith (17s34); bull riding  – Koby Radley (86 pontos).

Por Luciana Omena
Fonte: PRCA

Escreva um comentário