Muitas novidades para a próxima temporada e ainda atrações especiais no maior evento da modalidade em agosto

Potro do Futuro, Campeonato Nacional, Copa Internúcleos e prova internacional de rédeas estão marcados para acontecer de 15 a 18 de agosto, em Avaré/SP, no Parque de Exposições Fernando Cruz Pimentel (Emapa). A divulgação está ‘a todo vapor’ e entre os destaques, a maior premiação da história da Associação, arquibancadas para mais de 500 pessoas, evento com entrada franca, camarotes, lojas countries.

E claro, os melhores do Brasil na modalidade. Trata-se do maior evento de rédeas da América do Sul, pela importância do título e pelo número de inscritos. “A expectativa é muito alta para este evento e o coração acelera quando falamos dele! Teremos muitas novidades e será nossa maior premiação em dinheiro em todos os anos, além de muitos outros brindes”, conta Francisco Moura, presidente da ANCR, entidade promotora do evento.

Está sendo anunciada uma premiação de R$ 500.000,00. Realmente, uma grande conquista para esse esporte. Chico Moura lista ainda algumas novidades para o evento. Entre elas, será dado um anel de premiação para o campeão do Potro do Futuro Aberto N4, no valor de R$ 50 mil, patrocínio do Haras Retiro Velho. Para o campeão do Potro do Futuro Amador N4, patrocínio do Cardinal Ranch, a premiação será um trailer para dois cavalos.

Associação Nacional de Rédeas
Anel de premiação para campeão do Potro do Futuro; novidade para este ano

As provas já são transmitidas online, mas a novidade será um comentarista durante a transmissão das finais do Potro do Futuro Aberto e Amador. O evento terá ainda: telão de 6mx3m; a TV Rédeas, com lançamento no Potro do Futuro; o I ANCR International Open Aberto e Amador; grife ANCR com muitas novidades; distribuição de brindes. “Além de outras surpresas para quem for ao evento!”.

Suspenses a parte, a certeza é de que “tudo está sendo preparado com carinho para receber os nossos grandes astros, nossos associados, toda sua família e amigos, com muito conforto e uma qualidade técnica surpreendente”, reforça o dirigente. Estar presidente da ANCR, segundo Chico Moura, é uma responsabilidade muito grande, mas ao mesmo tempo, uma honra.

“É gratificante poder representar esta modalidade maravilhosa. Eu tenho andado bastante pelo Brasil e por onde passo vejo a solidificação dos núcleos e o crescimento de participantes na rédeas. Isso me deixa super motivado e eleva a expectativa para este evento. Vamos ter provas de excelente qualidade técnica e um grande público. Haja visto os pré-futurities e a primeira chamada de inscrição”, ressalta Chico, animado e com esperança de que seja recorde, com grande número de participantes.

Associação Nacional de Rédeas
Trailer também está entre os prêmios

A ideia é, que de um ano para outro, o evento possa ser superado. Trabalho e empenho não faltam para essa diretoria nesse quesito. O ‘plus’ será a comemoração dos 30 anos da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas em 2019. As ‘velinhas’ já foram apagadas, já que a ANCR foi fundada em 15 de abril de 1989. Mas a festa será durante o Potro do Futuro e Campeonato Nacional em Avaré.

“Temos muito que comemorar! A rédeas é uma modalidades apaixonante e serve como base para muitas outras modalidades equestres. Vamos fazer uma grande festa no Potro do Futuro, com um show do Rodrigo Haddad e banda, encerrando o evento e marcando a comemoração dos 30 anos de ANCR. Ainda estamos programando homenagens a pessoas que foram importantes nestes 30 anos. Enfim, teremos muitas ações para registrar com alegria toda esta linda historia!”

Para que uma associação alcance o patamar da ANCR, foi necessária, sem dúvida, a contribuição de todos que passaram pelas gestões desde o início. O objetivo de uma entidade de modalidade, ou de raça, é o fomento, é fazer crescer. Chico ressalta que um dos pontos mais importantes tratados nesse período foi a regulamentação do esporte. Especialmente pelo fortalecimento dos núcleos regionais, que segundo ele, são o Futuro da ANCR.

Associação Nacional de Rédeas
Distribuição de brindes

“Sem medo de errar digo que será através dos núcleos que manteremos o crescimento da modalidade de forma exponencial. A ANCR se preocupa ainda com a melhoria continua do esporte, promovendo clínicas, rookie days e fazendo os eventos oficiais. O trabalho sério ao longo destes 30 anos nos deu credibilidade e atratividade para conseguirmos, em 2018, um volume de 47 patrocinadores”.

Segundo o dirigente, esse número já foi superado para 2019, outra boa conquista. “Os patrocinadores e apoiadores são fundamentais para reduzirmos custo de inscrição e aumentamos premiação. Queremos deixar a modalidade cada vez mais atrativa para investidores e amantes da rédeas. Cada sócio e dirigente colocou o seu tijolo nesta construção e hoje temos uma sólida e próspera associação”.

Já falando no próximo ano hípico, que começa após o Potro do Futuro, Chico comenta a respeito de algumas alterações de regulamento. Na visão dele, a preocupação é crescer de uma forma consistente e estruturada. “Para isso, sendo afiliada a NRHA, a ANCR segue as regras que foram construídas por eles, com experiência de mais de 50 anos na atividade. Em alguns casos, ajustamos de acordo com a nossa realidade e cultura”.

Associação Nacional de Rédeas
Público pode visitar os estandes nos intervalos das provas

Diretoria e o departamento de comunicação da ANCR vêm trabalhando bastante para divulgar as regras existentes, as alterações e seus motivos. “Nossa grande preocupação hoje é com o bem-estar animal e cuidado destes animais que amamos, os cavalos. Teremos um juiz responsável pelo bem-estar animal em todos os eventos, e ajudantes espalhados por toda a dependência da Emapa”, avisa.

Não há dúvidas de que a regulamentação do esporte é fundamental para o futuro da ANCR e da modalidade. Por esse motivo, toda a diretoria, segundo o presidente, está empenhada e trabalhando para que todos conheçam cada vez mais as regras e possam cumpri-las de forma suave e sem transtornos. Muitas dessas mudanças já estão divulgadas nas redes sociais da Associação.

Para encerrar, Chico falou sobre o momento da rédeas. Em suas palavras, está melhorando a cada evento. “Sou suspeito para falar (risos), mas cada evento fazemos melhor, com mais público e mais participantes. Estamos em um bom momento e podemos afirmar isso com o com os resultados dos leilões de cavalos com genéticas de rédeas. Médias surpreendentes e valores de cavalos prontos superando as expectativas”.

Associação Nacional de Rédeas
Layout de arquibancadas e camarotes para dar conforto ao público

Ele ainda comenta que fica muito emocionado e contente ao ver, especialmente nas mídias sociais, pessoas de todo Brasil montando um cavalo de rédeas. “Vemos treinadores novos divulgando seu trabalho. A rédeas é uma grande paixão e quando todos entendem que se crescemos juntos, o sucesso é garantido. E hoje temos isso. Em face de todo o exposto, só temos a certeza de que 2019 já é, e será ainda de mais sucesso! Para finalizar, sempre gosto deixar claro que não fazemos nada sozinho. A ANCR é feita por todos e para todos!”

Informações: www.ancr.org.br | Instagram @ancr_oficial | Facebook @ancr.redeas

 Por Luciana Omena
Fotos: Adilson Silva e Cedidas

Escreva um comentário