Rodeio

Brasileiros brilham na Unleash de Beast

Peões brazucas ocupam da segunda a sétima posição da etapa. Americano Daylon Swearingen foi o campeão da noite

Publicado

⠀em

Só deu verde e amarelo das melhores posições da oitava edição da Unleash de Beast realizada em Saint Souis, MO. Com exceção do primeiro lugar, do segundo ao sétimo lugares só deu Brasil nas colocações.

Maurício Gulla Moreira foi o vice-campeão da rodada e levou pra casa um cheque de UR$ 21.132,67 e 85 pontos no mundial.

Moreira montou Scary Larry da WSM (WSM Auctioneers/Clay Struve/Dakota Rodeo/Chad Berger) no primeiro round e levou 89,25 pontos. No segundo round, montou Choc Tease (Cord McCoy/BuzzBallz LLC) e somou 89,75 pontos.

Com os resultados, Moreira subiu três posições e agora está em quinto lugar na classificação final.

Rafael Henrique dos Santos ficou no terceiro lugar. Apesar do grande resultado no primeiro round, quando montou Mike’s Motive (Blake Sharp/High Voltage Cattle/American Spirits/Koe Wetzel, o brasileiro não se deu bem no segundo round.

Montando Safety Meeting (Hruby/Kainz/Clay Struve /Dakota Rodeo/Chad Berger) perdeu a batalha para o animal em 4,78 segundos. O bronze veio na rodada do campeonato, quando montou Test Drive (Jane Clark/Gene Owen) e conquistou 87,5 pontos e elogios da torcida.

Luciano de Castro ficou com o quarto lugar. O brasileiro montou Bottom’s Up (TCB Ranch/KC Bucking Bulls) e conquistou 88,5 pontos na primeira rodada e Slingin Lead (Viducic Bucking Bulls/Wyatt Bridge) por 86,75 pontos na segunda rodada.

No entanto, no round decisivo, ele foi superado por Diddy Wa Diddy (Cord McCoy/Bill McCarty) em 7,54 segundos eliminando suas chances de vitória.

Como resultado, agora ele está empatado no sexto lugar no ranking final, apenas 204 pontos atrás da primeira posição.

Já o quinto lugar ficou com José Vitor Leme, que avançou para a rodada em segundo lugar na tabela de classificação do evento depois de montar T-Bone (Hart Cattle Company) no primeiro round e conquistar 86,75 pontos. No segundo round, montou WSM’S Trail of Tears (WSM Auctioneers/Clay Struve/Dakota Rodeo/Chad Berger) e conquistou 88,25 pontos

Com a segunda seleção no Bull Draft, Leme escolheu Big Black (KC Bucking Bulls/Joe & Nina Webb), touro com chances de levar os pilotos a pontuações massivas, mas foi derrubado em 4,17.

Com o resultado, Leme chegou a nona colocação no ranking final.

O sexto lugar ficou com Silvano Alves e o sétimo com Ramon de Lima.

Primeiro lugar

O americano Daylon Swearingen foi o grande campeão da rodada. Ele parou dois dos três touros que montou, somou 179,75 pontos o que o levou a vitória na etapa.

O resultado garantiu a ressureição do atleta, que na edição anterior saiu carregado da arena com seu capacete totalmente destruído.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Andy Watson / Bull Stock Media

Mais notícias obre Rodeio no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads