Cavalo Árabe

Retrospectiva 2021 – Cavalo Árabe

Presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Árabe (ABCCA) Rodrigo Foz Forte faz um balanço sobre o ano e divulga as expectativas para 2022

Publicado

⠀em

2022 chegou e a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) está animada e entusiasmada com as novas possibilidades. Conversamos com o presidente da associação Rodrigo Foz Forte que fez um balanço sobre o cavalo Árabe e nos contou o que os associados podem esperar deste novo ano.

A raça foi uma das poucas que conseguiu realizar sua Exposição Nacional e comemorou os resultados alcançados. Na 40° edição da festa, os associados puderam mostrar o desenvolvimento de seus cavalos em pista, surpreendendo a todos.

Confira a entrevista!

Equipe Cavalus Comunicação: Como foi o ano de 2021 para a ABCCA?

Rodrigo Foz Forte: Mesmo com a pandemia, tivemos mais um ótimo ano para a ABCCA. Novamente, não conseguimos realizar muitos eventos, mas os poucos realizados foram um sucesso, com destaque para a 40ª Nacional do Cavalo Árabe, realizada em novembro último. Além do mais, avançamos ainda mais nas ações de fomento da raça e estamos vivendo uma forte fase de aquecimento da raça, principalmente em função das provas montadas e os altos incentivos promovidos pela ABCCA e pela ANCAF. 

Equipe Cavalus Comunicação: Quais foram os volumes de negócios movimentados em 2021?

Rodrigo Foz Forte: Não conseguimos ainda precisar os volumes totais da raça ao longo do ano, mas, no que diz respeito aos volumes relacionados a eventos organizados pela ABCCA, como o tradicional Leilão de Óvulos e Coberturas e os três dias de “Farm Tours”, eventos nos haras pós-Exposição Nacional, tivemos um crescimento de receitas na ordem de 35% e aproximadamente R$ 7 milhões de movimento.  

Equipe Cavalus Comunicação: Como foi o ano com relação aos associados, o número aumentou ou diminuiu?

Rodrigo Foz Forte: Estamos felizes com o aumento gradual no número de associados, principalmente de usuários, que estão comprando nossos cavalos para as diversas modalidades esportivas. O Arabian Cup e os diversos incentivos em dinheiro têm sido um motor forte na atração de novas pessoas para a raça. 

Equipe Cavalus Comunicação: Como avalia a Nacional da raça desse ano?

Rodrigo Foz Forte: Foi uma exposição maravilhosa, uma das melhores de todos os tempos. Não foi só especial por ser a 40ª, mas porque todos adoraram a festa, o clima, as diversas modalidades do Cavalo Árabe coexistindo, ótimo movimento comercial, tivemos muitos elogios e um sentimento geral de que queremos mais!

Equipe Cavalus Comunicação: Quais são as expectativas para 2022?

Rodrigo Foz Forte: Temos uma ótima expectativa sobre 2022, principalmente em função do aumento de exposições e provas. Estamos construindo nesse momento um calendário repleto de eventos, também em parceria com outras Associações que promovem o Árabe em suas diversas modalidades, como é o caso da ANCAF e da ABHIR, sem falar no Enduro.

Equipe Cavalus Comunicação: O que o associado pode esperar para 2022?

Rodrigo Foz Forte: Muita diversão e um trabalho sério e consistente no campo das provas montadas. No halter e na genética somos referência mundial e seguiremos firmes nesse caminho.

Por: Equipe Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias sobre o cavalo Árabe no portal Cavalus

Cavalo Árabe

Égua Árabe de criação brasileira é campeã em exposição no Kuwait

Desiree Morab, de criação do Haras Morab, venceu a categoria de éguas acima de 7 anos de idade, disputando com outros 11 exemplares da raça

Publicado

⠀em

Uma égua Árabe de criação brasileira se consagrou campeã na exposição Kuwait Purebred Arabian Horse Show, que aconteceu nos dias 15 e 16 de janeiro, na cidade de Safat, no Kuwait. Trata-se de Desiree Morab, que é de criação do Haras Morab, de Sorocaba/SP, mas atualmente é de propriedade de um criador Árabe, a AW Arabians – Aiwawan.

De acordo com Benedito Morato do Amaral – mais conhecido como Seu Dito -, titular do Haras Morab, a égua tordilha foi campeã na difícil categoria de éguas acima de 7 anos de idade. Na ocasião, ela disputou o prêmio com outras 11 fêmeas da raça. Desiree é filha do garanhão importado dos Estados Unidos, Thee Apprentice e da matriz Decor El Kayn HBNS.

“Quando nasceu a Desiree acreditei muito nela e deu muito certo. Eu a vendi para um criador Árabe, mas eu sempre gostei muito dela. Tinha esperança que fosse bem lá fora, mas foi muito além. Ela já vinha bem aqui e lá fora muito mais”, Seu Dito, titular do Haras Morab.

Entre os outros títulos conquistados por Desiree Morab em competições internacionais, o crador destaca o Gold Senior female na U.K. International Arabian Horse Show in Addington Manor Equestrian Centre e o de campeã na categoria Égua de 4-6 anos no Sultan Arabian Horse Festival, entre outros.

“A felicidade de um criador é o resultado na pista com animais de sua criação. Estou feliz por ser o criador dela e feliz pelo propietário dela”, finaliza Benedito Morado do Amaral.

Instagram:@abccarabe | Facebook: ABCCÁrabe | YouTube: ABCCArabe

Por Natália de Oliveira/Cavalus Comunicação Equestre
Crédito da foto em destaque: Divulgação
/Luis Rocco

Mais notícias sobre o Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Cavalo Árabe

Vem aí a 1ª Etapa do Circuito ANCAF de Três Tambores

Ao todo serão distribuídos R$ 20 mil em prêmios aos conjuntos melhores colocados na prova

Publicado

⠀em

Preparem os animais! Porque vem aí a 1ª etapa do Circuito da Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional (ANCAF) de Três Tambores. As disputas vão acontecer de 03 a 05 de fevereiro, de forma simultânea com a 11ª Copa Lica Leão & Só Para Elas, no Haras LF, em Limeira/SP.

De acordo com a Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) – que apoia o Circuito ANCAF – serão distribuídos R$ 20 mil em prêmios nesta primeira etapa, que seguirá o Regulamento da Prova Só Para elas.

Para se inscrever, basta entrar em contato com a ABCCA pelo telefone (11) 3674-1744. Os valores da taxa de inscrição são: R$ 250, para a Aberta Sênior; R$ 200, para a Aberta Junior; R$ 150, para o Feminino, Amador, Cruza-Árabe, Anglo-Árabe Aberta e Amador; R$ 100, para Jovem A, B e C; e R$ 50, para o Kids.

Depois, os depósitos deverão ser feitos na conta corrente da ABCCA: Banco Itaú – PIX 45880556000158 – Agência 0383 – C/C: 66.830-8 – CNPJ: 45.880.556/0001-58. Passar o comprovante do pagamento para o e-mail claudioexpo@abcca.com.br

Já para participar do Test Horse, bem como fazer a reserva de baias, basta acesser o site SGP Sistema. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 99962-6041, com Brunno Zanotta.

Instagram:@abccarabe | Facebook: ABCCÁrabe YouTube: ABCCArabe

Por Natália de Oliveira/Cavalus Comunicação Equestre
Crédito das fotos: Divulgação

Mais notícias sobre o cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Cavalo Árabe

Uruguai sedia a 38ª Semana Internacional Del Caballo Arabe

Ao todo, 30 exemplares da raça participaram das disputas de halter, que contaram com a avaliação de dois juízes brasileiros, Fabio Amorosino e Enrico Franchini, além do argentino Santiago Fornieles

Publicado

⠀em

A cidade de Punta Del Leste, no Uruguai, foi palco da 38ª Semana Internacional Del Caballo Arabe, que aconteceu de 6 a 9 de janeiro. No primeiro dia de evento, a proprietária do Haras Las Tordillas, Cris Glenz, recebeu os criadores e amigos da raça para desfrutarem de uma cavalgada pelas serras e depois ofereceu a todos um coquetel de confraternização ao entardecer. Depois, a partir do segundo dia o evento foi realizado na Sede de Asociacion Uruguaya de Enduro Ecuestre (Audee), entidade promotora da prova.

De acordo com Olivia Strauch, uma das organizadoras da 38º Semana Internacional Del Caballo Arabe, dentro da programação do evento incluíram disputas da prova “Freestyle”, que contou com a participação de 8 exemplares da raça. “Uma modalidade criada no Uruguai para mostrar doma, na qual os participantes apresentam uma coreografia ao ritmo de uma música escolhida por eles, já que a prioridade desta diretoria é divulgar e promover o cavalo Áabe montado”.

Seguido da prova de “Freestyle”, foram realizados os julgamentos de Halter, com a participação de 30 animais, que foram avaliados pelos juizes Fabio Amorosino e Enrico Carlone, do Brasil, além de Santiago Fornieles, da Argentina. “Foi muito legal participar, tive a oportunidade de visitar três haras e ver que tem muita influência brasileira no programa de criação deles. É sempre muito importante e bom julgar em outro país, para saber como estamos indo, que cavalos eles estão usando e quais garanhões”, disse Carlone.

“Essa é a terceira vez que julgo essa exposição e foi muito gratificante”, completa Amorosino. “Vejo uma evolução clara no plantel do Uruguai e isso é reflexo de uma disciplina dos criadores, que são relativamente jovens, com quatro, cinco anos de programa de criação, tendo qualidade e resultado equiparado com qualquer plantel no Brasil. Foi um show seleto e de altíssima qualidade”.

Olívia ainda disse que ficou orgulhosa com o que foi apresentado em pista, especialmente nas categorias de fêmeas jovens. “Um número e qualidade muito interessante, que demostra o crescimento do país como criador de cavalo Árabe. Fiquei muito contente com o evento em geral com boa participação e qualidade de animais, e também com a presença de três criadores novos. Ficamos muito agradecidos com os juizes brasileiros que prestigiaram e nos apoiaram”.

Por fim, a organizadora da prova conta que um dos sonhos da Asociacion Uruguaya de Enduro Ecuestre (Audee) )é conseguir organizar uma “Exposiçao Latinoamericana” em Punta Del Leste. “Com a presença de cavalos brasileiros, argentinos e chilenos. Acredito que é possível se conseguimos a criação de um passaporte equino único “mercosul”, que permita o livre trânsito de cavalos entre os países”, finaliza.

Instagram:@abccarabe | Facebook: ABCCÁrabe | YouTube: ABCCArabe

Por Natália de Oliveira/Cavalus Comunicação Equestre
Crédito das fotos: Divulgação
/Contraluz

Mais notícias sobre o Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Cavalo Árabe

Cavalo Árabe conquista principal categoria do III Internacional Endurance Festival of Campos Gerais

Na CEI3* 160, Cabo Frio CSM e o cavaleiro José Caio Frisoni Vaz Guimarães cruzaram a linha de chegada em primeiro lugar com o tempo de 09:21:32

Publicado

⠀em

O Haras Triunfo, situado em Palmeira/PR, foi palco no último sábado (27) e domingo (28) do III Internacional Endurance Festival Of Campos Gerais. Como resultado, um exemplar da raça Árabe conquistou o título da principal categoria do evento, que foi realizado sob chancela da Federação Equestre Internacional (FEI), Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e Federação Paranaense de Hipismo (FPrH).

Antes de mais nada vale ressaltar que as disputas do III Internacional Endurance Festival Of Campos Gerais foram abertas a todas as raças e contabilizou, na somatória com as 18 categorias disputas, 105 inscrições, com 55 conjuntos formados por animais Árabes. Desde total, 66 conjuntos concluíram a prova, 27 foram eliminados e 2 retirados, de acordo com a organização do evento.

“Considero que o evento foi um sucesso”, disse Marcelo Ulsenheimer, Diretor do Evento. “Atingimos a meta de 100 conjuntos, sendo praticamente 60% destes nas categorias de entrada do enduro e estes puderam desfrutar de belas trilhas entre lajeados e florestas. Já os enduristas que fizeram as provas de velocidade livre também puderam desfrutar de belas paisagens, mas estes tiveram que se concentrar muito nas trilhas que tinham um bom solo para a prática da modalidade, mas trilhas bastante técnicas. A prova foi muito importante para os enduristas da base do enduro equestre paranaense, pois estes puderam ter um contato e aprender com os enduristas mais experientes das provas de velocidade livre e isto estimula os iniciantes a evoluir no esporte”.

O exemplar da raça Árabe que se destacou na principal categoria da prova, a CEI3* 160, foi Cabo Frio CSM. Sob a sela do cavaleiro José Caio Frisoni Vaz Guimarães, o animal conquistou o lugar mais alto do pódio ao cruzar a linha de chegada com o tempo de 09:21:32, com velocidade de 17.10.

“A prova era muito técnica, muito quebrada e com falsos planos, o piso era muito bom, extremamente confortável para os cavalos”, conta o cavaleiro Caio – como é mais conhecido. “O Enduro sempre desperta os melhores sentimentos dentro da gente, a mistura de todos eles causa uma atmosfera agradável e um nível de adrenalina extrema”.

Caio conta que, durante a prova, conseguiu seguir a mesma estratégia pré estipulada na preparação e, assim, conquistou o seu primeiro título nos 160 km. “O Cabo Frio CSM, mais uma vez, entregou tudo dentro da pista. A felicidade é inenarrável e de bônus ainda ganhamos o ranking CBH de 160km”, finaliza o cavaleiro.

Para conferir os resultados de todas as categorias disputadas durante o III Internacional Endurance Festival Of Campos Gerais, acesse o link.

Por: Natália de Oliveira/Equipe Cavalus

Fotos: Divulgação/Ricardo Saliba

Mais notícias sobre o Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Cavalo Árabe

Prêmio Copa do Brasil encerra com chave de ouro disputas da 40ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe

Com três corpos de diferença, Marlize Rach, de criação e propriedade do Rach Stud, foi a campeã do páreo

Publicado

⠀em

Para finalizar a tarde de corridas no Jockey Club de São Paulo, no último sábado (27), exemplares da raça Árabe se enfrentaram pelo Prêmio Copa do Brasil. Esse páreo extra especial, promovido pela Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), encerrou com chave de ouro as disputas da modalidade de Corrida válidas pela 40ª Exposição Nacional da raça.

Ao todo, 11 exemplares Puro Sangue Árabe, entre machos e fêmeas, disputaram o título brasileiro nos 1.000m, na pista de grama. De acordo com a ABCCA, Prêmio Copa do Brasil distribuiu uma bolsa total de R$ 10.098,00 em prêmios.

Como resultado, Marlize Rach (Eksort Rach x Musa Rach) cruzou a linha de chegada em primeiro lugar no tempo de 1:07.119, com três corpos de diferença do animal segundo colocado. Marlize Rach foi treinada para o páreo por L. Quintana e conduzida à vitória pelo jóquei F.Larroque. O animal é de criação e propriedade do Rach Stud.

“A Marlize Rach é uma égua pura polonesa, irmã materna do Mentor, filha da Musa Rach. Ou seja, isso mostra o nosso trabalho como criadores tentando criar uma linhagem de Corrida. Mostra que há uma consistência genética, tanto materna quanto paterna. Afinal, a Marlize é o quarto produto do Eksort que ganha corrida e o segundo produto da Musa. Isso mostra que a genética vai se formando.”, frisa Ricardo Saliba, do Rach Stud.

No segundo posto, com o tempo de 1:07.580, ficou o macho Veneraddo Rach (Atentaddo Ve x Vanna Rach) com o jóquei L. Felipe. O animal é de criação do Rach Stud e propriedade de Daniela Franco de Oliveira.

Depois, na terceira posição ficou Blendda D’Johrdan JM (Johrdan El Jamaal e Shallana HVP) ao cruzar a linha final no tempo de 1:08.280 sob a condução do jóquei I.Silva Ap1. O animal é de criação do Rach Stud e propriedade Roberto Jonas Simôes.

Por: Natália de Oliveira/Cavalus Comunicação Equestre
Crédito das fotos: Divulgação/JCSP/Porfírio Menezes

Mais notícias sobre o Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Cavalo Árabe

Cavalo Árabe participa do 19º Encontro de Horsemanship UC

Na ocasião, a raça irá se apresentar em Western Pleasure, English Pleasure, Traje Típico e Conformação, mostrando, assim, toda a sua funcionalidade

Publicado

⠀em

O cavalo Árabe marcará presença na 19ª edição do Encontro de Horsemanship, promovido pela Universidade do Cavalo (UC). O evento acontece de 26 a 28 de novembro, na sede da UC, em Sorocaba/SP.

A iniciativa é resultado de uma parceria com a Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) com a UC, que tem como objetivo fomentar ainda mais a qualidade, bem como a funcionalidade da raça.

Durante o Encontro de Horsemanship da UC – que costuma reunir participantes de vários estados brasileiros e até de fora do país -, o Cavalo Árabe irá se apresentar nas seguintes modalidades: Western Pleasure, English Pleasure, Traje Típico e Conformação.

Para tanto, a ABCCA contará com o apoio do Rach Stud, que disponibilizou os animais e a equipe para se apresentarem no evento. Assim, as exibições da raça ficaram agendadas para o dia 27 de novembro, sábado, a partir das 10h.

Além das apresentações, a ABCCA irá montar um stand na sede da UC, onde irá disponibilzar informações da raça, bem como das provas a qual o cavalo Árabe se destaca. No local, também será vendido camisetas, chaveiros e bonés oficiais da Associação.

Por fim, vale frisar que, apesar do 19º Encontro de Horsemanship da UC ser restrito ao público pagante, os associados da ABCCA que desejam participar não pagam nada para entrar. A Universidade do Cavalo está localizada na Avenida Nossa Senhora dos Remédios, nº 529, no bairro Itinga, em Sorocaba/SP. 

Serviço
19º Encontro de Horsemanship da UC
Dia: 26 a 28 de novembro
Horário: a partir das 10h
Local: sede da UC, em Sorocaba/SP

Por: Equipe Portal Cavalus

Fotos: Divulgação/André Shiwa/ABCCA

Mais notícias sobre o Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Cavalo Árabe

Começa hoje a 40ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe

Maior evento da raça será realizado de 10 a 14 de novembro, no Helvetia Riding Center, em Indaituba/SP

Publicado

⠀em

Rufem os tambores! Afinal, começam hoje (10) as disputas da 40ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe. Trata-se do maior evento da raça – Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) – que terá disputas em nove modalidades diferentes: Halter, Performance, Três Tambores, Seis Balizas, Cross Country, Enduro, Corrida, Salto e Hipismo Rural.

Dessa forma, mais de R$ 350 mil em prêmios serão distribuídos entre os exemplares melhores colocados em suas respectivas modalidades e categorias. Para julgar toda a beleza, tipo e funcionalidade do cavalo Árabe foi escalado juízes renomados do meio do cavalo Árabe no mundo, vindos da Bélgica, Polônia, Estados Unidos, Marrocos e também do Brasil.

Mas a 40ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe não se restringe apenas às disputas esportivas. Afinal, em celebração aos 40 anos do evento uma programação diferenciada foi preparada para agradar a todos os presentes. Assim, haverá um jantar de comemoração para homenagear grandes nomes da raça e ainda com direito a sorteio de prêmios.

Vale citar, ainda, que o evento contará com a presença ilustre do biólogo Richard Rasmussen, que ficou conhecido nacionalmente por apresentar programas de TV sobre animais, fauna e a flora brasileira. Ele estará presente no Helvetia Riding Center, de onde fará a cobertura da Exposição Nacional do Cavalo Árabe através de suas mídias sociais próprias. Posteriormente, irá exibir um programa sobre o evento em seu canal no Youtube.

Além do jantar, faz parte da programação da Exposição Nacional o “Special Presentation”. Trata-se de um projeto da ABCCA onde renomados criadores da raça ofertarão um seleção diferenciada de animais, coberturas, óvulos e embriões. Vale destacar também a realização dos Farm Tours, onde os criadores abrem as porteiras do seu criatório para receber as pessoas, mostrar seu programa de criação e fazer bons negócios. Neste ano, o Haras Vila dos Pinheiros, localizado em Indaiatuba, e o Haras das Faias, em Cotia/SP, fazem parte da programação.

E a fim de atender os filhos dos criadores e proprietários do Cavalo Árabe que irão até o Helvetia Riding Center acompanhar o evento com a família, foi criado o espaço ABCCA Kids. Ou seja, uma área para receber a criançada com qualidade, diversão e conforto durante os dias de realização da exposição. A programação completa da 40ª Exposição Nacional pode ser conferida no site oficial do evento: https://nacional.abcca.com.br/pt/

Créditos: Equipe Portal Cavalus

Fotos: Divulgação

Mais notícias sobre apartação você encontra no portal Cavalus

Continue lendo

Assessoria

Jóquei recordista mundial participa de páreo exclusivo do Cavalo Árabe neste sábado

Trata-se do Prêmio UAE President Cup Series, promovido pela ABCCA, onde Jorge Ricardo montará pela primeira vez em um exemplar da raça;

Publicado

⠀em

Jóquei recordista mundial participa de páreo exclusivo do Cavalo Árabe neste sábado

Exemplares da raça Árabe voltam a disputar o Prêmio UAE President Cup Series neste sábado (10), às 13h, no Jockey Club de São Paulo. Desta vez, as disputas serão entre os machos sem vitórias e contarão com a presença do jóquei recordista mundial, Jorge Ricardo que, pela primeira vez, correrá sob a sela de um cavalo Árabe.

Ao todo, o páreo valerá uma bolsa de R$ 10 mil e realizado nos 1.100 metros, na pista de areia do Hipódromo de Cidade Jardim. As disputas poderão ser acompanhadas ao vivo pela internet pelo canal do YouTube do JCSP, bem como pelo canal 2 da NET na capital paulista.

De acordo com Almir Ribeiro, diretor de Corrida da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) – promotora do evento – o Prêmio UAE President Cup Series chega em sua terceira edição nesta temporada 2021. Afinal, no mês de abril foi realizado o primeiro páreo para machos e no último sábado (3) o primeiro exclusivo de fêmeas.

Prêmio UAE President Cup Series For Colts III

Sendo assim, o páreo deste sábado carrega o nome de Prêmio UAE President Cup Series For Colts III, e é também promovido graças ao patrocínio do Ministério dos Esportes dos Emirados Árabes Unidos. “Teremos mais uma grande corrida com a participação de 7 jovens potros que estarão buscando a sua primeira vitória, em Cidade Jardim! E desta vez também estaremos assistindo a uma exibição histórica, onde um dos maiores jóqueis da história do turfe mundial estará montando pela primeira vez um Cavalo Árabe em Cidade Jardim”, frisa Ribeiro.

Logo, para saber mais sobre o cavalo Árabe acesse www.abcca.com.br e acompanhe os perfis das redes sociais @abccarabe.

Serviço
Prêmio UAE President Cup Series For Colts III
Data: 10 de julho
Horário: 13h
Local: Jockey Club de São Paulo – Cidade Jardim
Transmissão: www.jockeysp.com.br e Canal 2 NET (capital paulista)

Colaboração: Assessoria de Imprensa ABCCA
Crédito da foto: Divulgação/ABCCA

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Assessoria

Prêmio UAE President Cup Series Fillies II movimenta a pista de areia do Jockey Club de São Paulo

Nos 1.100 metros, 10 exemplares fêmeas da raça Árabe se enfrentaram no último sábado (3) valendo uma bolsa de mais de R$ 10 mil; com cinco corpos de diferença, Holly Pol Rach foi a campeã do páreo batendo recorde

Publicado

⠀em

Prêmio UAE President Cup Series Fillies II movimenta a pista de areia do Jockey Club de São Paulo

Pelo Prêmio UAE President Cup Series Fillies II, 10 exemplares fêmeas da raça Árabe se enfrentaram no sábado (3) na pista de areia do Jockey Club de São Paulo. Em jogo nos 1.100 metros, uma bolsa total de R$ 10.098,00 oferecida pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) com patrocínio dos Emirados Árabes Unido.

Como resultado, a fêmea que levou a melhor no páreo foi Holly Pol Rach, com o jockey F. Larroque. O conjunto cruzou a linha de chegada em vantagem, com cinco corpos de diferença do segundo colocado, no tempo de 1:17.671. Treinada por L. Quintana, Holly Pol Rach é de criação do Rach Stud e propriedade da Agropecuária Ilha da Chapada.

“Novo recorde para fêmeas nos 1.100 metros na pista de areia”, diz Ricardo Saliba, do Rach Stud. “A Holly Pol Rach é filha de All Pol Rach, vencedor de três corridas em Cidade Jardim. All Pol é, inclusive, o recordista para machos na mesma distância e piso. O mais importante nesse momento é que uma segunda geração começa a se destacar. Holly Pol é oriunda de um cruzamento planejado especificamente para corridas. Filha de um vencedor em uma égua que se destacou muito nos treinos, mas que não correu por problemas de saúde”.

Já a segunda posição Prêmio UAE President Cup Series Fillies II ficou com Osiris Rach e I.Silva Ap1, que cruzaram a linha de chegada com 1:18.499. Na sequência, o terceiro posto ficou com RG Kodak e R. Mendonça Ap2, com o tempo de 1:19.120.

Temporada

Nesta temporada, a ABCCA já promoveu 10 corridas no Jockey Club de São Paulo, com uma distribuição de mais de R$ 100 mil em prêmios. Sobretudo, com o apoio de importantes patrocinadores, como é o caso do Ministério dos Esportes dos Emirados Árabes Unido

Vale ressaltar que todas as corridas realizadas valeram pelo ranking do Arabian Cup da ABCCA, que neste ano de 2021 irá destinar uma premiação inédita de R$ 215 mil, incluindo um carro 0 km. Esse valor será distribuído entre o conjunto mais pontuado de cada uma das modalidades equestres praticadas por exemplares Árabes.

Para saber mais sobre o cavalo Árabe acesse www.abcca.com.br e acompanhe os perfis das redes sociais @abccarabe.

Colaboração: Assessoria de Imprensa ABCCA
Crédito da foto: Divulgação/ABCCA

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo

Assessoria

Criação gaúcha do cavalo Árabe enaltece a funcionalidade da raça

Tanto que o Campeonato Domados do Pampa, prova mais forte da raça no estado, promove disputas de exemplares Árabes em nove modalidades equestres diferentes

Publicado

⠀em

funcionalidade da raça

A criação do Rio Grande do Sul do cavalo Árabe é focada em fomentar a funcionalidade da raça. Para os gaúchos, o cavalo ideal Árabe é aquele que apresenta aptidões morfológicas ideias para ser montado.

“Vejo o cavalo Árabe do Sul como um cavalo de trabalho, funcional, mas sem perder a sua beleza. O povo gaúcho sempre foi ligado aos cavalos, sempre os utilizou para a lida do campo e isso se estende até hoje. Por isso acredito que essa criação é de excelência. Nosso campeonato está cada ano mais forte, com várias modalidades que demonstram a funcionalidade do cavalo árabe”, conta Rachel Jacovas, do Haras Jacovas, criadora de cavalo Árabe.

Exatamente por isso que a Associação Gaúcha do Cavalo Árabe (AGCA) criou o Campeonato Domados do Pampa, onde os exemplares árabes são testados em nove modalidades esportivas. São elas: Cross Country, Cinco Tambores, Apartação, Três Tambores, Seis Balizas, Rédea Campeira, Rédea Nacional, Combinada e Team Penning.

“É o segundo campeonato mais importante do Rio Grande do Sul”, cita a presidente da AGCA, Fernando Camargo. “Além disso, é o campeonato mais importante de provas funcionais de velocidade no Rio Grande do Sul. A gente movimenta o número de pessoas bem legal que se envolve com o mecanismo do campeonato”.

As disputas no Campeonato Domados do Pampa são realizadas em quatro etapas anuais, sendo a final realizada durante a Expointer, em Esteio/RS. Ao todo, sete categorias diferentes são disputadas: Aberta, Amador, Jovem até 15 anos, Master acima de 45 anos, Cavalos Novos/Inéditos, Kids até 8 anos e Meio Sangue Árabe, categorias que destacam a funcionalidade da raça.

“O nosso campeonato é em pontos corridos. Então, o animal que mais pontuar a cada etapa, onde ele corre as nove modalidades, é que vai se consagrar campeão no final. Os cavalos que ganham esse título eles já são valorizados por ser considerado um cavalo completo”.

Além do Campeonato Domados do Pampa, a AGCA também busca incentivar a prática de outras modalidades. Tanto que recentemente implementou uma prova de Enduro. “Será feito em etapas, de três a duas, que está tendo uma boa aceitação. Além disso, também temos a parte do hipismo que a gente trabalha com alguns parceiros nossos de escolas, de forma mais singular, e a gente tenta abranger outras modalidades, como o Ranch Sorting que entramos em campeonatos com outras raças”.

A ideia da ACGA é, acima de tudo, fomentar a funcionalidade do cavalo Árabe. “A gente tenta trabalhar todas as modalidades possíveis. Para incentivar todos a terem um exemplar Árabe, porque dá pra trabalhar no Campeonato Domados do Pampa, no Enduro, no Ranch Sorting, na cavalgada, que a gente trabalha bastante também aqui no Sul. Enfim, um cavalo que se enquadra em várias situações diferentes”, acrescenta Fernanda.

Criação gaúcha do cavalo Árabe enaltece a funcionalidade da raça
Para os gaúchos, o melhor cavalo Árabe é aquele montado

Mais proprietários do que criadores gaúchos

Por conta do incentivo na parte esportiva da raça, no Rio Grande do Sul existem atualmente mais proprietários de cavalos Árabes do que propriamente criadores. Como resultado, os 52 criadores gaúchos associados ativos na Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Árabe (ABCCA) não estão dando conta da alta demanda de exemplares da raça. O plantel gaúcho, ainda de acordo com a Associação, está em 1.503 animais, sendo 1.335 de Puro Sangue Árabe e 168 de Cruza Árabe.

“Aqui no Sul a expansão está bem grande, tem muita gente procurando. Tanto que o Rio Grande do Sul está com falta de cavalo, tendo ir buscar em outros estados. O nosso cavalo está bem valorizado e o comprador está procurando bastante. O que tem de procura é muito proprietários que tem até seis cavalos, que tem para uso familiar, focados na parte funcional”, ressalta a presidente da AGCA. A criadora Rachel Jacovas reforça. “ A procura é grande entre amadores que querem ingressar nas provas com seu próprio cavalo, principalmente mulheres e crianças”.

Vem aí a II Etapa do Campeonato Domados do Pampa

Toda a funcionalidade do cavalo Árabe será novamente colocada à prova durante a 2ª etapa do Campeonato Domados do Pampa 2021. As disputas acontecem nos dias 03 e 04 de julho, no Parque Assis Brasil, em Esteio/RS. Os melhores conjuntos irão se reunir para levantar poeira nas pistas. “Acreditamos que a II Etapa do Domados do Pampa 2021 ocorrerá ainda mais forte que a I etapa. Obtivemos um aumento de 20% nas inscrições e acreditamos que este aumento seja pelo sucesso da I etapa e pela tranquilidade dos competidores quanto ao cumprimento e fiscalização dos protocolos sanitários contra a Covid”, cita Fernanda Camargo.

Criação gaúcha do cavalo Árabe enaltece a funcionalidade da raça
Campeonato Domados do Pampa é realizado em pontos corridos

As provas do Campeonato Domados do Pampa pontuam para a ABCCA e também para o ranking Arabian Cup que esse ano está distribuindo mais de R$ 215 mil em prêmios, como incentivo ao cavalo Árabe funcional. Nesta etapa, as disputas serão transmitidas ao vivo pelo canal YouTube AGCA Cavalo Árabe.

Colaboração: Assessoria de Imprensa ABCCA
Crédito da foto: Divulgação/AGCA

Veja mais notícias do Cavalo Árabe no portal Cavalus

Continue lendo