Para não perder nada, fique a tento à programação!

A final do Freio de Ouro 2019 durante a 42ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, volta com a competitividade dos conjuntos e todas as características funcionais e de morfologia que fazem o sucesso do Cavalo Crioulo. De 22 a 25 de agosto, com realização da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, 96 finalistas (48 fêmeas e 48 machos) entrarão em pista para disputar o título máximo da raça.

Antes de subir no pódio, a rotina dos proprietários indica o rumo dos animais. Campeões são criados e treinados, dia após dia, para encarar uma maratona de provas que qualificam aspectos fundamentais no desenvolvimento do Crioulo: inteligência, temperamento e resistência. Os eventos têm mostrado a evolução da raça na superação de desafios encontrados dentro e fora de pista.

Só no ciclo 2019 foram realizadas 46 credenciadoras e sete Classificatórias, entre elas, duas internacionais, nas cidades de Jesus Maria, na Argentina, e em Montevidéu, no Uruguai. No Brasil, o ciclo ainda realizou classificatórias em Esteio (três provas), Araranguá/SC e Campo Grande/MS. Muitos foram os destaques, como os dois mais pontuados que chegam como favoritos nos machos e nas fêmeas.

Freio de Ouro
Paleteada. Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC

Assim como entre os Ginetes, com nove animais, Cezar Augusto Schell (Guto) Freire é o que apresentará mais exemplares esse ano. Depois vem Daniel Waihrich, com oito cavalos. A dupla de ginetes promete emoção na final, já que ambos irão também defender o título com os campeões de 2018. Guto com o bicampeão JA Libertador e Daniel com Independência do Espigão.

Quem já foi a Expointer e acompanhou as disputas do Freio de Ouro sentiu, certamente, a energia do recinto sempre lotado. A cultura do Sul do Brasil evidenciada pelo cavalo Crioulo contagia qualquer um, sem dúvida. E para não perder nada, fique por dentro da Programação:

21/08/2019 – Quarta-feira
12h – Término da entrada dos animais do Freio de Ouro
14h às 15h – Exame de admissão Freio de Ouro – Fêmeas
15h às 16h – Exame de admissão Freio de Ouro – Machos
20h – Leilão Noite das Estrelas
22/08/2019 – Quinta-feira
8h30 – Morfologia do Freio de Ouro (Fêmeas)
13h30 – Morfologia do Freio de Ouro (Machos)
23 de agosto (sexta-feira)
7h – And./ Figura/ VSP/ Esb. (Fêmeas)
Continuação And./ Figura/ VSP/ Esb. (Machos)
21h – Leilão BT, A Marca da Função
24 de agosto (sábado)
8h – Prova de Mangueira – 1ª fase (Fêmeas e Machos)
14h – Prova de Campo – 1ª fase (Fêmeas e Machos)
21h – Leilão Santa Angélica e Maufer
25 de agosto (domingo)
12h30 – Solenidade de abertura do Freio de Ouro
13h – Prova de Mangueira – Fase Final
14h45 – Prova Bayard/ Sarmento – Fase Final
15h50 – Prova de Campo – Fase Final
17h – Entrega de prêmios – Freio de Ouro
21h – Remate Reconquista Agropecuária

Freio de Ouro
Espaço Cultural ABCCC. Foto: Divulgação

Espaço Cultural da ABCCC será inaugurado durante a Expointer

Inovador, o Espaço Cultural é mais uma novidade apresentada pela atual gestão da ABCCC. Com o objetivo de estreitar a relação do público com a cultura que envolve a raça e o meio rural, o espaço será destinado à exposição de artistas que já têm projetos apoiados pela entidade. O local reservado para as exposições será anexo ao Restaurante do Cavalo Crioulo.

As exibições serão permanentes, com dias e horários definidos ao longo da programação da raça Crioula na Expointer 2019. Entre os artistas que irão expor seus trabalhos estão Caé Braga (escultor e artista plástico), Cassio Selaimen (cuteleiro), Fagner Almeida (fotógrafo), Felipe Constant (artista plástico), Henrique Fagundes da Costa (escritor e pesquisador), Eduardo Rocha (fotógrafo), Raul Sartor Filho (artista prateiro) e Renato Dalto (jornalista e escritor).

A novidade vem ao encontro das ações de incentivo à cultura promovidas pela Diretoria desde a posse. “Queremos divulgar e promover a cultura no meio do Crioulo, esse é um dos objetivos estatutários da ABCCC. O público terá acesso integral às obras, podendo participar, apoiar e aprender sobre os conteúdos e seus respectivos artistas. Inclusive servindo de ligação e inspiração a outros projetos e atividades durante o próximo ciclo”, comenta Francisco Fleck, presidente da ABCCC.

Colaboração: Assessoria de Imprensa e ABCCC
Foto de chamada, crédito: Fagner Almeida/ABCCC

Escreva um comentário