Mangalarga

Expo Nacional do Cavalo Mangalarga semana que vem

Publicado

⠀em

Evento reunirá os principais exemplares da raça em concorridos julgamentos que elegerão os Grandes Campeões Nacionais de 2017

O julgamento de marcha será um dos destaques da programação. Foto: Norberto Cândido

O município de São João da Boa Vista/SP, receberá entre os dias 14 e 23 de setembro, um dos mais tradicionais eventos da equinocultura brasileira, a Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga, que este ano realiza sua 39° edição. A mostra, que está marcada para acontecer nas dependências do tradicional Parque de Exposições José Ruy de Lima Azevedo, contará com uma variada programação com provas equestres, leilões, palestras, clínicas de equitação e atrações musicais, além dos concorridos julgamentos de marcha e morfologia.

Promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga – ABCCRM, em conjunto com a Sociedade Sanjoanense de Esportes Hípicos – SSEH, a Exposição deverá receber cerca de 600 animais provenientes dos principais criatórios da raça espalhados pelas cinco regiões do país. Quem deve passar por lá são dois apaixonados pelo cavalo Cavalo de Sela Brasileiro: a cantora Paula Fernandes e o jornalista esportivo Milton Neves.

A programação incluirá: workshops e palestras voltadas ao público mangalarguista, ‘test-drive’ com Mangalargas, aula de equitação, exposições e homenagens a antigos criadores, além das sempre aguardadas provas sociais, shows diários com duplas sertanejas, conjuntos e cantores regionais e a parte mais esperada de todas, os grandes campeões e melhores criadores e expositores da Nacional 2017. A expectativa para a liquidez nos negócios também é grande, já que a associação espera superar a expressiva receita de R$ 3,2 milhões do ano passado.

Fique por dentro: www.cavalomangalarga.com.br.

Colaboração: Assessoria ABCCRM

Mangalarga

Programa Prosa Mangalarga traz a Mangalargada para a roda de bate-papo

Rodrigo Novais e Felipe Torquato Junqueira Franco são os convidados dessa noite

Publicado

⠀em

O programa Prosa Mangalarga de hoje (1) traz toda a história da Mangalargada e a importância dela para a raça.

Apresentado por Dudu Vaz e Marcelo Cerqueira, o programa traz Rodrigo Novais, do Haras Espinhaço e Felipe Torquato Junqueira Franco, da Fazenda Diamante – CJ, como convidados.

Rodrigo Novais e sua família estão presentes na Mangalargada desde o início. Além de contar sua vivência na modalidade, Novais vai comentar sobre seu criatório e seus animais.

Felipe Torquato, descendente do sufixo CJ, muito importante para a história da raça, vai comentar sobre a importância do seu criatório para os mangalarguistas, além de explanar sobre a história da Mangalargada e sua participação no evento.

A Mangalargada

Uma cavalgada diferente, com um toque de competição. Essa á a Mangalargada.

A prova consiste em um trajeto de 20 quilômetros, com algumas regras que o animal deve cumprir. A cada não comprimento, o conjunto perde ponto.

Realizada pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), a prova tem o objetivo de reunir a família mangalarguista em um ambiente descontraído e agradável. “Costumo dizer que é como se fosse uma cavalgada, mas com adrenalina”, afirma Luís Fernando Sianga, diretor responsável pelo Programa Prosa.

O programa Prosa é transmitido ao vivo no canal a ABCCRM no Youtube, hoje (1) a partir das 20h.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias sobre a raça Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Danielle Buschhausen assume setor de marketing da ABCCRM

Nova gestora traz na bagagem sua vasta experiência de mercado, oferecendo um olhar mais empresarial para o setor

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo da Raça Mangalarga (ABCCRM) está com uma nova gestora à frente da área de Marketing. Danielle Buschhausen assumiu o setor em junho de 2020 e tem como propósito promover diversas benfeitorias, não apenas na associação, mas também à todos os mangalarguistas.

O convite para assumir o marketing da associação partiu do próprio presidente, Eduardo Rabinovich, que estava em busca de um profissional com multiexperiência, que tivesse vivência em diversas áreas do marketing, desde empresarial até agência para trazer este olhar à Associação.

“Fui indicada por uma ex-profissional da Agência Talent, que me indicou ao presidente Eduardo Rabinovich. Eles queriam uma pessoa que tivesse este conhecimento mais amplo, que já tivesse atuado como agência, cliente, e que pudesse juntar essas duas experiências à frente da Associação”, relembra Danielle.

O desafio não era pequeno.  A ABCCRM não tinha um setor de marketing estruturado e planejado. “Temos um presidente que acredita no marketing, que entende a importância do setor, e eu vim com esse desafio, estruturar o departamento, fazer um planejamento para 2022 e trabalhar, principalmente, para o crescimento da raça”, explica.

Nova campanha

A Associação lançou a campanha “Mangalarga do Brasil”, que visa mostrar que o animal não é paulista, mas do Brasil inteiro. “Precisamos ampliar este conhecimento e o nosso cavalo, nossa raça, para o Brasil, atingindo essa notoriedade”, afirma Danielle.

Nova campanha Mangalarga do Brasil

Além da recém-lançada campanha, outro ponto de atuação da nova diretora é o crescimento da associação, “trabalharmos não só os grandes criadores, mas os nossos usuários, aqueles que são apaixonados por cavalos. Vamos fazer um trabalho muito forte direcionado aos usuários, todos aqueles que gostam, acreditam e conhecem a qualidade da raça do cavalo Mangalarga”.

Desafios para 2022

Para o próximo ano, ela já traçou os caminhos e desafios a serem trabalhados. “Vamos atuar na estruturação do calendário de eventos, trabalhar fortemente estes eventos onde estão presentes todos os nossos usuários, não só os que já existem como o “Poeirão”, mas também criar oportunidades para estarmos juntos dos nossos usuários”, expõe.

Outro ponto de atuação da nova diretoria de marketing serão os núcleos, entendendo suas necessidades e desafios e atuando no fornecimento de apoio nas divulgações, merchandising, além de trabalhar fortemente a campanha Mangalarga do Brasil.

“Vamos trabalhar para que o pequeno criador e o apaixonado por nosso cavalo cresça e possa registar seus animais aqui na Associação, se tornando um associado e, podendo assim, estar junto com a gente em todos os trabalhos que vamos desenvolver durante a ano. Não somos apenas para os grandes criadores, a Associação é de todos os mangalarguistas”, finaliza Danielle Buschhausen.

Histórico profissional   

No mercado há mais de 30 anos, Danielle se denomina como filha da Ambev.  Iniciou na empresa como estagiária, atuou como trainee e foi transferida quando a Brahma se mudou para São Paulo, assumindo a gerencia de marketing do Estado de São Paulo, onde ficou por 10 anos.

Depois atuou na agência Talent com Diretora de Contas, atuando à frente de contas importantes como a Santer, Niaze, antiga dona dos esmaltes Risquê, Banco Panamericano, entre outros.

Atuou como Gerente de Marketing do Banco Santander, na ocasião em que o banco comprou o antigo Banespa, sendo a responsável por um dos maiores projetos do banco, que foi trabalhar a retenção de todos os clientes do Banespa, que eram funcionários públicos do Estado de São Paulo, no Santander.

Depois de sete anos, recebeu o convite para trabalhar na agência Hub Brasil, onde trabalhou por cinco anos como Diretora de Novos Negócios, sendo a responsável por todos os novos clientes da agência.

Por: Camila Pedroso

Foto: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Balanço positivo marca 43ª Nacional Mangalarga

Mais importante evento do Cavalo de Sela Brasileiro alcançou bons resultados dentro e fora da pista de julgamento

Publicado

⠀em

A 43ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga, realizada entre os dias 21 e 31 de outubro, no Centro Hípico de Tatuí (SP), registrou um balanço bastante positivo. A análise é feita por organizadores, autoridades locais, jurados e criadores que participaram desta que é considerada a mais importante mostra da raça Mangalarga.

Para Eduardo Rabinovich, Presidente da ABCCRM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga), a avaliação do evento é a melhor possível. “Acho que a 43ª Expo Nacional foi uma grande festa, realizada em um ambiente de muita amizade e em um local muito bom, cuja estrutura proporcionou todo o conforto para os participantes, além de ter possibilitado que os julgamentos transcorressem sem problemas e protegidos das variações do clima.”

Rabinovich destaca também o progresso do plantel da raça observado nesta Nacional. “A qualidade dos animais estava excepcional. Isso mostra que a evolução vem sendo constante, com o nível da tropa melhorando a cada ano. Além disso, tivemos páreos disputadíssimos, como o Grande Campeonato de Marcha Égua, que foi um verdadeiro espetáculo, com os animais andando maravilhosamente bem. Assim, acredito que estamos conseguindo ter um animal cada vez mais equilibrado, capaz de reunir marcha, função e morfologia.”

A evolução do plantel foi apontada também pelo jurado Jorge Lucena. “O nível nas exposições nacionais é sempre muito alto. Por isso, a gente sempre teve a presença de expoentes, animais que se destacavam, mas agora esses exemplares estão em mais quantidade, está ocorrendo uma padronização muito grande de animais superiores”, destaca o profissional, que integrou pela terceira vez a comissão de jurados da Nacional.

Lucena ressalta que esse fato foi notado principalmente entre os animais jovens. “Isso mostra justamente a evolução da raça, com as categorias de potros e potrancas apresentando muita homogeneidade e muita qualidade. Trata-se de uma geração que vem chegando muito forte, o que mostra que os criadores têm conseguido replicar os animais de qualidade, eles não estão produzindo somente um ou dois indivíduos, mas sim uma quantidade expressiva de animais de qualidade.”

Por sua vez, o Vice-Presidente de Exposições da ABCCRM, Carlos Cesar Peres Iembo, salienta que o evento transcorreu muito bem, com a presença de público atingindo as expectativas dos organizadores. “Este ano, nós ainda tivemos que restringir a entrada no recinto apenas aos associados e seus familiares, além de adotar uma série de medidas sanitárias por conta da pandemia de covid-19, mesmo assim já foi possível ter a presença de muitos criadores e de muitas pessoas que não puderam estar conosco no ano passado. Isso proporcionou um ambiente muito agradável e fez com que a festa fosse toda muito gostosa.”

Impactos na cidade de Tatuí, sede do evento

A 43ª Nacional Mangalarga foi ainda muito relevante para o município sede, merecendo até mesmo a realização de uma pesquisa de demanda turística promovida pela Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude.

O estudo, que obteve um total de 107 respostas, das quais 60,7% foram de homens e 39,3% de mulheres, comprovou a diversificada proveniência do público do evento, com pessoas de diversas cidades do Estado de São Paulo e de todo o Brasil, como Cuiabá (MT), Recife (PE), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Londrina (PR), Guaxupé (MG), Uberaba (MG), Três Lagoas (MS) e Nova Lima (MG).

“Este evento foi de extrema importância para Tatuí, pois há estimativas de que movimentou mais de R$ 2 milhões em negócios, especialmente hotéis, restaurantes e outros serviços, gerando desenvolvimento, renda e emprego, além de ter projetado o nome da cidade e da região para todo o Brasil. É o Turismo mais forte auxiliando a economia local”, comemorou o Secretário Municipal de Turismo, Cassiano Sinisgalli.

Promovida pela ABCCRM, a 43ª Exposição Nacional contou com a participação de cerca de 490 animais, expostos por 122 criatórios das cinco regiões do país.

Créditos: Equipe Portal Cavalus

Fotos: Márcio Mitsuishi/ Júlio Oliveira

Mais notícias sobre o Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Geral

Qualidade da marcha do cavalo Mangalarga foi destaque da 3ª Expo Nacional da raça

Com páreos concorridos, protagonizados por cavalos e éguas de muita qualidade, a mostra comprovou o alto nível e a contínua evolução da marcha da raça

Publicado

⠀em

A 43ª Exposição Nacional, realizada no Centro Hípico de Tatuí (SP), no final do mês de outubro, surpreendeu a todos que assistiram os 11 dias de provas, seja pessoalmente ou pela internet.

Promovida pela ABCCRM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga, a Nacional contou com a participação em pista de 490 animais de 80 criatórios das cinco regiões do país.

Segundo Alessandro Moreira Procópio, Diretor Técnico da ABCCRM, durante o evento foi possível observar a evolução da marcha da raça Mangalarga. 

“Nós tivemos a participação de cavalos e éguas de fácil condução e ótimo temperamento, com avanços diagonais dos membros bem coordenados, cadenciados, elásticos e elegantes. Certamente, o que se viu foi a apresentação de animais homogêneos, equilibrados, cômodos e consequentemente muito agradáveis de serem montados”, explicou o dirigente mangalarguista.

Julgamentos de alto nível

A tarefa de avaliar o quesito marcha e dinâmica coube ao trio de jurados composto por André Fleury Azevedo Costa, Guilherme Zagnolli e Lucas Fernando Augusto.

Os julgamentos que definiram os novos Grandes Campeões Nacionais de Marcha contaram com a participação dos animais montados que mais se destacaram nesse quesito ao longo dos onze dias de disputas da 43ª Expo Nacional.

Exposto pelo criador paranaense Vinicius João Curi (Haras VJC) e natural da seleção do mangalarguista mineiro Antonio Carlos Ferreira (Haras ACF), o alazão Inhambú ACF (T.E.), de 68 meses, superou outros 60 machos e conquistou o título de Grande Campeão Nacional de Marcha Cavalo.

Inhambú ACF brilhou na disputa de marcha entre os machos que estiveram em Tatuí

O jovem Coliseu da Braido (T.E.), de 58 meses, exposto e selecionado pelo criador paulista Nelson Antonio Braido (Haras Braido) conquistou o título de 1ª Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo de Marcha, e promissor Libertador ACF, de 44 meses, proveniente da seleção de Antonio Carlos Ferreira o título de 2ª Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo de Marcha. 

Fêmeas campeãs

Entre as fêmeas, o principal destaque foi a alazã Joia Rara França, de 71 meses. Exposta pelo criador Jorge Eduardo Beira e proveniente da seleção de Eduardo Henrique Souza de França, ela superou outras 115 fêmeas adultas, conquistando assim o título de Grande Campeã Nacional Égua de Marcha.

A fêmea Joia Rara França foi um dos destaques dos julgamentos de marcha da Nacional Mangalarga

A 1ª Reservada Grande Campeã Nacional Égua de Marcha foi Chaleira SP do Papu, de 57 meses, exposta por Eduardo Figueiredo Augusto e selecionada por Arnaldo de Almeida Prado Filho.

A 2ª Reservada Grande Campeã Nacional Égua de Marcha foi a égua Tél Taça da S.L.G. (T.E.), de 73 meses, exposta por Jorge Eduardo Beira e proveniente da seleção de Celso Cerávolo Paoliello.

Para conferir os resultados completos da 43ª Exposição Nacional acesse o portal: www.cavalomangalarga.com.br.

INFORME PUBLICITÁRIO
Por Camila Pedroso/Pedro C. Rebouças
Crédito da foto: Márcio Mitsuishi/Julio Oliveira

Veja outras notícias sobre o cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

43ª Nacional Mangalarga reúne quase 500 animais para a disputa dos títulos de Grandes Campeões

Com animais de altíssimo nível, dotados de muita qualidade tanto de marcha como de morfologia, julgamentos da exposição superaram todas as expectativas

Publicado

⠀em

Nacional do Mangalarga tem os Grandes Campeões de 2021

A 43ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga  realizada entre os dias 21 e 31 de outubro, no Centro Hípico de Tatuí/SP,  foi um sucesso.

Promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), a Nacional contou com a participação de 80 criatórios, com a apresentação em pista de 490 animais.

Para julgar os concorrentes foram convidados dois trios de jurados. O primeiro deles, composto por André Fleury Azevedo Costa, Guilherme Zagnolli e Lucas Fernando Augusto, foi responsável pela análise dos itens marcha e dinâmica, enquanto o segundo, integrado por Emerson Luiz Bartoli, Jorge Eduardo Cavalcante Lucena e Thomas de Oliveira Vasconcelos, esteve a cargo do quesito morfologia.

O título de Grande Campeão Nacional Cavalo foi conquistado pelo Instinto da Araxá (T.E.). O jovem alazão de 47 meses de idade, exposto por Almiro Esteves Junior, do Haras A.E.J, e proveniente da seleção de Josiane Cardoso Matta Vidotti, do Haras Araxá, superou outros 60 machos adultos e registrou seu nome no Troféu Transitório Dr. Eduardo B. Marchi.

A disputa entre os machos consagrou ainda como 1º Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo o Coliseu da Braido (T.E.), originário da criação de Nelson Antonio Braido (Haras Braido), e o 2º Reservado Grande Campeão Nacional Cavalo Beirute CASS (T.E.), exposto e selecionado por Cassiano Terra Simon (Haras CASS).

Na avaliação de Luiz Gustavo Alves Esteves, filho de Almiro Esteves Junior e um dos responsáveis pela seleção do Haras A.E.J, a premiação obtida pelo Instinto da Araxá, representa a realização de um objetivo inédito e muito almejado pelo criatório, localizado em Amparo/SP.

“É realmente muito emocionante, pois esse é um título que a gente ainda não havia conseguido conquistar. Além disso, ele representa um trabalho muito grande, que começou com a gente indo atrás desse potro, comprando metade dele e ficando sócio da Josiane, para enfim conseguir esse resultado incrível, que é o Grande Campeonato Nacional Cavalo.”

Gustavo Esteves destaca ainda algumas qualidades fundamentais do premiado animal. “Eu considero que ele é um cavalo muito equilibrado, dentro daquilo que a raça busca que é um cavalo mais mediolíneo, com dorso muito bom, bom direcionamento de frente e ainda com uma marcha bem diferenciada. Trata-se enfim de um animal que equilibra muito bem todas essas qualidades.”

Fêmeas em destaque

A 43ª Expo Nacional consagrou também a fêmea Thalia da Piratining, exposta por Guilherme Pompeu Piza Saad (Haras Gadu) e proveniente da seleção de Luiz Aparecido de Andrade (Haras Piratininga).  A alazã superou 115 concorrentes para se tornar a Grande Campeã Nacional Égua, registrando assim seu nome no Troféu Transitório José Oswaldo Junqueira.

Já o título de 1ª Reservada Grande Campeã Nacional Égua foi conquistado por Firenze do CCP (T.E.), exposta pelo Haras Precioso (Eduardo Rabinovich) e proveniente da seleção de Carlos Cesar Perez Lembo (Haras do Lobo), enquanto o troféu de 2ª Reservada Grande Campeã Nacional Égua foi entregue a Certeza CASS (T.E.), proveniente da criação de Cassiano Terra Simon (Haras CASS).

Segundo Guilherme Saad, a conquista de Thalia da Piratininga é o resultado de todos os esforços e de todo o trabalho realizado pelo haras. “Nos proporcionou uma sensação de dever cumprido. Afinal, foi uma conquista realmente muito difícil, pois esse foi um páreo extremamente equilibrado, com a participação de éguas maravilhosas, em uma Nacional que reuniu quase 500 animais. Então é uma satisfação poder viver este momento, ainda mais estando na companhia da família e dos amigos mangalarguistas nesta festa maravilhosa.”

O Grande Campeonato Nacional Égua de Thalia da Piratininga foi motivo de muita comemoração para o Haras Gadu/Márcio Mitsuishi

Guilherme também ressaltou as qualidades da nova Grande Campeã Nacional Égua. “Ela reúne todas as qualidades que priorizo na minha criação. Trata-se de uma fêmea muito equilibrada, com uma dinâmica maravilhosa, uma marcha fantástica e um equilíbrio morfológico que a torna linda, com partes muito boas, estrutura boa e uma frente linda, enfim ela tem tudo que a gente busca na nossa tropa.”

Para conferir a relação completa de Grandes Campeões da 43ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga, acesse o portal oficial da ABCCRM: www.cavalomangalarga.com.br.

Por Camila Pedroso
Colaboração: Pedro Rebouças
Crédito e legenda da foto em destaque: O Haras A.E.J celebrou o Grande Campeonato Nacional Cavalo conquistado por Instinto da Araxá/Divulgação/Márcio Mitsuishi

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Exposição Nacional Mangalarga prossegue até domingo

Desfile das bandeiras dos criatórios participantes foi um dos destaques da cerimônia de abertura do mais importante evento do Cavalo de Sela Brasileiro

Publicado

⠀em

Exposição Nacional Mangalarga prossegue até domingo

A Cerimônia Oficial de Abertura da 43ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga movimentou o Centro Hípico de Tatuí (SP) na tarde do sábado 23 de outubro. Sempre muito aguardada, a solenidade foi comandada pelos dirigentes da raça e prestigiada pelas autoridades do município anfitrião, sendo aberta com uma apresentação da Orquestra de Cordas do Conservatório de Tatuí. O grande momento da programação, entretanto, foi o tradicional desfile das bandeiras dos criatórios participantes, responsável por proporcionar um belo espetáculo ao público presente.

Em seu pronunciamento na cerimônia de abertura da Nacional, o presidente da ABCCRM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga), Eduardo Rabinovich, agradeceu o importante apoio de todos os diretores da entidade, da equipe do Centro Hípico de Tatuí e da Prefeitura de Tatuí. “Esse suporte foi fundamental para que conseguíssemos viabilizar esse grande evento e tivéssemos esse resultado incrível que todos estão podendo conferir”, afirmou o dirigente mangalarguista.

Rabinovich ressaltou ainda os motivos que fazem da 43ª Expo Nacional um momento especial para a raça. “Para nós, depois de tanto tempo sem poder realizar eventos, é um imenso prazer estar fazendo esta exposição aberta, dentro dos padrões sanitários solicitados pelas autoridades diante do atual quadro de pandemia. Afinal, Mangalarga é família, Mangalarga é confraternização, Mangalarga é festa.”

O presidente, além disso, destacou a importância do lançamento da nova campanha institucional da raça, ocorrido na véspera, durante a noite de confraternização dos criadores. “Esse também é um momento muito especial pois a gente está tendo aqui a oportunidade de lançar a campanha Mangalarga do Brasil, uma iniciativa que tem como objetivo ressaltar a origem genuinamente brasileira de nosso cavalo e criar as condições necessárias para a raça crescer cada vez mais em todo o território nacional.”

Por sua vez, o prefeito de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Júnior, ressaltou a satisfação da população local por recepcionar a 43ª Nacional Mangalarga. “Um dos grandes desafios de um administrador é mostrar a cidade e suas qualidade para que as pessoas conheçam melhor todo o seu potencial. Assim, é um imenso orgulho poder receber um evento desse porte e poder compartilhar de toda a riqueza deste momento com os apaixonados pelo Mangalarga.”

Programação movimentada

Promovida pela ABCCRM, a 43ª Expo Nacional teve início na última quinta (21) e segue até o próximo domingo (31), ocasião em que serão conhecidos os Grandes Campeões Nacionais de 2021. No total, 500 animais, provenientes das cinco regiões brasileiras e expostos por 80 dos mais conceituados criatórios da raça, participam do evento.

Os primeiros dias de atividades da principal mostra mangalarguista foram marcados por uma série de atrações. Na noite da sexta-feira (22), ocorreu a confraternização dos criadores, com direito a show da dupla Gian e Giovani, além do lançamento da campanha Mangalarga do Brasil. Já a manhã do sábado (23) recebeu a terceira etapa da Copa Ypê Cobasi de Função, na qual os conjuntos mangalarguistas demonstraram muita habilidade para superar os obstáculos da prova de maneabilidade, enquanto a chuvosa manhã do domingo (24) contou com a realização da segunda etapa do Circuito Mangalargada 2021, em que os competidores tiveram de percorrer um percurso de 20 quilômetros pelas belas trilhas do Centro Hípico de Tatuí.

Além disso, os julgamentos das categorias de potros e potrancas mostraram a elevada qualidade da nova geração de animais da raça Mangalarga, com os participantes sendo avaliados pelos jurados nos quesitos Morfologia e Marcha, em busca de um lugar na disputa dos Grandes Campeonatos.

Em depoimento nas redes sociais da raça, o Diretor de Exposições Guilherme Saad convidou a comunidade mangalarguista a prestigiar a fase final da 43ª Expo Nacional. “Este foi um ano difícil, mas estamos muito satisfeitos por conseguir realizar esta grandiosa exposição, assim aproveitamos para convidar todos a virem conferir os melhores exemplares da raça no ano de 2021. Nesta sexta, sábado e domingo, acontecerão os julgamentos finais, com as disputas dos campeonatos e dos grandes campeonatos. Então estamos esperando todos os associados e amantes do nosso cavalo Mangalarga. Tem muita coisa boa ainda por vir.”

Entretanto, é bom lembrar que a exposição ainda conta com algumas restrições sanitárias, assim quem comparecer ao evento deve apresentar carteira de vacinação com as duas doses já marcadas ou apresentar teste PCR de até 72 horas testando negativo para covid-19.

Para quem não puder comparecer ao Centro Hípico de Tatuí, a opção é acompanhar a transmissão dos julgamentos em tempo real pela internet. Para isso, basta entrar no portal www.cavalomangalarga.com.br e acessar o atalho para a transmissão via YouTube da Ride2Play ou ainda baixar o aplicativo Ride2Play.

Colaboração: Pedro Rebouças
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Márcio Mitsuishi.

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Campanha ‘Mangalarga do Brasil’ é lançada pela ABCCRM

Ação visa impulsionar o crescimento da raça em todo o território nacional, além de fortalecer núcleos de criadores

Publicado

⠀em

Campanha ‘Mangalarga do Brasil’ é lançada pela ABCCRM

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM) apresentou, dentro da programação da 43ª Exposição Nacional, na noite da última sexta-feira (22), sua nova campanha com o tema Mangalarga do Brasil. A iniciativa tem o objetivo de impulsionar o crescimento da raça em todo o país e fortalecer os núcleos de criadores presentes em diversas regiões brasileiras.

De acordo com a ABCCRM, para reforçar a ação de lançamento da campanha, foi apresentado um filme institucional mostrando toda a trajetória do Mangalarga, sua evolução e a pulverização da raça de norte a sul do país. O vídeo, além disso, apresentara todas as qualidades do cavalo de sela brasileiro, como sua beleza, morfologia e a marcha cômoda, macia e progressiva.

A Associação criou ainda uma identidade visual e uma assinatura especial para divulgar a campanha Mangalarga do Brasil. Essas iniciativas, no entanto, valerão apenas durante o período da campanha, com a tradicional logomarca da ABCCRM permanecendo como referência oficial da raça Mangalarga.

Padrão elevado

Segundo o Presidente da ABCCRM, Eduardo Rabinovich, o cavalo Mangalarga evoluiu muito nos últimos anos, alcançando um padrão bastante elevado. Assim, agora é preciso apresentar às pessoas todas as qualidades que fazem com que a raça ocupe uma posição de destaque no cenário da equinocultura brasileira, justamente para potencializar sua expansão em todo o país e alcançar um público novo composto principalmente por usuários e pequenos criadores.

“Os animais da raça alcançaram um nível realmente muito alto. Hoje o nosso cavalo apresenta uma marcha incrível, além de estar muito bonito e exibir muita funcionalidade. Essa campanha vem justamente para apresentar todas essas características, que, aliás, podem agregar muita qualidade tanto para a prática de atividades de lazer, como as cavalgadas e raids equestres, quanto para a prática de modalidades esportivas, como as provas de maneabilidade, o hipismo rural e o enduro de regularidade”.

Para a Diretora de Marketing da ABCCRM Renata Sari, que vem trabalhando intensamente no projeto ao lado do também Diretor de Marketing Youssef Haddad, o difícil momento vivido pelo país e pelo mundo em decorrência da pandemia de covid-19 foi fundamental para a concretização do projeto. “Este foi um ano de pandemia, um ano difícil, mas um ano que uniu ainda mais os distantes pelas mídias, pelas redes sociais e pelas dores e vitórias de um momento mundialmente difícil. Entregar aos criadores essa campanha foi realizar um sonho merecido e antigo e fazer isso em 2021 foi importante para acalentar o coração de todos os brasileiros, mostrando que por mais difícil que esteja o mundo, sonhar ainda é o pilar para as grandes realizações. Para o cavalo de sela brasileiro, raça pronta, completa e tão perfeita, ser do Brasil é a lógica, ser de cada brasileiro a vitória”.

Por fim, a 43ª Expo Nacional do Cavalo Mangalarga, que ocorre no Centro Hípico de Tatuí, até 31 de outubro, conta com uma diversificada programação, com provas funcionais e disputas sociais, além dos concorridos julgamentos de marcha e morfologia que elegerão os Grandes Campeões Nacionais de 2021. Por conta da pandemia de covid-19, o evento segue restrito a associados da ABCCRM com uma série de protocolos sanitários para garantir a segurança de todos.

Para obter mais informações sobre a 43ª Nacional Mangalarga, acesse o portal www.cavalomangalarga.com.br ou acompanhe as páginas oficiais da raça no Facebook e Instagram.

Colaboração: Pedro Rebouças
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Norberto Cândido

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Nacional do Mangalarga começa nessa semana repleta de atrações

Um dos maiores eventos da raça pretende exibir toda a qualidade do cavalo Mangalarga com uma festa especial

Publicado

⠀em

Nacional do Mangalarga começa nessa semana repleta de atrações

Entre os dias 21 a 31 de outubro, o Centro Hípico de Tatuí, em São Paulo, receberá um dos mais tradicionais eventos da equinocultura brasileira, a Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga. Em sua 43ª edição, a aguardada mostra contará com uma diversificada programação, com disputas funcionais, provas sociais, julgamentos de marcha e morfologia, além de uma série de atrações sociais.

De acordo com Eduardo Rabinovich, Presidente da ABCCRM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga, a expectativa para o evento é a melhor possível. “Nós estamos super animados para a Nacional. Apesar de este ter sido um ano muito difícil, em que a pandemia limitou muito as atividades da raça, a Família Mangalarga pode esperar uma festa muito especial e com muitas novidades”.

Já o Vice-Presidente de Exposições da ABCCRM, Carlos Cesar Perez Iembo, destaca que a diretoria trabalha para fazer a cada ano uma festa melhor. “Desta vez, a Associação pretende manter o mesmo padrão de conforto, organização e infraestrutura que foi tão elogiado no ano passado, mas realizando aprimoramentos sempre que identificarmos essa necessidade. Por isso mesmo, esperamos fazer uma grande festa, inclusive superando o número de animais registrado no evento do ano passado.”

Diretor Adjunto de Exposição da ABCCRM, Guilherme Pompeu Piza Saad também se mostra muito animado para a Nacional 2021. “A nossa expectativa para esta exposição é a melhor que se possa imaginar. Acredito que teremos em pista uma tropa com uma qualidade nunca vista até agora, pois nossos animais estão hoje com um padrão muito elevado tanto na morfologia como na marcha.”

Cesar Iembo lamenta apenas que ainda não seja possível contar com a volta total do público. “Este ano infelizmente ainda teremos algumas restrições. Para garantir a segurança de todos, haverá uma série de protocolos de segurança a serem seguidos, como distanciamento social, exigência de uso de máscara, apresentação de carteirinha de vacinação e testagens das pessoas envolvidas”.

Programação Nacional do Mangalarga

Além dos julgamentos de marcha e morfologia, que acontecerão ao longo de toda a programação, com disputas tanto na classe geral como nas classes voltadas a animais de pelagens diferenciadas, a 43ª Expo Nacional terá uma série de atrações para os apaixonados pela raça. No dia 23, primeiro sábado de atividades, está prevista a realização do tradicional desfile das bandeiras dos criatórios participantes, dentro da solenidade oficial de abertura do evento.

Na manhã desse mesmo dia, deve acontecer a aguardada prova de função, uma disputa de maneabilidade com obstáculos que simulam a lida na fazenda e que exigem muita habilidade e técnica dos conjuntos concorrentes. No dia seguinte, o domingo 24 de outubro, está prevista a realização da segunda etapa da Mangalargada 2021, uma cavalgada competitiva com percurso de cerca de vinte quilômetros, que reúne competidores de todas as idades, em um ambiente descontraído, amigável e com um toque de adrenalina.

A Nacional terá, além disso, a volta das provas sociais, que na edição passada não puderam ser realizadas em decorrência das restrições sanitárias determinadas pelas autoridades naquele momento. Assim, a mostra deve ter uma dose extra de alegria, com a disputa das tradicionais categorias mini-mirim, mirim, jovem e feminina, além da sempre aguardada prova do patrão.

Já o último fim de semana da programação será o ponto alto da 43ª Expo Nacional, com a definição dos Grandes Campeões Nacionais de 2021. No sábado, 30 de outubro, a previsão é que tenha início o julgamento dos Grandes Campeonatos de Marcha ao Cabresto, voltados às categorias de Potros e Potrancas. No domingo, 31 de outubro, o evento prosseguirá, vivendo seu grande momento ao fim do dia, com a escolha da Grande Campeã Égua e do Grande Campeão Cavalo.

A Associação destaca que a programação da 43ª Expo Nacional, que ainda está sujeita a ajustes, dessa forma, você pode acompanhar todas as informações através das redes oficiais da ABCCRM.

Colaboração: Pedro Rebouças
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Programa Prosa Mangalarga vem com novidades

Edição dessa quinzena já segue em novo dia, com esquenta para a Nacional que ocorre ainda este mês

Publicado

⠀em

Programa Prosa Mangalarga vem com novidades

Nesta quarta-feira (13), vai ao ar mais uma edição do programa Prosa Mangalarga. Apresentado por Dudu Vaz e Singa, o programa vai falar sobre a 43ª Nacional Mangalarga, que acontece de 21 a 31 de outubro no Centro Hípico de Tatuí (SP).

Luis Fernando Sianga, idealizador do programa, comenta que a ideia surgiu no Movimento Marcha Mangalarga. Movimento que seguia com um bate-papo entre convidados e apresentadores, que são do meio da raça.

“Não é um programa de entrevistas, a ideia é um bate-papo descontraído, onde possamos trazer criadores, proprietários, técnicos, jurados, todos que sejam envolvidos com o cavalo Mangalarga”, ressalta.

Então, já são três anos de programa, que apresenta novidades e tudo o que rola no universo da raça. Sianga comenta que, uma das alterações é o dia. Dessa forma, o programa que ia ao ar às quintas-feiras, quinzenalmente, passa agora a ser transmitido às quartas.

Além dessa novidade, o idealizador explica que, anteriormente, o programa era conduzido por voluntários. “O Dudu Vaz chegou para ser um reforço de peso, que vai fazer o gerenciamento de tudo isso, a ideia é o programa continuar nesse formato, com a mesma direção, sendo uma prosa caipira entre os convidados, mas com uma gestão mais profissional”.

Cavalo Mangalarga

De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga – ABCCRM, o cavalo Mangalarga teve sua origem no cavalo da Península Ibérica.  Com a vinda da Família Real Portuguesa ao Brasil, foram também trazidos os melhores espécimes da Coudelaria Real de Alter do Chão, fato que desempenhou papel decisivo na formação da raça, pois os reprodutores trazidos nesta viagem, assim como seus descendentes foram muito utilizados pelos criadores da época para o melhoramento de seus rebanhos.

Por fim, se você quiser saber tudo o que vai acontecer na 43ª Nacional Mangalarga, não perca hoje, às 20h, o programa Prosa Mangalarga, com transmissão ao vivo pelo canal da ABCCRM e Portal Cavalus.

Serviço
Programa Prosa Mangalarga
Data: 13 de outubro de 2021
Horas: 20h
Transmissão: YouTube ABCCRM e Portal Cavalus

Por Heloísa Alves
Crédito e legenda da foto: 42ª Nacional Mangalarga – Divulgação/Márcio Mitsuishi

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Haras Lagoinha promove live para falar sobre genética e reprodução

A titular do criatório, Marisa Iorio irá bater um papo com a Dra. Laura Patterson através do canal do Haras Lagoinha no Youtube

Publicado

⠀em

O incrível mundo dos cavalos na genética e na reprodução será tema de uma live especial promovida pelo Haras Lagoinha nesta terça-feira (20). Marisa Iorio, titular do criatório, irá entrevistar a médica veterinária P.H.D., Dra. Laura Patterson, da Etalon Diagnostics. Além dela, a live ainda terá a participação da médica veterinária oftalmologista Juliana Inglez.

Entre os assuntos abordados na live estarão, obviamente, os diversos garanhões da raça Mangalarga. Sobretudo, Monteblanco do PEC, pilar da pelagem pampa contemporânea. Haja vista que nasceu em janeiro de 1997, com o primeiro produto em agosto de 2000.

Sendo assim, na live a Dra. Laura Patterson irá apresentar o estudo que fez com o garanhão do Haras Lagoinha. Antes de mais nada vale frisar que Monteblanco do PEC possui 127 produtos registrados em definitivo. 

Além disso, dezenas de filhos de Monteblanco são Campeões Nacionais e muitos Grandes na Pelagem Pampa. Sendo que no geral de todas as pelagens fez a sua neta (2011) e o seu bisneto (2017), ambos pampas, os Grandes Campeões Nacionais de Marcha e Geral de toda a raça Mangalarga.

“Com muito orgulho também verificamos que muitos de seus filhos se destacam como reprodutores de sucesso. Isso em criações de amigos”, cita Marisa Iorio. Portanto, entre os filhos de Monteblanco do PEC em evidência estão:

  • Texas do PEC (Luisinho)
  • Triunfo 3 Rios (Raucci)
  • Taiwan do PEC (Erthal)
  • Xingu do PEC (Apoema)
  • Safari da Janga (Schiavi)
  • Quattar do PC (Megale)
  • Tigreblanco do PEC (Rodão)
  • Serrano do PEC (Archilla)
  • Xangai do PEC (Jeferson Camilo)
  • Albany do PEC (Taj Mahal)
  • Rancho do PEC (William Mourão)

Não perca essa oportunidade!

“Venham conhecer mais um pouco da genética do Mangalarga e do início da volta da pelagem pampa. Que acreditamos, como poucos acreditaram. Isso porque a linhagem e as qualidades do Monteblanco do PEC nos fizeram confiar e apostar nesse desafiante projeto”, finaliza Marisa Iorio.

Por fim, para acompanhar a live basta acessar o canal no Youtube do Haras Lagoinha (clique aqui) a partir das 19h30 desta terça-feira (20). 

Instagram: @haraslagoinha |Site: www.haraslagoinha.com.br

Por Natália de Oliveira
Crédito da foto: Divulgação/Haras Lagoinha

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Continue lendo