Mangalarga

Expo Nacional Mangalarga: ABCCRM se prepara para a edição de 2020

Publicado

⠀em

Fique por dentro da expectativa para o maior evento da raça, bem como o balanço geral do Mangalarga

Vem aí o maior evento da raça Mangalarga! Trata-se da 42ª Expo Nacional Mangarlaga, que acontece de 20 a 28 de novembro, no Centro Hípico de Tatuí/SP.

De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), apesar da pandemia, as inscrições já chegaram a 400 animais.

Mostrando, portanto, que os criadores estão bastante animados apesar das dificuldades decorrentes da pandemia. Para se ter uma ideia, no ano de 2019, os julgamentos da Nacional contaram com cerca de 500 animais. 

Por fim, vale frisar que o evento deste ano não será aberto ao público por causa da pandemia. Sendo assim, apenas expositores e apresentações terão acesso ao Centro Hípico de Tatuí.

Contudo, a 42ª Expo Nacional Mangalarga servirá como uma grande preparação para a edição de 2021. Quando, aliás, a ABCCRM se compromete a preparar uma Nacional espetacular para todos os mangalargistas. 

Mais informações podem ser obtidas através do site www.cavalomangalarga.com.br.

Julgamento dos equinos de marcha Foto: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Balanço da raça

Atualmente, a ABCCRM possui mais de 2 mil associados ativos. Estes espalhados por todo o território brasileiro. Já o Stud Book da raça tem registrado, aproximadamente, 220.000 animais.

Ao todo, a entidade conta com 20 representações regionais de criadores. Sem falar ainda das criadoras da raça, que se concentram, por sua vez, no Núcleo Feminino.

Sobretudo, o estado de São Paulo – principal centro de seleção da raça – possui alguns dos núcleos mais ativos da raça. Sediadas, estas, nas seguintes cidades e regiões: Vale do Paraíba; Amparo; Oeste Paulista; Grande São Paulo; Alta Mogiana; Jundiaí; São José do Rio Preto; Jaú; Serra da Mantiqueira; e Piracicaba.

Do mesmo modo, a raça possui também núcleos bastante ativos nos estados de Minas Gerais, Bahia, Goiás, Pará, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal. 

De 2019 para 2020

Em 2019, a raça contou com cerca de 18 leilões que movimentaram uma receita aproximada de R$ 16 milhões. Ademais, ao decorrer do ano ocorrerams 30 exposições, tendo como ponto alto a Exposição Nacional.

Além disso, foram realizadas 10 copas de marcha, quatro Mangalargadas (enduro de regularidade da raça) e quatro provas funcionais, além de dezenas de cavalgadas país afora.

Já em 2020, por conta da crise do novo coronavírus, o calendário contou com um número menor de eventos. Uma vez que muitos deles precisaram ser cancelados.

Sendo assim, a partir da retomada – que começou em meados de agosto – a raça realizou cinco exposições regionais. Bem como quatro copas de marcha e quatro competições funcionais. Anteriormente a quarentena, já haviam ocorrido duas Mangalargadas.

E, nesse último bimestre do ano, ainda estão previstos os seguintes eventos: 42ª Expo Nacional; Etapa Final da Copa Cobasi de Marcha; Etapa Final da Copa Cobasi de Função; e Etapa Final da Mangalargada.

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Pedro Rebouças, assessoria de imprensa ABCCRM
Crédito da foto: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads