Mangalarga

Núcleo Mangalarga da Alta Mogiana completa 30 anos e terá história registrada em documentário

Produção reúne depoimentos de fundadores e até relatos de quem nasceu e cresceu em meio à movimentação do Núcleo

Publicado

⠀em

A amizade e a paixão pelos cavalos, deram origem, em 1991, à mais representativa união de criadores de cavalos Mangalarga do interior do Estado de São Paulo: o Núcleo Mangalarga da Alta Mogiana que, em dezembro de 2021, completou 30 anos. A comemoração destas três décadas de existência terá início durante assembleia que será realizada em São Joaquim da Barra (SP), no próximo dia 12 de fevereiro, na Fazenda Santa Cecília. Na ocasião, a atual diretoria lançará um documentário que resgata fragmentos desta história.

Eventos equestres diversos como exposições, simpósios, jantares, cavalgadas, competições, leilões, cursos e confraternizações estão entre as atividades promovidas e realizadas pelo Núcleo ao longo dos 30 anos, sempre reunindo pessoas e famílias em torno da criação do cavalo da raça Mangalarga.“O Núcleo representa um nicho de amigos que têm os mesmos conceitos de criação do cavalo Mangalarga, um animal dócil e funcional, servindo tanto para o lazer, como para cavalgadas e competições”, fala Sérgio Serio, diretor e um dos ex-presidentes da entidade.

Um dos fundadores, Roberto Maestrello, lembra que a criação desta estrutura associativista foi uma decisão de criadores da região que se reuniam e queriam ter representatividade junto à Associacão Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga – ABCCRM.“Essa vontade veio deste grupo que já realizava leilões e cavalgadas e cresceu com a criação do Núcleo. Eu tenho orgulho e honra de ter sido fundador dessa entidade”, expressa. O ex-presidente relata que o Núcleo foi fundado com personalidade jurídica e registrado em cartório, adquirindo CNPJ, seguindo todos protocolos e trâmites burocráticos necessários, fato inédito na época.

Silvio Torquato Junqueira, atual presidente, ressalta que o Núcleo Mangalarga da Alta Mogiana procura conciliar todas as ideias e tendências, alinhavadas pelas confraternizações, que são o foco principal. “Tanto as cavalgadas, como as competições e exposições sempre foram muito incentivadas. O Núcleo sempre investiu nisso. Até porque, o esporte dá vida para a raça e agrega as pessoas. Paralelamente, o espírito de família é nosso farol condutor. Sem isso, a associação não existe”, salienta Junqueira, que defende esse mesmo caminho para os próximos anos do Núcleo.

Lembranças e expectativas

A 2ª Cavalgada na Serra da Canastra, em setembro de 2019, foi a última realizada pelo Núcleo. Devido às restrições impostas pela pandemia do Coronavírus, praticamente toda agenda planejada para 2020 e 2021 foi suspensa, com exceção da Copa de Marcha e Função e Etapa da Mangalargada, que aconteceu em outubro do ano passado, no Haras Manoel Leão, em Ribeirão Preto (SP).

A diretoria do grupo tem expectativas da retomada gradual das atividades ainda neste ano. De acordo com Fernando Rivabem, associado e também ex-presidente, duas cavalgadas estão na agenda: uma para a Serra da Canastra e outra em Cruzília, no Sul de Minas, nos meses de junho e julho, respectivamente. “As cavalgadas são minhas melhores lembranças do Núcleo. São programas de vários dias, que nos proporcionam dormir ao relento, viver a natureza com toda a força que ela tem. Essa convivência com pessoas de todas as idades cria uma relação de muito respeito, principalmente pelo fato de que os participantes passam dificuldades ao mesmo tempo, o que os aproximam muito”, conta o criador Rivabem.

Mangalarga da Alta Mogiana

Além de marcar o retorno do tradicional calendário, as cavalgadas integram a comemoração pelos 30 anos de existência do Núcleo, que terá, ainda, o lançamento de um documentário como registro audiovisual desta história. Filmada em fazendas de criadores associados na região, a produção reúne depoimentos de fundadores e até relatos de quem nasceu e cresceu em meio à movimentação do Núcleo.

O vídeo com apelo histórico e artístico foi desenvolvido pela Torres Comunicação, com direção dos documentaristas Adriana Silva (jornalista e escritora) e Toninho Torres (videomaker), com apoio de produção, reportagem e divulgação da Verbo Nostro Comunicação Planejada. Após o lançamento presencial para associados, o documentário será veiculado pela internet pelos canais do YouTube e redes sociais do Núcleo.

Sobre o Núcleo Mangalarga da Alta Mogiana

Do começo com 30 criadores, o Núcleo Mangalarga da Alta Mogiana chegou a ter quase 300 associados, de várias regiões do Estado. Posteriormente, associados de regiões mais distantes se organizaram e constituíram outros Núcleos, sendo a experiência no Núcleo da Alta Mogiana o modelo que seguiram. Atualmente, são mais de 50, que fazem questão de destacar e reforçar o amor pelo Mangalarga e a importância da amizade que os mantém juntos.

Criado em dezembro de 1991 e formalmente oficializado em fevereiro de 1992, o Núcleo Mangalarga da Alta Mogiana está oficial e formalmente ligado à ABCCRM, cumprindo sua função de unir e representar os criadores da região, bem como realizar atividades de fomento da Raça Mangalarga.  

A Casa do Mangalarga, instalada dentro do recinto da extinta Feira Agropecuária da Alta Mogiana (Feapam), funcionou por anos como sede do Núcleo, sendo, inclusive, o local onde sua oficialização foi efetivada. Atualmente, a sede é na cidade de Ribeirão Preto.

Por: Equipe Cavalus Comunicação

Fotos e vídeo: Divulgação

Mais notícias sobre a raça Margalarga no portal Cavalus

Mangalarga

Mairinque recebe a 4ª Etapa do Circuito Mangalargada 2022

Evento acontece neste sábado (06), no Sítio Malagueta, e conta com o apoio da ABCCRM

Publicado

⠀em

Mangalargada

Situada próxima a Itu e Sorocaba, a cidade de Mairinque (SP), possui uma forte ligação com os cavalos. O Caminho Real, estrada que interligava as principais cidades do estado rumo a Minas Gerais no tempo do Império, passa pela cidade.

E não é à toa que, a cidade recebe, mais uma vez o cavalo Mangalarga. Neste sábado (6), será realizada a 4ª Etapa do Circuito Mangalargada 2022, que acontece no Sítio Malagueta, com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM).

Você sabe o que é uma Mangalargada?

A Mangalargada nada mais é do que uma cavalgada diferente, com um toque de competição, que reúne toda a família mangalarguista em prol do esporte. Durante o trajeto, as equipes possuem algumas regras e etapas que devem ser cumpridas. A não realização dessas etapas resultam em perdas de pontuação. O trajeto envolve os andamentos a passo, marcha curta, média, longa e galope, com velocidades que variam entre 6, 9, 12, 15 e 18 quilômetros/hora.

A disputa dura cerca de duas horas e qualquer animal registrado na associação pode participar. Além disso, crianças a partir dos cinco anos, usando capacete e acompanhadas dos pais ou responsáveis, também podem cavalgar.

Vale ressaltar que o grande objetivo da Mangalargada é promover a interação entre os Mangalargas e seus criadores, sendo uma oportunidade para conhecer de perto toda a versatilidade da raça. “É um momento de união entre a família e os amigos com a nossa maior paixão: os cavalos. É uma forma de incentivarmos os criadores a usarem seus animais e desfrutarem de todas as qualidades deles e ainda, trazer novos usuários para a raça”, frisa Pedro Alvares de Mello, proprietário do Sítio Malagueta.

A expectativa da organização é receber mais de 50 conjuntos de todos os núcleos do estado, para celebrar e desfrutar de um trajeto de 27 km, entre pastagens de aveia, feno e trechos de Mata Atlântica. “São 6 km de mata fechada, uma oportunidade para os participantes vivenciarem toda a natureza da região”, afirma.

O médico veterinário Geraldo Fantine e sua equipe serão os responsáveis pelo Vet Check, momento em que o animal é avaliado para saber se durante a prova ele sofreu algum tipo de lesão, tudo para garantir o bem-estar dos animais.

E com o intuito de deixar o encontro ainda mais especial, será oferecido um belo café da manhã e um almoço campeiro aos participantes, além de muita moda de viola.

Ainda dá tempo para se inscrever na 4ª Etapa do Circuito Mangalargada 2022, basta acessar o site da ABCCRM e conferir os detalhes de inscrição.

Por: Grupo Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Marisa Iorio é a convidada de hoje do programa Palavras do Tropeiro

Destaque na criação de Mangalarga de pelagem Pampa, Marisa Iorio contará toda a sua história de sucesso de dedicação dentro da raça

Publicado

⠀em

A família mangalarguista e os entusiastas da raça possuem um compromisso pra lá de especial nesta noite (28). Marisa Iorio, do Haras Lagoinha, localizado em Jacareí (SP), será a convidada especial do programa Palavra do Tropeiro.

O bate-papo será comandado pelo criador Martin Frank Herman e abordará de maneira leve e descontraída a história de sucesso dessa grande criadora de animais Mangalarga pelagem pampa.

O programa será transmitido ao vivo pelo canal da Revista Horse TV no YouTube, e também pelo Facebook da publicação, hoje (28), a partir das 19h30.

Leia mais:

Marisa Iorio e seu marido Paulo Eduardo Corrêa da Costa estão na criação de Mangalarga de pelagem Pampa há mais de 38 anos, sendo considerados, há 22 anos, como melhores criadores e expositores da pelagem Pampa da raça Mangalarga, tendo ainda o destaque de melhor reprodutor da raça.

O Haras Lagoinha se tornou referência em animais com essa característica de pelagem e possui em sua história a marca da perseverança e do trabalho árduo de Marisa Iorio, que conseguiu se sobressair na criação de cavalos mesmo em um meio predominantemente masculino.

E, ainda, sobre o seu olhar artístico na criação de cavalos que, com certeza, fez e faz toda a diferença para tornar o Haras Lagoinha um dos principais centros de criação da raça Mangalarga.

Não perca, o programa Palavra do Tropeiro será transmitido hoje (28) a partir das 19h30 pelo canal do YouTube e Facebook da Revista Horse.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Arquivo

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Núcleo Alta Mogiana se destaca pelo trabalho de fomento ao Cavalo Mangalarga em SP

Este ano, foram realizados sete eventos na região de Ribeirão Preto; Exposição Regional da raça ocorrerá de 28 a 30 de julho

Publicado

⠀em

Núcleo Alta Mogiana se destaca pelo trabalho de fomento ao Cavalo Mangalarga em SP

O Núcleo Alta Mogiana de Cavalos Mangalarga, com sede em Ribeirão Preto (SP), possui um trabalho árduo de fomento à raça na região. Apenas neste ano, o núcleo realizou Dia de Campo, três Cavalgadas, Curso de Equitação, Mangalargada, Copa de Marcha e Função e, agora, fecha o mês de julho com uma Exposição Regional. A representatividade do Alta Mogiana perante o estado é muito grande. Atualmente, são 55 criatórios associados à entidade. “O Núcleo Alta Mogiana sempre foi muito forte, sendo um dos maiores em número de associados. Recentemente, completamos 30 anos de existência”, enfatiza o presidente da entidade, Sílvio Junqueira.

“A função dos núcleos é fomentar a raça nas regiões, promovendo eventos que congreguem a família margalarguista. Quando a região promove um evento grande, além de dar muita visibilidade à raça, consegue atender criadores menores, que não têm, muitas vezes, condições de levar um animal para uma exposição mais distante, pois fica muito caro. Então, a gente dá essa condição, através do núcleo, para que eles consigam participar de, ao menos, dois eventos e, assim, automaticamente se tornarem aptos para se apresentar na Exposição Nacional”, explica o presidente.

Exposição Regional do Cavalo Mangalarga

De 28 a 30 de julho, o Haras Manoel Leão, localizado em Ribeirão Preto (SP), será a casa do Mangalarga do Brasil nesta semana, com a realização da Exposição Regional da raça. Promovido pelo Núcleo Alta Mogiana, com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), o evento já é um sucesso, devido ao elevado número de inscritos. “Nossas expectativas já foram superadas! Estamos com recorde de inscrições, sendo 200 animais e 60 expositores”, comemora Junqueira.

Segundo a ABCCRM, a competição reunirá as tradicionais provas de Marcha e Morfologia, além de provas funcionais com mais de R$ 6 mil em premiação, divididos entre os seis primeiros colocados. Os julgamentos ficarão a cargo de Lourenço de Almeida Botelho, na Morfologia, e Pedro Henrique Bueno de Camargo, na Marcha. A etapa será transmitida ao vivo pelo aplicativo Ride2Play, primeiro streaming de cavalo do país. “A Exposição Regional do Mangalarga será aberta ao público, uma ótima oportunidade para os amantes de cavalos conhecerem de perto a raça”, finaliza.

Por: Grupo Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Como treinar seu Mangalarga para uma Mangalargada?

Este é o tema do Prosa Mangalarga dessa semana, promovido pela ABCCRM. Programa será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube e Instagram da Associação

Publicado

⠀em

Você possui um cavalo Mangalarga e gostaria e participar de uma Mangalargada com a família? Mas, você sabe como deve ser o treinamento de um animal para participar de uma prova como essa, que exige preparo físico e muita disposição do cavalo?

Se você também possui essas dúvidas, não pode perder o programa Prosa Mangalarga dessa semana, desenvolvido pela ABCCRM.

Dudu Vaz comanda um bate-papo muito importante sobre Treinamento para uma Mangalargada, com dicas imperdíveis apontadas pelos profissionais: Guilherme Santos, veterinário três estrelas, técnico da Seleção Brasileira Bicampeã Pan-Americana Young Riders de Enduro, Vice – Campeão do Mundo Adulto e consultor em treinamento de cavalos de esporte; Pedro Alvares de Melo, do Haras Malegueta e Camila Glycerio Freitas, do Haras Mangabaia. Todos com muita experiência nesta modalidade de esporte.

O programa será transmitido ao vivo, amanhã (27), a partir das 20h, pelo canal do YouTube da ABCCRM e pelo Instagram da raça.

Você não pode perder!

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Região de Amparo (SP) se destaca pelo trabalho promovido em prol do Cavalo Mangalarga

O Núcleo com apoio do Centro Hípico Hipocampo já promoveu três eventos neste ano e no fim de semana recebe a 16ª Exposição Regional Mangalarga

Publicado

⠀em

Região de Amparo (SP) se destaca pelo trabalho promovido em prol do Cavalo Mangalarga

Amparo (SP), a 142 km da capital paulista, possui muita importância para a raça Mangalarga no Estado. O Núcleo do Cavalo Mangalarga de Amparo tem, aproximadamente, 20 criatórios, reunindo animais de destaque no cenário nacional. Prova dessa importância são os números. Apenas este ano, a região de Amparo recebeu três eventos, sendo um Poeirão (12/03), uma etapa da Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função, além da Exposição Interestadual, realizada em junho – um dos eventos mais importantes e relevantes do calendário equestre.

Neste fim de semana, Amparo mais uma vez será a casa do Mangalarga. A cidade receberá a 16ª Exposição Regional Mangalarga do Núcleo de Amparo. Segundo Rodrigo Berti, membro do núcleo, a expectativa da organização é promover um grande evento, visto que já atingiu a marca de 113 animais inscritos e 38 expositores de várias regiões do país.

A proposta inicial seria apenas a inscrição de 100 animais, mas, devido à grande procura, o número foi estendido. A etapa reunirá provas de Marcha, julgadas por Fernando Tobias Nechar, e de Morfologia, julgadas por Emerson Luis Bartoli. As provas ocorrerão mais uma vez no Centro Hípico Hipocampo, localizado na rua Dr. Virgílio Paiva Júnior, em Amparo, até o próximo sábado (23/07).

Região receberá mais eventos da raça Mangalarga

E a lista de eventos que serão promovidos pela região do Núcleo de Amparo não para por aí. Em agosto, nos dias 06 e 07/08 será realizado um Poeirão na cidade e nos dias 19 e 20/08 a 17ª Exposição Regional. “Uma região forte, que não mede esforços para fomentar o crescimento da raça”, afirmou Rodrigo Berti.

Por: Agência Cavalus

Fotos: Beto Falcão / Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função chega à última etapa

Evento que será sediado em Jacareí (SP), pela ABCCRM, tem o apoio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte

Publicado

⠀em

Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função chega à última etapa

Finalizando as etapas da Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função, a cidade de Jacareí, no interior de São Paulo, receberá nos dias 15 e 16 de julho, a última prova do campeonato, realizado pela Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), em parceria com a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, através da Secretaria Especial do Esporte, que garante a destinação dos recursos captados às ações.

As provas serão organizadas pelo Núcleo Mangalarga do Vale do Paraíba, dentro da Jacareí Expo Agro, que promove o maior rodeio do Vale do Paraíba. A Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função faz parte de um projeto da Associação, lançado em 2020, com o apoio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, que permite as empresas destinarem parte do ICMS, devido ao Estado de São Paulo, até 3% do valor anual, às iniciativas desportivas.

Ao todo, a Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função ocorreu em seis etapas. A primeira foi em Amparo (SP), no Centro Hípico Hipocampo. Em seguida, na Região da Alta Mogiana, em Jardinópolis (SP). A terceira etapa foi realizada em Tatuí (SP), no mês de outubro, durante a Exposição Nacional da Raça Mangalarga. A quarta etapa voltou para Amparo (SP). A quinta etapa foi promovida na cidade de Ribeirão Preto (SP).

Última etapa da Copa Cobasi Ypê em Jacareí

A sexta e última etapa da Copa Cobasi Ypê promete ser mais um sucesso. Segundo Felipe Angelin, membro do Núcleo Mangalarga do Vale do Paraíba, a etapa já conta com mais de 100 animais inscritos e mais de 30 criadores.

“Realizaremos um grande evento. A Jacareí Expo Agro é uma feira muito grande, com exposição de gado e provas hípicas, e estar com a nossa Copa de Marcha e Função dentro deste evento, mostra a nossa importância e força”, ressaltou.

Serviço:
Evento: Copa Cobasi Ypê de Marcha e Função;

Data: 15 e 16 de julho;
Local: Jacareí Expo Agro
Informações: (11) 3677-9866 ou (11) 98801-3540

Por: Grupo Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Tradicional Expo Mangalarga da EAPIC/2022 chega a sua 47ª edição

Entre os dias 7 e 10 de julho, no Recinto de Exposições José Ruy de Lima Azevedo, São João da Boa Vista (SP) recebe os exemplares para participar de uma das mais tradicionais exposições da raça

Publicado

⠀em

Tradicional Expo Mangalarga da EAPIC/2022 chega a sua 47ª edição

Uma das mais tradicionais exposições da raça Mangalarga, a 47° edição da Expo Mangalarga da EAPIC/2022, será realizada entre os dias 7 e 10 de julho, no Recinto de Exposições José Ruy de Lima Azevedo, em São João da Boa Vista (SP).

Organizado pela Arena Rodeio, com apoio da Prefeitura Municipal, a exposição é realizada pelo Núcleo Mangalarga Serra da Mantiqueira, com apoio e chancela da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM).

Segundo Eduardo Grespan, diretor do Núcleo, a etapa já está com mais de 110 animais inscritos, com 40 expositores de vários estados do Brasil. “Nossa expectativa é muito positiva. A Exposição de São João é uma das mais tradicionais, devido à história e atuação do núcleo. Limitamos o número de animais, senão teríamos muito mais”, comemora Grespan.

Os julgamentos das provas ficará a cargo de Felipe Amorim, nas provas de Marcha, e André Fleury em Morfologia. A entrada dos animais será nos dias 6 e 7 de julho, e os julgamentos nos dias 8, 9 e 10 de julho.

A etapa será transmitida ao vivo pelo aplicativo Ride2Play, primeiro streaming de cavalo do país.

O Recinto de Exposições José Ruy de Lima Azevedo, local da exposição, leva o nome do grande criador de Mangalarga da região, responsável pelo sufixo T desde os primórdios da Associação.

Relevância histórica do Núcleo Mangalarga Serra da Mantiqueira

O Núcleo possui uma relevância histórica muito grande para a ABCCRM e a raça no país. “Nos primórdios da raça, tivemos vários criadores muito participativos, que se destacaram na criação nacional da raça. Dentre eles temos Sebastião Assumpção Malheiro (sufixo SM), José Rui de Lima Azevedo (sufixo T), Guilherme Rehder (sufixo R), os irmãos Noronha (do sufixo IN), Wilson Rozendo Nogueira (sufixo do Alegre) entre tantos, o que nos torna muito tradicionais e importantes nacionalmente. São João ainda sediou por quatro anos a Nacional da raça, 2016, 2017, 2018, 2019, o que mostra a nossa importância e relevância na raça” afirma Grespan.

Serviço:

47° edição da Expo Mangalarga da EAPIC/2022

Data: 7 e 10 de julho

Local: Recinto de Exposições José Ruy de Lima Azevedo, em São João da Boa Vista/SP.

Informações: 19 99762-2251 – Eduardo Grespan

Por: Grupo Cavalus Comunicação

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Programa Prosa Mangalarga traz Dalva Marques para um bate-papo

Com uma grande história na raça Mangalarga, sendo primeira mulher a se apresentar em categorias oficiais, Dalva Marques é treinadora e especialista em Marcha

Publicado

⠀em

O programa Prosa Mangalarga de hoje (28) está mais que especial. Dudu Vaz recebe Dalva Marques para uma grande prosa sobre treinamento para a Copa de Marcha, Poeirão e Exposição.

Cristã, criadora, treinadora e apresentadora do CT Rancho Bigorna, Dalva Marques também é jurada de equinos e muares de Marcha. Natural de São João da Boa Vista/SP, reside em São Sebastião da Grama/SP e se considera uma “herdeira de uma paixão”, já que seu pai foi um grande peão.

Atualmente, Dalva atua como treinadora e apresentadora de cavalos no CT Rancho Bigorna, de sua propriedade e de seu marido, Silvio Parizi. Também ministra aulas particulares e workshops em sua área e presta consultoria em fazendas a fim de auxiliar iniciantes no seguimento. Mantém ainda uma pequena criação de cavalos Mangalarga e de muares.

Sua trajetória na raça foi marcante. Foi a primeira mulher a se apresentar nas categorias oficiais, competindo igualmente com apresentadores importantes, de alto nível, sendo a única à frente de um centro de treinamentos na raça.

Com certeza ela tem muito respaldo para falar do tema e teremos uma prosa muito produtiva!

Prosa Mangalarga

Anote para não esquecer! O Prosa Mangalarga é hoje (28) a partir das 20h, com transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM) e pelo Instagram @mangalarga_oficial.

Não perca!

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

31ª Mangalargão reúne o melhor do Mangalarga em um pregão histórico

Arremate será neste sábado (25) e comemorará o centenário de Geraldo Diniz Junqueira, grande nome na raça e no agronegócio no estado de São Paulo

Publicado

⠀em

Mangalargão

Neste sábado (25), Orlândia, interior de São Paulo, estará em festa. A família Diniz Junqueira realiza o tradicional Mangalargão, leilão com uma seleção especial dos melhores animais do criatório.

O Mangalargão é o leilão mais longevo da raça e tem uma importância história significativa, pois já transferiu sua genética ímpar aos quatro cantos do Brasil.
“Nós, criadores do Mangalarga, participantes desse leilão há mais de 40 anos, mostramos aqui nossa paixão pela raça, selecionando animais para servir aos mais exigentes criadores do país, com éguas, potros, barrigas e embriões das nossas melhores matrizes”, afirmou a organização do leilão.

A partir das 19h, o público poderá ter acesso aos 28 lotes criteriosamente selecionados do criatório, reunindo o melhor da marcha e da morfologia do Mangalarga.
Essa edição do Mangalargão é ainda mais especial pois, além de estar comemorando sua 31ª edição, o leilão celebra o centenário de Geraldo Diniz Junqueira, um grande criador que contribuiu para o desenvolvimento da raça não só no Estado de São Paulo, mas no Brasil inteiro.

A 31ª Edição do Mangalargão conta com a chancela da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM).

“É uma festa da família Mangalarga, com uma seleção realizada com muito amor. Convidados todos os amigos e parceiros para conferir de perto os lotes criteriosamente selecionados. O melhor do nosso criatório para alegrar os criatórios de todo o país”.

Geraldo Diniz Junqueira e o Mangalarga

Engenheiro Agrônomo por formação, Geraldo dedicou sua vida a criação de cavalos da raça Mangalarga, sendo um incentivador do “cavalo funcional”, utilizado tanto no trabalho quanto na lida com o gado.

Ao longo da sua vida, o criador teve mais de mil animais, alguns de grande destaque na raça como Rigoni, Noruega, Hiroshima e Almanaque Mangalarga, o grande campeão dos campeões.

Geraldo Diniz Junqueira também criava gado da raça nelore e tinha usinas de açúcar, sendo o fundador da Cooperativa dos Agricultores da Região de Orlândia.

O criador gostava ainda de cavalos de corrida, sendo conhecedor de “pedigrees” de destaque e métodos de criação. Foi presidente do Jockey Club de Ribeirão Preto e da Organização das cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP).
Geraldo Diniz Junqueira foi ainda secretário de Agricultura do Estado de São Paulo no final da década de 1970.

Serviço:
31º Leilão Mangalargão

Data: 25 de junho, sábado, às 19h
Transmissão: Agro CANAL/ Youtube RPN Leilões

Por: Equipe Cavalus Comunicação

Foto: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Mangalarga

Amparo recebe Exposição Interestadual Mangalarga

Etapa é promovida pelo Núcleo de Amparo do cavalo Mangalarga em parceria com a ABCCRM e receberá expositores dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Bahia

Publicado

⠀em

Amparo recebe Exposição Interestadual Mangalarga

O Núcleo de Amparo do Cavalo Mangalarga realiza entre os dias 23 e 26 de junho a Exposição Interestadual Mangalarga do Núcleo de Amparo, interior de São Paulo.

Tradicional na região, a etapa, que conta com o apoio da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo da Raça Mangalarga (ABCCRM), será realizada no Centro Hípico Hipocampo e reunirá provas de Marcha e Morfologia.

A expectativa da organização é receber mais de 500 pessoas visitando a exposição por dia, com competidores dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Bahia. “As expectativas são muito positivas, a procura pelas inscrições estão muito altas e estamos muito animados”, comemora Rodrigo Berti.

A etapa contará com quatro jurados, sendo dois para as provas de Marcha (André Fleury Azevedo Costa e Pedro Henrique Bueno de Camargo) e dois para as provas de morfologia (Felipe Amorim Caetano de Souza e Jorge Eduardo Cavalcante Lucena).

A etapa será transmitida ao vivo pelo aplicativo Ride2Play, primeiro streaming de cavalos do país, com narração e comentários de Eduardo Grespan e Marcelo Cerqueira.

Cronograma Exposição Interestadual Mangalarga

23/06 – entrada dos animais
24/06 – Início dos julgamentos
26/06 – Final dos julgamentos

Leilão Mangalargão

Além das tradicionais provas de marcha e morfologia que encantam os entusiastas da raça, o público que estiver prestigiando a Interestadual poderá ainda acompanhar a tradicional 31ª edição do Leilão Mangalargão, que será realizado no sábado, (25).

“Preparamos o cronograma da etapa para encaixar a transmissão deste grande leilão da raça, pretendemos encerrar a exposição no dia 25 pelo menos 2 horas antes do início do leilão, e o público poderá acompanhar todos os lances e lotes através de um telão que disponibilizaremos durante a etapa”, enfatizou Berti.

Serão ofertados 28 lotes, com o melhor da genética e da morfologia conquistado pelo criatório da Família Junqueira nestes longos anos de trabalho árduo em prol da raça.

A Exposição Interestadual Mangalarga do Núcleo de Amparo está com as inscrições abertas e elas podem ser realizadas através dos e-mails francisco.bezerra@abccrm.com.br / lucas.diniz@abccrm.com.br ou pelo telefone: 11 98801-3540.

Por: Camila Pedroso

Fotos: Divulgação

Mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Categorias

COPYRIGHT © 2021 CAVALUS. TODOS DIREITOS RESERVADOS
ESSE SITE É PROTEGIDO PELO GOOGLE RECAPTCHA
POLÍTICA DE PRIVACIDADE | TERMOS DE SERVIÇO