Paint Horse

Francisco Garcia é eternizado dentro da história da APHA

Durante a inauguração oficial da nova sede, uma foto do juiz e criador brasileiro foi colocada em uma sala junto com os demais homenageados do Hall da Fama

Após ser incluído no Hall da Fama da American Paint Horse Association (APHA) em 2018, o criador brasileiro e árbitro de provas equestres, Francisco Garcia agora foi eternizado dentro da história da entidade.

Afinal, durante a inauguração oficial da nova sede da APHA, realizada no dia 28 de fevereiro no histórico Fort Worth Stockyards, uma placa com o seu nome e foto foi incluída em um espaço reservado apenas para contar a história dos homenageados do Hall da Fama e do Paint Horse.

“É algo surreal ser o primeiro brasileiro a estar dentro de uma associação americana. Nem o Quarto de Milha que tem uma associação mais antiga tem uma coisa assim. Isso é uma coisa de outro mundo, uma coisa muito emocionante. Sem dúvidas, a melhor coisa que já aconteceu na minha vida. Eternizou na história do Paint Horse e do cavalo no geral”, conta emocionado.

Inevitavelmente, foram os mais de 30 anos de vida profissional no meio do cavalo e todos outros feitos realizados em prol da raça Paint Horse que levaram Chico Garcia a receber tal honraria. Antes de mais nada vale ressaltar que 2018 o Destinguished Service Award é um dos dois prêmios do Hall da Fama da APHA.

“Eu nunca esperei isso, foi uma surpresa. Na época, eu recebi um e-mail do secretário executivo da APHA, que é o Billy Smith, falando para eu ir na convenção. Que era importante que eu fosse porque eu estava no Hall da Fama, na festa do Awards da APHA. Surpreendentemente, meu nome foi indicado e muito bem votado para você receber esse prêmio”, relembra Chico Garcia.

Chico Garcia na sala do Hall da Fama da APHA

Inauguração da nova sede da APHA

Sobre a inauguração da nova sede da APHA, Chico ressalta que anteriormente a associação já funcionava em Forth Worth. Contudo, ela foi transferida para dentro do centro histórico da cidade, que é o Stockyards.

“Fizeram uma reforma mantendo as características originais do prédio e ficou maravilhoso. Ficou fora de sério, muito bonito e muito bem localizado. A estrategia é que ali passam mais de 3 milhões de pessoas por ano”.

Chico Garcia esteve acompanhando a inauguração oficial da nova sede

Como era de se esperar, as estatuas de bronze dos cavalos Paint galopando, feitos pela renomada escultora eqüina Marrita Black de Gainesville, que ficavam no antigo prédio foram relocadas na nova sede. Segundo Chico, a estrutura chama muito a atenção das pessoas que passam pelo local.

“Montaram uma loja bacana para vender os artigos do Paint Horse. Na sala do Hall da Fama tem telas grandes que passam a história da raça, a história de quem está no Hall da Fama, ou seja, os animais e as pessoas. E nós temos o prazer de ter a placa de madeira de alguém do Brasil lá”, finaliza Chico.

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Arquivo Pessoal/Francisco Garcia

Veja mais notícias sobre o cavalo Paint no portal Cavalus