Quarto de Milha

ABQM completa 53 anos de fundação com ascensão do Quarto de Milha no Brasil

Museu Virtual mostra a evolução da raça ao longo das últimas cinco décadas; Veja os fatos que marcaram a chegada e evolução do cavalo no país

Publicado

⠀em

32º Congresso Brasileiro ABQM tem aumento de 150% no valor da premiação

O dia 15 de agosto de 1969 marca o início da trajetória do Quarto de Milha no Brasil. Há 53 anos, foi fundada a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Os primeiros animais da raça chegaram ao país em 1955, quando a Swift-King Ranch importou seis animais dos Estados Unidos, vindos de sua matriz norte-americana, a famosa King Ranch, no Texas. A companhia atendeu a poucos criadores, vendendo um número reduzido de potros.

De acordo com o Museu Virtual Quarto de Milha, que mostra a evolução da raça ao longo das últimas cinco décadas, a fundação da ABQM ocorreu no Parque da Água Branca, localizado na cidade de São Paulo (SP). O Estatuto Social e o Regulamento de Registro Genealógico foram aprovados na mesma data (15/08/1969). Naquela época, a secretaria da entidade ficou sediada em Bauru (SP), no escritório de Heraldo Pessoa. Anos depois, até 2020, funcionou na capital.

Primeira exposição da ABQM e primeiro registro

O Parque da Água Branca também sediou, em agosto de 1969, a primeira exposição do Quarto de Milha no Brasil. Don Jones, secretário e ex-presidente da AQHA, auxiliou e cooperou com os trabalhos iniciais, enviando o juiz Bill Verdugo, que viajou acompanhado do veterinário Joe Giambroni. O animal de registro número um da raça é Caracolito, Filho de Caracol e La Calavaza (Wimpy). Nascido em 10 de março de 1957, é a semente do plantel brasileiro.

Plantel nacional

Considerada uma das maiores raças do país, o plantel do Quarto de Milha soma hoje quase 660 mil animais registrados, em todo o território nacional. Desses, cerca de 267 mil exemplares estão no estado de São Paulo, que lidera o ranking de criação da raça no Brasil, seguido do Paraná, com mais de 54 mil animais e Minas Gerais, com mais de 42 mil cavalos. Além disso, a ABQM conta com mais de 129,9 mil proprietários, 63,7 mil criadores e mais de 42,8 mil sócios.

Leilões

Não são só os números da associação que reforçam a força do Quarto de Milha. Os leilões, que estão sendo realizados em todo o país, comprovam a ascensão da raça, com lotes sendo arrematados por cifras impressionantes. É o caso do Leilão Fazenda Milagrosa que, no último dia 06 de agosto, bateu o novo recorde de venda no país. A égua palomina Gunner Git Ya Dun foi arrematada por R$ 4 milhões. Confira a matéria completa aqui.

Antes de Gunner o recorde era da égua Paraguaia, que teve 50% de sua propriedade vendida por R$ 2,54 milhões. Ainda este ano, no mês de abril, quem “puxou” a fila dos recordes foi Hello Chexy, arrematada em sua totalidade por R$ 2,52 milhões. Podemos dizer que este é o ano dos recordes da raça Quarto de Milha, seja em leilões, em pista ou até mesmo em premiações nas competições oficiais, que também fomentam o desenvolvimento do cavalo.

A raça

Considerado um animal dócil e versátil, o Quarto de Milha, desde sua origem, tornou-se uma referência mundial, entre todas as raças equinas, fruto de suas inúmeras qualidades genéticas, como a marcante estrutura morfológica, velocidade e docilidade. Nos Esportes Equestres, se destaca pela sua versatilidade na prática de 23 modalidades oficiais. Todos os anos, a Associação promove e oficializa cerca de 1 mil eventos em todos os estados brasileiros.

No Brasil, alguns exemplares fizeram e ainda fazem parte da história, tornando-se ícones na reprodução e nos esportes, sendo homenageados pela ABQM no Hall da Fama. A versatilidade da raça é comprovada em pista, nas diversas modalidades esportivas, das linhagens de Conformação, Trabalho e Corrida. Este, com certeza, é um ano para todos os criadores, proprietários e competidores da raça comemorarem. Parabéns, Família Quartista!

Acesse o Museu Virtual para saber mais sobre a história do Quarto de Milha no Brasil.

Por Heloísa Alves • Redação Cavalus

Foto: Divulgação/ABQM

Mais notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads