Decoração

Luminárias em Macramê: um ar romântico para qualquer ambiente

A utilização de fibras e fios é tão antiga quanto à história do próprio homem. Quanto ao macramê, a arte da tecelagem manual surgiu na Europa no século XIII.

Todavia, logo se espalhou por todo o mundo, chegando ao Brasil por meio de colonizadores portugueses. Eram os navegantes os seus maiores propagadores.

A palavra macramê é de origem turca e deriva de Migramach. Antes de mais nada, significa tecido com franjas. É uma arte milenar e decorativa que, dessa maneira, consiste em atar fios por meio de diversos tipos de nós, utilizando-se apenas as mãos.

Não só as fibras animais, especialmente as semelhantes à lã, bem como as fibras vegetais, tais como o algodão, juta, sisal, ou linho, foram e ainda são bastante utilizadas nas técnicas de fiação.

Atualmente, o artesanato ganhou uma roupagem moderna e bem criativa e vem impulsionando o mercado de moda e decoração.

Veja mais da seção de Decoração no portal Cavalus

Dessa forma, temos a confecção de luminárias artesanais que levam elegância, romantismo e beleza a qualquer ambiente. Elas já não são mais as coadjuvantes da decoração. Sobretudo, recebem muitas vezes o título de estrelas dos ambientes.

Luminárias em Macramê: um ar romântico para qualquer ambiente
Peças exclusivas usando a arte da tecelagem manual
Luminárias em Macramê: um ar romântico para qualquer ambiente
Um mimo em cada detalhe
Luminárias em Macramê: um ar romântico para qualquer ambiente
Personalizando o ambiente com o seu jeitinho
A palavra macramê significa tecido com franjas
Técnica que chegou ao Brasil por meio de colonizadores portugueses.
Luminárias em Macramê: um ar romântico para qualquer ambiente
Um toque especial a cada ambiente
Usa-se fibras animais, especialmente as semelhantes à lã, assim omo as fibras vegetais, tais como o algodão, juta, sisal, ou linho
O macramê é uma arte milenar e decorativa
Luminárias em Macramê: um ar romântico para qualquer ambiente
As luminárias artesanais de macramê levam elegância, romantismo e beleza

Por Rilvane de Carvalho Duarte
@amarantoartesanato | (82) 99974-2625

X