Geral

Cleveland Bay é uma das raças inglesas mais antigas do mundo

Uma raça de cavalos que se originou na Inglaterra durante o século 17

Publicado

⠀em

O Cleveland Bay tem esse nome em homenagem a sua coloração: bay = castanho. Assim como também homenageia o distrito de Yorkshire de Cleveland, Inglaterra. É um cavalo bem musculoso, com pernas fortes. Porém curtas em relação ao corpo. Os cavalos são sempre da cor castanho. Embora alguns pelos claros na crina e na cauda sejam característicos de algumas linhagens.

Um dos mais antigos da Inglaterra, o Cleveland Bay tem ancestrais que desenvolvidos durante a Idade Média. Como resultado, usados como cavalos de carga (tração). Eram puros e derivados da extinta raça Chapman. Os cruzamentos mais na frente, portanto, foram com andaluz e berber. Logo depois, com árabes e thoroughbred. Seu uso em carruagens e passeio selecionou, em seguida, animais mais leves.

Cleveland Bay é uma das raças inglesas mais antigas do mundo. Uma raça de cavalos que se originou na Inglaterra durante o século 17
Cavalos da raça ao redor de Buckingham

A popularidade do Cleveland Bay oscilou muito desde que foi importado em primeiro lugar para os Estados Unidos no início do século 19. Apesar de um declínio depois da Segunda Guerra Mundial, com a industrialização, os exemplares voltaram a ser procurados a partir da década de 1970. Dados do Wikipedia, no entanto, mostram que apenas cerca de 550 cavalos existissem em todo o mundo em 2006.

Além de ser um cavalo de tiro, o Cleveland Bay também é bastante apto para puxar carroças. Era um dos cavalos preferidos para a agricultura antes do aparecimento das máquinas de trabalho. Hoje em dia esta raça marca presença nas cavalariças da monarquia britânica (a puxar carruagens), como também em competições, tanto de Salto como de Dressage (Adestramento).

Apesar de estar em perigo de extinção, este não é um perigo eminente. Graças aos apreciadores da raça. Portanto, existem alguns pontos espalhados pelo mundo em que fazem todos os esforços possíveis para multiplicá-los.

Fonte: cavalos.animals.info, Wikipedia
Crédito das fotos: Wikipedia

Veja outras notícias no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads