Academia UC

Conheça a Associação Brasileira de Cavaleiros de Hipismo Rural

Antes de mais nada, é interessante saber que o Hipismo Rural é uma invenção genuinamente brasileira, não sendo disputado neste formato em nenhum outro país do mundo

Publicado

⠀em

A fim de fortalecer, divulgar e regulamentar o Hipismo Rural no Brasil nasceu, em novembro de 1982, a ABHIR – Associação Brasileira dos Cavaleiros de Hipismo Rural. Os esportes equestres passam por adaptações, variando em cada região ou cultura. Mas, sem dúvida, acompanham de forma positiva a evolução do homem.

Então, cumprindo essa regra, nasceu a ABHIR como resultado do crescimento do Hipismo Rural no interior de São Paulo. Sua missão: promover competições hípicas de alta qualidade, incentivando jovens a prática do hipismo a fim de que desenvolvam valores aplicados no esporte e na vida.

Com essa missão em mente, lá em 1982, que permanece até hoje, a ABHIR tem como objetivo contribuir diretamente para o crescimento do esporte hípico no Brasil. Assim, através de seus eventos e incentivos, forma cada vez mais cavaleiros aptos a conquistar os lugares mais altos do pódio. Ao passo que esses atletas possam também representar o Brasil em competições internacionais.

Interessante saber que o Hipismo Rural é uma invenção genuinamente brasileira, não sendo disputado neste formato em nenhum outro país

Vale lembrar que, atualmente, um grande número de cavaleiros da ABHIR possui experiência internacional. De acordo com o site da Associação, muitos detêm expressivos resultados em competições de Concurso Completo de Equitação (CCE) no exterior, por exemplo.

Sediada em Rio Claro/SP, a ABHIR escreve sua história testemunhada por um grande público. Atrai cavaleiros e amazonas fascinados pela versatilidade exigida nas provas. Sobretudo, em um clima que consegue unir disputa acirrada nas pistas com cordialidade fora delas.

Destaques do Hipismo Rural

Ademais, o Hipismo Rural é uma invenção genuinamente brasileira. Não existe neste formato em nenhum outro país do mundo? Alia elementos dos esportes equestres clássicos e western. Entre outros, é a base do CCE. Por isso, a ABHIR ampliou o leque de categorias das provas de Hipismo Rural, objetivando facilitar a iniciação e a evolução dos atletas.

Assim, a ABHIR  promove hoje diversos campeonatos de Hipismo Rural, Concurso Completo de Equitação, Adestramento, Salto, Escola Especial (Salto), Provas dos Pais, Top Riders. De simples reuniões com os amigos, as provas são agora grandiosos campeonatos e eventos itinerantes.

Interessante saber que o Hipismo Rural é uma invenção genuinamente brasileira, não sendo disputado neste formato em nenhum outro país

O circuito anual é formado por cerca de 45 eventos, onde estima-se a média de público circulante em 2.000 pessoas em dias normais sem pandemia. 

Estas competições envolvem várias cidades do Estado, entre elas: Araras, Araçoiaba da Serra, Arthur Nogueira, Avaré, Barretos, Botucatu, Bragança Paulista, Limeira, Leme, Holambra, Indaiatuba, Itu, Jaboticabal, Jaú, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Rio Claro, Rio das Pedras, São João da Boa Vista, São Roque, Tietê, entre outras.

Entre os projetos da Associação, a Escola Especial de Salto visa proporcionar inúmeros benefícios que o cavalo e o esporte produzem na vida das pessoas. Por isso, em 2006, a ABHIR criou o campeonato de Escola Especial. Com o passar do tempo, a Equitação Especial e a Equoterapia cresceram muito nas hípicas.

Esse campeonato, então, leva esses atletas especiais a competições fora de suas hípicas, nas etapas e provas da ABHIR em todos os lugares que atua. Segundo o site oficial, o intuito da Associação é que o esporte hípico contemple a todos sem distinção, gerando assim desenvolvimento social e familiar em um ambiente festivo.

Fique por dentro: @abhirhipismo.

Por Equipe Cavalus
Fonte: ABHIR
Crédito das fotos: Divulgação/Guto Paladini

Veja outras notícias no portal Cavalus

Academia UC

TV UC – Primeiros exercícios no percurso dos Três Tambores

Mariana Marins e Aluisio mostram nesse vídeo as primeiras passadas de um cavalo de tambor no percurso

Publicado

⠀em

Mariana Marins, do time UC, prepara o Victore para competir. Então, nesse vídeo ela e Aluisio Marins te mostram os primeiros exercícios de um cavalo no percurso dos Três Tambores. Acompanhe!

  Acesse outros vídeos da Academia UC no portal Cavalus

Continue lendo

Academia UC

O que fazer quando o cavalo não deixa casquear?

No vídeo do Na Ponta dos Cascos de hoje você confere técnicas de contenção do cavalo

Publicado

⠀em

Então, o que fazer quando o cavalo não deixa casquear? Para isto existem técnicas para conter o animal. Lembrando que isto deve ser feito sempre pelo bem maior dele, que é a sua saúde! Nunca empregue estas técnicas se não for com este objetivo!

  Acesse outros vídeos da Academia UC no portal Cavalus

Continue lendo

Academia UC

TV UC – Ensine o recuo na doma

Nesse vídeo do Mensagem a Cavalo, Aluisio Marins comenta sobre o uso do cabresto na fase de doma e o recuo

Publicado

⠀em

Ensine recuo na doma do seu cavalo criando um ‘código’ de comunicação corporal. Não entendeu? Assista a esse vídeo da UC de hoje que o Aluisio expõe didaticamente a sua ideia.

  Acesse outros vídeos da Academia UC no portal Cavalus

Continue lendo