Internacional

Pesquisa avalia efeito da pandemia na criação de equídeos

Publicado

⠀em

Alvo do estudo foram proprietários de cavalos, cavaleiros, treinadores e outros profissionais equestres dos Estados Unidos e Canadá

Uma pesquisa realizada pela Flair, LLC – em parceria com o Dr. David Marlin e a Science Supplements USA – buscou apontar o efeito da pandemia da Covid-19 na criação de equídeos. Sobretudo, o alvo do estudo foram proprietários de cavalos, cavaleiros, treinadores ​e outros profissionais equestres. 

Ao todo, mais de 4.000 pessoas participaram da pesquisa. Entre os pontos observados no estudo é que mais de 40% dos entrevistados relataram que tiveram que mudar o gerenciamento de seus cavalos devido à pandemia. 

Todavia, algumas descobertas da pesquisa incluem:

  • Mais da metade dos entrevistados relatou que suas interações com o cavalo foram alteradas. Para aqueles que tiveram que fazer mudanças, 58% disseram que as mudanças não eram de sua própria escolha;
  • 60% dos entrevistados não precisaram reduzir o número de vezes por dia que visitavam seus cavalos;
  • Em relação à capacidade de andar a cavalo, 35% dos entrevistados relataram que ainda podiam andar normalmente, enquanto 28% reduziram os treinamentos. Isso, obviamente, devido às restrições impostas a eles por outras pessoas ou devido à sua própria escolha. Já quase 30% relataram não serem capazes de continuar montando seu cavalo – devido a restrições impostas a eles ou por outros. Para 6% dos entrevistados, o cavalo não está sendo montado;
  • Uma grande maioria, mais de 86%, relatou que não foi avisada nem viu conselhos sugerindo que alterem a gestão de seus cavalos para o período integral. Isso a fim de limitar a necessidade de viajar ou visitar o haras para alimentação, manuseio e limpeza de bancas;
  • Quase 88% dos entrevistados relataram que não é provável que seu cavalo seja submetido a um período prolongado de confinamento como resultado da Covid-19;

E a pesquisa não para por aí…

  • À luz das mudanças na rotina necessárias para reduzir a propagação da doença, 9% estavam preocupadas com a saúde de seus cavalos, quase 27% estavam levemente preocupadas e quase 64% não estavam preocupadas com a saúde de seus cavalos;
  • Dos 2.221 entrevistados que mantêm o cavalo alojado (não em particular), quase 84% relataram que o local implementou medidas para permitir o distanciamento social e a maioria achou que as medidas eram satisfatórias;
  • Aproximadamente 40% estão preocupados que a situação atual possa dificultar o atendimento das necessidades de seus cavalos (por exemplo, custos com alimentação, alimentação, forragem, contas de ferrador, contas de veterinário).

Integrantes da pesquisa

A equipe de pesquisa era composta por Marlin, fisiologista e bioquímico com mais de 25 anos de experiência na indústria de equídeos; Louisa Taylor, BVM, BVS (Hons), BVMedSci (Hons), MRCVS; Jane Williams, Ph.D., da Universidade Hartpury, Reino Unido; Shannon Pratt-Phillips, Ph.D, da Universidade Estadual da Carolina do Norte; e Jenna Kutzner-Mulligan, MS, da Science Supplements USA.

Sobretudo, esta pesquisa na América do Norte foi apoiada por uma parceria entre a Science Supplements USA e a Flair, LLC. Ante de mais nada vale destacar que uma pesquisa semelhante foi realizada no Reino Unido e na Austrália.

Fonte: Horse Illustrated
Crédito da foto: Fotokostic/Shutterstock

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

 

Comentar com o Facebook

Internacional

Brasileiro Junior Nogueira e mais 119 atletas disputam títulos mundiais da PRCA

A novidade ficar por conta da transmissão em português; a National Finals Rodeo acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas

Publicado

⠀em

O laçador Junior Nogueira disputa o título mundial de Laço Pé pelo sétimo ano consecutivo. O brasileiro entrará classificado em quinto lugar, com US$ 58.083,97. Vale lembrar que a final mundial da PRCA esse ano acontecerá no Globe Life Field, em Arlington, Texas, a casa do time de baseball Texas Rangers.

Sobretudo por conta da pandemia de Covid-19, os eventos com público pagante estão proibidos em Las Vegas. Dessa forma, a PRCA fez uma enquete com os fãs e realocou o evento para o Texas. O estádio é novo e ficou pronto há quase três meses. Tem instalações modernas e capacidade para cumprir todos os protocolos de saúde e segurança para os participantes.

Ademais, o protocolo criado para receber fãs e competidores, entre outros pontos, versa que somente 50% dos mais de 40 mil lugares do Globe Life Field serão ocupados. Junior Nogueira será o único brasileiro na competição. De 2014 para cá, ele conquistou espaço entre os melhores do mundo.

De fato, essa será sua sétima final consecutiva. Em primeiro lugar, o brasileiro foi Rookie of the Year (2014), ou seja, o melhor estreante do ano. Em seguida, tornou-se o primeiro sul-americano a ser campeão mundial Alll-Around (2016). Antes de mais nada, Juninho detém ainda quatro vezes seguidas (2016-19) o vice-campeonato no Laço Pé.

A PRCA definirá, portanto, títulos mundiais em oito modalidades e ainda All-Around. São 15 classificados em cada uma: Bareback Riding, Saddle Bronc Riding, Bull Riding, Steer Wrestling, Team Roping Heading (Cabeça), Team Roping Heeling (Pé), Tie-Down Roping e Barrel Racing. O cowboy completo é definido pela soma em duas ou mais modalidades.

NFR terá transmissão em português. O brasileiro Junior Nogueira está na disputa que acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas
Cody Snow e Junior Nogueira – Foto: Team Roping Journal

Junior Nogueira fala da expectativa

Todo atleta de alto rendimento tem um ritual de preparação para competições importantes. Com toda a certeza, não é diferente com Junior Nogueira. “Estamos treinando bastante e nos preparando, como todos os anos. A diferença esse ano é que não ficaremos alojados na cidade do evento, já que Arlington é perto da minha casa. Vai dar para ir e voltar todo dia”, conta o brasileiro.

Ele e o parceiro Cody Snow, inclusive, treinaram com o gado que estará na NFR. “Fomos lá na arena e vai ser um evento muito bacana. É um estado muito bonito, muito grande, estamos animados”.  Aquele frio na barriga, clássico da proximidade de grandes decisões, em 2020 tem um significado a mais: a temporada atípica que os atletas passaram por conta da pandemia.

“Estou muito feliz e a expectativa é grande. Foi um ano difícil para todo mundo, mas conseguimos estar na final em mais um ano. Só tenho que agradecer a Deus, pois é algo maravilhoso. Apesar de todas as adversidades, fui bem nas provas. Ganhei novamente na USTRC Finals, recentemente fui campeão mundial AQHA no Laço Cabeça e reservado no Pé na minha égua, algo que me alegrou muito”.

Sem dúvida, motivos de sobra para que o ídolo chegue à final mais do que motivado.

NFR terá transmissão em português. O brasileiro Junior Nogueira está na disputa que acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas

O que você precisa saber

. Esta será a 62ª edição da NFR;

. US$ 10.000.000,00 é a premiação total para os dez dias de rodeio;

. Os finalistas recebem US$ 10.000,00 pela classificação;

. Cada rodada premia do primeiro ao sexto lugares – por ordem de tempos ou notas;

. Por rodada, são US$ 676.923,08 de premiação – US$ 84.615,38 por modalidade;

. Somados dez tempos/dez notas de cada finalista, tem-se a ordem final da etapa (average);

. De acordo com a classificação após dez rodadas, do primeiro ao oitavo lugares recebem premiação em dinheiro;

. A premiação do average (média) é US$ 2.030.769,23 – US$ 253.846,15 por modalidade;

. O finalista que quer ser campeão mundial precisa, portanto, somar dólares diariamente (se posicionando entre 1° e 6° lugares) e ficar entre os oito melhores na média;

. O ranking mundial é formado a partir do dinheiro ganho em rodeios da temporada regular da ProRodeo;

. Os campeões mundiais são aqueles que tiverem o maior número de ganhos contando o que somaram na temporada regular e na NFR;

. A NFR tem um formato de dez rounds em dez dias consecutivos. Ao final, são revelados dois campeões por modalidade: o campeão mundial e o campeão do evento;

. O parceiro de Junior Nogueira em 2020 é Cody Snow.

. Por conta da pandemia, os fãs do Brasil com visto de turista não estarão presentes;

. Marcos Alan Costa, brasileiro campeão mundial de Laço Individual 2017 não compete novamente esse ano a NFR;

. Cada finalista do campeonato mundial tem um número que o identifica na competição; assim o ‘back number’ de Junior Nogueira esse ano é o 34; a ordem de distribuição segue o valor total de dinheiro ganho pelo competidor.

.Clique aqui para ver todos os concorrentes.

NFR terá transmissão em português. O brasileiro Junior Nogueira está na disputa que acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas
Cowboy Christmas 2019 – Foto: networinvegas

Eventos paralelos

Todos os anos a PRCA realiza o PRCA Awards Banquet. Antes de tudo, uma homenagem a pessoas que foram ícones para a indústria. A festa desse ano será na Dickie’s Arena, em Fort Worth, Texas, premiando em 16 categorias. A cerimônia de recepção dos finalistas vai acontecer, quando receberão os back numbers. O local também será a Dickie’s Arena. A Cowboy Christmas Fair, do mesmo modo, acontece fora do estádio da NFR, em Fort Worth. Com todos os protocolos de segurança leva ao fãs uma vasta feira comercial.

A NFR acontece desde 1959. E desde 1985 é realizada todos os meses de dezembro no Thomas & Mack Center, em Las Vegas. A saber, a temporada 2020 toda foi de adaptação, com muitos rodeios adiados ou cancelados. De tal forma que os competidores mudaram todo o planejamento a fim de buscar ganhos para o ranking. Inegavelmente, a diretoria da ProRodeo também precisou readequar.

Fique por dentro: ProRodeo | fb.com/PRCAProRodeo | @prca_prorodeo

Por Luciana Omena
Fonte: ProRodeo
Crédito da foto de chamada: Clay Guardipee/PRCA

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Internacional

Assista a National Finals Rodeo em português

Ao assinar o Pacote de Transmissão 2020 NFR, o apaixonado por rodeio terá acesso, em português, às 10 rodadas da final mundial da PRCA

Publicado

⠀em

Uma parceria entre a ZRTV e a Rural Media Group permitirá que os apaixonados por rodeio em todo o Brasil assistam ao vivo à transmissão da National Finals Rodeo em português. Isso mesmo! A grande final mundial do rodeio completo da PRCA acontece de 3 a 12 de dezembro, em Arlington, Texas, com transmissão on demmand através do The Cowboy Channel.

A saber, a Rural Media Group é proprietária dos canais de TV a Cabo The Cowboy Channel e RFD-TV e do prestigiado evento The American. Desde janeiro de 2020 transmitem com exclusividade os rodeios da PRCA, direitos que detém até 2024, a princípio. Quando anunciado ano passado, tornou-se o maior contrato televisivo da história da entidade.

Dessa forma, a National Finals Rodeo 2020 terá transmissão pelos canais do The Cowboy Channel, incluindo o App exclusivo para assinantes acessarem as transmissões em qualquer smartv, tablet ou telefone celular. Antes de mais nada, através da parceria da Rural Media Group e a ZRTV, os brasileiros acompanharão em português.

De acordo com Gabriela Conde e Eduardo Vaz, da ZRTV, serão transmitidos os 10 rounds em tempo real. “Abriremos a transmissão, a cada dia, com um ‘esquenta’ de 45 minutos. Nesse pré-show, mostraremos análise de competidores, números, estatísticas. Em seguida, as rodadas completas, com as disputas em todas as modalidades. Logo depois, faremos o pós-show, com entrevistas e ‘recaps’ dos principais acontecimentos da noite”.

Ao assinar o Pacote de Transmissão 2020 NFR, o apaixonado por rodeio terá acesso, em português, às 10 rodadas da National Finals Rodeo

Como proceder

  • Para assistir a National Finals Rodeo em português e, antes de mais nada, torcer ao vivo pelo brasileiro Junior Nogueira, que disputa o título mundial no Laço Pé, acesse o https://portuguese.cowboychannelplus.com para efetuar sua assinatura.
  • O pacote que dá direito a transmissão em português é o Pacote de Transmissão 2020 NFR, que hoje custa US$ 129.99.
  • Ao clicar ASSINAR no começo da página você será redirecionado e precisará criar uma conta.
  • Em seguida, siga todos os passos para efetuar o cadastro e o pagamento.
  • Incluso: aos 10 rounds da National Finals Rodeio em alta definição, direto de Arlington, Texas. Todas as rodadas terão período on demand de até 24 horas.
  • Nos dias do evento, de 3 a 12 de dezembro, com seu login em mãos, acessará a plataforma do The Cowboy Channel. Quando logar, aparecerá a opção acompanhar em português.
  • Dudu Vaz e Esnar Ribeirão serão os apresentadores.

Fique ligado: @zrtvcombr.

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Cedidas

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Internacional

Bill Riddle é uma lenda da Apartação e ama ensinar

Treinador do Hall da Fama da NCHA da classe de 2008, ele ama ensinar. Assim, dedica sua vida hoje a ministrar clínicas e treinar jovens

Publicado

⠀em

Antes de se tornar um treinador de Apartação profissional em tempo integral, Bill Riddle era professor de História do ensino fundamental em Wichita Falls. Inegavelmente, talvez venha dessa época sua paixão irresistível por ensinar os aspirantes a cavaleiros de hoje.

Sem dúvida, sua experiência em sala de aula o ajuda a se relacionar com os amadores e não profissionais. Seus alunos somam mais de US$ 3,9 milhões em ganhos, enquanto ele amealhou mais de US$ 4,4 milhões como competidor.

Treinador do Hall da Fama da NCHA da classe de 2008, Bill Riddle ama ensinar. Dedica sua vida hoje a ministrar clínicas e treinar jovens
Em ação no Futurity 2020

Bill Riddle, com toda a certeza, é uma lenda da Apartação. Vencedor do Prêmio Zane Schulte 2002 e membro do Hall da Fama da National Cutting Horse Association desde 2008. Além disso, ele serviu por dois mandatos como vice-presidente da associação, até que foi eleito presidente em 2007.

Entre as principais vitórias da sua carreira, o NCHA Derby 1981 e a divisão sênior do NCHA Futurity 2010. Bill Riddle treina cavalos até hoje e ministra clínicas de Apartação em seu CT, em Ringling, Oklahoma.

Treinador do Hall da Fama da NCHA da classe de 2008, Bill Riddle ama ensinar. Dedica sua vida hoje a ministrar clínicas e treinar jovens
Nos cursos

Contudo, sua entrada na Apartação começou com um convite. Em 1977, o irmão dele, Terry, o convidou para se juntar a ele em seu novo negócio no ramo da Apartação em Oklahoma. Até então, Bill laçava nos circuito mundial de rodeios da PRCA.

Ele voltava dos rodeios de Fort Worth e Houston quando recebeu a ligação do irmão. Vendeu os cavalos de laço e mudou o rumo da sua história. Em seu programa de treinamento, ele inicia os potros no gado aos dois anos de idade, bem como trabalha cavalos de diversas idades. Em seu programa personalizado, abre turmas de alunos de até quatro pessoas por vez.

Fonte: NCHA, StarTelegram, Western Horseman
Crédito das fotos: Divulgação/Emily Peak Photography

Veja histórias de outros Legends no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo
X
X