Hipismo

Fomento ao Adestramento realiza etapa do Desafio Brasil

O Desafio Brasil de Adestramento 2020 realizou primeira etapa com sucesso em São Paulo

Foi dada a largada ao Desafio Brasil de Adestramento com a realização da etapa de São Paulo no Clube Hípico de Santo Amaro. O julgamento dos 14 conjuntos, portanto, esteve a cargo da juíza internacional Sandra Smith de Oliveira Martins, diretora da Confederação Brasileira de Hipismo.

Além das disputas individuais, a soma das três melhores resultados de cada estado valerá pela disputa por equipes. Dessa forma, os campeões serão conhecidos ao final da competição, classificando os respectivos Estados/Federações.  Ao todo estão confirmadas mais quatro etapas: 17 e 18/10 em Minas Gerais; 24 e 25/10 no Rio de Janeiro; 21 a 22/11 em Brasília; 31/10 e 1/11 no Rio Grande do Sul.

De acordo com a CBH, o objetivo do Desafio Brasil de Adestramento é fomentar a modalidade. Assim como motivar e avaliar o crescimento e a prática em diversos Estados. Sobretudo, proporciona aos cavaleiros e amazonas a possibilidade de participar de um evento nacional.

Entre os destaques da etapa paulista, Isabella Christianini Naccache. Com Ravel, a aluna da Escola do CHSA, venceu a categoria Pônei Escola Test A, com 73,750%. Por outro lado, com 76% de aproveitamento, o cavaleiro profissional Vinicius Miranda, com Laranja HM (foto), foi vencedor da série Cavalos Novos 5 anos.

Em seguida, a jovem amazona Luisa Vachias de Andrade Peres com By Hanna Corleone venceu a série Preliminar Amador, 69,828%. Assim também, destaque para Isabella Renault Travassos e Niger Protécnica, campeões da série Média II Profissional, 68,514%.

O Desafio Brasil de Adestramento 2020 realizou primeira etapa com sucesso em São Paulo; ação da CBH visa fomentar a modalidade
Isabella Naccache e Ravel

Curso de reciclagem e formação de juízes

Aproveitando o evento, a CBH organizou um concurso de Reciclagem para Juízes Nacionais, Estaduais. Bem como para cavaleiros, treinadores e ouvintes. Participaram, entre outros, os juízes Sonia Hansen, Lindinha Macedo, Marcio Camargo e Syllas Jadach.

“O encontro foi bastante proveitoso, já que abordou questões do regulamento 2020 e pontos técnicos”, destaca Sandra, juíza 4*, que ministrou o curso.

Para Adriana Santoro, diretora de Adestramento do CHSA e integrante do Comitê Organizador, o saldo foi positivo. “Tivemos boa participação e boas notas. Tudo transcorreu com tranquilidade e foi bastante produtivo. O curso também foi excelente com carga horária completa das 9 às 17 horas.”

Fonte: CBH
Créditos as fotos: Divulgação/CBH

Veja mais notícias do Hipismo no portal Cavalus

X