Tie-down Roping

Fábio Moraes Bueno conta sua trajetória no Laço Individual

Carioca, o treinador hoje se estabeleceu em Leme/SP, onde treina e dá cursos de Laço Individual e Breakaway Roping

Publicado

⠀em

Fabio Moraes Bueno começou a laçar em 2001. Carioca, hoje tem seu centro de treinamento em Leme, interior de São Paulo. Além de treinador de cavalos de laço, ele ministra cursos e aulas de Laço Individual e de Breakaway Roping. Sua inspiração para começar foi o pai, que laçava aos finais de semana com os amigos. “Comecei a ajudá-los nos treinos e, aos poucos, meu pai meu deixou laçar”, conta.

Antes de mais nada, o pai é até hoje o seu maior incentivador. “Ele sempre incentivou muito a minha carreira. Me proporcionou tudo que eu precisava para poder começar e continuar nessa jornada como treinador”. Além do pai, Fabio Moraes Bueno tem alguns ídolos no Laço Individual. “Quando criança era muito fã e queria ser igual ao Flávio de Oliveira e ao Carlinhos Pereira”.

Decorridos alguns anos de muita dedicação, Bola, como é carinhosamente chamado, não só convive com seus ídolos como também se inspira em outros amigos e profissionais. “São pessoas que, sem dúvida, se tornaram inspiração para o meu trabalho, como Paulo Saraiva, Flávio Brandão, Fábio Pereira e Ademir Daniel de Oliveira”.

Carioca, o treinador hoje se estabeleceu em Leme/SP, onde treina cavalos de laço e dá cursos de Laço Individual e Breakaway Roping
Geléia

Momentos de destaque

No começo da sua vida no Laço Individual, Fabio Moraes Bueno foi campeão Nacional Jovem 2006, campeão Copa Vale 2010, bicampeão da Copa dos Campeões ABQM categoria Aberta (2015 e 2016). Ano passado, voltou para casa com o título do Derby ABQM Aberta no Laço Individual Técnico.

Um competidor sempre tem no coração cavalos que marcam a carreira. No caso de Bola, ele destaca dois animais que marcaram sua vida. Geléia, do Chiquinho Mesquita, segundo ele o melhor cavalo que montou, treinado por Flávio de Oliveira; e Bella Época, do Renato Antunes, a melhor égua que treinou.

Assim como coleciona momentos marcantes, como ele mesmo conta: “Um dos momentos mais marcantes da minha vida no esporte foi em 2014. Morava com o Fabinho Pereira e tive que operar o ombro, ficando dez meses parado. Tinha oito cavalos de clientes em treinamento que eram o meu sustento”, lembra.

Com a impossibilidade de montar a fim de se recuperar totalmente da lesão, o laçador contou com a ajuda do amigo treinador. “Fabinho não me deixou entregar nenhum cavalo de volta aos donos. Ele os treinou para mim sem custo nenhum, me ajudando a ter uma renda e superar esse momento tão difícil. Nunca vou me esquecer disso!”

Por fim, Fabio Moraes Bueno tem um recado para quem ama o Laço Individual e pensa em seguir a modalidade: “a maior dica que posso dar é que o iniciante estude, da maneira que puder. Faça cursos, assista vídeos, tire dúvidas com os profissionais. Acima de tudo, esteja sempre em busca de aprender mais. Nunca deixe ninguém falar que você não consegue, a dedicação sempre vai ganhar do talento.”

Colaboração: PRO Tie Down Roping
Crédito das fotos: Reprodução/Instagram

Veja mais notícias da modalidade Laço Individual no portal Cavalus

Tie-down Roping

Grande Final ANLI começou nesta quarta-feira com grande premiação

Competição que acontece no Haras NSG, segue até o sábado (25) e distribuirá um total de R$ 600 mil em prêmios

Publicado

⠀em

Grande Final ANLI começou nesta quarta-feira com grande premiação

Começou nesta quarta-feira (23), a Grande Final da ANLI – Associação Nacional de Laço Individual, um evento que reúne prova técnica, Potro do Futuro ANLI, Potro do Futuro Fazenda Sapucaia Rancho FF de cronômetro e a final da ANLI.

A prova, que acontece até o sábado (25), no Haras NSG, em São Pedro (SP), vai distribuir um total de R$ 600 mil em prêmios. Em entrevista recente ao Portal Cavalus, Fábio Parizi, presidente da associação, destaca que percebeu que os treinadores estão com ranchos cheios de potros. “Houve essa movimentação positiva no mercado. Isso faz parte do processo de evolução da prova”.

Crescimento ANLI

Outro assunto conversado com Fábio Parizi foi sobre a possibilidade de levar o Laço Individual para outros estados. “Somos bem fortes aqui em São Paulo, a grande maioria, e, também no Paraná, Goiás, Rio, Espírito Santo e Brasília. Mas temos um projeto futuro de organizar alguns cursos para serem realizados em alguns estados que não tem Laço Individual. Queremos expandir por meio de profissionais”.

Vale reforçar que a entidade surgiu com o intuito de fomentar a modalidade de Laço Individual, algo que vem acontecendo a cada evento, com um crescimento constante de inscritos durante as provas da associação.

A programação completa da Grande Final pode ser conferida através do @anli_oficial.

Por Heloísa Alves/Portal Cavalus
Foto: Divulgação/Rodolfo Lesse

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Tie-down Roping

Vencedores da PCRT SuperSeries recebem mais de R$ 175 mil em prêmios

Provas da PCRT foram realizadas no último final de semana no Haras NSG em São Pedro (SP) contando com a participação de 84 competidores

Publicado

⠀em

por

Vencedores da PCRT SuperSeries recebem mais de R$ 175 mil em prêmios

Os ganhadores da PCRT (Professional Calf Ropers Tour) Edição SuperSeries receberam um total de R$ 175.600 mil em prêmios durante as provas de Laço Individual realizadas nos dias 6 e 7 de maio no Haras NSG em São Pedro (SP). Foi a maior premiação vista em uma competição desta modalidade.

Ao total, 84 competidores, entre profissionais e amadores, vindos dos quatro cantos do Brasil, participaram do evento, sendo recebidos com excelência dentro de uma estrutura de primeiro mundo fornecida pelo Haras NSG e pela organização da PCRT.

Prova Aberta e Amador

A prova Aberta seguiu o modelo do Rodeio de Houston (e também de outros rodeios tradicionais realizados nos EUA). Na fase classificatória, 20 competidores diferentes foram premiados com o total de R$ 66 mil. Já na semifinal e final, mais R$ 80.200 mil aos classificados para a segunda fase do evento – chegando ao total de R$ 146.200 mil distribuídos. 

Emoção: Zenilton recebe a fivela de Renato

Super acirrada, a prova Aberta foi decidida na última laçada da noite, consagrando o campeão e detentor da fivela da 1ª PCRT SuperSeries, Zenilton Benedito Santos Jr, representando Santa Cruz da Conceição (SP). Na ocasião, ele montou o animal Apollo Pop RGC, com o tempo de 7,38 segs. 

Já, a prova de Amador consistiu em dois rounds no domingo (7) e também foi decidida nas últimas laçadas, trazendo a vitória de Matheus Marques de Lunardeli (PR) que montava o Figurinha, animal com uma média de 9,69 segs. conquistando a almejada Fivela. Para esta prova, foram distribuídos R$ 29.400 mil.

A PCRT contou com transmissão ao vivo pelo Youtube no canal Helluva Channel, recebendo elogios por sua organização minuciosa e outros detalhes que chamaram a atenção dos competidores como o recinto, pontualidade, bezerrada, manejo, julgamento, locução, som de qualidade e na altura certa, sistema de inscrição e controle de prova. 

Emoção

“Estar aqui e ganhar essa Fivela é muito emocionante. Treinamos todo dia, tenho o apoio dos meus pais, do Vitor e do Rodrigo, a quem agradeço muito, mas minha gratidão hoje vai em especial para este cavalo. Ele nasceu, foi criado e domado por mim e nessa hora de estar no pódio, sou muito grato, principalmente, a ele. Sem a ajuda deste animal não sou nada e é muito bonito ver o quanto ele deu o seu melhor do começo ao fim da prova. Agradeço o Renato pela prova e vou guardar essa Fivela para os meus filhos verem e se orgulharem deste pódio”, vibrou Zenilton Benedito dos Santos Junior, muito emocionado durante a entrega do prêmio pela vitória na prova Aberta.

Renato durante a abertura do evento

Sobre a PCRT

Idealizada pelo empresário Renato Garcia Antunes, a PCRT não segue um modelo pré-definido de provas, saindo dos moldes tradicionais apresentados no Brasil. Nele, há uma busca pelo reconhecimento e valorização dos profissionais de Laço Individual brasileiros e dos animais de ponta que se apresentam nos eventos.

“É o amor pelo cavalo que nos une num evento como este. Ver tantos profissionais, como o Zenilton reconhecendo o trabalho do seu parceiro, é muito emocionante. A paixão pelo cavalo Quarto de Milha, pela família quartista e pela família de laçadores é que faz a gente estar aqui juntos”, comemorou Renato. 

Por Divulgação/JV Sistema

Colaboração: Wesley Vieira/Portal Cavalus

Fotos: Miguel de Oliveira

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Tie-down Roping

Laço Individual marca inauguração de pista durante a Equishow

A 6ª edição da Copa Equi Sport Center reuniu 120 inscritos para as provas de Laço Individual de várias partes do Brasil pontuando pela ANLI

Publicado

⠀em

por

Laço Individual marca inauguração de pista durante a Equishow

Disputas no Laço Individual marcaram a inauguração da pista de Laço durante a 6ª Copa Equi Sport Center dentro da ABCZ Equishow 2023, realizadas nos dias 1 e 2 de maio, em Uberaba (MG). A organização das provas, que tem o credenciamento da Associação Nacional de Laço Individual (ANLI), e, Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), mais uma vez, ficou sob a responsabilidade do médico-veterinário Divagno Barcelos, que também faz parte da organização do evento.

Ao total foram registradas 120 inscrições e a presença maciça de competidores do Distrito Federal, Goiás, São Paulo, Paraná e Minas para as disputas no Laço Individual Técnico e Cronômetro nas categorias Aberta, Amador, Amador Principiante e Máster, e também no Breakaway, e a distribuição de mais de R$30 mil em prêmios.

A prova foi um marco na região de Minas Gerais pelo número de participantes e pela inauguração da pista na Fazenda Experimental Orestes Tibery Junior.

Próximos passos no Laço Individual

Segundo Divagno, a ideia é distribuir R$37 mil em prêmios na próxima etapa no Laço  Técnico e Cronômetro que será realizada durante o rodeio da Companhia Santa Bárbara nos dias 9 e 10 de junho, em Uberlândia. “A classificatória ocorrerá durante o dia e o rodeio completo será à noite”, antecipa ele, ressaltando que as expectativas são as melhores possíveis. “Vamos fechar o campeonato com três etapas e, dessa forma, classificar os cavalos para a Copa dos Campeões. Então, estamos muito empolgados com os próximos passos”. 

Por Wesley Vieira/Redação Cavalus

Fotos: Liliane Toledo

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Esportes

Laço Individual é umas das modalidades da Equishow 2023

A 6ª Copa Equi Sport Center acontece na segunda-feira, 1º, e é credenciada pela ANLI e oficializada pela ABQM

Publicado

⠀em

Laço Individual rege a vida de Kin Yuda

A Fazenda Experimental Orestes Prata Tibery Júnior, em Uberaba (MG), abriu as portas para a ABCZ Equishow 2023. A abertura oficial, realizada da sexta-feira (28), contou com a presença de autoridades e representantes das associações de equinos. A 6ª Copa Equi Sport Center de Laço Individual faz parte da programação.

A sexta e sábado contou com provas de Team Penning e Ranch Sorting, além de concurso de morfologia da raça Campolina. Hoje teve prova de Rédeas oficializada pela ABQM, Rodeio de Carneiros Mirim e Leilão Five Points.

Amanhã, dia 1º de maio, acontecem as provas da 6ª Copa Equi Sport Center de Laço Individual, que é credenciada pela Associação Nacional de Laço Individual – ANLI, e, Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha – ABQM.

As disputas serão no Laço Individual Técnico e Cronometro com as categorias Aberta, Amador, Amador Principiante e Máster, e também o Breakaway.

A Copa Equi Sport Center já é consolidada e promovida pelo médico veterinário Divagno Barcelos, que também faz parte da organização da Equishow.

Para mais informações acompanhe pelo www.abcz.com.br

Por Verônica Formigoni
Fonte: ABCZ
Foto: Rodolfo Lesse/ Arquivo Portal Cavalus

Continue lendo

Tie-down Roping

Campeonato ARLI 2023 vai distribuir mais de R$ 280 mil em prêmios

1ª etapa ocorreu no Rancho São Francisco e contou com a expressiva marca de 227 inscrições

Publicado

⠀em

Campeonato ARLI 2023 vai distribuir mais de R$ 280 mil em prêmios

Depois de uma temporada acirrada, com muita emoção em cada laçada, a edição 2023 do Campeonato ARLI (Associação Regional de Laço Individual) promete levar aos apaixonados pela modalidade mais qualidade técnica e muita disputa nas cinco etapas que ocorrerão ao logo do ano.

A competição distribuirá mais de R$ 280.000,00 em prêmios, divididos entre as cinco etapas. A primeira delas ocorreu no dia 24 e 25 de março, em parceria com a Pro Tie Down Roping, na cidade de Leme (SP), no Rancho São Francisco.

Campeonato ARLI 2023 vai distribuir mais de R$ 280 mil em prêmios
1ª etapa contou com 227 inscritos divididos entre as diversas categorias

O grande destaque da competição foi a quantidade de competidores, um total de 227 inscrições divididas entre as diversas categorias, mostrando que o campeonato está crescendo e ganhando a confiança dos laçadores.

Campeonato ARLI 2023 vai distribuir mais de R$ 280 mil em prêmios
A competição distribuirá mais de R$ 280.000,00 em prêmios

“A ARLI agradece em especial ao Rancho Tikva, de propriedade de Fabio Pereira, ao Rancho São Francisco do nosso amigo Ricardo Simarelli e a todos os competidores e colaboradores pelo sucesso alcançado, pois foram 227 inscrições em dois dias de prova graças ao respeito e consideração entre todos”, comemorou Ícaro Dellai, organizador da prova.

Campeões da 1ª etapa do Campeonato ARLI

Campeonato ARLI 2023 vai distribuir mais de R$ 280 mil em prêmios
Etapa do ano passado surpreendeu com as disputas acirradas pelo título

Na categoria 1, o grande campeão foi Claudio Aparecido de Castro, seguido por Carlos Marchi e Mario Luiz Passos Correa. Na categoria 2, José Astor Baggio Neto foi o grande campeão, seguido por João Eduardo Carramaschi e Davi Rosa Neto. Já no Breakway, Gabriela Savio foi a grande campeã, seguida por Claudia Maria Angelin e Ana Clara Paulini Dias. A lista completa com todos os campeões pode ser acessada aqui.

Campeonato ARLI 2023 vai distribuir mais de R$ 280 mil em prêmios
Serão cinco etapas distribuídas durante o ano

As próximas etapas do Campeonato ARLI 2023 será nos dias 19 e 20 de maio, 16 e 17 de junho, 18 e 19 de agosto e 10 e 11 de novembro de 2023.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fotos: Reprodução / Marcelo Mardom

Leia mais sobre Laço Individual aqui.

Continue lendo

Tie-down Roping

32º Congresso da ABQM vai distribuir mais de R$ 400 mil nas modalidades de Laço Individual

ANLI atua como parceira na competição, visando juntas contribuírem para o fomento do esporte

Publicado

⠀em

32º Congresso da ABQM vai distribuir mais de R$ 400 mil nas modalidade de Laço Individual

Mais uma vez, a parceria entre a Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM) e a Associação Nacional do Laço Individual (ANLI) promete contribuir ainda mais para o crescimento da modalidade no 32º Congresso Brasileiro Conformação e Trabalho, que será realizado entre os 13 e 23 de abril, em Araçatuba (SP).

Mais uma vez, a competição oferece uma premiação milionária distribuída entre as 18 modalidades promovidas com o cavalo Quarto de Milha. Serão R$2,6 milhões em prêmios, sendo mais de R$ 400 mil distribuídos entre as modalidades de Laço Individual e Técnico, subdividido entre todas as categorias. Caso a receita com as inscrições superem esse valor, o mesmo será acrescido no montante final.

ANLI 32º Congresso da ABQM vai distribuir mais de R$ 400 mil nas modalidade de Laço Individual
Serão R$2,6 milhões em prêmios

“Nosso principal compromisso é com o setor e com os quartistas. Por isso trabalhamos incansavelmente para tornar eventos que já são sucesso, em experiências ainda melhores”, explica Caco Auricchio, presidente da ABQM.

Inscrições para o Laço Individual estão abertas

As competições de Laço Técnico ocorrerão nos das 13 e 14 de abril, abrindo a arena de Laço. Na sequência, dias 15 e 16, será a vez do Laço Individual. As inscrições ainda estão abertas e podem ser realizada no website do evento, clicando aqui.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fotos: Reprodução / ABQM

Leia mais sobre Laço Individual aqui.

Continue lendo

Tie-down Roping

Adrenalina em cada laçada marca 1ª etapa do Campeonato Mineiro de Laço Individual

Quatro milésimos de segundos separaram o campeão do segundo colocado na categoria Aberta

Publicado

⠀em

Adrenalina em cada laçada marca a 1ª etapa do Campeonato Mineiro de Laço Individual

Pouco mais de quarenta milésimos separaram o primeiro e o quarto colocado da categoria Aberta da 1ª Etapa do Campeonato Mineiro de Laço Individual, realizada no Rancho Limeira Claudio (MG), no dia 18 de março. A competição, promovida com o apoio do Sindicato Rural da cidade e chancelada pela Associação Nacional do Laço Individual (ANLI), reuniu aproximadamente 100 competidores vindos de diversos estados do país.

“Foi muito positivo! Os conjuntos disputaram na pista em cada laçada cada milésimo de tempo para garantirem a vitória, oferecendo muita adrenalina ao público presente. Recebemos laçadores dos estados de São Paulo, Minas Gerais e do Rio de Janeiro, e todos elogiaram a qualidade da nossa prova”, comemorou Adriano Amaral Fonseca, um dos idealizadores da prova.

Adrenalina a mil em cada laçada

Adrenalina em cada laçada marca a 1ª etapa do Campeonato Mineiro de Laço Individual
Pódio categoria Aberta, a mais disputada em cada laçada

Os quase 100 competidores que entraram em pista estava em busca de uma parcela dos mais de R$ 21 mil em prêmios distribuídos entre as quatro categorias de Laço Individual e Breakaway.

Na categoria Aberta, se a diferença entre o campeão e o quarto lugar foi de apenas 40 milésimos, essa pequena distância foi ainda menor entre o primeiro e o segundo colocado: apenas quatro milésimos. Adriano Amaral Fonseca foi o grande campeão, seguido por Fernando Mendes dos Santos, Regis Cardoso Alcântara em terceiro e Kenny Cunha fechou o top 5 na quinta colocação.

A lista completa com todos os campeões pode ser acessada no site JVSistema.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fotos: Divulgação / Campeonato Mineiro de Laço Individual / Miguel O. Filho

Leia mais sobre Laço Individual aqui.

Continue lendo

Tie-down Roping

Lucas Bueno Peres percorre caminho rumo ao sucesso em solo americano 

Promessa brasileira se mudou para o Texas em 2022 e com a ajuda de Tyson Durfey trabalha para se destacar no Laço Individual

Publicado

⠀em

Lucas Bueno Peres percorre caminho rumo ao sucesso em solo americano

Para realizar seu sonho de competir em solo americano, o brasileiro Lucas Bueno Peres, competidor de Laço Individual, se mudou no início de 2022 para Brock, Texas, no Durfey Ranch, a casa do campeão mundial Tyson Durfey.  

“Tyson é um grande amigo da nossa família, ele foi campeão mundial pela PRCA (Professional Rodeo Cowboys Association) em 2016, e é um dos grandes nomes do esporte. Hoje ele está me ajudando e me mostrando os caminhos de como é a vida aqui na América”, comenta a jovem promessa do esporte.  

O brasileiro está trilhando seu caminho em solo americano, montando os cavalos de Durfey. “Jig tem sido o cavalo que mais tenho montado e tem sido o meu favorito aqui, mas estou esperando pelos meus animais, duas éguas que estão a caminho, mal posso esperar para ter elas aqui comigo”, afirma. 

Família do cavalo e do Laço Individual

Lucas Bueno Peres começou a laçar aos sete anos e teve a influência de seus familiares. “Praticamente minha família inteira tem ligação com cavalos, na parte do meu pai (Alexandre Peres), ele e meus três tios (Eduardo, Marcio e Junior Peres) laçam bezerros. E na parte materna, minha mãe (Joice Bueno Peres), meus avós (Carlos e Elizabete) e meus tios (Junior e Carla Bueno) correm Três Tambores”, relembra. 

Seu contato com o Laço Individual começou logo na primeira infância. Ele relembra que “antes de aprender a andar já estava em cima de um cavalo ou com uma corda na mão. O laço sempre foi minha maior paixão!”, comenta Bueno, acrescentando: “O Laço me ensinou muita coisa, coisas que não se aprende em nenhuma escola, me ensinou que para querer realizar um sonho temos que nos dedicar ao máximo todos os dias. O Laço é o motivo de todos os meus sonhos, e o motivo de eu estar aqui hoje”. 

Carreira de sucesso do brasileiro 

Entre seus títulos no Laço Individual, os mais importantes foram o 2º Mega Calf Roping e a vitória no Campeonato da ANLB, em 2011. “Difícil falar de apenas um momento marcante, mas posso citar quando ganhei o Regen Roping, a prova do saudoso Nicholas Collard. Eu tinha 17 anos e estava montando o Fox, o cavalo que mudou minha carreira no Laço. Além de ter sido uma das maiores provas do calendário no Brasil, só existe duas fivelas do Regen Roping na história, e eu guardo e uso a minha com muito orgulho! Mas eu mal posso esperar pelos momentos que ainda vão marcar minha vida daqui em diante”, finaliza. 

Por Camila Pedroso /Luciana Omena . Redação Cavalus 

Fotos: Arquivo pessoal 

Leia mais notícias sobre Laço Individual aqui. 

Continue lendo

Tie-down Roping

VPJ Quarter Horses fecha 2022 com recorde e no topo do ranking do Laço Individual

Os animais VPJ Powder Pop, VPJ Jessie Pop e Pop Heavens Lena estão entre os destaques nacionais do ano; confira as categorias e os principais títulos

Publicado

⠀em

VPJ Quarter Horses fecha 2022 com recorde e no topo do ranking do Laço Individual

Qual o segredo da VPJ Quarter Horses? A genética comprovada da sua tropa! Sim, essa é a fórmula do sucesso do criatório de Valdomiro Poliselli Júnior. O renomado empresário, de Jaguariúna (SP), cria e seleciona cavalos Quarto de Milha, das principais linhagens da raça, há mais de 20 anos. Em 2022, seu plantel bateu recorde nacional e subiu ao lugar mais alto do pódio da modalidade de Laço Individual. Os animais VPJ Powder Pop (Popular Resortfigure x Badger Chic Playgirl), VPJ Jessie Pop (Popular Resortfigure x Jane Step KQ) e Pop Heavens Lena (Popular Resortfigure x She’s A Heavens), estão entre os destaques no ano.

Batendo recorde e fazendo história no Laço Individual Técnico, VPJ Powder Pop obteve a maior nota já registrada na modalidade. Com 234 pontos, o animal conduzido por Marcos Gonçalves Júnior, de Mococa (SP), sagrou-se campeão do Potro do Futuro ANLI, pela Aberta. Este ano, com Diogo Mascarenhas Poliselli, de Jaguariúna (SP), VPJ Powder Pop ainda conquistou o 1º lugar do Laço Individual, Amador, no Potro do Futuro da ABQM. Além desses títulos, também foi reservado campeão em outras categorias. Nas provas da ABQM e da ANLI, realizadas nos meses de outubro e novembro, respectivamente, ele acumulou R$ 51.837,83 em ganhos.

Montada por Diogo Poliselli, VPJ Jessie Pop garantiu mais um feito para o criatório. Pela categoria Amador, do Potro do Futuro da ANLI, a égua palomina obteve a nota 232, a segunda maior da história. Na mesma competição, pela Castrado, Pop Heavens Lena conquistou o título de campeão, totalizando 17,5 pontos. Em apenas duas provas, o animal somou R$ 54 mil em prêmios. O macho alazão também foi conduzido por Diogo, que ainda obteve o título de reservado campeão, na sela de VPJ Powder Pop. Mas os pódios não acabam aqui. No Roping Futurities, Pop Heavens Lena foi reservado campeão, com Marco Aurélio Filho (Jaguariúna/SP).

VPJ teve um ano memorável

Para Valdomiro Poliselli Júnior, nas finais da Associação Nacional do Laço Individual (ANLI), a equipe do haras conquistou almejados títulos. “No Potro do Futuro da ANLI, um dos mais importantes eventos da modalidade no país, os atletas do criatório, além do recorde nacional em provas técnicas, obtiveram ótimos resultados nas provas cronometradas, conquistando um total de 14 prêmios. Todas essas conquistas farão de 2022 um ano memorável para a nossa criação”, comemorou o criador que atribui todo o seu sucesso à excelência na criação, preparação, treinamento e apresentação desses craques.

Por Jean Philippe Vasconcelos • Agência Cavalus

Fotos: Divulgação VPJ / Rodolfo Lesse

Leia mais sobre o Quarto de Milha aqui.

Continue lendo

Tie-down Roping

Marcos Souza e VPJ Powder POP conquistam maior nota da história do Laço Individual

Conjunto somou 234 pontos durante o Potro do Futuro da ANLI. Treinador conta sua história e como chegou até esta surpreendente marca

Publicado

⠀em

Marcos Souza e VPJ Powder POP conquistam maior nota da história do Laço Individual

Quem esteve no Haras HSG, em São Pedro (SP) durante o Potro do Futuro da Associação Nacional do Laço Individual (ANLI) se surpreendeu com o resultado alcançado pelo treinador Marcos Souza e VPJ Powder POP, filho de Pop Superhorse, e propriedade de Valdomiro Poliseli. O conjunto simplesmente atingiu a marca de 234 pontos, a maior nota da história da modalidade no Brasil, um recorde nacional.

Ao término da prova, Marcos Souza não conteve a emoção e vibrou em pista ao ver o resultado alcançado. Mesmo ainda tendo um laçador para entrar na pista, Sousa tinha a dimensão marca que acabava de realizar.

“Powder tem um brilho próprio, como nós dizemos, ele tem estrela, na verdade, por esses dias ele anda sendo a estrela”, comemorou Marcos Sousa.

A caminhada do conjunto na competição foi impecável. Na classificatória terminaram a laçada com 229 de nota, conquistando o segundo lugar, consequentemente sendo o penúltimo a entrar em pista na final. Ao término da sua laçada os juízes foram unânimes, 78 pontos de cada um, resultando na nota 234.

“Não imaginava de forma alguma essa pontuação. Queria mesmo era ganhar o Potro do Futuro, treino profissionalmente há 15 anos e já marquei algumas notas boas, mas bater o recorde justo no meu primeiro Potro Futuro como campeão é algo inexplicável”, comentou.

Caminhada de Souza e VPJ Powder POP rumo ao recorde

Marcos Souza chegou ao VPJ em abril último e logo iniciou seu trabalho de treinamento com VPJ Powder POP. Segundo o treinador, ele logo observou que o animal tinha algumas dificuldades, mas que com treinamento em poucas semanas conseguiu reverter. “Com a nossa convivência, passei a conhecer o cavalo e como ele gosta de ser treinado. Ele é um cavalo muito simples, objetivo e assim, encaixei meu treino ao temperamento dele e em poucas semanas consegui notar evolução”, relembra.

Para preparar VPJ Powder POP para o Potro do Futuro, Sousa começou a leva-lo para participar de competições menores para que ele pudesse se acostumar aos poucos com a viagem, com as pessoas e assim “ir criando mais maturidade”, afirma o treinador.

Durante o Potro do Futuro da ABQM, Marcos e Diogo Polisseli montaram em VPJ Powder POP. “Chegamos bem no Potro Futuro da ABQM. Powder já tinha viajado e eu sabia que ele não iria se assustar com o barulho e as pessoas ao seu redor. Mas, na minha apresentação eu acabei mandando um pouco mal na barreira, e meu boi era bem rápido, lacei no final da pista e ele acabou puxando um pouco a mais do que precisava”, relembra o treinador.

Mas, com a sua experiência nos seus mais de 15 anos na área, sabia o que fazer para recuperar o animal. “Como a prova da categoria Amador era somente no outro dia, acordei bem cedo e acalmei o Powder no que precisava e assim deu certo, Diogo acertou tudo nele e ainda pegou dois bezerros muito bons”, relembra. O conjunto foi o grande campeão da categoria Amador.

Apoio da equipe foi fundamental

Para Marcos Sousa, parte de todo este sucesso de VPJ Powder POP é mérito dos proprietários do haras. “Toda a família tem muito mérito neste resultado, seja pela criação ou pelo carinho que todos eles têm com os animais e com nós colaboradores. Eu fui muito bem acolhido aqui na VPJ e isso me deu muita confiança para trabalhar, tive total liberdade para fazer o que precisava nos treinamentos”, afirma.

Além de todo o apoio da família VPJ, para o treinador, esta conquista é resultado de muito trabalho. “Eu trabalhei arduamente durante muitos anos, tive dedicação, esforço, aprendizado e resiliência. Fiquei quatro vezes em segundo lugar e este era um grande sonho. Na minha humilde opinião, pra conseguir um mérito desse você precisa acreditar que consegue e entender que isso vai levar tempo, mas que com certeza sua hora vai chegar”, finaliza.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fotos: Rodolfo Lesse

Leia mais notícias sobre Laço Individual aqui.

Continue lendo