Três Tambores & Seis Balizas

Veri Real recebe o ABQM Awards aplaudida de pé

Quartistas se emocionaram com o reconhecimento de todo o trabalho da paratleta, que lutou em prol da adição da categoria Paratambor junto às provas da associação

Publicado

⠀em

A Casa Giardini, em São Paulo, se levantou emocionada para aplaudir de pé a grande paratleta Veri Real nesta sexta-feira, (21), durante a premiação do ABQM Awards.

A embaixadora do Paratambor subiu ao palco para receber, pela primeira vez na história da Associação, a premiação de Melhor Paratleta de 2020.

Agnaldo Agostinho, apresentador do evento, enalteceu a história e a garra de Veri Real, que nunca desistiu de lutar pelos seus sonhos, mesmo com todas as adversidades da vida.

Veri Real também se emocionou com a homenagem, afinal segundo palavras dela, foi o resultado de uma da vida inteira de lutas. “Está sendo uma noite emocionante e diferente pra mim”, enfatizou a paratleta.

Sempre à frente do Paratambor

Veri Real levantou a bandeira dos paratletas junto a ABQM. A paratleta começou a vida equestre participando de provas de marcha, hipismo rural e encontrou na modalidade de Três Tambores a adrenalina e o estímulo que precisava.

Porém, até então, não havia a categoria Paratleta no esporte e ela participava como uma apresentação.

Foi aí que Veri Real teve a ideia de entrar em contato com a ABQM para solicitar a criação de uma categoria que atendesse as pessoas com deficiências.

Após um curso que Veri Real fez com a grande campeã mundial Joyce Loomis Kerneck, Natasha Marcondes César, grande amiga da paratleta, enviou um e-mail ao senhor Regis Fratis (in memorian), explicando a ideia de Veri, da construção de uma categoria para pessoas com alguma limitação.

E em 2016, durante o Campeonato do Quarto de Milha, realizado na cidade de Avaré (SP), a solicitação foi atendida, instituindo a categoria Paratambor na modalidade de Três Tambores.

Na ocasião, três paratletas participaram da competição.

“Quando estiver velinha, quero ter a certeza de que a minha passagem por aqui não foi em vão. Consegui semear a igualdade entre nós, atletas. Transformei vidas com esse sonho, plantei sorrisos e a vontade de lutar”, fala Veri.

Atualmente, a paratleta é considerada então a embaixadora dos Três Tambores na categoria Paratambor, destinada à competidores com limitações físicas e/ou sensoriais que afetam em competições independentes, segundo descritivo da associação.

Por: Camila Pedroso/Veronica Formigoni

Foto: Veronica Formigoni

Veja mais notícias da modalidade Três Tambores e Seis Balizas no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads