Vaquejada

Copa Don Príncipe movimenta a Vaquejada com premiação de R$ 60.000,00 para os filhos do garanhão-chefe do Haras WS

Classificatórias acontecem nesta quinta (12) e sexta-feira (13) e, no sábado, tem a grande disputa, direto do Parque Rufina Borba, em Bezerros-PE

Publicado

⠀em

Copa Don Príncipe movimenta a Vaquejada com premiação de R$ 60.000,00 para os filhos do garanhão-chefe do Haras WS

O Haras WS, do cantor e criador Wesley Safadão, realiza a primeira edição da Copa Don Príncipe Vaquejada. O evento acontece neste final de semana, durante a Vaquejada do Parque Rufina Borba, em Bezerros-PE.

As classificatórias começam nesta quinta-feira (12) e encerram na sexta-feira (13). A grande disputa acontece no sábado (14).

Em jogo, uma premiação de R$ 60.000,00 para os filhos do garanhão Don Príncipe Bar HJG, conhecido como “O Mito” pelos amantes do tradicional esporte nordestino.

3º Leilão Haras WS

No domingo (22), uma semana após o encerramento da Copa Don Príncipe Vaquejada, o criatório de Wesley Safadão realiza o 3º Leilão Haras WS, apresentando ao mercado uma tropa de 25 lotes selecionados, com transmissão ao vivo pela Agreste Leilões.

Serão oferecidos 21 potros e potras da geração 2020 do Haras WS, filhos do garanhão Don Príncipe Bar HJG em matrizes de linhagens consagradas em Vaquejada, além de reservas genéticas como as doadoras Nataly Roxa AD, Miss Eternaly Cash e Supreme Dash.

Para conferir a tropa completa, acesse: www.agresteleiloes.com.br.

Colaboração: Avanti Comunicação
Crédito da imagem: Divulgação/Gabriel Oliveira

Veja mais notícias da modalidade Vaquejada no portal Cavalus

Vaquejada

21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada encerram o calendário de provas anual da ABQM

Competições ocorreram de 21 a 26/11 no Parque das Palmeiras, em Lagarto (SE), com mais de 600 competidores de diversos estados brasileiros

Publicado

⠀em

21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada encerram o calendário de provas anual da ABQM

No último domingo (26), foram encerradas as competições do 21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada, disputas que finalizam o calendário anual de provas da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha – ABQM.

A provas, que começaram no dia 21, reuniram mais de 600 competidores de 3 estados brasileiros. Além disso, de acordo com a associação, a premiação total da disputa foi de R$ 1 milhão aos competidores de 13 categorias, nas duas competições.

Senhas esgotadas

Com mais de 600 competidores participando das disputas, pela primeira vez, as senhas das duas competições esgotaram antecipadamente. “Na medida que temos todas as inscrições efetuadas antes do evento, conseguimos um planejamento melhor tanto para a logística técnica e operacional, quanto para as equipes de curral, juízes e também preparo da boiada para as provas. Certamente teremos grandes disputas em pista”, avalia Henrique Campana, gerente de Esportes da ABQM.

Segundo a associação, a Vaquejada é uma das 22 modalidades do Quarto de Milha que mais vem crescendo nas competições oficiais da raça no Brasil. Para o vice-presidente da ABQM, Celso Pontes, esse é um reflexo da profissionalização do esporte e da paixão dos vaqueiros.

“Com mais de 1,3 mil animais esse é o maior evento oficial da modalidade já realizado pela ABQM. A Vaquejada tem contribuído com a entrada de pequenos e médios criadores da raça no Nordeste, o que fortalece o nosso plantel e impulsiona o setor. O esporte, que é patrimônio cultural, movimenta toda a cadeia produtiva do cavalo na região, tanto do ponto de vista social quanto econômico, com a geração de emprego e renda. Para a ABQM, a Vaquejada não é apenas uma competição, mas a celebração da tradição e paixão dos vaqueiros pelo Quarto de Milha”, afirma Celso Pontes, vice-presidente da ABQM.

Novidades Vaquejada

A ABQM destaca que para essas competições, a Diretoria Executiva da ABQM, juntamente com o Comitê Nacional de Vaquejada, decidiu que as Categorias Aberta Castrado e Amador Castrado voltarão a ter classificação independente no 21º Campeonato Nacional de Vaquejada. Para se inscrever nessas categorias, os dois animais (puxador e esteira) devem ser puros castrados com anotação no Stud Book da ABQM. Estas categorias terão valor de inscrição e premiação exclusivas.

Pai e filho campeões do 21º Potro do Futuro de Vaquejada

Podemos dizer que a Vaquejada é uma tradição familiar, passando de geração em geração. Uma prova disso é a dupla de vaqueiros, formada por pai e filho, que venceram 21º Potro do Futuro de Vaquejada da ABQM, na categoria Aberta, que teve mais de 300 inscrições.

Com 48 anos, o esteira Celso Vitório é considerado a “lenda viva da Vaquejada” sendo hexacampeão brasileiro da modalidade. O puxador e filho, Celso Júnior, já segue os mesmos passos do pai para manter a tradição em família nos esportes equestres do Quarto de Milha. Com Lady Laura Apolo FSP e Anitta Fiesta Fiesta FSF (esteira), a dupla levou para casa o maior prêmio da competição no valor de R$ 50 mil.

 

Escritório-móvel ABQM

Outro grande marco para a ABQM, foram os atendimentos do escritório-móvel da entidade, que já realizou mais de 1,8 mil atendimentos no Nordeste. Durante o 21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada, as equipes do Stud Book, Esportes e Financeiro estiveram prestando atendimento e facilitando a vida dos associados que estavam no evento.

A ABQM destaca que o escritório móvel da ABQM faz parte de um projeto-piloto para atendimento aos quartistas do Nordeste que hoje é a 2ª região do país com o maior plantel da raça Quarto de Milha. De agosto a novembro de 2023, atendimento itinerante já percorreu 17 Vaquejadas em cinco estados do Nordeste. Foram 1.894 atendimentos, sendo 80% de serviços no Stud Book como transferência, registro de animais e certificado de cobertura, entre outros.

“Esse é um projeto muito importante que daremos continuidade, porque queremos estar cada vez mais perto dos nossos associados no Nordeste. O escritório móvel da ABQM aproxima a Associação dos vaqueiros, levando o cartório da raça para mais perto dos pequenos e médios criadores, além de facilitar o acesso aos serviços da entidade. Queremos uma ABQM cada vez mais atuante e para todos”, garante a presidente da Associação, Mônica Ribeiro.

Os resultados completos do 21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada podem ser conferidos através do hotsite do evento: https://www.abqm.com.br/campeoes/21potrodevaquejada-2023

Por Heloisa Alves/Portal Cavalus – Com informações da ABQM
Fotos: Divulgação/Anderson Cavalcanti

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Inscrições abertas para o 21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada

Inscrições antecipadas estão abertas a partir de hoje (27/10) e seguem até dia 17/11; premiação será de R$ 1 milhão para as competições que acontecem em Lagarto (SE)

Publicado

⠀em

Inscrições abertas para o 21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) informa que as inscrições antecipadas para o 21º Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada estão abertas a partir desta sexta-feira (27). As disputas encerram o calendário anual de provas oficiais da ABQM, em 2023, e acontecem de 21 a 26/11, no Parque das Palmeiras, em Lagarto (SE).

A premiação total da disputa será de R$ 1 milhão aos competidores de 13 categorias, nas duas competições. As inscrições antecipadas têm desconto de R$ 200 e seguem até o próximo dia 17/11. O valor da inscrição pode ser parcelado em até 12x no cartão de crédito.

Senhas Vaquejada

“É importante destacar que as senhas são limitadas e se a quantidade for atingida de forma antecipada, durante o evento, não haverá a venda de senhas. Caso contrário, as inscrições continuarão abertas no Parque das Palmeiras, mas sem o desconto e só poderão ser feitas por competidores e proprietários sócios da ABQM”, explica Henrique Campana, gerente de Esportes da ABQM.

Para escolher a senha, o sistema mostrará um mapa com as posições disponíveis. O competidor Amador ou Jovem, na posição de “puxador”, só conseguirá fazer a sua inscrição se o animal estiver em seu nome ou em nome de seus parentes, conforme Regulamento. Já as categorias Feminino e Jovem serão disputadas boi a boi, sem classificação.

Novidades

A Diretoria Executiva da ABQM, juntamente com o Comitê Nacional de Vaquejada, decidiu que as Categorias Aberta Castrado e Amador Castrado voltarão a ter classificação independente no 21º Campeonato Nacional de Vaquejada. Para se inscrever nessas categorias, os dois animais (puxador e esteira) devem ser puros castrados com anotação no Stud Book da ABQM. Estas categorias terão valor de inscrição e premiação exclusivas.

Todas as duplas que baterem a senha no 21º Potro do Futuro e 21º Campeonato Nacional, nas classes Aberta, Profissional Light, Amador e Amador Light estarão classificadas para a 7ª Copa dos Campeões de 2024.

Programação Vaquejada

De acordo com a associação, a programação oficial das disputas começa na terça-feira (21/11), com a Classificatória do Potro do Futuro, nas categorias Aberta e Profissional Light (senhas de 1 a 300). A competição encerra no domingo (26/11), com a final do Potro do Futuro Profissional Light e as finais do Campeonato Nacional das categorias Feminino, Jovem, Amador Master, Amador Light, Amador, Profissional Light e Aberta. As ordens e dias das disputas podem ser alteradas, à critério da organização do evento.

Mais informações já disponíveis em: www.abqm.com.br/hotsite/21potrodevaquejada-2023

Por Assessoria de Imprensa ABQM
Fotos: Divulgação/ABQM

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Vaquejada movimenta mais de R$ 800 milhões por ano e aquece mercado dos esportes equestres

Tradição cultural, a vaquejada garante geração de emprego para famílias nordestinas, contribui para a economia brasileira

Publicado

⠀em

por

Vaquejada movimenta mais de R$ 800 milhões por ano e aquece mercado dos esportes equestres

Considerada Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil (Lei 13.364/2016), a Vaquejada é uma das 22 modalidades esportivas da Associação Brasileira do Quarto de Milha que mais cresceu nos últimos anos e tem contribuído para movimentar a economia no país, tanto com as premiações em pista – em 2022, a ABQM pagou R$ 1,5 mi nas provas oficiais -, quanto na geração de emprego e renda para milhares de famílias nordestinas com os eventos esportivos.

Conforme os dados da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), por ano, são cerca de 720 mil empregos diretos e indiretos gerados pelo setor. A auxiliar de limpeza, Adnailza Maria de Moraes Santos, é temporária em uma empresa terceirizada de serviços gerais. No ano passado, ela trabalhou em quase 50 eventos de Vaquejada. O dinheiro extra tem ajudado a pagar as contas de casa.

“Faz um ano que eu já estou trabalhando com a Vaquejada. É uma renda que complementa o meu orçamento familiar. Eu tenho três filhos e sou mãe solteira. É uma forma de tirar um dinheirinho pra ajudar com as contas de casa, né? Se não fosse a Vaquejada, eu ia ter que viver só dos programas sociais”, conta a auxiliar.

Há mais de 20 anos, o treinador Juvenal Vieira saiu do Espírito Santo para Pernambuco e fez da paixão uma profissão. O vaqueiro capixaba se tornou referência como domador de cavalos para Vaquejada e hoje é dono de um dos maiores centros de treinamento do Nordeste.

“Desde criança sou apaixonado por cavalo. E foi na Vaquejada que eu consegui construir a minha história. Eu comecei como tratador, depois tive a oportunidade de correr e competir, e agora nos últimos 15 anos da minha vida, me tornei um treinador reconhecido. O cavalo pra mim é tudo. A Vaquejada mudou a minha vida e de muita gente”, afirma o domador. 

Já o quartista e empresário Leonardo Borba, é da 3ª geração de uma das famílias mais tradicionais de vaqueiros do Nordeste. Hoje, além de competir com o pai, ele cuida dos negócios como gerente administrativo do Parque Rufina Borba, em Bezerros (PE), onde acontecem as provas oficiais da ABQM.

“Estamos há 49 anos realizando a Vaquejada. Por ano, injetamos mais de R$ 1,5 mi na economia local. O Parque Rufina Borba começou com o meu avô. Com os eventos, recebemos competidores de todo o país e movimentamos toda a economia da região, desde o setor hoteleiro, serviços e alimentação. Hoje, depois do carnaval, a Vaquejada é o grande atrativo turístico aqui da cidade. É, sem dúvidas, uma importante contribuição social, cultural e econômica”, afirma.

A tradição tem grande força na economia nordestina

Vaquejada: a força do Nordeste 

Um levantamento realizado pela ABQM revela que o Nordeste é 2ª região do país com o maior plantel de cavalos da raça: são mais de 133 mil animais registrados. De acordo com a ABVAQ, por ano, a prática movimenta mais de R$ 800 milhões na economia brasileira.

“A Vaquejada tem mostrado, cada vez, mais a sua força. Em 2022, chancelamos quase 300 eventos, com premiações que ultrapassaram os R$ 22 milhões. A parceria com a ABQM tem contribuído, significativamente, para o crescimento do esporte que, anualmente, já movimenta mais de R$ 800 milhões. E sem falar, é claro, na contribuição social, com milhares de nordestinos, que através da Vaquejada, tiveram a oportunidade de mudar as suas vidas, confirmando como o esporte cresceu e se profissionalizou com regras claras asseguradas por leis que garantem o Bem-Estar Animal nas competições. A nossa tradição cultural gera emprego, renda e movimenta a economia brasileira”, finaliza Pauluca Moura, presidente da ABVAQ e vice-presidente da ABQM.

Por Portal Vaquejada

Fotos: Divulgação/Portal Vaquejada

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Recorde de inscrições marca Congresso Brasileiro, Derby e Copa dos Campeões de Vaquejada

Competições realizadas em Bezerros (PE) registraram um aumento de 26% no número de inscritos, abrindo com chave de ouro a temporada 2023

Publicado

⠀em

Recorde de inscrições marca Congresso Brasileiro, Derby e Copa dos Campeões de Vaquejada

O 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada promovidos pela Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM), realizados de 15 a 19 de março, no Parque Rufina Borba, em Bezerros (PE), abriram com chave de ouro a temporada 2023 de provas oficializadas pela associação.

As competições registraram um aumento de 26% no número de inscrições, em relação à edição passada, comando 906 senhas, 308 competidores e 690 animais, com uma premiação total no valor de R$ 500 mil reais.

“Em nome de toda a diretoria da ABQM, quero agradecer de coração a confiança de cada um de vocês que prestigiaram esse grande evento. A Vaquejada é muito maior do que a cultura e tradição popular. O esporte cresceu e se profissionalizou, gera emprego e renda e tem uma importante contribuição social para inúmeras famílias nordestinas que vivem das competições”, conclui Pauluca Moura, presidente da Associação Brasileira da Vaquejada e vice-presidente da ABQM.

Bem-estar animal, mote da Vaquejada

Recorde de inscrições marca Congresso Brasileiro, Derby e Copa dos Campeões de Vaquejada
As competições registraram um aumento de 26% no número de inscrições

As provas oficiais e oficializadas ABQM, possuem uma série de regras e procedimentos adotados que visam a garantia dos bem-estar dos animais. Além da chancela da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), as competições precisam cumprir vários protocolos, sendo o principal deles o uso do protetor de cauda que impede o animal de sofrer lesões durante as competições.

Além do protetor, outras práticas também são obrigatórias como o uso de um “colchão de areia”, inspeção de equipamentos e avaliação física de todos os animais (tanto bovinos quanto equinos), antes e depois das provas. 

Valei boi no Derby de Vaquejada

Seguindo as emoções na pista do Parque Rufina Borba, nas competições do 13º Derby reuniram mais de 250 senhas (inscrições), um crescimento de 16%, em relação à edição passada. O alto nível das disputas confirmou a qualidade dos novos animais que estão chegando, além de revelar grandes talentos.

“O Derby de Vaquejada é uma vitrine para os novos animais da modalidade. A disputa serve também pra consolidar a campanha daqueles que correram no Potro do Futuro. Foi realmente uma prova de alto nível, com excelentes animais que chegam, além de uma nova geração de grandes talentos da Vaquejada”, ressaltou Henrique Campana, gerente de Esportes da ABQM.

Já na 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada da ABQM, além do grande número de inscritos, nunca visto na história da competição, a prova distribuiu uma premiação total de R$ 75 mil.

“Essa foi a maior Copa dos Campeões de Vaquejada de todas as seis edições das provas oficiais da ABQM. Foram mais de 140 senhas batidas, o que representa um crescimento de 84%, em relação a 2022. A cada ano, os vaqueiros têm melhorado a sua performance e desempenho e demonstrado maior qualidade técnica com disputas de alto nível”, destaca Campana.

A lista completa com todos os campeões das três competições pode ser acessada no site da ABQM.

Por Assessoria de Imprensa / ABQM

Fotos: Divulgação / ABQM

Leia mais sobre Vaquejada aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Vaquejada abre calendário 2023 do Quarto de Milha em Bezerros (PE)

13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada da ABQM ocorrem até domingo (19/03)

Publicado

⠀em

Vaquejada abre calendário 2023 do Quarto de Milha de Bezerro (PE)

Já “valeu boi” no Parque Rufina Borba, em Bezerros (PE) com o início das competições do 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada do Quarto de Milha. Promovido pela Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM), as provas ocorrem até o próximo dia 19 de março e distribuirá R$ 500 mil em premiação.

Neste ano, as competições receberam mais de 300 competidores e 600 animais, um crescimento de 57% nas inscrições antecipadas, em relação a 2022. As inscrições ainda estão abertas e podem ser realizadas no Parque.

“A Vaquejada é um patrimônio cultural nacional. Não só no Nordeste, mas em muitos lugares do país é mais popular do que o futebol. E o cavalo Quarto de Milha acompanha e incentiva essa paixão pelo esporte desde sempre, por isso nos dedicamos para organizar eventos da grandiosidade que a modalidade merece e bem-estar aos nossos animais”, ressaltou Pauluca Moura, vice-presidente da ABQM e presidente da Associação Brasileira da Vaquejada (ABVAQ).

Segundo o presidente da ABQM Caco Auricchio, a região nordeste possui mais de 130 mil exemplares Quarto de Milha registrados junto à ABQM, sendo a segunda região com o maior plantel do país. “O estado de Pernambuco é o 5º no ranking nacional com quase 7 mil proprietários de cavalos da raça. Estamos buscando fortalecer, cada vez mais, o Quarto de Milha na Vaquejada e fomentar os esportes equestres da raça em todo o Brasil”, afirma Caco Auricchio, presidente ABQM.

Vaquejada abre calendário 2023 do Quarto de Milha de Bezerro (PE)
As competições receberam mais de 300 competidores e 600 animais, um crescimento de 57% nas inscrições antecipadas, em relação a 2022

Além da Vaquejada, Três Tambores

Outra atração das competições será a 6ª Etapa do Campeonato de Três Tambores, promovido pela a Associação dos Criadores de Cavalo Quarto de Milha de Pernambuco (ACQMPE). A competição é oficializada pela ABQM e distribuirá R$ 50 mil em prêmios.

A programação completa do 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada do Quarto de Milha já está disponível no hotsite do evento. As provas serão transmitidas, ao vivo, pelo canal da ABQM no Youtube, além de cobertura exclusiva no Instagram da Associação Quartista.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus, com informações da ABQM

Fotos: Divulgação / ABQM

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Estão abertas as inscrições para o 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada

Modalidade abre a temporada 2023 de competições oficiais da ABQM e serão realizadas os dias 15 a 19 de março

Publicado

⠀em

Mais uma vez, a Vaquejada abre o calendário de provas oficiais da Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM). Entre os próximos dias 15 a 19 de março, o Parque Rufina Borba, em Bezerros (PE), recebe o 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e a 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada. Neste ano, a premiação das competições será de R$ 500 mil.

Mais de 600 competidores e 1,1 mil animais estão habilitados para participar da 6ª Copa dos Campeões. A relação completa está disponível aqui. A consulta online pode ser realizada através do nome do competidor, animal ou pela condição puxador ou esteira.

As inscrições para o 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e a 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada estão abertas e as vagas são limitadas. Lembrando que as inscrições com desconto se encerram dia 10 de março.

Estão abertas as inscrições para o 13º Congresso Brasileiro, 13º Derby e 6ª Copa dos Campeões de Vaquejada
Inscrições com desconto encerram amanhã (10/02)

Nordeste concentra 20% do plantel nacional, reflexo da Vaquejada

A importância da região na criação nacional de cavalos Quarto de Milha é enorme. Hoje, o nordeste corresponde a 20% do plantel nacional da raça, e o estado de Pernambuco ocupa a quita colocação no ranking nacional, com quase 7 mil proprietários de exemplares Quarto de Milha.

Estes números são reflexo do crescimento da Vaquejada no país. A modalidade é a que mais cresceu entre as 22 realizadas por exemplares da raça, com, apenas na região nordeste, mais de 3,7 mil animais e 1,5 mil competidores no ano passado. A premiação total, só nos eventos oficiais da raça, chegou a R$ 1,5 milhão no mesmo período.

“Estamos buscando fortalecer, cada vez mais, o Quarto de Milha na modalidade. Com mais fomento e parcerias, devemos repetir a premiação histórica de 2022 com R$ 1,5 milhão para a modalidade que é nossa tradição cultural. A ABQM também já está estudando um projeto de escritório itinerante para viabilizar atendimento aos sócios ligados à Vaquejada durante as provas ao longo do ano”, finaliza Pauluca Moura, vice-presidente da ABQM e presidente da Associação Brasileira da Vaquejada (ABVAQ).

Mais informações acesse: https://abqm.com.br/hotsite/congressovaquejada-2023

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus, com informações da ABQM

Fotos: Divulgação / ABQM / Anderson Cavalcanti

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Inscrições para o 9º Congresso da ABVAQ terminam hoje (17/01)

Curso online é obrigatório para profissionais que desejam atuar em provas chanceladas ou credenciadas pela entidade em 2023. Prova será no dia 24 de janeiro

Publicado

⠀em

Inscrições para o 9º Congresso da ABVAQ terminam hoje (1701)

Encerram-se hoje (17/01) as inscrições para o 9º Congresso da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), evento destinado a todos os profissionais que desejam trabalhar em provas credenciadas ou chanceladas pela entidade. Segundo o presidente da associação, Pauluca Moura, é uma oportunidade de reciclagem e atualização de profissionais que atuam como juiz de prova, locutor, juiz de bem-estar animal, equipe de secretaria, equipe do curral, auxiliar de bem-estar animal, anotador, causeiro e mensageiro.

Inscrições para o 9º Congresso da ABVAQ terminam hoje (1701)
Aulas serão 100% online, com material didático disponibilizado no ato da inscrição

O credenciamento para o Congresso é realizado no site da ABVAQ. As aulas serão 100% online, com todo o material didático disponibilizado no ato da inscrição. A prova será realizada no próximo dia 24/01, presencialmente na sede da ABVAQ, com uma aula presencial antes da aplicação da prova para esclarecimento de dúvidas.

Lista de aprovados no site da ABVAQ

Os aprovados na prova, e que tiverem assistido todas as aulas, serão liberados para atuar em provas chanceladas e oficializadas em 2023. A lista dos aprovados é disponibilizada no site da entidade, e as organizações de provas entram no site e selecionam as equipes que desejam em seus eventos.

Inscrições para o 9º Congresso da ABVAQ terminam hoje (1701)
Prova habilita profissionais para atuarem em provas chanceladas e credenciadas pela ABVAQ

“Este ano já estamos com quase 500 profissionais inscritos, sem dúvidas o maior número em uma única edição. Essa atualização é necessária, pois no encontro observamos todos os acontecimentos do ano anterior, visando apontar erros e corrigi-los, sempre em busca da garantia do bem-estar animal, através da ‘Vaquejada Legal’”, afirma Pauluca Moura.

Informações pelo telefone e WhatsApp: (83) 98651-2639.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fotos: Divulgação / ABVAQ

Leia mais sobre Vaquejada aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Vaquejada fecha 2022 com aumento de provas chanceladas pela associação da modalidade (ABVAQ)

Presidente Pauluca Moura celebra parceria com ABQM que contribuiu fortemente para o crescimento de provas que seguem todas as regras de bem-estar animal

Publicado

⠀em

Presidente Pauluca Moura celebra parceria com ABQM que contribuiu fortemente para o crescimento de provas que seguem todas as regras de bem-estar animal

A modalidade de Vaquejada tem muito o que comemorar neste início de 2023, afinal, 2022 marcou a parceria da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ) com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) que promoveu o aumento do número de provas oficializadas, e estas credenciadas pela ABVAQ.

Segundo o presidente da ABVAQ Pauluca Moura, além dessa parceria muito importante para a associação, a mesma trabalhou arduamente para que fomentasse o número de Vaquejadas legais, competições que seguem todas as regras de bem-estar animal.

O portal Cavalus realizou uma entrevistas exclusiva com o presidente Moura, confira.

1 – Como foi o ano de 2022 para a modalidade?

Pauluca Moura: Após um longo período em pandemia, o ano de 2022 apresentou um cenário de recuperação, com a realização de grandes eventos, inclusive, com premiações jamais vista na história da vaquejada. Vários eventos com premiações acima de 200 mil reais, alguns chegando até 1 milhão de reais. Isso mostra a força da vaquejada.

2 – Quem foram os destaques?

Pauluca Moura: Para ser justo, tivemos vários destaques no ano de 2022, se fossemos nominar aqui, teríamos que escrever várias páginas. Contudo, podemos citar como destaque os vaqueiros Zé Barreto e Dheovane Almeida. Ambos, apesar de jovens, mostraram ser grandes competidores, elevando o nomes dos animais que apresentaram no ano de 2022.

3 – Alguma conquista importante/quebra de recorde em 2022 que merece destaque?

Pauluca Moura: Acredito que a vaqueira Jenniffer Emmanuellen, que atingiu a maior pontuação no Ranking ABVAQ 2022, com 1440 pontos (com a dobra de sócio), para mim foi a quebra de recorde. Demonstrando, ainda, que a presença feminina está cada vez mais sólida e forte na nossa vaquejada.

4 – E os números de inscritos, houve aumento? Como ficou?

Pauluca Moura: No ano de 2022 tivemos aumento no número de sócios. Contudo, ainda estamos abaixo do nosso objetivo. Para 2023, estamos com uma proposta diferenciada. Vamos buscar atingir ao menos 1000 sócios na categoria competidor.

5- Quanto as provas, houve aumento da procura? Quantos eventos oficializados foram realizados?

Pauluca Moura: Tivemos um crescimento considerável. No ano de 2022 chancelamos mais de 272 corridas. O número ainda é baixo levando em consideração o universo da vaquejada. Mas, nosso trabalho de conscientização continua. Cabe aos competidores e a todos que vivem, direta ou indiretamente, da vaquejada buscar competir apenas nos eventos chancelados. As corridas clandestinas, ou seja, as que não são chanceladas, não cumprem regra, principalmente em relação ao bem-estar animal, o que pode prejudicar a vaquejada como um todo.

6- Quais foram os principais eventos do ano e seus respectivos destaques?

Pauluca Moura: Todos os eventos chancelados são importantes, pois, mantém vivo o nosso esporte, dentro da legalidade, gerando renda para milhares de pessoas, além de movimentar toda a economia na região onde são realizados. Como destaque, podemos citar o Potro do Futuro ABQM 2022, evento com chancela ABVAQ, com recorde em número de inscrições e premiação.

7- E quanto movimentou, aproximadamente, financeiramente?

Pauluca Moura: Essa questão de movimentação financeira é complicada você estimar, porque, existem as receitas diretas com o evento e as indiretas. Você sabe que a economia da cidade onde é realizado um determinado evento melhora muito nos dias em que estão sendo realizada a vaquejada: os hotéis e pousadas ficam lotados; restaurantes, supermercados, padarias, postos de combustíveis, etc. Só em relação ao número de senhas e valores de premiações nas vaquejadas chanceladas, chegamos a números impressionantes.

Nas 272 vaquejadas chanceladas, foram realizadas mais de 135 mil senhas, com premiações que ultrapassaram 22 milhões de reais. Imagine se para cada senha, de acordo com o RGV, você tem que ter 0,6 bois. A quantidade mínima de bois utilizados nesses eventos chancelados foi de mais de 81 mil bois. Se você computar o valor de aluguel por boi de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais) por boi, você chega a números superiores a 20 milhões.

Isso fora frete e combustível para transportar o gado, alimentação e mão-de-obra envolvida no manejo e trato dos animais. Veja que os números são impressionantes.

8- Diante da pausa pela pandemia, como ficou a evolução da modalidade?

Pauluca Moura: Os animais/competidores, este ano, estão melhores? A vaquejada já é grande. Mas, temos que crescer o número de corridas chanceladas, que observam as determinações legais. Em relação aos animais, cada vez mais o nível dos animais aumenta. Os haras investem pesado em genética voltada para vaquejada, com destaque para os animais da raça Quarto de Milha.

9- Firmaram alguma parceria social que foi trabalhada?

Pauluca Moura: A ABVAQ, juntamente com a ABQM, realizou algumas parcerias sociais. Como exemplo citamos o Hospital do Amor, localizado na cidade de Lagarto/SE. Outra parceria, também junto com a ABQM, foi e entrega de animais para vários institutos de equoterapia.

10- Quais são as expectativas para 2023npara a Vaquejada?

Pauluca Moura: Tenho fé em Deus que o ano de 2023 será muito importante para vaquejada, com grandes conquistas. Todos devem ter consciência da necessidade de observarmos as normas legais, realizando eventos chancelados, principalmente no que diz respeito ao bem-estar dos animais. Em relação ao Ranking ABVAQ 2023 e Copa ABVAQ 2023, aumentamos a premiação, já estando garantido o mínimo de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais). Além da premiação que oferecemos aos melhores profissionais do ano ABVAQ. Vamos trabalhar para atingirmos a meta de 1000 sócias e ao menos 350 corridas chanceladas.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fotos: Divulgação ABVAQ / Portal Vaquejada / Junior Rodrigues & PN Fotografias

Leia mais notícias sobre Vaquejada aqui.

Continue lendo

Vaquejada

Elite da Vaquejada se reúne na PB para as Finais da Copa ABVAQ e Campeonato Portal

Provas distribuirão mais de R$ 580 mil em prêmios e reúnem vaqueiros de 10 estados. No sábado (10/12), será entregue o prêmio Melhores do Ano, novidade na modalidade

Publicado

⠀em

Elite da Vaquejada se reúne em João Pessoa (PR) para as Finas da Copa ABVAQ e Campeonato Portal Vaquejada 2023

João Pessoa (PB) recebe na Arena Jampa, antigo Rancho do Pinguim, a elite da Vaquejada brasileira para participar das Finas da Copa ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada) e a segunda etapa do Campeonato Portal Vaquejada 2023.

As provas, realizadas até o próximo dia 11/12, distribuirão mais de R$ 580 mil em premiações, incluindo ainda os prêmios dos melhores profissionais do ano pela ABVAQ. Os julgamentos ficarão a cargo de Magno Kelly, Evandro Tacaimbó, Márcio Porto e Roneilson.

Finais Copa ABVAQ

Nos dois primeiros dias de competições, os três mais pontuados vaqueiros de cada estado/grupo, participam das Finais da Copa ABVAQ 2023. Cada estado do Nordeste do país, além dos grupos formados pelas regiões Sul/Sudeste e Norte/Centro-Oeste, enviaram seus três primeiros colocados no ranking da associação, que é baseado em participações em Vaquejadas chanceladas pela ABVAQ, e composta por vaqueiros que são associados a entidade.

116 vaqueiros estão classificados para participar da final da competição que distribuirá R$ 200 mil em premiação. Confira a lista completa com todos os participantes aqui.

Campeonato Portal Vaquejada 2023

Na sexta-feira (09/12), será dada a largada ao Campeonato Portal Vaquejada 2023, uma novidade no calendário de provas que traz um novo formato para as competições. Dentre as novidades do campeonato, destaque para a implantação do primeiro turno que terá campeões por pontos corridos, a super premiação e outras vantagens que chegam para agregar valor ao esporte e a competição.

Curso de Rédeas com Steve Bezerra

Além das competições que estão movimentando a Arena Jampa, hoje (08/12) o ponto forte do evento é o Curso de Rédeas ministrado por Steve Bezerra, zootecnista, treinador e domador de cavalos de Vaquejada, com mais de 20 anos de experiência no esporte, sendo referência no Brasil em Doma Racional e Rédeas.

Promovido pela ABVAQ, o curso foi destinado para associados da entidade e reuniu 40 treinadores de diversas regiões do país que aproveitaram a oportunidade para atualizar seus conhecimentos com este profissional que é reconhecido no meio como “mestre”.

Prêmio melhores do ano

Além da entrega do prêmio Melhores do Ano para os três primeiros vaqueiros de cada categoria do ranking da ABVAQ, pela primeira vez os profissionais que atuam nas provas também receberão uma homenagem.

Ao todo, os três profissionais mais votados entre as nove categorias (locutor, juiz, equipe de curral, equipe de filmagem, juíza de bem-estar, anotador, secretaria física ou online, calzeiro e mensageiro) serão contemplados, sendo o primeiro com R$1,5 mil, R$ 1.000 ao segundo e R$ 500 ao terceiro colocado.

A escolha será realizada pelos sócios da entidade através de uma votação, e a lista com os profissionais levou em consideração o número de provas chanceladas que ele participou e a nota na registrada na provada realizada no Congresso de 2021.

“Essa premiação tem como objetivo incentivar os profissionais bem avaliados pelos sócios da ABVAQ, estimulando assim a melhoria da qualidade do quadro de profissionais credenciados”, destacou o presidente da ABVAQ, Pauluca Moura. Acompanhe a lista com todos selecionados aqui.

As Finas da Copa ABVAQ e a segunda etapa do Campeonato Portal Vaquejada 2023 serão transmitidas ao vivo pelo canal no Youtude da TV Vaquejada.

Por Camila Pedroso . Redação Cavalus

Fonte: Portal Vaquejada

Fotos: Divulgação ABVAQ / Portal Vaquejada

Leia mais notícias sobre Vaquejada aqui.

Continue lendo

Vaquejada

“Valeu boi” distribui R$1 milhão de premiação na Vaquejada

20° Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada do Quarto de Milha encerraram com números que mostram o crescimento da modalidade no país

Publicado

⠀em

“Valeu boi” com R$1 milhão de premiação na Vaquejada

Mais de mil e trezentas senhas de inscrições de vaqueiros em busca da premiação recorde de R$ 1 milhão. Com estes números surpreendentes, chegou ao fim o 20° Potro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada do Quarto de Milha.

Promovida pela Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM), com o apoio da Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), a festa do “valeu boi” foi realizada pela terceira vez no Parque das Palmeiras, em Lagarto (SE), atraindo vaqueiros de todas as partes do país. Para essa edição, a procura foi tamanha que a data de término das inscrições precisou ser prorrogada.

A premiação recorde dessa edição, o dobro da última, foi garantida graças à bonificação extra de R$ 3,5 milhões aprovada pelo Conselho de Administração da ABQM, a pedido do presidente da associação Caco Auricchio, para o fomento dos esportes equestres da raça e valorização dos competidores quartistas. Deste valor, mais de R$ 420 mil foram destinados para a Vaquejada, além dos R$ 272 mil já previstos no orçamento anual.

“É uma alegria muito grande participar desse momento tão importante que a Vaquejada vive. O Nordeste tem hoje mais de 130 mil animais registrados na ABQM, mais 35 mil proprietários e mais de 18 mil criadores de cavalos Quarto de Milha. Os números, por si só, mostram a força da região para a cadeia produtiva do setor”, ressaltou Auricchio.

O presidente da ABVAQ e vice-presidente da ABQM, Pauluca Moura, destacou a importância da parceria entre as duas entidades para o fortalecimento do setor. “Essa parceria tem feito um setor mais forte. Hoje, a ABQM só oficializa eventos da Vaquejada, em qualquer lugar do país, se forem chancelados pela ABVAQ, o que garante segurança jurídica ao nosso esporte, com eventos que cumprem rigorosamente o que está previsto em lei, com foco no bem-estar animal. Além disso, fortalecendo cada vez mais o cavalo Quarto de Milha dentro da Vaquejada.”, frisou Pauluca.

Grandes campeões da Vaquejada

Na categoria Amador do Potro do Futuro, o puxador Saulo Mourão montando Dafne Toro SVM (Don Toro HJG x Angel Streak Jay Hem), e o esteira Leonardo Cassiano montando Arabella Rojo (Eternaly Rojo JR x Eternaly Lena) foram os grandes campeões.

Já na categoria Jovem do 20º Campeonato Nacional ABQM de Vaquejada, vitória da dupla formada pelo puxador Erivan Rodrigues de Santana Filho e o esteira Emerson Ferreira Sampaio. Essa foi a primeira vez que os vaqueiros competiram juntos e já conquistaram seu primeiro título.

A lista completa com todos os campeões pode ser acessada no site da ABQM.

Fonte: Assessoria de imprensa

Fotos: Divulgação ABQM

Leia mais sobre Vaquejada aqui.

Continue lendo