Árabe

Arabians Returns garante o recomeço das corridas do Cavalo Árabe

Publicado

⠀em

Calendário de provas havia sido paralisado, mas corrida do último sábado (24) marcou o retorno das atividades

“Arabian Returns – O retorno dos Árabes” aconteceu no último sábado (24) e, assim, marcou a volta das corridas do cavalo Árabe no Jockey Club de São Paulo. Antes de mais nada vale lembrar que o calendário de provas havia sido paralisado no começo do ano devido à pandemia do novo coronavírus.

No total, seis animais participaram, competindo em uma emocionante corrida de mil metros de distância, na pista de grama. Sobretudo, o retorno das corridas contou com uma bolsa de R$ 10 mil.

Como resultado, o campeão foi Mahatma Rach, conduzido pelo jóquei F. Larroque. O animal cruzou a linha de chegada com quatro corpos de diferença do segundo colocado, com o tempo 1:04.946.

VEJA A CORRIDA CLICANDO AQUI

Em entrevista após a vitória, o proprietário e criador do animal, Paulo Saliba, do Rach Stud, conta que o retorno das corridas é o mais importante.

“Mais importante do que a vitória foi o retorno das corridas do PSA. Havíamos parado em decorrência da pandemia e, é claro, que ficou aquela incerteza se iríamos retornar. Enfim, tivemos uma retomada e o páreo foi muito bom, apesar do pouco tempo de treinamento dos animais”, comenta Paulo.

Ademais, a criação do Rach Stud ainda ficou com o segundo lugar com Mentor Rach montado pelo jóquei I. Silva, tempo de 1:05.616. Depois, em terceiro lugar chegou Graccus Rach, conduzido por B. Queiroz, com o tempo de 1:06.294.

“O Mahatma já é mais experiente. Porém, eu acreditava que a disputa seria entre ele e o Egyto LA. Considerado também um ótimo cavalo e de criação do Haras Cruzeiro, de Leandro Aguiar. Porém, todos têm um futuro promissor na corrida, já que têm pedigrees que visam o esporte, o que reforça o cavalo Árabe como a raça mais completa”, finaliza Saliba.

Mahatma Rach foi o campeão do páreo – Foto: Divulgação/Porfirio Menezes

Nacional do Cavalo Árabe

Com o retorno das atividades da raça mais completa, o calendário segue para a 39ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe. Portanto, o evento acontece entre os dias 11 e 14 de novembro, em Indaiatuba/SP.

“Apesar do momento, esperamos superar a Nacional de 2019. Isso em quantidade de cavalos, apresentando os nossos Árabes em diversas modalidades. Como Halter, Performance, Provas Funcionais, Hipismo, Corrida e Enduro”, expõe Rodrigo Forte, presidente da ABCCA.

Ainda de acordo com a entidade, o evento esse ano não será aberto ao público. Haja vista a necessidade de seguir os protocolos sanitários de combate a Covid-19. Portanto, só será permitida a entrada dos competidores e expositores.

Sendo assim, foi reforçada ainda mais a equipe de transmissão para que todos possam acompanhar ao vivo os momentos da Nacional.

Resultados do páreo do cavalo Árabe

1º lugar – Mahatma Rach – 1:04.946
2º lugar – Mentor Rach – 1:05.616
3º lugar – Graccus Rach – 1:06.294
4º lugar – El Chall La – 1:06.999
5º lugar – Egyto La – 1:08.071
6º lugar – Revelation Rach – 1:08.279

Fonte: Assessoria de imprensa ABCCA
Crédito da foto: Divulgação/ABCCA/Porfirio Menezes

Veja mais notícias sobre o cavalo Árabe no portal Cavalus

 

Comentar com o Facebook

Árabe

39ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe supera todas as expectativas

Evento teve aumento de 40% em relação a 2019 e a qualidade dos animais foi enaltecida pelo corpo de juízes das provas

Publicado

⠀em

A 39ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe, realizada de 11 a 14 de novembro, no Helvétia Riding Center, em Indaiatuba/SP, superou todas as expectativas. Afinal, a qualidade da raça apresentada no evento permanecerá destacando o Brasil como um dos melhores plantéis do mundo.

Sobretudo, o evento contou com uma programação diversificada, provando que o cavalo Árabe é, de fato, completo. Dessa forma, durante a Nacional ocorreram provas de: Performance; Halter; Corrida; Três Tambores; Seis Balizas; Cross Country; Hipismo Rural; Salto e Enduro.

Neste ano, apesar de um ano atípico devido a pandemia, a Nacional registrou um expressivo aumento. Ou seja, de mais de 40% nas inscrições. Além disso, contou com uma premiação inédita, de R$ 135 mil para as provas funcionais. Como resultado, contribuiu para o fomento da raça e, consequentemente, atraiu novos competidores.

“Seguimos rigorosamente todos os protocolos sanitários. Bem como cumprimos todos procedimentos determinados pelo Governo do Estado de São Paulo para realização de uma exposição como esta. Mesmo assim, a nossa Nacional pode ser conferida por milhares de pessoas no conforto de suas casas, em todo o mundo”, declarou Rodrigo Forte, presidente da ABCCA.

Na sequência, completou dizendo: “O evento foi um sucesso. Tanto pelo ponto de vista das pessoas que estiveram presente quanto por quem acompanhou online. Fico feliz pelo sucesso. Juntamente com a atual diretoria e todos associados do Árabe”.

Juízes da Nacional do Cavalo Árabe 2020 – Foto: Divulgação/André Shiwa

Padrão de qualidade nos julgamentos

Seguindo o padrão de qualidade, o corpo de juízes das provas de Halter e Performance foi composto por cinco profissionais de alto nível. Foram eles: Fábio Amorosino (Brasil); Gerard Paty (Bahrein); Joseph Polo (Estados Unidos); Luiz Eduardo Caio (Brasil); e Terry Holmes (Estados Unidos). Além do Ring Master, Juan Dale Stuckey (Estados Unidos) e do Vet Check, membro da FEI – Federação Equestre Internacional, Dr. Guilherme Santos (Brasil).

De acordo com Gerard Paty, os animas apresentados nesta nacional se destacam em qualquer lugar do mundo. “É um privilégio vir e julgar essa linda competição, que é sempre diferente de qualquer outra lugar do mundo. Os criadores brasileiros são conhecidos mundialmente pela qualidade dos cavalos que eles criam”.

Joseph Polo – que já julgou em anos anteriores o evento – ressaltou ainda mais a qualidade dos animais. “A qualidade da Nacional deste ano foi fantástica. As categorias de garanhões e éguas foram excelentes, assim como as de potros. Em resumo, os animais estavam incríveis. Aliás, sei que vários animais que foram julgados nesta Nacional já foram campeões em outros lugares do mundo. Eu mesmo já julguei alguns destes animais em outras exposições”, frisa.

Do mesmo modo, Terry Holmes, completou dizendo: “e os apresentadores se apresentaram brilhantemente”. Por fim, Luiz Eduardo Caio parabenizou a ABCCA por realizar o evento. “O resultado dessa Nacional foi muito positivo. Uma atitude corajosa da Associação, que conseguiu apoio dos criadores, expositores, com um número recorde de inscrito. Um evento muito prestigiado. Com relação aos animais, o Brasil é renomado no mundo inteiro como um dos melhores celeiros de bons cavalos. Certamente, isso está mais uma vez confirmado. Os animais são dos melhores níveis, os ganhadores daqui, serão ganhadores em qualquer lugar do mundo”.

Homenagem Lucio Miranda na Nacional do Cavalo Árabe 2020 – Foto: Divulgação/André Shiwa

Homenagens

Além das disputas, homenagens emocionantes marcaram a 39ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe. Sobretudo, ABCCA buscou destacar aqueles sempre buscaram o fomento e visibilidade da raça.

Portanto, uma das homenagens foi para criador Lúcio Miranda (in memoriam), do Haras Paiquerê, que muito contribuiu para raça. A família continua com a criação e recebeu uma singela homenagem da ABCCA.

Outra figura importante que homenageada: o fundador da ABCCA, Aloysio Andrade Faria, que faleceu esse ano. Um apaixonado e visionário do cavalo Árabe, responsável por organizar os registros e difundir a raça no Brasil.

Na sequência, o criador José Alves Filho, do Haras JM – que há mais de 35 anos cria cavalo Árabe -, recebeu homenagens. Afinal, nesta Nacional ele inscreveu o maior número de cavalos. Sem dúvidas, um grande incentivador da raça.

E finalizando as homenagens, Cris Durante Guardia, Diretora de Fomento, pelo trabalho realizado nos seus 10 anos fazendo parte da ABCCA. Entre eles, com o ABCCA Kids e o Programa do Cavalo Árabe.

Farm Tour da Nacional do Cavalo Árabe 2020 – Foto: Divulgação/ABCCA

Farm Tours

Finalizando a programação da Nacional do Cavalo Árabe, aconteceram as três Farm Tours: Haras Vila dos Pinheiros, RFI Arabians e Rach Stud. Sendo assim, ambos os criatórios abriram as portas de seus Haras para apresentarem. Bem como disponibilizaram a venda coberturas, embriões e óvulos das linhagens consagradas de seus criatórios.

Como resultado, os Farm Tours movimentaram o mercado do Cavalo Árabe com faturamento de R$ 3,5 milhões.

Farm Tour na RFI Arabians – Foto: Divulgação/ABCCA

Transmissão ao vivo

Neste ano, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a 39ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe foi restrita ao público. Mas isso não impediu que os admiradores da raça acompanhassem tudo o que acontecia na Nacional.

A Arabian Essence transmitiu as provas que aconteciam na Arena HVP Arabian & Royal Arabians. Como resultado, a transmissão foi disponibilizada mundialmente, registrando nos quatro dias de evento mais de 30 mil acessos, de vários países.

Já as provas montadas, realizadas na Arena Casa Branca, tiveram transmissão pela ZRTV, no YouTube. Além da transmissão ao vivo via Instagram da ABCCA, com entrevistas dos campeões em todas as categorias.

Colaboração: Assessoria de imprensa ABCCA
Legenda da foto em destaque: Campeã do Campeonato Égua Nacional do Cavalo Árabe 2020

Crédito da foto em destaque: Divulgação/ABCCA/André Shiwa

Veja mais notícias sobre o cavalo Árabe no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Árabe

Conheça os campeões do último dia da Nacional do Cavalo Árabe 2020

Evento foi realizado de 11 a 14 de novembro, no Helvétia Riding Center, em Indaiatuba/SP

Publicado

⠀em

As disputas da 39ª edição da Exposição Nacional do Cavalo Árabe chegaram ao fim no último sábado (14). Antes de mais nada vale lembrar que o evento foi realizado no Helvétia Riding Center, em Indaiatuba/SP.

Dessa forma, no último dia de disputas por lá rolaram as provas da Copa Nacional de Salto e da Copa Nacional de Hipismo Rural. Ambas, aliás, na arena Casa Branca, na parte externa do recinto.

Já na Arena HVP Arabian & Royal Arabians aconteceram as provas das Finais Jovens e Grande Prêmio Nacional do Cavalo Árabe. Bem como, ainda, a grande final do Campeonato Nacional Cavalo e Égua.

Portanto, não perca tempo e confira abaixo o nome dos campeões do último dia da Nacional do Cavalo Árabe.

Campeonato Cavalo da Nacional do Árabe 2020 – Foto: Divulgação/ABCCA/André Shiwa

Campeões Halter

Nacional Cruza-Árabe
FAHID AMR, criador Alaor Mendes Ribeiro, expositor Rodrigo Appel Preussler, Haras Moroch.

Campeonato Nacional Castrados
YNIGMA DI PERRY JM, criador e expositor José Alves Filho, Haras JM.

Campeonato Nacional Cavalo Jovem
VIVALDI AL SHAWAN, criador César Augusto Schmidt Oliveira, expositor Vivaldi Al Shawan Partners, Haras Katu.

Campeonato Nacional Égua Jovem
RFI SAWARI, criador e expositor Rodrigo Foz Forte, Haras Santo Antônio da Bela Vista.

Campeonato Nacional Mirim Fêmea
HDF FONTONELLA, criador, expositor e Haras Agropec Vila dos Pinheiros

Campeonato Nacional Mirim Macho
OPUS ONE ARABCO, criador e expositor Sylvio Barbosa Neto, Haras Rancho Arabco

Campeonato Nacional Junior Fêmea
KEISHAH BINT LAMI RB, criador e expositor Adriana Spindola Moura, Haras das Cascatas

Campeonato Nacional Junior Macho
RFI FIORANO, criador e expositor Rodrigo Forte, Haras Santo Antônio Bela Vista

Campeonato Nacional Potranca Jovem
SAHARA DAWARAH , criador, expositor e Haras Sahara

Campeonato Nacional Potro Jovem
EMIR SAHARA, criador, expositor e Haras Sahara

Campeão Égua Jovem Nacional Árabe 2020 – Foto: Divulgação/ABCCA/André Shiwa

Campeonato Nacional Potranca
CLIO CERISE, criador Luiz Alvaro Moreira, expositor Eduardo Bonilla & Nadia de Santis, Haras El Olimpo

Campeonato Nacional Potro
RAGNARY GV, criador Raphael Cavaleiro Casquel, expositor Vinicius Rosa Viana, Haras Viana Arabian Horse

Campeonato Melhor Cabeça Fêmea
CHERRIE YPARADISE JM, criador e expositor José Alves Filho, Haras JM

Campeonato Melhor Cabeça Macho
RAGNARY GV, criador Raphael Cavalheiro Casquel, expositor Vinicius Rosa Viana, Haras Viana

Campeonato Nacional Halter Amador Fêmeas
ANNETE HVP, criador, expositor e Haras Agropec Vila dos Pinheiros

Campeonato Halter Amador Machos
1º Lugar – ZHAFIR HVP, criador, expositor e Haras Agropec Vila dos Pinheiros

Campeonato Nacional Progênie de Pai
RAGNAR RACH, criador e expositor Rach Stud, Haras Ilha da Chapada

Campeonato Nacional Progênie de Mãe
CER ELEKTRA, criador Central Equina Reprodução, expositor Dullis Dmare Borges, Haras Hayat

Campeonato Nacional Cavalo
FALA FK, criador e expositor FK Agrop e Com Animais vivos, Haras FK

Campeonato Nacional Égua
SAHARA SALEEMAH, criador e expositor Haras Sahara

Campeão Cavalo Jovem Nacional Árabe 2020 – Foto: Divulgação/ABCCA/André Shiwa

Copa Nacional de Salto

Escola
Lindsay Pierobon x Geórgia AJR, aproximação de 0s08

Estreante – série 60
Lorena Viude Toré x Geórgia AJR, aproximação de 1s16

Preliminar – série 80
Arthur Camargo Barros x Pinah Serondella, aproximação de 0s85

Aberta – série 90
Sofia de Rubio Pinho x Blues Brother Rach, tempo 41s14

Hipismo Rural durante a Nacional do Cavalo Árabe – Foto: Divulgação/ABCCA/Douglas Souza

Campeonato de Hipismo Rural

Estreante – série 60
Manuella Verbena x AF CELOTEX, tempo de 68s87

Aspirante – série 80
Giulia Verbena x AF CELOTEX, tempo de 70s75

Aberta – série 90
Ana Lívia Siboldi Miranda x IMA SERONDELA, tempo de 75s87

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Assessoria de imprensa ABCCA
Legenda da foto em destaque: Campeã do Campeonato Égua Nacional do Cavalo Árabe 2020

Crédito da foto em destaque: Divulgação/ABCCA/André Shiwa

Veja mais notícias sobre o cavalo Árabe no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Árabe

Nacional do Cavalo Árabe: Copa Ancaf e provas de Halter agitam o terceiro dia do evento

Nesta edição, as provas funcionais registraram um aumento no número de inscritos, destacando a expansão da raça, frisa a diretoria da ABCCA

Publicado

⠀em

No terceiro dia de provas da 39ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe – realizada na sexta-feira (13) – as provas da Copa Ancaf de Três Tambores e de Halter agitaram o evento. Antes de mais nada vale frisar que as disputas estão sendo realizadas, desde quarta-feira (11), no Helvétia Rinding Center, em Indaiatuba/SP.

Contudo, as modalidades foram divididas entre as pistas do recinto. Ou seja, as provas funcionais foram realizadas na arena Casa Branca. Em contrapartida, as disputas de Halter na parte interna do recinto, na Arena HVP Arabian & Royal Arabians.

De acordo com Bruno Zanotta, presidente de provas funcionais da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) , a Copa Ancaf de Três Tambores contou com 140 passadas. Sendo elas, portanto, divididas nas seguintes categorias nos Três Tambores: Feminina, Cruza-Árabe, Amador, Kids e Paratleta.

140 passadas foram registradas na Copa Ancaf – Foto: Divulgação/ABCCA/Douglas Souza

Confira os resultados da Copa Ancaf:

Kids
1º Lugar – Heloísa Reggio Carneiro x FHJ GABEON, tempo de 17s147
2º Lugar – Lorenzo Mancini x MIG DAVON, tempo de 17s337
3º Lugar – Maria Helena Couto x MIG DAVON, tempo de 17s490

Aberta Sênior
1º Lugar – Luiz Fernando Oliveira x HAZINE LUAR, tempo de 16s822
2º Lugar – Arthur Couto Provasi x AYSHA SAMS, tempo de 16s826
3º Lugar – Mauri Fonseca x STAR MAGIC, tempo de 16s858

Potro do Futuro
1º Lugar – Luiz Fernando de Oliveira x STANLEY RACH, tempo de 17s358
2º Lugar – Almir Faleiro dos Santos x MIRABELLA MISS, tempo de 17s696
3º Lugar – Almir Faleiro dos Santos x COMMITMENT RACH, tempo de 17s815

Paratleta
1º Lugar – Aline Xavier x MIG DAVON, tempo de 18s488
2º Lugar – Andressa Nogueira Melo x HAFATI KEY YASMIN, tempo de 19s648

Amador
1º Lugar – Ariela Caravitta x AZINE LUAR, tempo de 16s597
2º Lugar – Marcos Vinicios Faria x EZ THAMARA BINT, tempo de 16s765
3º Lugar – Juliana Couto x MIG DAVON, tempo de 17s318

Feminina
1º Lugar – Ariela Caravitta x AZINE LUAR, tempo de 16s880
2º Lugar – Juliana Couto x MIG DAVON, tempo de 17s474
3º Lugar – Sofia Schimidt Gallas x KENRYO SAMS, tempo de 17s479

Cruza-Árabe
1º Lugar – Luiz Fernando da Silva x S AMIN, tempo de 18s028
2º Lugar – Luiz Fernando da Silva x A AMIRAH, tempo de 20s081

Campeão Castrados Halter – Foto: Divulgação/ABCCA/André Shiwa

Halter

Na sequência, ainda no terceiro dia da Nacional do Cavalo Árabe 2020 foram realizadas as provas de Halter. Inegavelmente, um espetáculo da raça em pista. Afinal, é na modalidade que o Cavalo Árabe mostra o “tipo” ideal da raça. 

Portanto, não perca mais tempo e confira abaixo os nomes dos campeões.

Nacional Cruza-Árabe
FAHID AMR, criador Alaor Mendes Ribeiro, expositor Rodrigo Appel Preussler, Haras Moroch.

Campeonato Nacional Castrados
YNIGMA DI PERRY JM, criador e expositor José Alves Filho, Haras JM.

Campeonato Nacional Cavalo Jovem
VIVALDI AL SHAWAN, criador César Augusto Schmidt Oliveira, expositor Vivaldi Al Shawan Partners, Haras Katu.

Campeonato Nacional Égua Jovem
RFI SAWARI, criador e expositor Rodrigo Foz Forte, Haras Santo Antônio da Bela Vista.

Por fim, vale frisar que os resultados completos do evento estão disponíveis no site da ABCCA. Além disso, também é possível verificar no site da Arabian Essence.

Campeão Cavalo Jovem Halter – Foto: Divulgação/André Shiwa

Hoje ainda tem mais!

Neste sábado (14), ainda estão rolando mais disputas da raça durante a 39ª Exposição do Cavalo Árabe. Sendo assim, você pode conferir as provas da Copa Nacional de Salto e Copa Nacional de Hipismo Rural, na arena Casa Branca.

Já na Arena HVP Arabian & Royal Arabians acontecem as provas das Finais Jovens, Grande Prêmio Nacional do Cavalo Árabe e grande final do Campeonato Nacional Cavalo e Campeonato Nacional Égua.

Por fim, se você quer ficar ligado em tudo que acontece por lá, as provas da Arena HVP Arabian & Royal Arabians são transmitidas ao vivo, mundialmente pela Arabian Essence. De maneira idêntica, as provas da Copa Nacional de Salto e Copa Nacional de Hipismo Rural podem ser assistidas, ao vivo, pelo canal da ZRTV no YouTube.

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Assessoria de imprensa ABCCA

Crédito da foto em destaque: Divulgação/ABCCA/Douglas Souza

Veja mais notícias sobre o cavalo Árabe no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo
X
X