Crioulo

Outonal habilita os oito primeiros exemplares à Morfologia

A ABCCC concluiu ainda as Credenciadoras de Inéditos e Aberta ao Freio de Ouro 2021 das Regiões 5, 7 e 8

Publicado

⠀em

A primeira prova da semana passada no Parque de Exposições Assis Brasil a revelar seus campeões foi a Morfologia Outonal. Como resultado, oito animais estão com suas vagas garantidas para a Final Morfológica do cavalo Crioulo durante a Expointer 2021.

Com 62 animais confirmados e 12 incentivos, a Expo-Outonal realizou sua seletiva na quarta (5) em Esteio/RS. Contou com transmissão ao vivo nos canais oficiais da ABCCC. Assim, garantiu os primeiros cavalos (quatro machos e quatro fêmeas) em prova que abrirá as disputas de conformação da raça Crioula em agosto.

De acordo com o jurado Darlei Hess, a qualidade dos exemplares marcou a primeira etapa morfológica do ciclo. E quem chamou mais a atenção foi PP Zara da Renascer-TE (foto de chamada). Uma potranca que, conforme o profissional, surpreendeu com suas andaduras consideradas ‘nota cheia’.

Além disso, a égua mostrou boas angulações, bom nível de aprumos, boa estrutura óssea, pescoço leve; bem como bons garrões, garupa e mais uma leva de adjetivos dedicados à essa. Não é à toa que a égua zaina levou as escarapelas de Campeã Potranca Maior, Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça. 

Nos machos, RZ No Me Toques II da Carapuça conquistou a escarapela de Potranco Menor e Grande Campeão. 

Além da Morfologia Outonal, a ABCCC concluiu ainda as Credenciadoras de Inéditos e Aberta ao Freio de Ouro 2021 das Regiões 5, 7 e 8
Evita do Purunã – Foto: Divulgação ABCCC/Felipe Ulbrich

Credenciadora de Inéditos e Credenciadora Aberta 

A ABCCC concluiu no mesmo evento as Credenciadoras de Inéditos e Aberta ao Freio de Ouro 2021 das Regiões 5, 7 e 8.  Juntas, as etapas marcaram a retomada do ciclo do Cavalo Crioulo e, portanto, das atividades da raça no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. 

Ao todo, habilitaram-se 20 animais às semifinais, sendo 11 inéditos e nove competidores da Aberta.

Na Credenciadora de Inéditos, a fêmea Evita do Purunã se manteve no topo da disputa desde a primeira etapa funcional (Andaduras, Figura, Volta Sobre Patas e Esbarrada). Desse modo, liderou até o final, somando ao todo 19,428 de média, montada por Milton Castro.

Já nos machos, a liderança foi mais alternada. Mas logo após a prova de Campo II, Original do Ouriço garantiu média 18,901, conduzido pelo ginete Lindor Collares.

Em seguida, foram conhecidos os vencedores da Credenciadora Aberta. Lideraram Jotace Zelosa e Jotace Vale Tudo, média final de 19,009 e 19,322, respectivamente. Ambos credenciados com o mesmo ginete. 

Fonte: ABCCC
Crédito da foto de chamada: Divulgação ABCCC/Fernando Spolavori

Veja mais notícias do cavalo Crioulo no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads