Brasileiro de Hipismo

Produtos do Haras Império Egípcio mostram que estão em boa fase

Animais de criação do criatório situado em Cotia/SP têm se mantido, desde novembro do ano passado, no topo das principais competições de salto a nível nacional e estadual

Publicado

⠀em

Em meio à pandemia não é fácil se manter em forma dentro e fora das pistas. Mas para uma equipe que seguiu firme e forte na rotina, dentro das normas recomendadas e com segurança, tudo parece fluir de forma natural. Trata-se dos produtos do Haras Império Egípcio, de Cotia/SP, que, desde do ano passado, seguem com vitórias ininterruptas.

Tudo começou em novembro de 2020, durante o 30º Concurso de Salto Nacional e Internacional Indoor na Sociedade Hípica Paulista. Na ocasião, Raphael Machado Leite e Diamant Haylla Império Egípcio, égua BH de 8 anos filha de Diamant de Semilly x Numero Uno, sagraram-se campeões da série Cavalos Novos 7/8 anos com dois primeiros lugares e um oitavo.

Na sequência, já dentro da maior vitrine da raça Brasileiro de Hipismo, foi a vez de Lara Império Egípcio. Durante o Festival Nacional da raça, a égua venceu a qualificatória da Copa Ouro, com obstáculos a 1.35m.

Sharapova MCJ Império Egípcio – Foto: Divulgação/Emersom Emerim

Despedida de Sharapova Império Egípcio

Depois, ainda no Festival BH teve o Clássico, com obstáculos a 1.45m, denominado Prova Sharapova Império Egípcio. Um total de 40 conjuntos participaram, formados por cavalos da criação nacional e com registro genealógico emitido pela ABCCH.

Antes de mais nada vale destacar que a prova era especial. Afinal, marcada a despedida das pistas de uma das maiores BHs da atualidade: a égua que deu o nome a esse Clássico, ninguém menos que a craque Sharapova MCJ Império Egípcio.

Como resultado, Sharapova foi quem roubou toda a cena para se aposentar em grande estilo ao vencer a prova. Aliás, a conquista foi sob a sela do cavaleiro Raphael Machado Leite. Na sequência, ele encerrou sua participação no Festival BH de 2020 novamente no topo do pódio. Desta vez, na Copa Ouro Haras Ipiranga no dorso de Billie-Jean Império Egípcio (Dollar Du Murier / Calvaro Z).

Por fim, vale frisar que as vitórias a nível nacional e estadual seguiram desenfreadamente para os produtos do Haras Império Egípcio. Entre os prêmios conquistados de lá pra cá, ainda é possível citar:

  • Título no Mini-GP CHSA Encerramento 2020 com a Lara Império Egípcio;
  • Copa Ouro, II Etapa Torneio de Verão 21, com Billie Jean Império Egípcio;
  • Mini-GP da I Etapa da Copa Santo Amaro 21, com Ulena Qui Império Egípcio;
  • Copa Ouro SHP Open com Baronessa Império Egípcio.

Fonte: ABCCH
Legenda da foto em destaque: Raphael Machado Leite e Diamant Haylla Império Egípcio
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Luis Ruas

Veja mais notícias sobre o cavalo Brasileiro de Hipismo no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads