Mangalarga

Nacional Mangalarga elege os Grandes Campeões de 2018

Publicado

⠀em

Evento atingiu todas as metas traçadas pelos organizadores, registrando público recorde e julgamentos de alto nível

A 40ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga foi encerrada na noite de sábado, 22 de setembro, no Parque José Ruy de Lima Azevedo, em São João da Boa Vista/SP. Foram dez dias de concorridos julgamentos, emocionantes provas funcionais e uma programação muito movimentada.

No total, 500 animais provenientes das cinco regiões do país participaram do evento promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), com o apoio da Sociedade Sanjoanense de Esportes Hípicos (SSEH).

Mangalarga

Os julgamentos de morfologia foram muito equilibrados

“Nós estamos muito contentes porque todo o nosso planejamento foi executado, as metas foram atingidas e obtivemos recorde de público, com mais de 14 mil pessoas passando pelo nosso evento ao longo desses dias”, destaca o presidente da ABCCRM Luis Augusto de Camargo Opice, lembrando ainda que os comerciantes ficaram muito satisfeitos com os resultados obtidos na exposição.

O dirigente mangalarguista ressalta também o bom resultado obtido dentro da pista de julgamento. “Toda a expectativa em torno do ponto de vista técnico da exposição foi alcançada, com páreos muito concorridos e uma excelente tropa”.

O mesmo aconteceu no aspecto festivo, diz Luis Augusto. “Afinal, tivemos um leilão com ótimo faturamento e uma média super boa. Também um jantar festivo que propiciou um marcante momento de confraternização para toda a família. Diversas noites de ‘happy hour’ proporcionaram ainda uma integração muito grande entre os mangalarguistas de todo o país presentes ao evento”.

O Diretor Técnico da ABCCRM Alessandro Moreira Procópio destacou, por sua vez, a qualidade da tropa presente a essa quadragésima edição da mais importante mostra do Cavalo de Sela Brasileiro. “Nós já esperávamos excelentes animais. Mas, além da altíssima qualidade seja na marcha, seja na morfologia, o que chamou a atenção foi o fato dos animais apresentarem uma notável padronização em uma média muito alta. Isso vem engrandecer o evento e demonstrar a evolução dos criatórios e da raça como um todo”.

Os julgamentos da 40ª Expo Nacional viveram seu ápice na noite de encerramento do evento, que havia começado no dia 13 de setembro. A raça Mangalarga conheceu seus novos Grandes Campeões Nacionais, tanto nas classes da categoria geral como nas classes destinadas ao segmento de animais de pelagens diferenciadas na raça, como pampas e alazões amarilhos.

Mangalarga

A marcha da raça esteve em destaque na 40ª Nacional

Para o criador Nelson Antônio Braido, foi um sonho realizado ver um animal de sua criação, o alazão salpicado Regalo da Braido, ser eleito Grande Campeão Nacional Cavalo de 2018. “O Regalo vinha brigando há muito tempo para conquistar esse título. E nós continuamos sempre acreditando, pois sabíamos de toda a qualidade dele. Afinal, ele vem sempre evoluindo e é o animal que a raça busca, equilibrando um ótimo andamento com uma morfologia excelente. Então, para nós, é um sonho concretizado ver um cavalo de nossa criação ser eleito Grande Campeão”.

Já o criador Cassiano Terra Simão, expositor da alazã salpicada Bilara CASS, eleita Grande Campeã Nacional Égua 2018, destacou que é uma emoção indescritível ver um animal com a marca de seu criatório alcançar tamanha façanha. “É muito emocionante conseguir em apenas seis anos de criação fazer uma Grande Campeã”.

Segundo ele, “a Bilara é um animal morfologicamente extraordinário e com um andamento espetacular. É uma égua que você quer montar, com habilidade de trocas e equilíbrio extraordinários. Tenho certeza que qualquer um que viesse a montar nela lhe daria o Grande Campeonato. Isso tudo mostra que nossa seleção está no rumo certo, o que é muito bom”.

Após os dez dias de disputas na pista sanjoanense, o Haras Precioso, de Amparo/SP, foi eleito Melhor Expositor da 40ª Expo Nacional. Por sua vez, Cassiano Terra Simão, de São José dos Campos/SP, conquistou o título de Melhor Criador da Nacional 2018. Na pelagem pampa, Paulo Eduardo Corrêa da Costa, de Jacareí/SP, obteve os prêmios de Melhor Expositor e Melhor Criador do evento.

Os julgamentos foram conduzidos pelos jurados João Pacheco Galvão de França Filho e Jorge Eduardo Lucena, no quesito morfologia. E José Rodolfo Brandi e Thomas de Oliveira Vasconcelos, nos itens marcha e dinâmica. Para conferir os resultados completos da 40ª Expo Nacional do Cavalo Mangalarga, acesse o portal www.cavalomangalarga.com.br.

Colaboração: Pedro C. Rebouças/Assessoria de Imprensa
Fotos: Márcio Mitsuishi

Comentar com o Facebook

Mangalarga

Mangalarga dá um show em pista na 42ª Expo Nacional

Evento foi realizado de 19 a 28 de novembro no Centro Hípico de Tatuí, no interior de São Paulo

Publicado

⠀em

“Um verdadeiro sucesso”, foi assim que a diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM) resumiu o maior evento da raça. Trata-se da 42ª Expo Nacional, que foi realizada de 19 a 28 de novembro, na belíssima estrutura do Centro Hípico de Tatuí/SP.

“O evento superou todas as nossas melhores expectativas, não só pelo número de animais inscritos e expositores, mas pela funcionalidade do Centro Hípico Tatuí. Uma pista nova, maravilhosa, de uma qualidade muito boa e que nos proporcionou uma comunicação visual muito boa”, conta Luís Ópice presidente da ABCCRM.

Cavalo Mangalarga deu um verdadeiro show em pista – Foto: Divulgação/Fellipe Araújo.

Mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, que impediu, aliás, que a 42ª Expo Nacional fosse aberta ao público, os números de inscritos surpreenderam. Afinal, foram registradas quase 500 inscrições no evento, entre as provas de marcha, Etapa Final da Prova Cobasi de Função de Maneabilidade e o Circuito Mangalargada.

Além disso, todos os amantes da raça puderam acompanhar tudo o que acontecia em Tatuí, em tempo real, através da transmissão feita pela internet. “A comunicação visual ficou muito bonito, agradou a todos que acompanharam pela transmissão, só recebemos elogios. Como resultado, certamente, nos tivemos uma audiência muito boa e significativa”.

Se não bastasse tudo isso, é possível ainda rever os vídeos dos julgamentos no canal da ABCCRM no YouTube. Para tanto, basta clicar aqui.

Evento registrou cerca de 500 inscrições – Foto: Divulgação/Fellipe Araújo.

Nível de animais em pista

Ainda de acordo com o presidente da ABCCRM, o nível dos animais em pista foi excelente. “O nível dos animais é uma maravilha. Realmente o Mangalarga precisa ser visto pelo público por conta da sua alta qualidade morfológica e de marcha. Não é falsa modéstia dizer que é o cavalo de marcha mais bonito do Brasil, que agrada a todos”.

Luis Ópice conta que durante a 42ª Expo Nacional a raça pode também resgatar a pelagem rosilha, que há muito tempo não era vista no maior evento do cavalo Mangalarga. “A raça não é a pelagem alazão, pampa, baio, amarilho, tordilho. Agora tivemos a volta da pelagem rosilha que estava a tanto tempo ausente em nossas exposições. Estamos ai tentando resgatar essa pelagem com alguns criadores”, ressalta.

Para 2021. a expectativa é para mais um grande evento. “Foi uma festa dentro de um controle rígido de presença de publico, mas que nos deixa com uma expectativa muito forte para o ano que vem. Quando a gente espera poder fazer uma exposição aberta ao público, com varias atrações. Como, por exemplo, exposição de carros antigos, provas de mula com premiação, gincana para as crianças, cavalgadas de 5 a 15 km todos os dias da exposição, jogos esportivos, festival de musica e do doce, etc”.

Estrutura do evento foi muito elogiada por todos – Foto: Divulgação/Fellipe Araújo

Mangalargada e Provas Funcionais

No Circuito Mangalargada, o grande campeão foi o cavaleiro Murilo Bussab. Antes de tudo, vale lembrar que a prova consiste em uma cavalgada de 20 quilômetros com algumas regras no meio do percurso.

Por exemplo, os participantes devem cumprir a velocidade indicada durante o caminho, que varia de 6, 9 ou 12 km/h. Além disso, a disputa dura cerca de 2 horas e pode participar qualquer pessoa com um animal registrado na raça Mangalarga.

Já os campeões da Etapa Final da Prova Cobasi de Função de Maneabilidade foram: no tempo ideal, Indiana RBV e Luis Opice, enquanto no cronometrado quem subiu no lugar mais alto do pódio foi Orizona Mangalarga e Rogério Viriato.

Raça já está na expectativa para a edição de 2021 do evento – Foto: Divulgação/Fellipe Araújo

Grandes Campeões da 42ª Exposição Nacional

Finalmente, mas não menos importantes, subiram ao palco os Grandes Campeões Macho e Fêmea da 42ª Expo Nacional Mangalarga.  Confira abaixo a relação:

Grande Campeã Nacional Égua: Ipanema do Morro Agudo (T.E.)
Criador: Fazenda Morro Agudo
Expositor: Haras Precioso

Grande Campeão Nacional Cavalo: Justiceiro ACF (T.E.)
Criador: Antonio Carlos Ferreira
Expositor: Haras Precioso

Grande Campeã Nacional Égua de Marcha: Gica Mangabaia (T.E.)
Criador: Paulo Pacheco Silveira
Expositor: Almiro Esteves Junior

Grande Campeão Nacional Cavalo de Marcha: Batistuta CASS (T.E.)
Criador: Cassiano Terra Simão
Expositor: Cassiano Terra Simão

Grande Campeã Nacional Égua Pampa: Ímola do PEC (T.E.)
Criador: Paulo Eduardo Corrêa da Costa
Expositor: Paulo Eduardo Corrêa da Costa

Grande Campeão Nacional Cavalo Pampa: Hisdano do PEC (T.E.)
Criador: Paulo Eduardo Corrêa da Costa
Expositor: Paulo Eduardo Corrêa da Costa

Grande Campeã Nacional de Marcha Égua Pampa: Hípica do PEC (T.E.)
Criador: Paulo Eduardo Corrêa da Costa
Expositor: Paulo Eduardo Corrêa da Costa

Grande Campeão Nacional de Marcha Cavalo Pampa: Noturno RBV (T.E.)
Criador: Luis Augusto de Camargo Opice
Expositor: Josué Eduardo Grespan

Para conferir todos os resultados das provas do evento, separadas por categoria, basta clicar aqui.

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Pedro Rebouças
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Fellipe Araújo.

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Mangalarga

42ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga começa nesta quinta-feira

Família Mangalarga estará reunida de 19 a 28 de novembro, no Centro Hípico de Tatuí/SP, para o maior evento da raça

Publicado

⠀em

As amantes do cavalo Mangalarga estarão reunidos a partir desta quinta-feira (19) para a realização do maior evento da raça. Trata-se, sobretudo, da 42ª Exposição Nacional do Cavalo Mangarlaga, que acontece no Centro Hípico de Tatuí/SP. 

Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o evento não será aberto ao público. Sendo assim, apenas expositores e apresentações terão acesso permitido ao local. Contudo, as disputas da raça poderão ser acompanhadas, ao vivo, através do portal Cavalus em parceria com a ZRTV.

Para acompanhar, basta acessar o site a partir das 9h desta quinta-feira, que, logo na página inicial, você será direcionado à transmissão ao vivo do evento. Antes de mais nada vale frisar ainda que as disputas do Mangalarga seguirão em Tatuí até sábado (28).

Sucesso absoluto

De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), apesar da pandemia, o evento já é um sucesso. Afinal, a 42ª Exposição Nacional Mangalarga contará com mais de 400 animais inscritos.

Exemplares estes, aliás, que irão participar de uma programação variada e recheada do maior evento da raça. Como, por exemplo, provas de marcha, Etapa Final da Prova Cobasi de Função de Maneabilidade e o Circuito Mangalargada.

Além disso, serão realizados dois leilões especiais, que irão ofertar o que há de melhor do cavalo Mangalarga. Por fim, para mais informações, basta acessar www.cavalomangalarga.com.br

Mais de 400 animais estão inscritos para a edição 2020 da Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga – Foto: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Confira abaixo a programação:

Quinta-feira, dia 19/11
– 09h00: Início dos julgamentos dos animais das progênies
– 14h00: Julgamento de animais ao cabresto (potrancas)

Sexta-feira, dia 20/11
– 09h00: Continuação dos julgamentos dos animais ao cabresto
– 20h00: Leilão Supreme Nacional

Sábado, dia 21/11
– 08h45: Briefing Circuito Mangalargada, com largada prevista para às 9h30
– 09h00: Início dos julgamentos dos animais montados
– 11h00: Abertura oficial da 42ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga com desfile das bandeiras
– 12h00: Almoço no restaurante do Centro Hípico onde serão entregues as premiações e será feita a homenagem ao ex-presidente Carlos Abranches Brotero
-14h00: Continuação dos julgamentos, animais montados

Domingo, dia 22/11
– 09h00: Etapa Final da Prova Cobasi de Função de Maneabilidade
– 14h00: Continuação dos julgamentos, animais montados

Segunda-feira, dia 23/11
– 09h00: Continuação dos julgamentos

Terça-feira, dia 24/11
– 09h00: Continuação dos julgamentos

Quarta-feira, dia 25/11
– 09h00: Continuação dos julgamentos

Quinta-feira, dia 26/11
– 09h00: Continuação dos julgamentos
– 18h00: Campeonato de animais ao cabresto
– 20h00: Leilão Gran Reserva Especial Nacional

Sexta-feira, dia 27/11
– 09h00: Continuação dos julgamentos campeonatos animais montados
– 14h00: Progênies animais montados e Conjunto da Raça
– 18h00: Início dos Grandes Campeonatos de Marcha animais cabresto (potrancas e potros)

Sábado, dia 28/11
– 09h00: Grandes Campeonatos animais ao cabresto (potrancas e potros), seguido de homenagem ao criador e associado Rubens Junqueira Filho, da Fazenda Favacho. Depois, acontecem os Grandes Campeonatos de Marcha de Éguas e Cavalos, e Grandes Campeonatos Éguas e Cavalos, bem como o encerramento do evento.

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Pedro Rebouças, assessoria de imprensa ABCCRM
Crédito da foto: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Mangalarga

Expo Nacional Mangalarga: ABCCRM se prepara para a edição de 2020

Publicado

⠀em

Fique por dentro da expectativa para o maior evento da raça, bem como o balanço geral do Mangalarga

Vem aí o maior evento da raça Mangalarga! Trata-se da 42ª Expo Nacional Mangarlaga, que acontece de 20 a 28 de novembro, no Centro Hípico de Tatuí/SP.

De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga (ABCCRM), apesar da pandemia, as inscrições já chegaram a 400 animais.

Mostrando, portanto, que os criadores estão bastante animados apesar das dificuldades decorrentes da pandemia. Para se ter uma ideia, no ano de 2019, os julgamentos da Nacional contaram com cerca de 500 animais. 

Por fim, vale frisar que o evento deste ano não será aberto ao público por causa da pandemia. Sendo assim, apenas expositores e apresentações terão acesso ao Centro Hípico de Tatuí.

Contudo, a 42ª Expo Nacional Mangalarga servirá como uma grande preparação para a edição de 2021. Quando, aliás, a ABCCRM se compromete a preparar uma Nacional espetacular para todos os mangalargistas. 

Mais informações podem ser obtidas através do site www.cavalomangalarga.com.br.

Julgamento dos equinos de marcha Foto: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Balanço da raça

Atualmente, a ABCCRM possui mais de 2 mil associados ativos. Estes espalhados por todo o território brasileiro. Já o Stud Book da raça tem registrado, aproximadamente, 220.000 animais.

Ao todo, a entidade conta com 20 representações regionais de criadores. Sem falar ainda das criadoras da raça, que se concentram, por sua vez, no Núcleo Feminino.

Sobretudo, o estado de São Paulo – principal centro de seleção da raça – possui alguns dos núcleos mais ativos da raça. Sediadas, estas, nas seguintes cidades e regiões: Vale do Paraíba; Amparo; Oeste Paulista; Grande São Paulo; Alta Mogiana; Jundiaí; São José do Rio Preto; Jaú; Serra da Mantiqueira; e Piracicaba.

Do mesmo modo, a raça possui também núcleos bastante ativos nos estados de Minas Gerais, Bahia, Goiás, Pará, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal. 

De 2019 para 2020

Em 2019, a raça contou com cerca de 18 leilões que movimentaram uma receita aproximada de R$ 16 milhões. Ademais, ao decorrer do ano ocorrerams 30 exposições, tendo como ponto alto a Exposição Nacional.

Além disso, foram realizadas 10 copas de marcha, quatro Mangalargadas (enduro de regularidade da raça) e quatro provas funcionais, além de dezenas de cavalgadas país afora.

Já em 2020, por conta da crise do novo coronavírus, o calendário contou com um número menor de eventos. Uma vez que muitos deles precisaram ser cancelados.

Sendo assim, a partir da retomada – que começou em meados de agosto – a raça realizou cinco exposições regionais. Bem como quatro copas de marcha e quatro competições funcionais. Anteriormente a quarentena, já haviam ocorrido duas Mangalargadas.

E, nesse último bimestre do ano, ainda estão previstos os seguintes eventos: 42ª Expo Nacional; Etapa Final da Copa Cobasi de Marcha; Etapa Final da Copa Cobasi de Função; e Etapa Final da Mangalargada.

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Pedro Rebouças, assessoria de imprensa ABCCRM
Crédito da foto: Divulgação/Márcio Mitsuishi

Veja mais notícias do cavalo Mangalarga no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo
X
X