Quarto de Milha

Quarto de Milha se despede de três grandes reprodutores da raça

Dual Spark, El Shady Zorrero e Keys To The Moon desapareceram recentemente, mas o legado de cada um deles será lembrado para sempre

Publicado

⠀em

Três perdas inesperadas, de três grandes reprodutores da raça Quarto de Milha no Brasil e no mundo. Os últimos dias não foram fáceis para os quartistas. Afinal, se despediram de nada mais nada menos do três lendas.

Foram eles: o melhor reprodutor de Laço do mundo, o baio Dual Spark; a Lenda Branca, detentor de uma carreira meteórica, o tordilho El Shady Zorrero; e, por fim, um dos maiores produtores de campeões no Brasil, o alazão Keys To The Moon.

A fim de homenagear cada um desses três grandes reprodutores da raça, abaixo você confere o legado deixado por eles. Lembrando, antes de mais nada, que lendas nunca morrem. Haja vista que seus legados serão lembrados para sempre.

Dual Spark – Foto: Divulgação/Gerson Viana

Dual Spark

Precocemente, aos 16 anos, o baio importado Dual Spark faleceu após ser vítima de uma cólica. De criação de um grande selecionador de cavalos de trabalho nos Estados Unidos, chamado Bob Lewis, ele foi trazido para o Brasil através de uma parceria entre importantes criadores da raça. Resultando, assim, no condomínio Dual Spark.

Filho de Dual Pep e Dolittle Lena, Dual Spark soma U$ 66.042,00 em ganhos pela American Quarter Horse Association (AQHA). Sem falar ainda que, por consequência, acumula 206 pontos no Registro de Mérito. Entre os principais títulos conquistados pelo garanhão, estão no seu currículo:

  • Tricampeão do AQHA High Point em Apartação;
  • Reservado Campeão do NRCHA World’s Greatest Horseman em WCH com Bobby Lewis;
  • 3º lugar no Campeonato Mundial AQHA em Apartação (Aberta Jr).

Já como reprodutor, Dual Spark acumula ganhos de mais de U$ 500.000,00 em Working Cow Horse e Laço nos Estados Unidos. Entre os seus filhos, em resumo, destaque absoluto para Dual Patron, um dos mais premiados animais de todos os tempos em Laço nos Estados Unidos.

No Brasil, ele possui 418 filhos registrados pela Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Em seis gerações, seus filhos somam, atualmente, mais de R$ 243 pontos pela ABQM.

Se não bastasse tudo isso, Dual Spark ainda foi apontado como o nº1 entre os melhores garanhões de todos os tempos da American Rope Horse Futurity Association (ARHFA). Trata-se da entidade norte-americana que promove, há alguns anos, as mais importantes provas técnicas de Laço Cabeça e Laço Pé nos Estados Unidos.

Como resultado, Dual Spark ocupa o topo como o nº1 entre os melhores garanhões de todos os tempos geral de Futurity – U$ 90, 500.00. Bem como é o nº 1 de todos os tempos do ranking geral – U$ 135,375.50.

Dual Spark, El Shady Zorrero e Keys To The Moon desapareceram, mas o legado dos três grandes reprodutores da raça será lembrado para sempre
De propriedade da Fazenda Caruana, El Shady Zorrero – Foto: Divulgação

El Shady Zorrero

‘A Lenda Branca’, El Shady Zorrero desapareceu recentemente aos 30 anos por causas naturais. Mas, acima de tudo, o seu legado será lembrado para sempre. Afinal, suas marcas impressionam, tendo tido uma carreira meteórica.

Na reprodução, um fenômeno! Sobretudo porque seus filhos conquistaram, até o momento, 14.995,50 pontos de Registro de Mérito na ABQM. Bem como R$ 5.295.378,65 em ganhos pelo SGP Sistema.

Filho de Shady Leo e El Annie Bell, era detentor de uma beleza arrebatadora. Aprumos corretos, força e porte elegante. Também era chamado de ‘o cavalo do Príncipe’! Agregado a isso, tinha inteligência, característica que, inclusive, transmite aos filhos. 

Sem dúvida, a vida desse garanhão foi provida de momentos de vitórias e superação. A princípio, treinado em 1994 para as provas de Três Tambores e Seis Balizas, venceu alguns campeonatos. Era montado por Gustavo Rubira Brambilla, seu primeiro proprietário.

Entretanto, uma lesão no dorso interrompeu a promissora carreira. Mesmo assim, El Shady Zorrero manteve-se em atividade até os seis anos de idade. Adquirido por Régis Savietto Frati em novembro de 2000, o reprodutor fez apresentações memoráveis com a filha do criador, Júlia.

Depois de mais algumas boas exibições, ele voltou a sentir a lesão. Assim, Régis o colocou definitivamente na reprodução. Contudo, em uma conversa entre amigos, surgiu a ideia de que Paulo César Rebeis Farha, da Fazenda Caruana, o comprasse. 

Com a ida para a Caruana, o garanhão conquistou a tão merecida aposentadoria dos campeonatos de Tambor e Baliza. Mas em compensação passou a fazer hora extra no setor de reprodução. Tendo filhos – atualmente 454 registrados pela ABQM – espalhados por todo o Brasil. 

“A Lenda Branca, com resultados maravilhosos e fantásticos, superando e quebrando recordes, ganhou e convenceu não só aqui no Brasil, como seu primeiro filho também estreou em 2020 nos EUA já ganhando e surpreendendo também, no berço da raça Quarto de Milha. Não tenho dúvidas que sua produção ainda vai surpreender com muitas e muitas conquistas”, disse Paulo Fahra.

E ainda acrescentou: “Se no momento a tristeza me invade, tenha certeza que a alegria de Deus ter me dado o privilégio de tanto tempo de convivência com você com tantos momentos maravilhosos, e a paz de ter certeza que foi bem e está melhor, são dois sentimentos bem maiores que abafam minha tristeza. Estarei sempre contigo como sei que sempre estará comigo, e que seu galope seja eterno nos pastos da Caruana. Gratidão eterna e lembre-se : Lendas não morrem”.

Dual Spark, El Shady Zorrero e Keys To The Moon desapareceram, mas o legado dos três grandes reprodutores da raça será lembrado para sempre
Keys To The Moon – Foto: Divulgação/Jeferson Araújo

Keys To The Moon

Nascido em 1986, Keys To The Moon foi importado por Antonio José Rossi Junqueira Vilela, titular da Fazenda Itahipá, em 1990. Hall da Fama da ABQM em 2013, o garanhão comprovou suas qualidades genéticas na reprodução. Top 20 no Ranking Geral de Reprodutores da ABQM, seus filhos somam 2.866,25 pontos no Registro de Mérito. Na semana em que completaria 35 anos, foi posto para dormir em função da idade e dificuldade de ficar em pé e se alimentar.

Antes de mais nada, Keys To The Moon é filho de duas lendas da Apartação mundial: Doc O’Lena, campeão Futurity em 1970 e produtor de três campeões Futurity: Lenaette, Smart Little Lena e Bar O’Lena; e Bar Socks Babe, Hall Of Fame pela AQHA, sendo retratada como ‘A Dama da Apartação’. Criação da lenda Shorty Freeman, que treinou, entre outros, seu pai. Uma genética inigualável.

Carregando todo este patrimônio genético, Keys To The Moon foi adquirido em 1995 pelos paranaenses Jayme e Sandra Navarro, titulares do Think A Mite Ranch. No Brasil, quando se fala em Think A Mite Ranch imediatamente vem na cabeça Keys To The Moon, e vice e versa. O casal de criadores, então, procurou acasalar o garanhão com matrizes de alta qualidade. Sem dúvida, tornou-se um animal de muito sucesso na reprodução brasileira, líder em várias temporadas pela ABQM.

Na época em que foi imortalizado pelo Hall da Fama, Sandra Navarro disse: “Uma genética de peso como a do Keys se perpetua no tempo, se encaixa no moderno, esculpe a sua produção como arte, se comprova cada dia mais como um dos melhores pais, avô paterno e, especialmente, como avô materno”.

São 199 filhos em campanha, pontuados em Laço Pé, Laço em Dupla, Laço Cabeça, Ranch Sorting, Apartação, Laço Comprido, Laço Individual, Team Penning e Três Tambores. Contudo, Key To The Moon também tem filhos competindo em Rédeas, Working Cow Horse e Vaquejada. Para completar todos estes dados, é importante lembrar que Keys To The Moon é ganhador de dez ABQM Awards como Reprodutor.

De acordo com o Sistema de Esportes da ABQM, o filho mais pontuado do garanhão é Moon Oak TMR, 164 pontos em Laço em Dupla e Laço Individual, Técnico e Cronometro; em seguida vem Tari Keys TMR, 144,5 pontos, em Três Tambores e Laço. Os dois como destaque por ultrapassarem a marca dos 100 pontos.

Em seu perfil do Instagram, Sandra Navarro escreveu: “18 de Março de 2021, o dia em que o Keys To The Moon completaria 35 anos de idade. É raro um animal sobreviver até essa idade com saúde. Também raro um garanhão, 5 meses antes de completar os longevos 35 anos, produzir o campeão de um Potro do Futuro da ABQM na categoria Aberta. Mas ele produziu, na modalidade de Laço Cabeça. É raro um garanhão se destacar em tantas modalidades, como também é raro se provar como pai de ótimos garanhões e matrizes. […]

[…] Enfim, há muito o que dizer sobre ele, como também há muito para agradecê-lo e parabenizá-lo. Nesta data, 35 anos são contados, porém, ele já está eternizado no Hall da Fama da ABQM. Mas sei que o maior presente que ele pode ganhar, e sabe que já ganhou, é ser eternizado no meu coração e no coração de milhares de quartistas Brasil a fora”.

Por Natália de Oliveira e Luciana Omena
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Quarto de Milha

Tipos distintos do cavalo Quarto de Milha

Uma das raças mais populares – e numerosas – do mundo conta com alguns fatos que a diferencia das demais

Publicado

⠀em

Alguns fatos e histórias fascinantes levam o cavalo Quarto de Milha a uma das raças mais populares do mundo. Claro que sua aptidão e velocidade também ajudam nessa popularidade. Usado para trilhas e competições esportivas, surgiu nos Estados Unidos há mais de 400 anos.

Especialmente quando se trata de categoria do cavalo Quarto de Milha para reprodução, existem três tipos distintos, de acordo com as qualidades físicas e atléticas que os identificam: foundation, hunter/clássico, halter/conformação. Você já ouviu falar?

Foundation: geralmente encontrado em ranchos ou fazendas. Têm a resistência certa para serem verdadeiros cavalos de trabalho. Constituição robusta e atarracada, especialmente no que diz respeito às pernas e posteriores. Paleta sólida e, além disso, são muito musculosos. Cernelha redonda e peito em forma de barril. Portanto, cavalos desse tipo se definem por força e robustez. Lembram exemplares antigos, linhagens de base, embora os cavalos não tenham, necessariamente, que ser de fundação para exibir essas características.

cavalo Quarto de Milha, uma das raças mais populares – e numerosas – do mundo conta com alguns fatos que a diferencia das demais
Cavalos do tipo Halter

Clássico: contrastam com o tipo foundation. Tendem a ser mais elegantes e estreitos no tipo de corpo, mas ainda com músculos fortes. Cabeça, frequentemente, mais longa e elegante – não tanto quanto a de Árabes e Puro-sangues -, mas, certamente, menos larga do que um cavalo Quarto de Milha do tipo foundation. As modalidades chamadas Hunter (foto de chamada), ou clássicas, não têm competições no Brasil.

Conformação: esse tipo é uma mistura entre o foundation e o clássico. Normalmente possuem músculos fortes, cabeça e pescoço refinados e costas mais curtas. São criados especificamente para competir no cabresto, ou seja, provas de halter ou conformação, embora alguns sejam versáteis o suficiente para cavalgar também.

Fonte: helpfulhorsehints
Crédito das fotos: Divulgação/AQHA

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

ABQM adia dois eventos oficiais por causa da pandemia

Primeiro a notícia do adiamento do 30º Congresso Brasileiro de Conformação e Trabalho; mas recentemente, a associação adiou também o 12º Congresso Brasileiro & Derby de Vaquejada

Publicado

⠀em

O recrudescimento do contágio da Covid-19 em todo o Brasil forçou a ABQM a tomar novamente medidas proteção. Portanto, a Associação informou que adiou dois eventos oficiais por causa da pandemia, mais uma vez. Trata-se do 30º Congresso Brasileiro de Conformação e Trabalho e do 12º Congresso Brasileiro & Derby de Vaquejada.

O 30º Congresso Brasileiro do Quarto de Milha aconteceria de 17 a 25 de abril, no Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado, em Araçatuba/SP. Enquanto o 12º Congresso Brasileiro & Derby ABQM de Vaquejada, de 24 a 28 de março, no Parque das Palmeiras, em Lagarto/SE.

Antes de mais nada, todos os Estados estão fechando novamente para eventos de qualquer natureza, então, não tinha outra alternativa para a ABQM senão mudar seus planos. “A decisão da Diretoria Executiva, que monitora todo o cenário e segue as recomendações dos órgãos de saúde e as legislações vigentes, vem a zelar pela segurança dos associados, competidores, equipes técnicas, expositores e colaboradores”. 

ABQM - Quarto de Milha - adiou dois eventos oficiais por causa da pandemia: Congresso Brasileiro e Congresso e Derby de Vaquejada
Vaquejada – Crédito da foto: Divulgação/ABQM

No caso de Lagarto, a ABQM também adiou os cursos de Inspetores Oficiais, Jurados Oficiais e Núcleos da Raça (Norte e Nordeste) que realizaria junto ao evento no Parque das Palmeiras. De acordo com a entidade, a previsão é que o Congresso aconteça de 26 de maio a 6 de junho; enquanto que para o evento de Vaquejada, sem data ainda prevista.

Vale lembrar que a primeira fase de quarentena eclodiu há um ano, às portas do Congresso. Assim, não só a ABQM, bem como outras entidades, cancelaram ou adiaram seus eventos oficiais por causa da pandemia. O 30° Congresso, por exemplo, foi um dos primeiros dentro do Quarto de Milha a cancelar sua edição 2020. 

Foto: Divulgação

Ações tomadas em decorrência do avanço da pandemia da Covid-19

Em face de todo o exposto acima, os adiamentos dos eventos, entre outros, na quinta-feira (11), a ABQM reuniu empresários parceiros e gestores para apresentar, em primeira mão, as ações adotadas pela entidade para minimizar os impactos da pandemia. De acordo com o Caco Auricchio, apesar do momento difícil, a entidade não vai parar.

“Vamos continuar juntos, saúde em primeiro lugar. Os protocolos serão todos seguidos, mas fazemos questão de compartilhar as ações que serão tomadas pela Associação. Nosso objetivo é estar cada dia mais alinhados e mais próximos com nossos parceiros e associados. Caminharemos juntos a fim de fomentar a indústria do cavalo”, afirma Caco.  

Pontos abordados na reunião:

  • Repetir o investimento de R$ 10 milhões em fomento para a raça e trabalhar para a realização dos eventos;
  • Com o retorno das fases mais restritivas em todo o país, retomada de algumas medidas, já aplicadas em 2020, visando dar aos quartistas um prazo melhor para organizarem suas finanças, bem como prazos para cumprimento das exigências cartoriais;
  • Prorrogação do vencimento das anuidades e a mudança do parcelamento de cinco vezes para 12 vezes, além da mudança da parcela mínima de mil para R$ 100,00;
  •  Alteração dos prazos para envio de pedido de registro ao Stud Book – Encaminhamento dos pedidos para animais nascidos de 01/07/2020 a 01/03/2021  até 31/08/2021 sem multa;
  • Trabalho em desenvolvimento pela área de Tecnologia da Informação em busca de melhorar o fluxo das informações entre laboratórios e Associação;
  • Lançamento do Museu Virtual do Quarto de Milha;
  • Prazo de sete dias para oficialização das provas;
  • As ações de Bem-Estar Animal em provas oficiais e oficializadas e equoterapia;
  • Cuidados com o público e os colaboradores, entre outros.

Fonte: ABQM
Crédito da foto de chamada: Ysabella Motolla

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Parque das Palmeiras se torna sede oficial da Vaquejada ABQM

Além do Potro do Futuro e Nacional, o complexo receberá também na temporada oficial 2021 o Congresso & Derby

Publicado

⠀em

O Parque das Palmeiras, em Lagarto/SE, foi anunciado como sede oficial da Vaquejada da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Antes de mais nada vale destacar que o Parque das Palmeiras faz parte de um complexo esportivo e social, que reúne o Haras Fábio José, o FJ Ringo Multieventos e o Parque de Exposições Gentil Barbosa. O local é de propriedade de Geraldo Majella.

Sede em três oportunidades do Potro do Futuro e Campeonato Nacional (2017, 2018 e 2020) da ABQM, o Parque das Palmeiras agora irá sediar o 12º Congresso & Derby, Evento realizado anteriormente em Pernambuco, em nove ocasiões, além de uma em Alagoas e outra no Rio Grande do Norte.

Portanto, todas as benfeitorias que fazem parte da megaestrutura do Parque das Palmeiras serão colocadas à disposição de plantéis da raça Quarto de Milha. Estes voltados à Vaquejada, de 24 a 28 de março, fortalecendo ainda mais a grandeza dessa centenária modalidade esportiva que tem suas raízes totalmente voltadas à cultura do povo nordestino.

Geraldo Majella, Prefeito (locutor) e Thiago Lima – Foto: Divulgação

Atendimento aos animais e bem-estar animal

Majella destaca que sua preocupação e da equipe que compõe o “staf” do complexo, comandada por Thiago Lima, Coordenador Geral de toda a estrutura, é aprimorar cada vez mais o serviço de atendimento aos animais. Bem como promover o bem-estar, tanto aos conjuntos participantes bem como a todos visitantes.

Isso, sobretudo, num ambiente mais confortável e com visão privilegiada da pista. Seja para aqueles que estejam nos camarotes ou nas arquibancadas, proporcionada pela moderna arena coberta a sede oficial da Vaquejada da ABQM.

“Mais uma vez é uma grande honra em receber os grandes eventos da Associação Quarto de Milha em nossa casa. Agora de forma inédita com realização do Congresso e Derby, que terão uma premiação superior a R$ 250 mil. Certamente, como fizemos nas versões anteriores, faremos de tudo para que a ABQM e todos os amigos e suas equipes que vierem para cá sejam recebidos da melhor maneira possível, desfrutando de toda nossa estrutura. Para aqueles que estiverem na pista possam desempenhar com grande performance às disputas.”

E finalizou acrescentando: “O nosso desejo, sem dúvida, é que o evento transcorra em clima de confraternização. E ao final o grande vencedor seja o cavalo Quarto de Milha e que possamos comemorá-lo com grande sucesso”, concluiu o anfitrião Geraldo Majella.

Por Equipe Cavalus
Fonte: Abdalla Jorge Abib – assessoria de imprensa No Galope
Crédito das fotos: 

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Curiosidades sobre o cavalo Quarto de Milha

Você já deve ter reparado na agilidade dessa raça, que existe há 400 anos, cavalos tipicamente fortes e velozes

Publicado

⠀em

O cavalo Quarto de Milha é a raça mais popular do mundo. Em seu país de origem, os Estados Unidos, surgiu no início dos anos 1600. Em primeiro lugar, colonos ingleses cruzaram éguas Puro Sangue Inglês com cavalos nativos, os mustangs.

Então, houve uma seleção a partir desses cruzamentos, animais com características próprias para a lida do gado. No trabalho do vaqueiro, o animal se especializou a ponto de tornar-se imbatível nas atividades de campo.

Assim, após o trabalho nas fazendas, os vaqueiros se reuniam em uma rua da cidade e disputavam corridas de curta extensão. Costumava-se adotar uma distância de um quarto de uma milha (402 metros). Por isso, o termo acabou por designar a própria raça.

Desde aquele tempo, 400 anos atrás, percebia-se que o cavalo Quarto de Milha apresentava explosão de energia muscular sem igual. Dessa forma, até hoje é reconhecido e empregado como uma raça de força e velocidade.

De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha, os indivíduos da raça têm uma aparência de força e tranquilidade. Quando não trabalhando, deve conservar-se calmo, mantendo a própria força sob controle. Aliás, o cavalo Quarto de Milha chegou ao Brasil em 1995, e em 1969 surgiu a ABQM.

cavalo Quarto de Milha: você já deve ter reparado na agilidade dessa raça, que existe há 400 anos, cavalos tipicamente fortes e velozes

Você sabia?

  • Seu andamento é harmonioso, em reta, natural, baixo. O pé levanta livremente e recoloca-se de uma só vez no solo, constituindo-se no trote de campo.
  • São cavalos cuja altura é, em média, de 1,50m. Robustos e muito musculados, pesam em média 500 quilogramas.
  • A cabeça do QM é pequena e leve. Em posição normal, deve-se ligar ao pescoço em ângulo de 45º.
  • Suas orelhas são pequenas, alertas, bem distanciadas entre si.
  • O cavalo Quarto de Milha tem olhos grandes. Assim sendo, por ter a testa ser larga, os olhos ficam bem afastados entre si permitindo um amplo campo visual. Não só para para a frente como também para trás, ao mesmo tempo, com o mesmo olho.
  • Narinas grandes, boca pouco profunda, permitindo grande sensibilidade às embocaduras e um focinho pequeno.
  • O pescoço tem comprimento médio. Insere-se ao tronco em ângulo de 45º, porém fica bem destacado. Somente a junção entre o pescoço e a cernelha deve ser gradual.
  • O Quarto de Milha tem uma docilidade extrema. Consegue, portanto, operar com partidas rápidas, paradas bruscas. Tem grande capacidade de mudar de direção e enorme habilidade de girar sobre si mesmo.
  • Considerado o cavalo mais versátil do mundo, é usado em modalidades de Conformação, Trabalho e Corrida.
  • Além do esporte, o cavalo Quarto de Milha vai bem no lazer, na prática da Equoterapia, trabalho no campo em fazendas.
  • Os primeiros exemplares a desembarcarem no Brasil, seis ao todo, vieram através da famosa Swift-King Ranch.
  • Sua velocidade chega a 88 km/h.

Fonte: ABQM e Wikipedia
Crédito das fotos: Divulgação/Ysabella Mottola

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Dalmyr Semeghini investe na criação de cavalos voltados ao Trabalho

A Fazenda Santa Maria, entre outros animais, é a casa dos garanhões Rey For Jackson e SM Shake Your Boon

Publicado

⠀em

A história do Dr. Dalmyr Semeghini com os cavalos é antiga. Tudo começou em 1928 e já dura quatro gerações. Hoje, o foco do criatório é o Laço Individual, devido ao sucesso dos filhos de seus garanhões e matrizes terem destaque nessa modalidade. Bem como, foco na criação de cavalos voltados ao Trabalho de forma geral.

A Fazenda Santa Maria começou com o Sr. Theodósio Semeghini, há 93 anos. Em 1962 foi vendida por um dos herdeiros e readquirida em 1973, pelo então proprietário atual, o Dr. Dalmyr Semeghini.

De acordo com ele, originalmente era uma fazenda de criação de gado. A fim de fazer um manejo eficiente, utilizava cavalos de lida Mangalarga Paulista, liderados pelo garanhão Turbo MJ, filho do famoso Turbo Jo.

Então, a partir de 1993, iniciou-se a criação de cavalos Quarto de Milha. Foi Dalmyr Semeghini Jr, filho mais velho do criador, que deu o ‘ponta pé’ inicial nesse novo segmento. Dessa forma, a criação tem como foco as modalidades esportivas do Quarto de Milha, cuidando sempre do aprimoramento genético para provas de performance e gado.

A Fazenda Santa Maria, cria cavalos voltados ao Trabalho; e entre outros, é a casa dos garanhões Rey For Jackson e SM Shake Your Boon
SM Shake Your Boon – Foto: Fabio Cabrera

Animais em destaque

Em 28 anos desde que optaram pela criação de Quarto de Milha, Dr. Dalmyr conta que a experiência os carrega para excelência na raça. “Ótimas instalações, garanhões e matrizes importadas, que nos permitem colocar no mercado animais extremamente competitivos, com bela estrutura física, grande resistência e pelagem diferenciada”.

Localizada em Itápolis/SP, a Fazenda Santa Maria tem hoje um total de 85 animais. Entre eles dois garanhões principais, Rey For Jackson (Dual Rey x DA Royal Pepto) e SM Shake Your Boon (Fannig Sugar x OH Lady Boon). Ambos importados e produtores, assim como as principais matrizes do criatório, a maioria importada e produtoras de campeões.

Entre as reprodutoras, Crocheted. “Ela é importada dos Estados Unidos. Talvez, hoje no Brasil, a matriz viva que mais ganhou prova no Laço por lá, mais de US$ 200 mil”. Dr. Dalmyr ainda destaca Mandy Stylish SF, mãe do atual campeão Nacional de Laço Individual Cronômetro Aberta e Aberta Catrado, Boon Stylish Lena. O animal é cruzamento da égua com SM Shake Your Boon.

Entre outras, como Smooth Salley RE, My Kinda Party LN, Peptos Joy, Corona Dash Streak, Glory Designer, Mariah Red Feather.

A Fazenda Santa Maria, cria cavalos voltados ao Trabalho; e entre outros, é a casa dos garanhões Rey For Jackson e SM Shake Your Boon
Crocheted – Foto: Robson Tegani

Inventivo ao cavalo Quarto de Milha

Entusiasta de cavalos voltados ao Trabalho, o criador investe sempre. “A expectativa que eu tenho com o cavalo de Laço, se confunde com a expectativa que eu tenho com o cavalo de Trabalho. Na fazenda temos uma tropa bem específica de trabalho, importante e bem boa. E uma tropa de performance, voltada para os Três Tambores”.

Mas, ele faz questão de reafirmar não só o seu incentivo ao cavalo Quarto de Milha como um todo, como também ao cavalo de Trabalho “Tanto que tem um campeonato de Ranch Sorting que leva o nome do meu garanhão, Rey For Jackson. Eu dou toda a premiação e o fomento. Sou criador há muitos anos e tenho prazer em promover a raça Quarto de Milha, que eu adoro, amo e cuido”.

Por Equipe Cavalus
Na foto de chamada: Rey For Jackson / Crédito: Cedida

Veja mais notícias da modalidade Laço Individual no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Desaparece Shady Blue, um dos filhos de destaque do lendário Shady Leo

Garanhão de criação e propriedade de Wanderley Cesário Garcia, do Haras Garcia, de Bauru/SP, morreu aos 31 anos de causas naturais

Publicado

⠀em

A raça Quarto de Milha registrou recentemente mais uma perda significativa. Um dos filhos de destaque de Shady Leo – reprodutor líder absoluto das estatísticas da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Quarto de Milha (ABQM)  – , o garanhão palomino Shady Blue faleceu no dia 20 de janeiro. 

De acordo com o criador e proprietário do animal, Wanderley Cesário Garcia, do Haras Garcia, de Bauru/SP, Shady Blue tinha 31 anos e morreu de causas naturais. “Começou a ficar fraco, deitou e não levantou mais”, disse o criador. “A perda do cavalo foi difícil, porque ele nasceu e morreu no haras. Quem me conhece sabe que o tratava como um filho. Todo fim do dia ia na baia para ver como ele estava”.

Antes de mais nada vale ressaltar que o garanhão era resultado do cruzamento de Shady Leo com a égua importada DS Blue Ribbon. “Ela é produtora de campões como a WCG Rebeka Blue Top (Reservada Campeão Nacional 2000 Três Tambores Jovem e Principiante) e a Anjun San Blue (Camp.Congresso/03 Laço Dupla Am/Princ). Foi um cruzamento que não tinha como não dar um campeão”, conta o Wanderley

LEIA TAMBÉM

 
Shady Blue morreu aos 31 anos de causas naturais – Foto: Divulgação

Legado de Shady Blue

Ainda de acordo com o criador, o garanhão foi domado em Rédeas pelo treinador Luiz Carlos Moreira. Em pista, chegou a conquistar o 6º lugar no Campeonato Nacional da ANCR, no ano de 1993. “Ele participou de poucas provas e acabei optando por deixar ele como garanhão no haras”.

Como resultado, Shady Blue provou que puxou ao pai na reprodução. Afinal, os 81 filhos registrados no Sistema de Esportes da ABQM contabilizam 2.475 pontos. Além disso, pelo SGP Sistema soma mais de R$ 570 mil em prêmios como garanhão.

“Além de um DNA forte, a cor palomina chamou a atenção e vários criadores começaram a procurar por cobertura do cavalo. Logo seus filhos começaram a despontar em várias modalidades como Seis Balizas, Três Tambores e Vaquejada”, acrescenta o criador.

Entre os seus filhos, destaque para a égua Tundra Agae (com mãe Jatu Agae). Ela soma 254,50 pontos pela ABQM e, pelo SGP Sistema soma R$  41.726,00 em prêmios como competidora e R$ 19.791,00 como matriz. Outros filhos de destaque são Pom Pom Agae, Blue Berry Jet, Brenda Top Schady, WCG Rambo Shady Blue, Naphta Agae, Schumacher Agae, Perpermint Agae, Joe Shady O’Lena ESF, WCG Brisa Shady e Streak Of Blue DPR.

“Fico feliz pelo legado de filhos que ele deixou e por fazer parte da história do Quarto de Milha”, finaliza Wanderley Cesário Garcia.

Por Natália de Oliveira
Colaboração: Única Press

Crédito da foto: Divulgação

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

 

 

Continue lendo

Quarto de Milha

Presidente da ABQM valida protocolos contra Covid-19 nas provas de 2021

Caco Auricchio reuniu-se com o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo para tratar do assunto

Publicado

⠀em

Associação Brasileira do cavalo Quarto de Milha confirmou protocolos contra Covid-19 em eventos da entidade na temporada 2021. A ratificação desse planejamento de combate à pandemia se deu em reunião no dia 27 de janeiro entre o presidente da ABQM, Caco Auricchio, e o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira.

De acordo com Caco, entre os objetivos o encontro serviu para tratar sobre a realização das provas em 2021. “Confirmamos a continuidade do nosso protocolo, adotado em 2020, que representa nosso compromisso com a saúde de todos os envolvidos na realização das provas”.

Caco ainda comentou que a prioridade da ABQM é e sempre será a saúde de todos. “Mas é essencial também garantir que a cadeia produtiva permaneça em movimento, a fim de evitarmos um colapso no setor e o aumento do desemprego. Por isso, é fundamental manter o mercado aquecido com a realização das provas”, explica o presidente da ABQM.

O Secretário Gustavo Junqueira corroborou a fala de Caco. “A cadeia produtiva de equinos tem uma grande importância em São Paulo e no Brasil, representa muitos empregos e geração de renda”. Ainda segundo ele, trata-se de um setor que vai muito além das provas e competições equestres.

“O setor envolve a produção agropecuária, a fabricação de ração, medicamentos e serviços veterinários. Há também muito da cultura e história do Brasil. Divulgar e contar histórias sobre a cultura do cavalo é, portanto, promover e aproximar o agro da população urbana através do esporte”, destaca o Secretário. 

ABQM: protocolos contra Covid-19

Em 2020, a Associação elaborou a cartilha de ‘Orientações para o Disciplinamento de Provas Equestres’. Documento, acima de tudo, normatizado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Na cartilha, informações sobre as legislações vigentes no Estado de São Paulo, para que as competições do calendário da ABQM continuassem a acontecer, apesar da pandemia. O documento trata, principalmente, de requisitos recomendados pelos órgãos de saúde.

Entre as medidas dos protocolos contra Covid-19, respeito ao distanciamento social e outros. A ABQM garante que manterá a cartilha na íntegra nas provas que realizadas neste ano.

protocolos contra Covid-19 foi tema de reunião entre Caco Auricchio, da ABQM, e o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de SP

Quarto de Milha na luta pelo fortalecimento da equideocultura 

No mesmo dia, Caco Auricchio se reuniu com o presidente da TV Cultura, José Roberto Maluf. De tal forma que surgiu a oportunidade de contar um pouco sobre a equideocultura brasileira, dimensionar a relevância desse setor produtivo e apresentar o Instituto Brasileiro de Equideocultura (IBEqui).

O presidente da ABQM aproveitou, então, para ressaltar a importância dos Esportes Equestres e a ligação das provas com as atividades do cotidiano do homem do campo. Outro tema abordado durante o encontro foi a segurança jurídica, um dos principais pilares dessa gestão da Associação.

Também participaram do encontro: Leão Serra, diretor de Jornalismo, Eneas Carlos Pereira, diretor de Programação, e Paula Cavalcanti, diretora de Co-produção da TV Cultura e Carla Tuccillio, coordenadora de Eventos da Investe SP.

Fonte: ABQM
Crédito das fotos: Reprodução/ABQM

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Morre Regis Frati, quartista de grande relevância na história do QM

Titular do Rancho Tropeiro e com passagens em cargos importantes pela ABQM, Regis Frati faleceu na madrugada desta quarta-feira (27) após lutar contra um câncer no pulmão

Publicado

⠀em

Régis Fratti

Morreu na madrugada desta quarta-feira (27), aos 68 anos, Regis Frati, quartista de grande relevância na história do cavalo Quarto de Milha no Brasil. De acordo com familiares, ele vinha lutando contra um câncer no pulmão, descoberto em plena pandemia.

Regis Frati era jornalista, casado com Alice Duarte e pai de duas meninas, Júlia e Bruna. Inclusive, foi a Júlia que o influenciou a adquirir seus primeiros cavalos. Proprietário do Rancho Tropeiro, em Juquitiba/SP, iniciou a sua criação em 1992, tendo seu auge no meio do Quarto de Milha quando descobriu El Shady Zorrero, hoje o maior ícone da raça no Brasil.

Do mesmo modo, participou como membro do Conselho de Administração em três gestões diferentes da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). Sendo elas, do Ovídio Vieira Ferreira, Paulo Farha e Marcelo W. Alves Ferreira. Posteriormente, também chegou a ocupar o cargo de Diretor de Comunicação da entidade.

Por Equipe Cavalus
Crédito da foto: Divulgação

Veja mais notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Desaparece o campeão mundial e super reprodutor Designer Red

De acordo com nota emitida pelo condomínio Designer Red e a Central Rancho das Américas, garanhão não resistiu após um quadro de hemorragia interna

Publicado

⠀em

A Central Rancho das Américas comunicou nesta terça-feira (26) a perda do campeão mundial e super reprodutor da raça Quarto de Milha, Designer Red. De acordo com a nota oficial, o animal não resistiu após um quadro de hemorragia interna. 

“Hoje é um dia triste para toda a equipe da Central Rancho das Américas e, com certeza, para todos os quartistas apreciadores de cavalos campeões. Sem dúvidas, seu legado genético o manterá vivo nas nossas memórias”, lamenta a nota.

O garanhão estava alojado na Central Rancho das Américas, em Porto Feliz/SP, desde abril de 2011, logo após ser cotizado. Desde então, ele vinha mostrando todo seu potencial na reprodução, com filhos campeões nos Três Tambores.

O portal Cavalus lamenta a perda desta grande lenda da raça Quarto de Milha.

O legado de Designer Red

Designer Red foi importado dos Estados Unidos em 2008 por Armando Costa Filho, da Fazenda Barrinha. Em suma, na época foi a maior importação de um reprodutor para a modalidade de Três Tambores. Tanto que muito provável que a compra ainda figure entre os mais marcantes acontecimentos da raça Quarto de Milha no país.

Nas pistas, Designer Red foi um verdadeiro titã nos Três Tambores. Como destaque, tem o título de campeão Mundial AQHA em 2002 e também de campeão do Super Show NBHA em 2004. Além disso, ainda esteve entre os finalistas do BFA Futurity e foi Reservado Campeão do BFA Derby. Acumulou em ganhos, portanto, mais de R$ 50.000,00. 

LEIA TAMBÉM

O garanhão produziu nos Estados Unidos mais de US$ 2.150.000.00. Em relatório estatístico encomendado pela Central Rancho das Américas em 2018 à Equistat, Designer Red estava listado como o Top11 no ranking de garanhões de todos os tempos. E, ainda, o Top10 no ranking que leva em conta os últimos cinco anos.

No Brasil, Designer Red está no Top10 do ranking de garanhões com mais de R$ 2.247.020,00 em prêmios de sua produção, de acordo com o SGP Sistema.  Pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM), seus filhos somam 5877.75 pontos.

Por Equipe Cavalus
Crédito da foto: Divulgação/Central Rancho das Américas

Veja outras notícias no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

ABQM promove encontro virtual com inspetores oficiais

Associação reuniu aproximadamente 150 profissionais da área para apresentar novas regras e serviços; um alinhamento das ações da entidade em 2021

Publicado

⠀em

No último dia 13 de janeiro a ABQM reuniu inspetores oficiais por videoconferência. Como objetivo, apresentar com maior detalhamento as novas regras e serviços da Associação, bem como abrir novos canais de comunicação. O saldo, de acordo com o presidente Caco Auricchio, foi totalmente positivo para todos os participantes.

“Apesar das dificuldades que enfrentamos em 2020, conseguimos cumprir os nossos compromissos e tivemos um crescimento considerável. Tudo o que fizemos no último ano foi para promover o fortalecimento do Quarto de Milha e o aquecimento do mercado. Além de manter as atividades que fazem parte da cadeia produtiva do cavalo em movimento”, afirma ele.

Ações apresentadas pela ABQM

Dentre as ações apresentadas, a área de Comunicação, em especial, pretende contar com os mais de 400 inspetores como porta-vozes. Ou seja, mais feedback sobre a visão dos associados e espalhará as informações da ABQM a todo o país. Por esse motivo nasceram novos canais de comunicação e informação, como um grupo exclusivo no Telegram. Informação de forma rápida e segura.

Além disso, Caco reiterou que a Associação mantém um endereço de e-mail específico para tirar dúvidas desses profissionais. “O nosso compromisso é mantê-los bem informados, para que sejam os nossos olhos no campo e nos ajudem a aprimorar os serviços”, reforça.

Todo o trabalho terá como base uma pesquisa entre os membros da categoria. A ABQM quer entender melhor as dúvidas e entraves que fazem parte do dia a dia dos profissionais e dos sócios. Na ocasião, abordou-se a importância e os benefícios de ser associado à ABQM.

Foram explanadas ainda as novas regras de acesso de informações e serviços, criadas para valorizar os sócios e criadores adimplentes. A reunião também explicou sobre os lançamentos, emissões e cobranças de boletos.

Canal do Quartista

A Central do Quartista facilitará e agilizará muitos serviços. Com toda a certeza, mais uma ferramenta que beneficiará não só inspetores, como também criadores e proprietários.  A Associação acredita que os inspetores têm papel fundamental no aperfeiçoamento dessa nova ferramenta.

Os profissionais ajudarão enviando sugestões e ideias para melhorar ainda mais o funcionamento desse autosserviço. Dessa forma, terão mais independência para que possam resolver problemas no dia a dia. Em breve, um tutorial melhor para acesso a Central do Quartista chegará a todos os profissionais.

“A importância dos inspetores para a nossa entidade é enorme. Nossa ideia é transformá-los em consultores dos nossos associados. Eles são os nossos olhos no campo. Facilitar o trabalho deles e incentivar essa aproximação é primordial. São um elo valioso entre a entidade e os criadores de todo Brasil”, ressalta José Carlos Barbero, conselheiro consultivo do Stud Book.

Laboratórios e a importância dos inspetores oficiais

Eventualmente, os temas ‘laboratórios que atendem a ABQM’ e a ‘qualidade do atendimento junto aos usuários’ entraram em discussão. Os presentes na reunião souberam que, atualmente, existem mais de 20 mil processos parados. Alguns devido à falta de resultados de DNA. De fato, algo que atrapalha o andamento e finalização de cada processo.

Por fim, Manuel Rossitto, superintendente geral da ABQM, assegurou que a ABQM quer os inspetores oficiais cada vez mais perto da Associação. Principalmente, para tirar dúvidas, trocar experiências ou ouvir sugestões

“Muitos dos assuntos de importância para a categoria serão tratados e resolvidos com essas novas ferramentas. A ABQM sabe do valor que cada um desses profissionais tem. O encontro, que foi o primeiro de muitos, incentivou com toda a certeza a aproximação, o comprometimento e, especialmente, o engajamento dos inspetores”, finaliza Rossito.

Fonte: ABQM
Crédito da foto: Reprodução/ABQM

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Quarto de Milha: AQHA aprova novo procedimento para registro de produtos

Processo vale para produtos da raça oriundos de sêmen importado; o comitê executivo da AQHA aprovou por unanimidade esse novo processo para importação de sêmen congelado visando o registro no Stud Book da ABQM

Publicado

⠀em

Lançado em 18 de dezembro de 2020 o novo processo que autoriza o registro na ABQM de novos produtos da raça Quarto de Milha, do cruzamento de garanhões americanos em éguas brasileiras. Como resultado de um trabalho conjunto da ABQM, através do Conselho Deliberativo Técnico (CDT), e da atuação do diretor Internacional, Marcos Sá, com a AQHA.

Em suma, algo que acompanha o que já consta na 15ª Edição do Regulamento de Serviço de Registro Genealógico do Cavalo Quarto de Milha (SRGCQM). Documento aprovado em 23 de julho de 2020.

De acordo com o Regulamento de SRGCQM, toda importação de sêmen precisa do Brazilian Foal Registration Permit. Leia na íntegra o Artigo 57: “VI – Para importação de sêmen, será obrigatória a apresentação do Brazilian Foal Registration Permit emitido pela AQHA, informando quantos produtos poderão ser registrados a partir da referida importação.”

Entenda

Desse modo, a AQHA solicitará a todos os proprietários de garanhões dos Estados Unidos o preenchimento de uma licença de registro de potro. Assim, acompanhará o número de produtos produzidos em cada remessa única de sêmen exportado ao Brasil.

A entidade brasileira abaterá a quantidade a partir de cada registro de produto daquela importação. Por outro lado, ao atingir o limite, será necessário o envio de um novo Brazilian Foal Registration Permit emitido pela AQHA.

“O novo processo visa proteger donos de garanhões no mundo todo. Da mesma forma que Impede o registro indevido de números arbitrários e ilimitados de potros”, afirma Craig Huffhines, vice-presidente da AQHA.

“O objetivo do acordo é zelar pela integridade da raça Quarto de Milha. Sobretudo, evitar um impacto negativo para o mercado, devido ao comércio não regulamentado”, reforça Huffhines.

Processo vale para produtos Quarto de Milha oriundos de sêmen importado; o comitê executivo da AQHA aprovou por unanimidade o novo processo

Vitória para o Quarto de Milha

Para o presidente da ABQM, Caco Auricchio, trata-se de mais um importante assunto resolvido em favor do plantel nacional do Quarto de Milha. E, acima de tudo, pela valorização do pequeno e médio criador.

“O garanhão nacional, ou que está no Brasil, não pode perder competitividade para garanhões que estão fora do país. Com essa medida, valorizamos muito o animal nacional, além do controle absoluto e transparente nas relações entre ABQM e AQHA. Fico muito feliz com esse entendimento”, destaca Caco.

“Esse novo formato fortalece o controle por parte das associações e deixa o mercado mais transparente”, salienta o presidente do Conselho de Administração, Carlos Braga. Segundo Luciano Beretta, presidente do CDT, o novo procedimento só traz ganhos. “Era um compromisso da nova gestão. Credibilizar todos os atos da entidade e, consequentemente, do mercado brasileiro.

Com isso, ganha o mercado americano, pela valorização do sêmen, e ganha o mercado brasileiro porque valoriza o mercado de garanhões no Brasil. Assim como ganha em credibilidade as associações, pois serão cada vez mais respeitadas pela atitude correta que estão tomando”.

O Brazilian Foal Registration Permit é o mais novo documento ABQM/AQHA já oficializado. Desejo há muito tempo dos criadores americanos e brasileiros que comercializam sêmen dos Estados Unidos e registram seus potros no Brasil.

“Com toda a certeza, esse procedimento estreitará ainda mais o relacionamento das duas associações e trará incentivos para Quarter Horse Business no Brasil”, complementa Marcos Sá, Diretor Internacional da ABQM.

Novo processo

O proprietário do garanhão preenche o formulário Brazilian Foal Registration Permit (disponível aqui) e envia para o e-mail: international@aqha.com, aos cuidados do Departamento Internacional da AQHA. A entidade americana analisará o pedido. Logo após verificação, encaminhará o formulário à ABQM, para completar os requisitos necessários para importação do sêmen.

O departamento da entidade americana se colocou ainda à disposição para sanar dúvidas sobre a nova política de reprodução. Bem como comunicou que enviou a todos os associados internacionais da AQHA um e-mail com o novo procedimento e link para o formulário Brazilian Foal Registration Permit.

Fonte: ABQM
Crédito da foto: Divulgação/AQHA-Cherrish Olson e ABQM

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

ABQM divulga calendário de eventos para a temporada 2021

Provas oficiais, no Estado de Minas Gerais e no Distrito Federal, são as novidades da programação anual do Quarto de Milha

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) divulgou o calendário de eventos oficiais para a temporada 2021. De acordo com a Associação, serão 14 provas esportivas, além de um evento social.

Dessa forma, estados das regiões Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste e Sul receberão as competições da raça, em 22 modalidades e mais de 300 categorias. Conforme a programação, o Oscar do Quarto de Milha, que ocorria em fevereiro, será no segundo semestre do ano.

O gerente de Esportes da ABQM, Henrique Campana, informou que os eventos de Laço Comprido e Vaquejada manterão a quantidade de dias de 2020. Além disso, as Corridas ocorrerão em datas já homologadas pelo Jockey Clube de Sorocaba.

Do mesmo modo, as provas de Araçatuba/SP serão realizadas em nove dias cada, sempre iniciando no sábado. Por fim, o ABQM Awards & Hall da Fama, deverão ocorrer no mesmo período do Potro do Futuro, Copa dos Campeões e Derby, em outubro.

Novidades em 2021

No calendário de eventos, dois novos oficiais, com modalidades ainda a definir, integram a programação anual da raça. Com o apoio de núcleos e associações regionais, a ABQM realizará um deles em Belo Horizonte/MG, no mês de maio, e o outro em Brasília/DF, em setembro.

Ainda de acordo com a Associação, a iniciativa visa ampliar o número de competições nacionais, fomentar a criação de cavalos, bem como incentivar a prática de Esportes Equestres em outros centros do país.

Confira o calendário de eventos oficiais:

– Data a definir – 5ª Copa dos Campeões & 5º Derby de Laço Comprido – Local a definir;

– 13 de março de 2021 – GP South America Racing Challenge (classificatórias) – Jockey Clube de Sorocaba – Sorocaba (SP);

– 23 a 28 de março de 2021 – 12º Congresso Brasileiro, 12º Derby e 5ª Copa dos Campeões de Vaquejada – Parque das Palmeiras – Lagarto (SE);

– 27 de março de 2021 – GP South America Racing Challenge (finais) – Jockey Clube de Sorocaba – Sorocaba (SP);

– 17 a 25 de abril de 2021 – 30º Congresso Brasileiro Conformação & Trabalho – Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado – Araçatuba (SP);

– 28 a 30 de maio de 2021 – Evento oficial da raça Quarto de Milha – local a definir – Belo Horizonte (MG);

– 19 de junho de 2021 – 44º GP ABQM Potro do Futuro & GP ABQM Rei e Rainha da Velocidade (classificatórias) – Jockey Clube de Sorocaba – Sorocaba (SP);

– 03 de julho de 2021 – 44º GP ABQM Potro do Futuro & GP ABQM Rei e Rainha da Velocidade (finais) – Jockey Clube de Sorocaba – Sorocaba (SP);

– 17 a 25 de julho de 2021 – 44º Campeonato Nacional Conformação e Trabalho – Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado – Araçatuba (SP);

– Data a definir – 16º Campeonato Nacional & Potro do Futuro de Laço Comprido – Parque do Peão/CLC – Campo Grande (MS);

– Data a definir – 14º Congresso Brasileiro de Laço Comprido – Local a definir (RS);

– 17 a 19 de setembro de 2021 – Evento oficial da raça Quarto de Milha – Granja do Torto – Brasília (DF);

– 09 a 17 de outubro de 2021 – 42º Potro do Futuro, 14º Copa dos Campeões, 7º Derby e 4º Juvenil Conformação e Trabalho – Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado – Araçatuba (SP);

– Data a definir – 14º ABQM Awards, 11º Hall da Fama e 3º Destaques do Ano do Quarto de Milha – Local a definir;

– 24 a 28 de novembro de 2021 – 19º Potro do Futuro & Campeonato Nacional de Vaquejada – Parque das Palmeiras – Lagarto (SE).

Fonte: ABQM
Crédito da foto: Divulgação/ABQM

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

ABQM: promessas cumpridas em um ano desafiador

Confira o balanço do primeiro ano de gestão da nova Diretoria Executiva da ABQM

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM) divulgou um balanço do primeiro ano de gestão da atual Diretoria Executiva, que tem Caco Auricchio como presidente. Um ano desafiador, realmente difícil, repleto de obstáculos devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com Caco Auricchio, o fomento do Quarto de Milha é e sempre será prioridade da sua gestão. “É com orgulho pode-se afirmar que essa estratégia deu certo! No primeiro ano de gestão à frente da ABQM, a paixão provou ser forte o suficiente. Afinal, não apenas mantivemos a entidade em pleno funcionamento, mas implementamos melhorias, há muito tempo reivindicadas”.

Sendo assim, a primeira providência da gestão foi garantir que a ABQM não parasse por causa da pandemia. “Os departamentos de TI e de RH agiram rapidamente para que todos os colaboradores pudessem trabalhar remotamente. Dessa forma, foram providenciados computadores e cadeiras apropriadas para home office. Investiu-se na profissionalização da administração com uma reestruturação inédita”, cita o presidente da ABQM.

Além disso, todos os serviços da Associação foram digitalizados, de modo a permitir que os associados pudessem obter boletos de pagamento e efetuar inscrições em provas por aplicativo de celular ou pelo Portal ABQM.

Do mesmo modo, provas e leilões também puderam ser acompanhadas pelo público pelos canais digitais, aumentando a exposição dos cavalos, dos associados (competidores e criadores) e da entidade.

Outras ações

Ademais, foram distribuídos R$ 5 milhões em premiação nas pistas, valorizando os competidores. Bem como ações sociais foram ampliadas e colocou-se foco na segurança jurídica dos Esportes Equestres. Visando, sobretudo, ampliar a atuação frente ao Bem-Estar Animal e a Sustentabilidade.

Outro ponto importantíssimo foi o reforço jurídico nessa área para garantir a realização das provas que movimentam a cadeia produtiva do cavalo. A Diretoria Executiva criou um departamento para tratar, exclusivamente, do assunto. Responsável também pela normatização de equipamentos utilizados para a prática de atividades esportivas com equinos e bovinos.

Atual Diretoria Executiva da ABQM – Foto: Divulgação

E teve muito mais!

Preocupada com os dados de seus associados, a ABQM iniciou um projeto de implantação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). “O programa de ‘Compliance’, que consiste em um conjunto de disciplinas, a fim de cumprir e se fazer cumprir normas legais e regulamentares, políticas e diretrizes estabelecidas para o negócio e atividades da instituição, está sendo reestruturado. Além disso, foi criado um procedimento de formalizações de processos e contratos”.

As melhorias também chegaram às ferramentas de comunicação, proporcionando ao sócio acesso rápido e prático nos atendimentos e às informações. E falando em informação, a entidade começou a escrever uma nova história com a ‘Revista Quarto de Milha’, uma publicação consolidada no meio equestre, que ganhou este ano um olhar mais voltado aos registros do desenvolvimento do Quarto de Milha em todo o país.

O Conselho Deliberativo Técnico (CDT), por sua vez, teve um papel relevante com relação à família quartista neste último ano. O CDT encaminhou a nova versão do Regulamento do Serviço de Registro Genealógico do Cavalo Quarto de Milha ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que aprovou sem ressalvas.

O documento entrou em vigor em agosto e segundo membros do Conselho, o embasamento de todo o trabalho executado foi a valorização do plantel nacional, a desburocratização e igualdade a todos os quartistas.

Mudança de endereço

Outro importante acontecimento em 2020 foi o encerramento das atividades da ABQM no edifício do Parque da Água Branca, em São Paulo/SP, no final de novembro. A escultura de cavalo que costumava ficar fixada na frente da antiga sede foi incluída num projeto que vai zelar pela história do Quarto de Milha.

Ou seja, um memorial, para que a obra permaneça representando a história que marca a chegada do QM no país. O funcionamento e atendimento da ABQM estão concentrados agora no prédio da Rua D. Germaine Burchard, no mesmo bairro.

Área social

Na área social, a Associação ampliou e reformulou os critérios de fomento do projeto ‘EquoABQM’. O novo formato conta com o apoio de núcleos e associações, para indicação e acompanhamento de novos centros, ganha abrangência nacional e amplia, de seis para 14, o número de entidades apoiadas, beneficiando mais praticantes. Recente parceria com a Associação Nacional de Equoterapia (ANDE) vai fortalecer e garantir ainda mais a qualidade dos atendimentos nos centros.

Para fechar o ano com chave de ouro, firmado um acordo para ampliação de ações sociais da Associação do Quarto de Milha, com o Hospital de Amor e com o Centro Lagartense de Equoterapia, em Lagarto (SE).

A boa interlocução com o Conselho de Admistração, presidido pelo Carlos Braga, tornou o trilhar dessa caminhada ainda mais leve e salutar para a Associação.

“Que 2021 seja um ano melhor para todos, pleno de realizações, e que se possa, em breve, compartilhar emoções e novidades presencialmente. Vamos permancer juntos e trabalhar arduamente para sempre inovar e renovar. Que Deus continue nos iluminando nessa missão e guiando nossos passos”, finaliza o presidente da ABQM.

Fonte: ABQM
Crédito da foto: Divulgação/ABQM

Veja mais notícias do cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Quarto de Milha: raça pode ganhar ‘Memorial’

ABQM deixou o prédio ocupado pela associação há mais de 40 anos; local é um marco da chegada e do desenvolvimento da raça

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha encerrou suas atividades no edifício do Parque da Água Branca dia 30 de novembro. Dessa forma, zelando pela história da entidade e do cavalo, a Associação apresentou uma proposta de criação do ‘Memorial do Quarto de Milha’. A reunião aconteceu dia 10 de dezembro em São Paulo.

O encontro, que teve como anfitrião o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Marcos Penido, ocorreu na sede da secretaria. Presentes o presidente da ABQM, Caco Auricchio, e o superintendente geral, Manuel Rossitto, bem como o deputado estadual Itamar Borges. “Foi uma oportunidade de agradecer ao Estado pela concessão do imóvel à nossa Associação, durante esses mais de 40 anos”, ressalta Caco.

ABQM deixou o prédio ocupado pela associação há mais de 40 anos; local é um marco da chegada e do desenvolvimento do Quarto de Milha
Obra, símbolo da raça, foi inaugurada no no Parque da Água Branca, em são Paulo, pelo então presidente Dr. Érico Braga, em 11 de dezembro de 1990

Antes de mais nada, a escultura de cavalo da antiga sede da ABQM é um símbolo do Quarto de Milha. Posicionada em frente ao prédio onde funcionava a entidade no Parque da Água Branca, é um marco da chegada e do desenvolvimento da raça no Brasil. A proposta, portanto, é para a criação do Memorial no mesmo edifício onde funcionava a sede.

Com efeito, o funcionamento e atendimento da ABQM estão agora no prédio da Rua D. Germaine Burchard, 355, Água Branca, em São Paulo/SP. De acordo com a Diretoria Executiva, no novo modelo, é possível alocar toda a operação presencial. Visto que parte da equipe ainda trabalha de forma remota devido à crise da Covid-19. Por outro lado, a decisão gerará para a ABQM uma grande redução de custos.

Colaboração: Assessoria de Imprensa ABQM
Crédito das fotos: Divulgação/ABQM

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Filhos do garanhão Shiney Bit O Ebony iniciam na doma

Em questão de pouco tempo, os filhos do garanhão preto do Haras Império já destacaram, além da beleza do pai, a sua genética campeã

Publicado

⠀em

O ano de 2020 vem chegando ao fim, mas os trabalhos não param para a linhagem de filhos do garanhão Shiney Bit O Ebony, uma das estrelas do Haras Império. Ao todo, cinco fêmeas e um macho iniciaram na doma com o treinador Ricardo Cacá.

De acordo com o treinador, os seis animais são mansos, de boa índole e dóceis. Além disso, vão indo muito bem no início da doma, que deve durar, aproximadamente, seis meses. “São animais bonitos, de boa genética e ligeiros. Está sendo um início de doma muito bacana. Estou gostando muito. Logo mais vamos evoluindo a doma, com manobras”, comenta.

Ainda conforme o treinador, todos os seis filhos do garanhão que estão em processo de doma, podem e devem ser destaques. Afinal, logo de início já foi possível observar certas caraterísticas nos animais. Como, por exemplo, agilidade, docilidade, além da beleza e boa genética.

LEIA TAMBÉM

Shiney Bit O Ebony

O garanhão Shiney Bit O Ebony vem de uma linhagem de campeões. Seu pai, Shining Spark, acumula prêmios como: Campeão NRHA Open Derby e Campeão Mundial AQHA Rédeas. Além disso, é o Reprodutor número 1 das estatísticas de Working Cow Horse. Sua mãe, Quixote Lena Peppy é produtora de 17 filhos, sendo 6 Performers.

Como resultado, os filhos do garanhão preto se destacam em modalidades como: Laço Pé, Ranch Sorting, Laço Cabeça, entre outras.

Para mais informações sobre o Haras Império acesse o nosso site, https://harasimperioqm.com.br/.

Instagram: @harasimperio | Facebook: @harasimperioms

Fonte: AV Comunicação Equestre
Crédito da foto em destaque: Divulgação

Veja mais notícias sobre o cavalo Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

‘Museu Virtual do Cavalo Quarto de Milha’ previsto para 2021

Com experiência 100% online e gratuita, museu poderá ser visitado por criadores e apaixonados pela raça mais versátil do mundo

Publicado

⠀em

Objetivo do ‘Museu Virtual do Cavalo Quarto de Milha’: preservar a história e a memória da maior raça equina do Brasil. Trata-se do mais novo projeto da ABQM. E a previsão de lançamento é abril de 2021. O museu será 100% online, com visitas gratuitas através do portal da entidade.

De acordo com o presidente da ABQM, Caco Auricchio, a inspiração veio dos museus virtuais renomados de todo o mundo, como o da American Quarter Horse Association (AQHA). “A experiência dos visitantes será interativa, por meio de fotografias em 360 graus e panorâmicas, que permitirão um passeio pelo ambiente virtual e apreciação de peças, textos, imagens e vídeos sobre a trajetória da raça e da ABQM em todo o país”, explica.

A criação do ‘Museu Virtual do Cavalo Quarto de Milha foi da Associação Artística Oswaldo Goeldi. O projeto está dividido em cinco fases: catalogação, pesquisa, acervo, trabalhos de web e finalização do processo criativo. “Estamos na primeira fase. Os especialistas contratados, auxiliados pela ABQM, estão fazendo a catalogação de registros digitais e fotografias do acervo cedido pela ABQM”, ressalta Caco. Nas fases seguintes, será iniciada a pesquisa e o desenvolvimento de design gráfico.

Responsável pelo desenvolvimento do projeto, a Associação Artística Cultural Oswaldo Goeldi, atua com especialistas em museologia e curadoria. Trabalha, há mais de vinte anos, na concepção de exposições e gestão de eventos de artes visuais. Com um histórico bem abrangente, possui em seu escopo a aplicação de novas tecnologias para acessibilidade em exposições, organização de cursos, coordenação de pesquisas e publicações, além de prestar consultoria para diversas instituições e empresas. Conheça mais: www.oswaldogoeldi.com.br.

Com experiência 100% online e gratuita, poderá ser visitado por criadores e apaixonados pela raça mais versátil do mundo, o Quarto de Milha

Campanha ‘Dezembro Verde’ tem apoio do Quarto de Milha

No Brasil, entre em vigor todo o mês de dezembro a campanha ‘Dezembro Verde’, contra o abandono de animais, de pequeno e grande porte. Além do sofrimento, o abandono de um animal gera impactos negativos à saúde pública, já que são comprovados os aumentos da ocorrência de zoonoses e de acidentes de trânsito. Sobretudo, quando os animais se encontram nessa situação de negligência.

Antes de mais nada, um levantamento recente indica que, no período das festas de fim de ano, é mais comum ver animais que dependem de um tutor deixados sem cuidado ou atenção. Neste sentido, a ABQM, através do Departamento de Bem-Estar Animal e Sustentabilidade, reafirma sua constante preocupação com o bem-estar dos animais.

Assim sendo, manifesta apoio à campanha ‘Dezembro Verde’. Zelar por iniciativas como essa é uma forma da entidade conscientizar tutores de animais. E, sobretudo, contribuir para a garantia dos princípios de Bem-Estar Animal.

“É de suma importância que tenhamos o conceito de guarda responsável presente na sociedade. Se um animal apresentar problema de comportamento ou saúde, o tutor deve procurar ajuda e auxílio técnico, mas de forma alguma abandonar. Ter um animal é uma responsabilidade muito grande, e por isso temos o dever de ser agentes conscientizadores contra o abandono”, enfatiza Orlando Filho, gerente de Bem-Estar Animal e Sustentabilidade da ABQM.

Crime previsto em lei

De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária, a guarda responsável pressupõe alguns princípios: ao adquirir/adotar um animal, o tutor aceita e se compromete a assumir uma série de deveres para o seu bem-estar, bem como a sua inteira proteção.

Para o CFMV, a manutenção da saúde ou prevenção de danos causados por este animal  à população ou ao meio ambiente também é de responsabilidade do tutor. Considera-se que o conjunto de atitudes chamado de guarda responsável visa o bem-estar dos animais. Então, o triste ato de abandonar um animal, independentemente do motivo, é uma forma de maus-tratos. Antes de mais nada, considerado crime, previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei federal 9.605/1998).

Colaboração: Assessoria de Imprensa ABQM
Crédito das fotos: Divulgação/ABQM

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Hospital de Amor terá unidade em Lagarto em parceria com a ABQM

A Associação do Quarto de Milha vai viabilizar recursos para construção da nova unidade do Hospital de Amor; entidade também fomentará a Equoterapia na cidade, através do Projeto EquoABQM

Publicado

⠀em

Com foco na ampliação de ações sociais no Nordeste, a ABQM protagonizou, durante seu evento no Parque das Palmeiras, um momento histórico. Antes de mais nada, o presidente da entidade, Caco Auricchio, assinou documento que viabilizará recursos para construção do Hospital de Amor em Lagarto/SE. Por outro lado, também se comprometeu em fomentar a prática da Equoterapia na cidade.

“Assinamos um protocolo de intenções. Desse modo, buscaremos a arrecadação de R$ 1 milhão, com o intuito de construir uma unidade do Hospital de Amor em Lagarto”, conta Caco. Além disso, a ABQM firmou um termo de doação, no valor de R$ 20 mil, para elaboração de maquete eletrônica da nova unidade hospitalar. “E ainda nos comprometemos em promover ações publicitárias de sensibilização, para captação de recursos à Fundação PIO XII (Hospital de Amor)”.

Diversas personalidades do meio equestre e da cidade participaram da cerimônia dia 4 de dezembro. Como já dito, a Equoterapia ganhou espaço nesse acordo da ABQM e a cidade de Lagarto. Trata-se de um método terapêutico que utiliza o cavalo para o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou necessidades especiais.

De acordo com a nota divulgada, foi assinado um contrato de integração do Centro Lagartense de Equoterapia ao Projeto EquoABQM. Indicado pela Associação Sergipana de Criadores de Quarto de Milha, o centro passou pelos critérios do edital de fomento da ABQM.

ABQM vai viabilizar recursos para construção da nova unidade do Hospital de Amor; entidade também fomentará a Equoterapia na cidade de Lagarto

ABQM e Hospital de Amor

A iniciativa da entidade corrobora a missão do Hospital de Amor. Que é, acima de tudo, a de promover saúde, através de atendimento médico hospitalar qualificado em Oncologia, de forma humanizada.

Portanto, este foi mais um importante passo da ABQM na área social com o HA e o seu diretor Henrique Prata. Aliás, Henrique é ‘filho’ de Lagarto, criador de cavalos, conselheiro fiscal da Associação do Quarto de Milha e um reconhecido empreendedor filantropo do setor de saúde brasileiro.

Parque das Palmeiras faz parte de tudo isso

“O evento deste ano me deixou muito feliz por contribuir mais uma vez para a realização de grandes ações sociais e filantrópicas em prol do estado de Sergipe e, principalmente, para o povo lagartense”, afirma Geraldo Majella, criador e proprietário de cavalos Quarto de Milha e titular do Complexo Parque das Palmeiras.

De acordo com ele, tudo começou quando realizaram no dia 15 de maio deste ano, em plena pandemia do Covid-19, o 1º Leilão Virtual Quarto de Milha com Amor. O remate  contou com a participação de vários criatórios que doaram coberturas de importantes reprodutores da raça, com total arrecadação destinada ao projeto.

Passados praticamente sete meses, a iniciativa tomou corpo no otro do Futuro e Campeonato Nacional de Vaquejada realizados na arena coberta do Parque das Palmeiras de 02 a 06 de dezembro. A solenidade de assinatura contou com a presença de Geraldo Majella, Thiago Lima, diretorias da ABQM, ABVAQ e ASQM, além de quartistas de várias regiões e autoridades municipais, estaduais e federais.

Fonte: ABQM
Crédito das fotos: Divulgação/ABQM
Colaboração: Abdalla Jorge Abib

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

A importância da formação e reciclagem dos juízes

Em nota, a Diretoria Executiva da ABQM informa que busca melhorias nos julgamentos das provas do Quarto de Milha

Publicado

⠀em

O treinamento de anos de um cavalo é posto à prova quando chega o momento da competição. Não apenas sonhos, como também todo o investimento estão em jogo. Antes de mais nada, há uma grande responsabilidade delegada aos juízes. São esses os profissionais habilitados a atribuir notas de acordo com as performances apresentadas. Inegavelmente, erros não são aceitos. E é por isso que regras de ingresso e reciclagem são tão importantes.

O assunto veio à tona logo após os julgamentos realizados nas provas do 43º Campeonato Nacional, 41º Potro do Futuro e 6º Derby da raça Quarto de Milha. Desse modo, a Diretoria Executiva da ABQM afirmou em comunicado que pretende ampliar a qualificação e a valorização dos juízes oficiais. E ainda tem meta de formar novos profissionais. Diversos pedidos, inclusive, partiram das Comissões de Modalidades, fundamentais na defesa do esporte esquestre.

Entre os objetivos divulgados pela ABQM, está o de consolidar a participação de juízes americanos nas competições de 2021. Assim como qualificar ainda mais os juízes oficiais brasileiros. De tal forma que serão programados cursos internacionais de julgamentos, ministrados por juízes da AQHA, associação americana do Quarto de Milha. Outro ponto é a realização de cursos para a formação de novos juízes.

Carlos Auricchio, presidente da ABQM, finaliza a nota dizendo que “a Associação busca, constantemente, a melhoria em todas as suas áreas, seja dentro ou fora das pistas de competições. Para esses avanços, terá todo o apoio das comissões, a quem agradece pelas informações e pela relevante parceria.”

Em nota, a Diretoria Executiva da ABQM informa que busca melhorias no quadro de juízes das provas do Quarto de Milha e tem planos para 2021

Capacitação de juízes

No entanto, durante o evento citado acima, os juízes oficiais da ABQM participaram de um curso de reciclagem, semipresencial, ministrado pelos juízes internacionais Jeff Allen e Chris Benedict, ambos membros da AQHA.

Desse modo, acompanharam online a capacitação juízes de todo o país. Já os profissionais que julgaram as provas participaram presencialmente, no Parque Clibas de Almeida Prado. Entre os temas, a reciclagem abordou as modalidades Laço Cabeça, Laço Pé, Laço Individual e Working Cow Horse. Acima de tudo, esses cursos já fazem parte do compromisso da Associação com os competidores e todos aqueles que participam das competições da raça.

De acordo com Fernanda Costa, coordenadora de Jurados da ABQM, Jeff Allen é instrutor de juízes de Laço da AQHA. Enquanto Chris Benedict é o juiz com o maior número de Mundiais AQHA julgados, além de um dos mais requisitados nas provas de Working Cow Horse. “Estamos empenhados em propiciar oportunidades para o aprimoramento técnico e para a excelência nas avaliações, respeitando os regulamentos (competições e jurados), cavalos, competidores, criadores e ABQM.”

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Cedidas/ABQM

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

ABQM e ABNT lançam ‘Prática Recomendada de Equipamentos’

O objetivo do documento elaborado pela ABQM junto à ABNT é padronizar os equipamentos utilizados em provas equestres do Quarto de Milha

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha – ABQM e Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT lançaram a ‘Prática Recomendada de Equipamentos’. O anúncio aconteceu durante o 3º Campeonato Nacional, 41º Potro do Futuro, 6º Derby & 3º Juvenil no Haras Raphaela em 30 de outubro. Em discurso no centro da pista de provas (foto), o presidente da ABQM, Caco Auricchio, recebeu o presidente da ABNT, Mário William.

De acordo com o presidente da ABQM, Caco Auricchio, o objetivo é estabelecer recomendações, inicialmente para as modalidades Laço Individual, Três Tambores e Vaquejada. Além disso, o documento tem a função de padronizar os equipamentos necessários para cada uma das competições. Ou seja, há uma busca por definir um patamar mínimo de segurança em cada uma delas. E ainda a preservação de cavaleiros, equinos e bovinos.

O presidente da ABNT, Mário William, atesta que o documento (ABNT PR 1008) está dividido em cinco partes. E, acima de tudo, é destinado à normatização de equipamentos utilizados nas atividades esportivas equestres da raça de cavalos Quarto de Milha.

Os trabalhos iniciaram em fevereiro deste ano. Participaram as áreas de Bem-Estar Animal e Sustentabilidade e Sistema de Gestão da Qualidade da ABQM. Bem como a gerência de Normatização Nacional da ABNT. Trataram, sobretudo, da análise de documentação e necessidades. Ao final de seis meses de debates e adequações, saíram os cinco primeiros documentos, submetidos à Consulta Nacional.

São eles:

O objetivo do documento elaborado pela ABQM junto à ABNT é padronizar os equipamentos utilizados em provas equestres do Quarto de Milha
Documento contempla, a principio, as modalidades Laço Individual, Três Tambores e Vaquejada

Metas futuras

A intenção é que a ABNT e a ABQM desenvolvam ‘Práticas Recomendadas’ para as mais de 20 modalidades existentes no Brasil. Praticadas nos eventos oficiais e oficializados da ABQM. Além da ABNT PR 1008, está em desenvolvimento também outra Prática Recomendada que cuida de ‘Operações seguras para realização de eventos equestres, de montaria, agropecuários e exposições’.

O documento tem por intuito fornecer uma estrutura operacional e recomendações técnicas de limpeza, desinfecção e de operação segura para prevenir a propagação do vírus SARS-CoV-2 (novo coronavírus). O foco desse estudo, sem dúvida, é a a realização de eventos equestres, de montaria, agropecuários e exposições. E o objetivo é proteger praticantes, profissionais de apoio (tratadores, transportadores) e equipe técnica.

Da mesma forma que esse documento estabelece ainda procedimentos para limpeza e desinfecção de veículos, trailers, equipamentos esportivos. B em como de baias e pavilhões, currais, pistas de exposição/competição. E até cabine de locução e áreas de julgamento. Além disso, define cuidados preventivos para hospedagem dos tratadores, e nas tratativas dos animais. Conforme nota da ABQM, o documento está em fase avançada de elaboração e deve ir para a consulta nacional este mês.

Pódio ANTT

ANTT

A Associação Nacional dos Três Tambores – ANTT realizou uma Etapa Especial durante o 43° Campeonato Nacional da ABQM pelo terceiro ano consecutivo. A saber, o evento ocorreu no Complexo Haras Raphaela entre os dias 23 de outubro e 1° de novembro. Com resultado, as competidoras que optaram por participar dessa etapa receberam pontos nas categorias Feminino e Mirim para o Circuito RAM Rodeo ANTT.

Pela categoria Feminino a disputa foi acirrada entre as inscritas filiadas à ANTT. Antes de mais nada, os pontos desta Etapa Especial já contam para o ranking da temporada 2020/2021. O título ficou com Campeã Nacional Caroline Rugolo. Em resumo, Carol venceu a prova com o tempo de 16s910 em conjunto com PG Blube Max Jazzy. Por outro lado, entre as pequenas estrelas da categoria Mirim, a vitória ficou com Sofia Esser, de apenas 10 anos. Montando King Gates marcou 17s743.

Entre os dias 19 e 21 de novembro a ANTT realiza a terceira etapa do seu campeonato. A edição de estreia da Copa NSG, em São Pedro/SP, acontece na Arena Coberta do Haras NSG, uma das melhores estruturas para competições do país. Dessa forma, entre as diversas categorias da modalidade Três Tambores, Feminino e Mirim valerão pontos para o ranking da ANTT.

Fonte: ABQM e ANTT (Assessoria de Imprensa)
Crédito das fotos: ABQM/Divulgação e Hugo Lemes

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo

Quarto de Milha

Associação do Quarto de Milha anuncia parceria com a ANDE-Brasil

Publicado

⠀em

Superintendente da ABQM, a associação do Quarto de Milha, se reuniu com o presidente da Associação Nacional de Equoterapia em Brasília/DF

Com o intuito de firmar novas parcerias na área social, a Associação do Quarto de Milha esteve em Brasília/DF. Primeiramente, o superintendente geral da ABQM, Manuel Rossitto, se reuniu com o presidente da Associação Nacional de Equoterapia, Jorge Dornelles. De tal forma que eles trataram sobre futuras parcerias entre as duas entidades.

Rossito também visitou o Parque de Exposições Granja do Torto (PGT). Na ocasião, reuniu-se com o diretor presidente do parque, Eugênio Farias. “A nossa ideia é firmar parceria entre ABQM e a ANDE-Brasil, para ampliar nosso projeto de Equoterapia em todo país”, ressalta.

Após a conversa, o superintendente conheceu a estrutura da ANDE-Brasil. Assim como assistiu a uma aula com as crianças que fazem parte do programa. A saber, a entidade atende crianças com deficiência e em estado de vulnerabilidade. Fundada em 10 de maio de 1989, é uma entidade civil sem fins lucrativos, de caráter filantrópico, assistencial e terapêutico.

Superintendente da ABQM, Associação do Quarto de Milha, se reuniu com o presidente da Associação Nacional de Equoterapia em Brasília/DF
Manuel Rossito, Jorge Dornelles e Eugênio Farias

ANDE-Brasil

Sediada em Brasília, a ANDE-Brasil já realizou 130 edições de Curso Básico de Equoterapia em sua sede. Desse modo, ao todo foram capacitados mais de 10.000 profissionais brasileiros e 55 estrangeiros. Além disso, realizou três edições de Curso Especial de Equoterapia em Portugal. Por outro lado, são 18 edições de Curso Avançado, capacitando mais de 500 profissionais.

A ANDE-Brasil, que tem como missão oferecer a Equoterapia como meio de reabilitação, de educação e de inserção social para melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência ou necessidades especiais, realizou 31 edições de Curso de Equitação para Equoterapia, capacitando mais de 500 profissionais. E ainda promoveu seis congressos brasileiros, com presenças nacionais e internacionais, e um congresso internacional.

Acima de tudo, o trabalho da ANDE-Brasil tem três pilares: seriedade, profissionalismo e responsabilidade. Fatores que colaboraram para um padrão respeitável da Equoterapia no Brasil.

Fonte: ABQM e ANDE-Brasil
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Continue lendo