Curiosidades

Você conhece a lenda do cavalo branco de sete cabeças?

Uchchaihshravas, um cavalo branco hindu, é frequentemente descrito como o veículo de Surya, o deus-sol, e de Indra, o deus-céu

Diz a mitologia hindu que Uchchaihshravas é um cavalo branco, da cor da neve. Considerado o melhor dos cavalos, ou seja, o rei dos cavalos. É frequentemente descrito como o veículo (vahana) de Surya, o deus-sol, e de Indra, o deus-céu.

Portanto, conta a história que o animal de sete cabeças surgiu no Samudra Manthan, um dos episódios mais conhecidos da filosofia hindu. O Samudra Manthan explica a origem de Amrita, o néctar da imortalidade, e de outras deusas.

De tal forma que o cavalo branco de sete cabeças apareceu e ergueu as orelhas. Relinchou quando sentiu o cheiro de Indra. Então avançou ansiosamente na direção do Governante do Céu.

Indra parou e acariciou as sete mechas brancas leitosas de seu querido amigo. A conexão entre eles foi imediata. O animal tornou-se uma das montarias de confiança dele, um amor puro.

Uchchaihshravas, um cavalo branco hindu, é frequentemente descrito como o veículo de Surya, o deus-sol, e de Indra, o deus-céu
Uchchaihshravas

A lenda de Uchchaihshravas surgindo do ‘oceano de leite’ também aparece em outras histórias. A saber, entre elas, Vishnu Purana, Ramayana, Matsya Purana, Vayu Purana.

Enquanto várias escrituras fornecem diferentes listas de tesouros que emergiram do Samudra Manthan. O cavalo branco divino de sete cabeças Uchchaihshravas, sem dúvida, era um deles.

Em todas as lendas o animal é considerado divino e que leva sorte. Os deuses montavam-no a fim de alcançar muitas coisas impossíveis. Há menção dele em histórias do deus Krishna e de Brahma, o deus criador.

A história de Uchchaihshravas foi mencionada brevemente em uma versão do Ramayana, um épico sânscrito hidu. Assim como Uchchaihshravas foi usado no esquema de Kadru para ganhar uma aposta contra Vinata, sua ‘irmã-esposa’.

Fonte: HorsesInhinduismandBuddhism e Wikipedia
Crédito das fotos: Wikipedia

Veja mais notícias da editoria Curiosidades no portal Cavalus

X