Internacional

Jane Mayo é tricampeã mundial da Girls Rodeo Association

Com uma doença grave quando criança, desacreditada pelos médicos, foi salva quando o pai comprou um cavalo para ela ficar mais tempo ao ar livre

Publicado

⠀em

Montando seu lendário cavalo V’s Sandy, Jane Mayo venceu três campeonatos mundiais consecutivos de Três Tambores. Na época, a associação era chamada de Girls Rodeo Association – GRA, nome dado pelas fundadoras em 1948. Somente em 1982 passou a se chamar Women’s Professional Rodeo Association – WPRA.

De acordo com sua biografia, Jane Mayo foi acometida por uma rara doença no sangue quando era pequena. Os médicos previram que ela morreria antes dos 5 anos de idade. Seu pai, WH Mayo, comprou um cavalo manso para ela, Old Buck. A menina doente aprendeu a cavalgar. De tal forma que ar o fresco e o sol que ela absorveu enquanto montava trouxeram de volta sua saúde.

Assim, Jane começou a competir em rodeios no circuito escolar de Okemah, cidade do Condado de Okfuskee, Oklahoma. Em 1955, ela se formou na Okemah High School e tornou-se membro da Girls Rodeo Association. Desse modo, ganhou seu primeiro cavalo realmente bom, V’s Sandy. Formaram uma dupla e tanto no rodeio americano e nos Três Tambores.

Com uma doença grave quando criança, desacreditada pelos médicos, Jane Mayo foi salva quando o pai comprou um cavalo para ela montar

Em 1959, Jane Mayo marcou o menor tempo da final mundial, 19s2. Ganhou dois dos quatro rounds e ficou com o título da etapa. Sua primeira fivela de ouro se confirmou com a soma de US$ 5.814,00 em ganhos na temporada. No ano seguinte (1960), outro título mundial, com ganhos de US$ 7.833,00. Contudo 1961 foi seu auge, quando venceu sua terceira fivela de ouro com um recorde da época de US$ 8.356 em ganhos.

A história conta que ela gostava de laçar bezerros e Bulldog mais do que de Três Tambores. Creditava todo seu sucesso ao seu cavalo e lembra da parte mais difícil do seu trabalho, as longas viagens entre um rodeio e outro.

Fonte: WPRA, okgenweb.net
Crédito das fotos: WPRA

Veja histórias de outros Legends no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads