Internacional

Jane Mayo é tricampeã mundial da Girls Rodeo Association

Com uma doença grave quando criança, desacreditada pelos médicos, foi salva quando o pai comprou um cavalo para ela ficar mais tempo ao ar livre

Publicado

⠀em

Montando seu lendário cavalo V’s Sandy, Jane Mayo venceu três campeonatos mundiais consecutivos de Três Tambores. Na época, a associação era chamada de Girls Rodeo Association – GRA, nome dado pelas fundadoras em 1948. Somente em 1982 passou a se chamar Women’s Professional Rodeo Association – WPRA.

De acordo com sua biografia, Jane Mayo foi acometida por uma rara doença no sangue quando era pequena. Os médicos previram que ela morreria antes dos 5 anos de idade. Seu pai, WH Mayo, comprou um cavalo manso para ela, Old Buck. A menina doente aprendeu a cavalgar. De tal forma que ar o fresco e o sol que ela absorveu enquanto montava trouxeram de volta sua saúde.

Assim, Jane começou a competir em rodeios no circuito escolar de Okemah, cidade do Condado de Okfuskee, Oklahoma. Em 1955, ela se formou na Okemah High School e tornou-se membro da Girls Rodeo Association. Desse modo, ganhou seu primeiro cavalo realmente bom, V’s Sandy. Formaram uma dupla e tanto no rodeio americano e nos Três Tambores.

Com uma doença grave quando criança, desacreditada pelos médicos, Jane Mayo foi salva quando o pai comprou um cavalo para ela montar

Em 1959, Jane Mayo marcou o menor tempo da final mundial, 19s2. Ganhou dois dos quatro rounds e ficou com o título da etapa. Sua primeira fivela de ouro se confirmou com a soma de US$ 5.814,00 em ganhos na temporada. No ano seguinte (1960), outro título mundial, com ganhos de US$ 7.833,00. Contudo 1961 foi seu auge, quando venceu sua terceira fivela de ouro com um recorde da época de US$ 8.356 em ganhos.

A história conta que ela gostava de laçar bezerros e Bulldog mais do que de Três Tambores. Creditava todo seu sucesso ao seu cavalo e lembra da parte mais difícil do seu trabalho, as longas viagens entre um rodeio e outro.

Fonte: WPRA, okgenweb.net
Crédito das fotos: WPRA

Veja histórias de outros Legends no portal Cavalus

Internacional

Marco Eguchi é finalista do The American 2021

Depois de uma reviravolta no resultado da classificação das Semifinais, ele foi o único representante brasileiro nessa edição de um dos maiores eventos de rodeio do mundo

Publicado

⠀em

O confronto principal do RFD-TV The American 2021 levou os melhores do mundo ao AT&T Stadium, em Arlington, Texas, dias 6 e 7 de março. O brasileiro Marco Eguche foi o único representante da bandeira verde e amarela na competição esse ano. Nenhum outro brasileiro recebeu o convite através do ranking da PRCA, assim como não passaram das Semifinais. Aliás, nem Eguche tinha passado.

Dos atletas que competiram na Montaria em Touros, apenas Marco Eguche e José Vitor Leme chegaram à decisão da fase Semifinal na sexta (5). Leme teve que desistir da competição ao descobrir que estava com fratura na costela desde a etapa da PBR em Fort Worth semana passada. Eguchi, em principio, ficou sem nota quando o relógio do estádio marcou 7s97 em sua montaria.

De acordo com o perfil do Instagram do amigo Eugenio José, que obteve essa informação com exclusividade, Marco Eguche chegou em casa e ao rever a montaria viu que cumpriu o tempo regulamentar de oito segundos. “Imediatamente pedi ajuda aos CEOs da PBR que intercederam ao meu favor e solicitaram revisão da montaria. Com a comprovação do tempo eu voltei para a disputa”, comenta o brasileiro.

Dessa forma, Eguchi se juntou aos dez convidados através do ranking da PRCA como um dos seis classificados através das Semifinais. Na rodada de sábado (6), avançou para o domingo entre os oito melhores. Em seguida, entrou na rodada decisiva entre os quatro melhores, ao lado de Colten Fritzlan, Sage Kimzey e Dustin Boquet. Na final, somente Eguchi não parou em Soup in a Group.

Eguchi (foto) encerrou, portanto, sua honrosa participação no The American 2021 em quarto lugar embolsando US$ 5.000,00.

Depois de uma reviravolta no resultado da classificação das Semifinais do The American 2021, Eguche foi o único representante brasileiro
Hailey Kinsel leva o ‘tri’

Campeões

O prêmio para cada campeão foi US$ 100.000,00. Em 2021, ninguém levou a premiação extra de US$ 1 milhão destinado ao atleta campeão classificado através das Semifinais. Todos os que ganharam em cada modalidade estavam na competição como convidados pelo ranking da PRCA.

Na Montaria em Touros, título para Colten Fritzlan, umas das promessas da nova geração na modalidade. No domingo (7) ele marcou a maior nota do Short Go, 89,50 pontos em Chiseled. Logo depois, carimbou 90,25 pontos em Safety Meeting para ficar com o título.

Tilden Hooper foi o campeão no Bareback logo após marcar 90,50 pontos sobre Gun Fire. Com sete qualificações para a NFR, o atleta tem 15 anos como profissional do rodeio.  Ryder Wright marcou 91,25 pontos para garantir seu título no Saddle Bronc Riding. Ao lado dos irmãos enfrentou com maestria mais essa competição.

Depois de vencer a média na NFR 2020, Erich Rogers e Paden Bray carimbaram o título do The American 2021 no Team Roping. A dupla foi a mais rápida do Short Go (5s17) e da final (5s05). No Tie-Down Roping vitória de Shane Hanchey com 7s74. Enquanto no Steer Wrestling, prêmio de campeão para Jacob Tally que marcou 3s87 na final.

Jill Tanner levou o título no Breakaway Roping ao chegar à final e marcar 2s65. Por fim, temos o terceiro título no The American de Hailey Kinsel. Ela marcou 15s420 na final ao lado da sua super égua DM Sissy Hayday ‘Sister’.

Importante lembrar que a metade do valor do prêmio dos campeões contou para o ranking da PRCA. Embora não tenham garantias, todos os que venceram o The American ano passado se classificaram para a NFR. Resultados completos, clique aqui.

Por Luciana Omena
Crédito das fotos: Divulgação/André Silva

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Semifinais definem últimas vagas para o The American 2021

Ao todo, evento milionário pagará US$ 2,3 milhões aos melhores colocados nas oito modalidades do rodeio completo; The Cowboy Channel e ZRTV fazem a transmissão em português

Publicado

⠀em

A ‘maratona’ das semifinais do RFD-TV The American 2021 finalmente chegou ao fim na noite de ontem (5) em Fort Worth, Texas, no Cowtown Coliseum. Mais de 1.600 cowboys e cowgirls das oito modalidades esportivas do rodeio completo disputaram as últimas vagas. O confronto principal acontece dias 6 e 7 de março, hoje e amanhã, no AT&T Stadium, em Arlington, Texas.

A melhor parte de passar pela fase semifinal e chegar à disputa principal é a chance de levar US$ 1 milhão de dólares de bônus. Isso porque o The American 2021 pagará ao todo US$ 2,3 milhões, desse valor, um milhão é o bônus caso o campeão ou campeões tenham chegado à decisão passando pelas ‘semis’. Então, além da premiação de US$ 100 mil por modalidade há ainda a chance de embolsar uma ‘bolada’.

Em resumo, os semifinalistas passaram por várias fases e poucos chegaram à noite de ontem. A regra de classificação é diferente para cada modalidade, portanto, é preciso cautela e estratégia. Vale lembrar que dez atletas de cada modalidade já estavam classificados de acordo com o ranking final da PRCA 2020. Os que passaram ontem se juntam a eles em um round só hoje (6). Para domingo, a disputa afunila até que quatro de cada modalidade disputam o título.

LEIA TAMBÉM:

Brasileiros

No Team Roping, Junior Nogueira e Kaleb Driggers passaram pelo slack e buy back e chegaram às semifinais. Contudo o tempo de 9s32 não foi suficiente para colocá-los na decisão de ontem (5). Os dois foram campeões do The American em 2018 e estão fora da disputa esse ano pela primeira vez.

No histórico da competição, são quatro títulos para o Brasil na Montaria em Touros. Silvano Alves venceu em 2015, enquanto João Ricardo Vieira já alcançou o topo três vezes, 2016, 2019-20. Mas, não veremos brasileiros no The American 2021, infelizmente. Apenas dois chegaram à decisão da ‘semi’, José Vitor Leme e Marco Eguchi.

Leme teve que desistir da competição ao descobrir que estava com fratura na costela desde a etapa da PBR em Fort Worth semana passada. Eguchi seguiu, porém sem nota na noite de ontem ficou sem a vaga. Assim, uma das mais importantes competições do rodeio mundial segue hoje e amanhã sem a bandeira verde e amarela.

Ao todo, The American 2021 pagará US$ 2,3 milhões aos melhores colocados nas oito modalidades do rodeio completo; tem transmissão em português
Charlie Sohrt

The American em português

Você ainda pode assistir aos melhores do mundo no RFD-TV The American 2021. A transmissão do The Cowboy Channel e ZRTV em português segue hoje, sábado, 6 de março, às 21h, com a rodada completa em todas as modalidades. Amanhã, domingo, dia 7 de março, às 17h, a transmissão da grande decisão. Todos horários de Brasília.

O que é importante você saber: para acompanhar o The American em português precisará realizar ou renovar sua assinatura no The Cowboy Channel:

  • Acesse https://portuguese.cowboychannelplus.com para efetuar sua assinatura.
  • No momento, há duas opções de pacote: mensal por US$ 9.99; anual por US$ 99.99.
  • Ao clicar ASSINAR no começo da página, em primeiro lugar, precisará criar uma conta.
  • Em seguida, siga todos os passos para efetuar o cadastro e o pagamento.
  • Incluso: transmissão ao vivo do The Cowboy Channel em alta definição por um mês; todo conteúdo em inglês e, sobretudo, o The American em português.
  • Nos dias mencionados acima, com seu login em mãos, acesse a plataforma do The Cowboy Channel. Quando logar, aparecerá a opção acompanhar em português.

Por exemplo, você poderá ver Caleb Smidt, no Tie-Down Roping, que recusou o convite de organização e tentou a vaga pela semi a fim de ter a chance de embolsar o bônus. Ou a pequena amazona Charlie Sohrt, de apenas 7 anos de idade, que chegou à semi e ganhou depois convite para a disputa principal. Entre outras feras!

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

The American 2021: brasileiros seguem na competição

Ao todo, evento milionário pagará US$ 2,3 milhões aos melhores colocados nas oito modalidades do rodeio completo; The Cowboy Channel e ZRTV fazem a transmissão em português

Publicado

⠀em

Sem dúvida nenhuma, é uma jornada e tanto chegar às semifinais do RFD-TV The American. Desde o dia 25 de fevereiro, mais de 1.600 cowboys e cowgirls das oito modalidades esportivas do rodeio completo buscam as últimas vagas para a disputa principal. O American Rodeo acontece dias 6 e 7 de março no AT&T Stadium, em Arlington, Texas, e os brasileiros seguem na competição.

A saber, dos que chegaram à primeira fase da semifinal, as provas de Laço foram as que tiveram maior número de participantes: 451 no Team Roping mais e 290 no Tie-Down Roping. Até dia 5 de março os ‘sobreviventes’ concorrem a uma chance de levar a ‘bolada’ milionária ofertada. Disputas realizadas no Cowtown Coliseum, em Fort Worth, Texas. Do total da premiação, US$ 550.000,00 estão destinados às semifinais.

Cada modalidade tem uma regra de classificação. Entre os brasileiros que seguem na competição, Junior Nogueira no Team Roping faz a semifinal a partir de hoje (3) ao lado de Kaleb Driggers. 24 duplas passaram direto pelo slack e mais duas através do buy back, caso de Juninho e Kaleb. Sem fechar tempo no slack eles foram para o dia seguinte em duas rodadas. Marcaram 3s68 e 4s24, a segunda melhor soma, como tinham duas vagas, passaram.

Marcos Alan Costa no Tie-Down Roping, infelizmente, não passou para a segunda fase da semifinal. 24 vagas estavam em jogo pelo slack e a última média a entrar foi 18s81. Marquinhos tinha duas inscrições e encerrou sua participação com 21s19 e 31s26. Não sabemos os tempos do buy back (uma segunda chance para quem não classifica pelo slack), já que The American informou apenas os nomes dos dois que completaram as vagas.

Três Tambores e Touro

Nos Três Tambores, nosso único representante brasileiro era João Leão. Ele tinha uma inscrição e competiu com a égua Spotlite Ta Fame, da brasileira Keyla Polizello Costa. Do slack, 30 competidores garantiram direto sua participação na semifinal. O último tempo a entrar foi 13s822 e o conjunto brasileiro marcou 14s343. No dia seguinte (2), mais quatro vagas em jogo. Novamente o site do The American ainda não divulgou os tempos do buy back, mas infelizmente João e Spotlite ficaram de fora.

Com o fim da parceria do The American com a PBR, somente competidores baseados no ranking da PRCA são convidados diretos para a disputa principal. Assim sendo, os brasileiros que moram nos Estados Unidos e disputam na Montaria em Touros estão inscritos no slack e na semifinal, buscando assim uma das concorridas vagas. Então, pelo slack ontem (2), definiram dez vagas para a semifinal. Entre os brasileiros que seguem na competição, Marco Eguchi (84,50 pontos) e Luciano de Castro (82,75 pontos).

Na Performance 1 da semifinal, montam João Ricardo Vieira, Silvano Alves, Kaique Pacheco, João Henrique Lucas, Lucas Divino. Enquanto José Vitor Leme disputa a Performance 2 amanhã (4). No dia 5 haverá a decisão final de todos os classificados através da semifinal para a disputa oficial do The American 2021. Ramon de Lima se junta ao ‘time’ dos brasileiros que seguem na competição. Campeão da Live em Barretos 2020 tem vaga por conta da parceria com a Liga Nacional de Rodeio. 

Brasileiros seguem na competição; evento milionário pagará US$ 2,3 milhões aos melhores colocados nas oito modalidades do rodeio completo
João Leão e Spotlite Ta Fame – Foto: Lawson Equine

The American em português

O RFD-TV The American 2021 acontece nos dias 6 e 7 de março, no AT&T Stadium, em Arlington, Texas. Contudo, as emoções já começam dias antes, com a Semifinal, de 25 de fevereiro a 5 de março, no Cowtown Coliseum, em Fort Worth, Texas, como contamos acima.

A transmissão do The Cowboy Channel e ZRTV em português contemplará os dias 3, 4 e 5 de março, ou seja, a Semifinal propriamente dita, começando às 21h. No sábado, 6 de março, a transmissão do The American começa também às 21h, com a rodada completa em todas as modalidades. Por fim, domingo, dia 7 de março, às 17h, a transmissão da grande decisão. Todos horários de Brasília.

O que é importante, então, você saber: para acompanhar o The American em português precisará realizar ou renovar sua assinatura no The Cowboy Channel:

  • Acesse https://portuguese.cowboychannelplus.com para efetuar sua assinatura.
  • No momento, há duas opções de pacote: mensal por US$ 9.99; anual por US$ 99.99.
  • Ao clicar ASSINAR no começo da página, em primeiro lugar, precisará criar uma conta.
  • Em seguida, siga todos os passos para efetuar o cadastro e o pagamento.
  • Incluso: transmissão ao vivo do The Cowboy Channel em alta definição por um mês; todo conteúdo em inglês e, sobretudo, o The American em português.
  • Nos dias mencionados acima, com seu login em mãos, acesse a plataforma do The Cowboy Channel. Quando logar, aparecerá a opção acompanhar em português.

O evento

Participarão competidores das modalidades Touro, Bareback, Sela Americana, Três Tambores, Bulldog, Laço em Dupla, Laço Individual e Breakaway Roping. Conhecido como ‘o fim de semana mais rico do mundo dos esportes western’, o The American 2021 pagará US$ 2,35 milhões em 2021. Total de prêmio dividido entre semifinais e a disputa principal.

No Cowtown Coliseum, os atletas que conquistaram vaga em todos as classificatórias realizadas, participaram dos slacks e buy backs (para quem não classificou no primeiro dia) antes de chegar à ‘semi’ propriamente dita. Na disputa do The American no AT&T Stadium, todos os classificados pela Semifinal (de acordo com as vagas disponíveis para cada modalidade) e habilitados através do ranking da PRCA disputam a premiação milionária.

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo
X
X