Internacional

PBR muda World Finals para Fort Worth, no Texas, em 2022

Alteração passa a valer logo após as finas de 2021, em Las Vegas, Nevada

Publicado

⠀em

PBR muda World Finals para Fort Worth, no Texas, em 2022

Na última terça-feira (31), a Professional Bull Riders – PBR, anunciou hoje que o evento PBR World Finals, será transferido para Fort Worth, Texas, a partir de 2022. A mudança faz parte de uma reestruturação do cronograma de sua série principal. A nova temporada regular da PBR Unleash The Beast vai de janeiro a maio, terminando com a final do campeonato em sete dias, abrangendo dois fins de semana de montaria em touro e atividades de fãs, em Fort Worth.

Dessa forma, as mudanças entram em vigor imediatamente após a World Finals da PBR em 2021, que encerrarão a atual temporada em Las Vegas, Nevada, na T-Mobile Arena, de 3 a 7 de novembro.

“Ficamos entusiasmados em receber as Finais Mundiais da PBR 2020 no Texas, e estamos orgulhosos em receber a competição de montaria em touro mais intensa com os fãs mais engajados de volta ao Lone Star State na temporada de 2022″, disse o governador Greg Abbott.

Jason Sands, diretor da Fort Worth Sports Commission, destaca que essa é uma vitória para For Worth. “Com a ajuda da Dickies Arena e de uma comunidade comprometida com a hospitalidade, temos o prazer de anunciar esse importante evento esportivo para nossa cidade. Dar as boas-vindas à PBR World Finals que começa em 2022 mostra como Fort Worth está atraindo os eventos mais emocionantes e importantes do esporte profissional”.

De acordo com Gleason, CEO e comissário da PBR, a World Finals terá agora uma presença de duas semanas em Fort Worth, tornando o Metroplex o destino de entretenimento esportivo de visita obrigatória todo mês de maio.

Cronograma

A PBR World Finals inaugural em Fort Worth será realizada de 13 a 22 de maio de 2022 na Dickies Arena, sendo a atração principal de duas semanas de atividades cheias de ação em Fort Worth.

Voltando a um formato anterior das Finais Mundiais, em uma lembrança de quando o evento de final de ano foi dividido entre Mandalay Bay e Thomas & Mack Center em Las Vegas, os três primeiros rounds das Finais Mundiais PBR de 2022 serão realizados de 13 a 15 de maio, com os cinco rounds finais realizados de 19 a 22 de maio.

Além da Dickies Arena, a liga também trará eventos relacionados às Word Finals e programação para Cowtown Coliseum, Centro de Convenções de Fort Worth e Will Rogers Complex em Fort Worth, e o carro-chefe PBR Bar no Texas Live!, ostentando uma área de 7.000 quadrados varanda com vista para o Arlington Backyard, um dos melhores locais para shows da região, na vizinha Arlington.

Las Vegas

A PBR realiza seu campeonato anual em Las Vegas desde que o esporte foi fundado, com exceção de 2020, quando as Finais Mundiais foram realizadas em Arlington, Texas, devido à contínua pandemia de COVID-19 (coronavírus). A PBR continuará visitando Las Vegas com eventos significativos a serem anunciados.

“Gostaríamos de agradecer à cidade de Las Vegas por ser uma anfitriã tão incrível das Finais Mundiais da PBR por quase três décadas. Embora estejamos animados com a mudança para o Texas, Las Vegas continuará a realizar eventos importantes da PBR, que serão anunciados nos próximos meses”, comenta o CEO e comissário da PBR.

Temporada 2022

Então, a temporada de 2022 PBR agora vai de janeiro a maio, com as temporadas subsequentes começando em 2023 durando de novembro a maio.

Dessa forma, a campanha de 2022 incluirá um mínimo de 20 eventos de elite Unleash The Beast, parando em locais especiais e cidades como Madison Square Garden em Nova York, STAPLES Center em Los Angeles, Chesapeake Energy Arena em Oklahoma City e MetraPark em Billings, Montana.

Por fim, a PBR realizará eventos nos meses seguintes às Finais Mundiais da PBR de 2022 em maio até a próxima temporada regular do Unleash The Beast começar em janeiro de 2023.

Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Divulgação/Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Internacional

Com lesão na virilha direita, José Vitor Leme deve se afastar das próximas rodadas da PBR

Apesar do machucado, brasileiro não precisará operar, o que abre a possibilidade de ele competir nas finais, que começam em 03 de novembro, em Las Vegas

Publicado

⠀em

Com lesão na virilha direita, José Vitor Leme deve se afastar das próximas rodadas da PBR

Durante sua última prova vencedora, em Newark, New Jersey, José Vitor Leme fez algumas queixas de dor em sua virilha direita. Com isso, logo em seguida o brasileiro procurou ajuda médica, sendo submetido a uma ressonância magnética para identificar a gravidade da lesão.

Em entrevista à Professional Bull Riders – PBR, o médico Tandy Freeman, comentou que o competidor lesionou parcialmente a virilha a direita. Ele teve uma entorse de segundo grau. Ainda segundo o médico, essa é uma lesão que leva semanas para cicatrizar.

“É difícil prever a rapidez da cicatrização dessas lesões. Algumas pessoas melhoram mais rápido do que outras. Espero que ele fique fora por algumas semanas, e conversamos sobre o fato de que, se ele não estiver sem dor, se não tiver suas forças de volta, ele pode ter que esperar até as finais para começar. A questão é que, se ele tentar voltar antes de melhorar, é provável que sofra uma nova lesão, e então pode ser pior do que é agora”, explica Freeman.

José Vitor Leme também concedeu uma entrevista para a PBR, onde comentou que aproveitará o momento certo para sua recuperação, retornando apenas quando se sentir melhor. O brasileiro também emitiu uma nota em seu Instagram, confira.

Comunicado

Venho aqui para informar a todos sobre minha lesão ocorrida no último fim de semana durante minha última montaria em Newark.

Fiz alguns exames hoje e uma ressonância magnética mostrou que rasguei parcialmente o músculo direito da virilha. No momento, ainda não tenho um cronograma exato de quando voltarei às competições, mas já iniciei o processo de recuperação com a fisioterapia, e me comprometo a retornar assim que meu corpo estiver pronto.

Obrigado a todos os meus fãs, amigos e familiares por todo o apoio contínuo. Agradeço por estar sempre ao meu lado e manterei todos atualizados sobre minha recuperação ao longo do processo.

Retorno às arenas

Segundo Tandy Freeman, a ressonância magnética feita por Leme mostrou que não há necessidade para uma cirurgia, o que pode ser então um alivio para o atual número um do ranking mundial.

Dessa forma, José Vitor Leme pode comemorar, já que ele tem chances de retornar para as finais da PBR. Durante a corrida em que sofreu a lesão, Leme conseguiu 90,75 pontos. Isso aumentou a sua liderança na classificação mundial para 866 pontos no nº 2 Kaique Pacheco e 914 pontos no nº 3 Cooper Davis.

Além de Pacheco e Davis, o brasileiro tem mais do que o dobro do total de pontos mundiais de qualquer outro competidor da PBR.

Por fim, vale lembrar que faltam apenas cinco eventos da temporada regular do Unleash The Beast para a PBR World Finals, que começam em 03 de novembro em Las Vegas na T-Mobile Arena.

Fonte: PBR
Tradução e adaptação: Heloísa Alves
Crédito das fotos: Divulgação/Andy Watson – Bull Stock Media

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

José Vitor Leme garante a sua sétima vitória no Unleash The Beast

Atual líder do ranking mundial, o brasileiro vem mostrando que veio para ficar e que pretende ser o campeão mundial novamente

Publicado

⠀em

José Vitor Leme garante a sua sétima vitória no Unleash The Beast

Faltando seis etapas para a final da temporada 2021 da Professional Bull Riders – PBR Unleash The Beast, José Vitor Leme vem fazendo a sua história no Rodeio, que é considerado o esporte mais radical do planeta.

Neste último final de semana, a cidade de Newark foi palco de mais uma vitória do brasileiro. Então, com três paradas e mais duas notas acima dos 90 pontos, o brasileiro conquistou a sua sétima vitória na temporada.

Com essas duas notas acima dos 90 pontos, Leme empata com JB Mauney com 19 rounds conquistados durante uma temporada. Agora, falta apenas uma nota para José Vitor Leme alcançar Justin McBride.

Vitória

Então, o primeiro desafio do brasileiro foi no sábado (18), a bordo de A-Team, finalizando a noite com 88,50 pontos, mesma nota de João Ricardo Vieira, que enfrentou o touro La Grande. Os dois empataram na terceira posição. Cooper Davis faturou o round com 89,50 pontos em Pattilo Ridge.

Já no domingo ocorreram dois rounds que decidiram a etapa. Leme parou os oito segundos em Home Wrecker e garantiu 92,00 pontos, maior nota do segundo round. Na sequência veio 90,75 em Slingin Tears e a conquista do round final e da etapa.

O resultado garantiu ao competidor 271,25 na somatória geral do evento e 154,50 pontos para o ranking mundial. Neste momento ele segue com 2100,50 pontos totais (866 de diferença à frente do vice-líder Kaique Pacheco).

Contudo, durante a sua última montaria, José Vitor Leme sentiu dores na virilha direita e deve passar por exames durante essa semana para avaliar a lesão.

Surpresa

Fernando Henrique Novais foi a surpresa da noite. O campeão da PBR Brazil em 2018, que retornou aos Estados Unidos este ano, segue se fortalecendo na elite do esporte, uma prova disso é a sua segunda colocação na noite. Novais fez três paradas e saiu de Newark com 264,50 pontos na somatória geral e 91,50 para o ranking, o que o coloca neste momento na 39ª colocação com 146,50 pontos.

Por fim, a próxima parada da Unleash The Beast será Deadwood, Carolina do Sul, nos dias 25 e 26 de setembro, sem transmissão ao vivo para o Brasil, apenas pela Pluto TV nos Estados Unidos. Lembrando que a PBR World Finals já tem data marcada: 3 a 7 de novembro, em Las Vegas.

Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Divulgação/Andy Watson/Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Júnior Nogueira pontua em Fort Madison e assume liderança no ranking da PRCA

Durante o mesmo evento, o também brasileiro Marcos Alan venceu a disputa no Laço Individual, subindo para 8º no ranking

Publicado

⠀em

Júnior Nogueira pontua em Fort Madison e assume liderança no ranking da PRCA

A rodada mais recente da PRCA, que aconteceu em diversas cidades por todo os Estados Unidos, teve em Fort Madison (IA) resultados positivos para os brasileiros Júnior Nogueira e Marcos Alan, que buscam o topo mais alto no ranking da liga em suas modalidades.

Para Júnior Nogueira, essa não é uma posição tão impossível, já que com os ganhos desse evento, o brasileiro conseguiu chegar à liderança do ranking mundial de Laço Pé. Junto com o seu parceiro no Team Roping, Kaleb Driggers, venceu o rodeio e conseguiu U$7.500 de premiação.

Assim, Júnior Nogueira soma agora um total de U$128.838,65, com uma diferença de U$5.430,47 do segundo colocado, Traves Graves.

Mas, não foi somente o Juninho que pontuou em Fort Madison. Marcos Alan também faturou o prêmio no Laço Individual, somando U$7.500. Além dessa etapa, o brasileiro terminou na quinta posição em Puyallup (WA), ganhando mais U$9.946.

Agora, o brasileiro subiu da 11ª para 8ª posição do ranking mundial da modalidade, com U$95.452,06. Apesar de não ser o primeiro lugar, se permanecer entres os quinzes primeiros, o brasileiro se classifica para a final da NFR, lembrando que a etapa regular termina no próximo dia 30 de setembro.

Fonte: PRCA
Crédito das fotos: Divulgação/ProRodeo

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Leme fatura mais uma etapa acima dos 90 pontos

Assim como em 2019, José Vitor Leme levou a melhor na etapa da PBR em Anaheim

Publicado

⠀em

Leme fatura mais uma etapa acima dos 90 pontos

Um final de semana com conquistas importantes para José Vitor Leme. O brasileiro faturou mais uma rodada da Professional Bull Riders – PBR, evento da série premier realizado no último final de semana em Anaheim, Califórnia.

Leme fez sua 19ª nota acima dos 90 pontos, além disso, o brasileiro chega a seis etapas, se aproximando da marca de oito vitórias de Justin McBride, com 17 vitórias em rounds, alcançando JB Mauney, que teve 19.

O brasileiro se manteve os oito segundos nos três touros que encarou, começando com 87,75 em BB King na sexta, abertura do evento. No sábado, faturou o segundo round com 89,75 em Lights Out e fechou a vitória ao parar em The Good Stuff com 90,75 no round final. Dessa forma, Leme soma 268,25 pontos no evento e 153,50 para o ranking mundial.

Agora, o atleta segue com uma vantagem maior no ranking mundial, com 729,50 pontos de diferença do segundo colocado, também brasileiro, Kaique Pacheco.

Contudo, não foi só José Vitor Leme na etapa Unleash The Beast. Marcelo Procópio também fez boa montaria, finalizando a etapa na terceira colocação. Sendo assim, o brasileiro somou 263,50 na geral e 80 no ranking mundial, ficando na 24ª posição do ranking.

Por fim, a próxima parada da PBR Unleash The Beast será Newark (NJ) nos dias 18 e 19 de setembro, com transmissão apenas pelos canais CBS e PlutoTV nos Estados Unidos.

No Brasil, os fãs poderão acompanhar a etapa de Anaheim no dia 21 de setembro, às 23h, pelo canal SporTV 3, com comentários de Adriano Moraes e locução de Luiz Prota.

Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Divulgação/Andy Watson/Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Cowboys For A Cause tem renda revertida para família de Amadeu Campos

Evento foi realizado a bordo do porta-aviões USS Lexington e, além de arrecadar fundos para o Farmer Veteran Coalition, edição deste ano colaborou com a família do competidor Amadeu Campos

Publicado

⠀em

Cowboys For A Cause tem renda revertida para família de Amadeu Campos

No último final de semana, 24 competidores participaram da segunda edição do Cowboys For A Cause. Nesta edição, que aconteceu a bordo do porta-aviões USS Lexington, em Corpus Christi (Texas), os competidores decidiram doar a premiação de US$ 100 mil dólares para a família do atleta brasileiro, que faleceu no último dia 29 de agosto, depois de um acidente na etapa de Fresno, Califórnia, válida pela Velocity Tour.

Equipe Campeã Cowboys For A Cause

Em uma disputa emocionante, que tinha como objetivo arrecadar fundos para o Farmer Veteran Coalition, quem levou a melhor foi Bad Boy Mowers. A equipe, que ganhou o título da etapa especial pela segunda vez, estava composta nesse ano com os atletas Eli Vastbinder, Maurício Gulla Moreira e Cláudio Montanha Jr.

Moreira fez 88,25 sobre Leopold e Vastbinder garantiu 82,50 em Panic Button ainda no primeiro round da disputa, garantindo a equipe no round final. Contudo, a maior nota foi de José Vitor Leme, com 90,75 pontos em Steel Wishes.

Então, no round decisivo, apenas dois competidores conseguiram pontuar. Vastbinder fez 84,75 a bordo de Game Day, carimbando a vitória da equipe, enquanto Leme fechava com 84,25 em Udder Lover, deixando seu time South Point na segunda colocação.

Homenagem a Amadeu Campos

A equipe campeã dedicou a vitória ao jovem Amadeu Campos Silva. “Hoje será para você, meu amigo. Irei montar para você. Aproveite o dia. Seja bom”, comentou Maurício Moreira em entrevista à PBR.

José Vitor Leme, atual líder do ranking mundial, também falou sobre o jovem competidor. “Para nós, é o mínimo que podemos fazer pela família dele. Mas é difícil porque todo esse dinheiro não muda a situação. É muito difícil para nós, porque é uma grande perda para nós. Éramos todos muito próximos dele e de sua família. Não é fácil, mas a vida continua e precisamos continuar trabalhando. Acho que todos os cavaleiros de hoje se lembram dele antes de subir em seus touros”, comenta.

Ranking Mundial

Então, ao final da disputa, Leme somou 67 pontos ao ranking mundial. Agora, o líder do campeonato tem 1792,50 pontos, 586,50 a mais que Kaique Pacheco, vice-líder, que não pontuou, assim como Cooper Davis e João Ricardo Vieira, todos mirados no topo do ranking e que estavam no Cowboys For A Cause.

Vastibinder conquistou 28 pontos mundiais e foi para a 21ª posição no ranking, subindo um degrau apenas. Moreira garantiu 38 pontos e saiu da 11ª para a 10ª colocação, entrando agora no TOP10 do mundial.

Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Divulgação/Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Paulo Lima vence o Iron Cowboy 2021 da PBR no Texas

Considerado um dos títulos mais importante do esporte, Iron Cowboy 2021 foi conquistado pelo brasileiro que fez jus ao seu apelido “cowboy duro”

Publicado

⠀em

Paulo Lima vence o Iron Cowboy 2021 da PBR no Texas

No último final de semana a arena de Fort Worth, no Texas, foi palco do Iron Cowboy 2021 da PBR (Professional Bull Riders) Unleash The Beast. O evento, considerado um dos mais importantes do esporte, teve como campeão o brasileiro Paulo Lima, de Bezerros (PE).

Lima venceu a décima segunda edição do título parando em quatro dos cinco touros que montou, aproveitando muito bem a chance que teve, já que entrou como “alternate” nesta disputa, substituindo competidores lesionados do TOP30.

O primeiro desafio foi conquistado abordo de Marquis Metal Works Draggin Up, com 87,25 pontos na abertura da disputa, no sábado. E mesmo caindo de Grand Theft aos 3,44 segundos no segundo round, realizado no domingo, a pontuação do pernambucano foi suficiente para colocá-lo entre os oito competidores do round 3.

A disputa com Homegrow por 88,25 pontos foi suficiente para fortalecê-lo na corrida pela fivela, incentivo a mais para vencer Silver Lining com 88,25 novamente, carimbando sua passagem para o quinto e decisivo round.

E a pedreira pela frente era o touro Woopaa. O animal é líder dos bovinos nesta temporada, e responsável por grandes notas, como a de José Vitor Leme, com 97,75 pontos no 15/15 Bucking Battle em Tulsa (OK), no final de julho.

Contudo, Lima não se intimidou e fez uma montaria memorável de 95,25 pontos, a sétima nota acima de 90 pontos em sua carreira, responsável por selar o título de Iron Cowboy 2021 e ainda de faturar um bônus de US$ 20 mil dólares pela alta pontuação. Então, ao final, o competidor ainda somou 264 pontos para o ranking mundial, saltando da 30ª posição para o 16º lugar com 355,33 (diferença de 1370,17 do líder José Vitor Leme).

Demais resultados

Em segundo lugar ficou Eli Vastbinder. O americano começou a disputa abordo de Juju, no primeiro round, garantindo 89,50 pontos, a segunda melhor da noite. Já no domingo, fez a melhor do segundo round com uma parada de 87,75 em @PBR on TikTok e manteve o bom momento ao ficar os oito segundos em Oreo, com 89,00 pontos. No quarto round, os 87,50 pontos em Zorro o garantiram no round final, mas o cowboy conseguiu apenas 7,06 segundos em Chiseled.

Dessa forma, com o resultado, ele salta da 31ª posição para a 22ª no ranking geral, com 289,50 pontos. Vastbinder também está na disputa pelo título de Rookie of The Year da temporada, na sexta colocação com 289,50 pontos.

Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Divulgação/Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Final de semana de recordes e vitória para José Vitor Leme

Além da conquista do título da etapa da PBR em Nashville, o brasileiro bateu o recorde de notas acima dos 90 pontos em uma mesma temporada

Publicado

⠀em

Final de semana de recordes e vitória para José Vitor Leme

Sem dúvida alguma, o brasileiro José Vitor Leme vem vivendo uma boa fase em sua carreira. No começo do mês, o sul-mato-grossense registrou a maior nota da história da PBR – Professional Bull Riders. Agora, Leme teve mais um final de semana de recordes e vitórias para acrescentar na sua história.

O brasileiro se tornou o competidor de montarias em touros com maior número de paradas acima dos 90 pontos em uma única temporada na história da PBR. Para tanto, durante a etapa da PBR Unleash The Beast realizada Nashville, Tennessee, no primeiro round, Leme conseguiu 90,75 pontos, montando Show Me Homie. Assim, o brasileiro ultrapassou Cody Hart, que era detentor desse recorde.

“Eu estou muito feliz com o que está ocorrendo em minha carreira. Recordes foram feitos para serem quebrados e isso é um grande incentivo para buscar o melhor sempre. Mas eu quero focar touro a touro e fazer o meu melhor”, destaca Leme em entrevista a PBR.

Além de ser o novo recordista, José Vitor Leme ganhou a etapa em Nashville, sendo a sua quinta vitória no Unleash The Beast. Com essa vitória, o brasileiro abre uma vantagem maior para o segundo lugar, que é também de um brasileiro: Kaique Pacheco. Agora, Leme segue na briga pelo título de campeão mundial com 1.725,50 pontos.

Outros brasileiros também fizeram bonito em Nashiville. Como vice-campeão, Alex Cerqueira foi o vice-campeão em Nashville, com 261,50 pontos no geral. Leme e Cerqueira foram os únicos com três paradas. Na terceira posição, Maurício Gulla Moreira, que teve 176,50 pontos no total, com duas paradas.

Já o campeão mundial de 2018, Kaique Pacheco, foi o quarto melhor, com 175,75 pontos conquistados depois de parar os oito segundos em Game Day (87,75) no primeiro round e Safety Meeting, no segundo round, com 88,00 pontos.

Próxima etapa

Os melhores competidores e touros do mundo se reencontram em Fort Worth, no Texas, nos dias 28 e 29 de agosto. Por fim, a PBR World Finals será realizada em Las Vegas, de 3 a 7 de novembro, com premiação de US$ 1 milhão para o vencedor, além da fivela de campeão mundial. Até lá, faltam ainda oito etapas.

Por: Heloísa Alves
Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Divulgação/Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Segunda edição da The Run For A Million termina neste sábado (21)

Considerado o evento mais rico da história de Rédeas, competição havia sido adiada em 2020, retornando nesta semana

Publicado

⠀em

Segunda edição da The Run For A Million termina neste sábado (21)

Termina neste sábado (21), a 2ª edição da The Run For A Million, evento mais rico da história da Rédeas. Assim como a primeira edição, a competição, que começou na última quarta-feira (18), acontece no South Point Arena e no Equestrian Center em Las Vegas, Nevada.

Então, 15 cavaleiros, incluindo alguns dos profissionais National Reining Horse Association –NRHA mais talentosos da história de Rédeas, são convidados a disputar uma bolsa de US $ 1.000.000.

Dessa forma, além da ‘Prova do Milhão’, o evento conta com uma prova de Rookies, uma de Amadores, um Shootout e um Freestyle. Então, nesta sexta-feira (20), é a vez das provas Shootout e Freestyle. Já no último dia, o encerramento é por conta da tão esperada The Run For A Million.

O evento conta com transmissão ao vivo, entretanto é necessário adquirir um passe para assistir. O passe da transmissão, como outras informações da prova podem ser obtidos através do site do evento: https://www.trfam.com/#/

The Last Cowboy

O sucesso da primeira edição foi tão grande, que chegou a ser tema da primeira temporada do reality show da Paramount Network, do produtor executivo Taylor Sheridan, intitulado The Last Cowboy.

Na primeira temporada, o enredo foi em volta de oito treinadores profissionais enquanto eles se preparavam para competir no evento mais rico da história do reinado, The Run For A Million. Dessa forma, grande entusiasta da modalidade, Taylor Sheridan destacou o talento de ambos, cavalo e cavaleiro, na Rédeas.

Fonte: ANCR/The Run For A Million
Crédito da foto em destaque: The Run For A Million

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Brasileiros comemoram bons resultados da rodada do final de semana da PRCA

Marcos Alan e Junior Nogueira colheram bons resultados no último final semana, garantindo ganhos para o ranking da PRCA

Publicado

⠀em

Brasileiros comemoram bons resultados da rodada do final de semana da PRCA

A rodada do último final de semana foi proveitosa para os brasileiros Junior Nogueira e Marcos Alan nos Estados Unidos. Ambos tiveram bons resultados, refletindo em ganhos que somam para o ranking da Professional Rodeo Cowboys Association – PRCA.

Então, Marcos Alan ganhou duas posições no ranking de Tie-down Roping. Em Dodge City, o brasileiro venceu o round final ao marcar 8s1 e terminou o evento na quarta posição na soma de tempos, 29s7, acumulando U$4.4914,00 para o ranking.

Na mesma noite, Junior Nogueira, com o seu parceiro Kaleb Driggers, no Team Roping, conquistou a quinta posição geral da competição ao somar 20s7 em três rodadas. A dupla venceu dois rounds, incluindo a final, garantindo U$ 7.210,00 acrescentados ao ranking mundial da modalidade.

Já em Phillipsburg a dupla do Team Roping venceu a competição com a laçada mais rápida do final de semana na PRCA, 3s7, e acrescentaram mais U$3.829,00 para o ranking. Marcos Alan, que terminou na nona posição nesse mesmo rodeio, uma laçada de 9s4, somou mais U$674 em ganhos na rodada.

Eles laçaram ainda em Lovington. Júnior Nogueira conquistou o sexto lugar no segundo round da competição, 4s7, ganhando U$722,00. Bem como, na mesma noite, Marcos Alan somou 18s8 terminando o rodeio em quinto lugar. Dessa forma, com o que ganhou pelo segundo melhor tempo da rodada 2, empatado com outros laçadores, levou mais U$3.636,00 para o ranking mundial.

Agora, após resultados espetaculares, Junior Nogueira segue em terceiro colocado do ranking de Laço Pé da PRCA, totalizando $85,254.38. Da mesma forma, seu parceiro, Kaleb Driggers também subiu de posição, é o quarto no Laço Cabeça. Marcos Alan está na 12ª colocação do Tie-down Roping, com U$ 66,975.23.

Fonte: PRCA
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo

Internacional

Manoelito Junior vence pela primeira vez na Velocity Tour

Com o resultado do final de semana, o brasileiro conseguiu avançar dez posições no ranking mundial da PBR

Publicado

⠀em

Manoelito Junior vence pela primeira vez na Velocity Tour

No último sábado (07), o brasileiro Manoelito de Souza Junior venceu pela primeira vez uma etapa da Pendleton Whisky Velocity Tour, segunda divisão do campeonato organizado pela PBR – Professional Bull Riders, em Columbia, Carolina do Sul. Então, com o resultado, o capixaba de Itamira conquistou 37 pontos e subiu de 51 para 41 no ranking mundial geral.

No primeiro round, Manoelito ficou apenas 4s21 abordo de Mike’s Effect, sem obter nota. Mas ele foi decisivo ao garantir 89,50 pontos em Dang It, maior nota da etapa e única parada do round final. Neste momento, segue com 99 pontos no ranking mundial.

Outros dois brasileiros tiveram destaque na etapa. Fernando Henrique Novais terminou na segunda colocação com 87 pontos por ter parado em Loaded Weapon na abertura do evento, sendo esta a maior nota do round inicial. No entanto, na final, o campeão brasileiro de 2018 não chegou aos oito segundos em The Beast.

Marcos Glória veio na terceira colocação com 86,50 pontos também tendo apenas uma parada na etapa, a segunda melhor nota do round inicial. Glória encarou o touro Money Maker na abertura, mas caiu na final, mantendo-se apenas 2,80 segundos em Breaking Point.

A próxima parada da Pendleton Whisky Velocity Tour será em Springfield, nos dias 13 e 14 de agosto.

Sacramento

Já o brasileiro José Vitor Leme conseguiu manter a sua liderança no ranking mundial após a etapa da divisão principal Unleash The Beast, em Sacramento, Califórnia, realizada de 6 a 8 de agosto. Na ocasião, Leme foi o terceiro melhor da etapa com 178,25 pontos na somatória do evento e 53 para o ranking mundial. O brasileiro tem agora 1548,50.

No primeiro round o atual campeão mundial da PBR fez 89,50 em 4B Special, mas não ficou os oito segundos em TJ Chavez no round seguinte, voltando a pontuar apenas na final, com 88,75 em The Right Stuff — o mesmo touro que encarou na disputa do 15/15 Bucking Battle.

Kaique Pacheco, vice-líder do ranking mundial (470,50 pontos atrás de Leme), sexto colocado; e Dener Barbosa (atual quarto melhor do mundo, 761,67 pontos a menos que o líder), oitavo colocado, também pontuaram entre os dez melhores na etapa da Sacramento.

A próxima etapa da divisão principal acontece dia 14 e 15 de agosto, em Little Rock, Arkansas.

Fonte: PBR Brazil
Crédito da foto: Bullstockmedia

Veja mais notícias da editoria Internacional no portal Cavalus

Continue lendo