Esportes

Série Mustad: como tirar a ferradura corretamente – Passo 2

A Mustad traz agora a segunda reportagem da série especial para explicar o passo a passo para um ferrageamento correto

Publicado

⠀em

 

Dando sequência à Série Mustad com o passo a passo de um bom ferrageamento, nesta segunda reportagem você vai aprender como tirar a ferradura corretamente do cavalo. Antes de mais nada vale lembrar que na primeira matéria da série o médico veterinário e ferrador Luiz Gustavo Tenório falou sobre a importância de avaliar o cavalo antes do processo do ferrageamento.

LEIA TAMBÉM

Agora é a vez do ferrador profissional Danilo Gabrilaitis explicar o próximo passo: como tirar a ferradura corretamente. De antemão, o profissional frisa a importância de sacar (como é popularmente falado) da forma certa a ferradura a fim de se evitar rachaduras, trincos ou até mesmo a retirada de pedaços do casco. “Porque depois para recuperar um casco danificado fica muito complicado”.

Existem, portanto, quatro formas de desarrebitar os cravos da ferradura. A primeira delas é usando o tripé para ferrageamento. “Não se esqueça de deixar o cavalo bem relaxado, nem muito para frente nem muito embaixo, numa linha confortável, para fixar o casco no tripé”, frisa Danilo.

Na sequência, com a ajuda de um martelinho e um machadinho bater nos cravos fixados no casco a fim de desarrebitá-los. “Outra ferramenta utilizada neste trabalho é a grosa, para cortar o arrebite do cravo, no lugar de erguer. Usa-se a parte fina da grosa para cortar o arrebite do cravo e não a grossa, porque aí pode danificar a parede do casco. Daí é só ir passando a grosa de lado, com muita calma, que os cravos vão se soltando”.

A segunda forma para sacar a ferradura também é com a machadinha, mas sem o tripé de ferragemento. Neste ponto, Danilo orienta ao profissional usar os joelhos para apoiar o casco entre as pernas e com a machadinha bater levemente em cada um dos cravos até eles se soltarem totalmente.

Uma das formas de sacar a ferradura é usando o tripé de apoio – Foto: Divulgação/Mustad

Alternativas sem impacto

A terceira maneira de tirar a ferradura corretamente é com o bico de papagaio, também conhecido como saca-cravo. “Em casos do cavalo ter uma broca, laminite, que sinta alguma dor no casco, é legal usar essa ferramenta porque não causa nenhum tipo de impacto na parede do casco. Ou seja, incomoda menos. Daí é só puxar facilmente cada cravo com a ferramenta”, explica o ferrador profissional.

Por fim, a última maneira de sacar a ferradura é com o uso de uma torquesa (ferramenta que tem uma boca mais larga). “Sempre começo pelo último cravo, daí fecho a ferramenta embaixo da ferradura, que já vai se mover automaticamente, e faço uma alavanca para frente, que é o suficiente para erguer os cravos. Faço a mesma coisa do outro lado, antes de ir para o meio do casco para não danificar a parede”.

Vale frisar que na hora de remover os primeiros cravos (que estão no centro), Danilo costuma fazer um movimento para frente e um pouco para dentro com a torquesa encaixada na ferradura. “Assim, os cravos ficam soltos e é só retirar cada um deles para dar sequência no processo de ferrageamento”, acrescenta.

A torquesa é uma boa pedida para sacar a ferradura sem impacto – Foto: Divulgação/Mustad

Considerações finais

“Por fim, lembre-se: é importante ir alternando sempre os lados na hora de retirar os cravos, independentemente da técnica que for usar. Sempre com cuidado, que seja algo confortável para o cavalo. Sem ficar fazendo muita alavanca, de uma forma muito bruta. Porque isso pode danificar a estrutura em si do casco e também danificar ligamentos, bem como articulações. Tem que ter cuidado para não causar nenhum tipo de problema para o casco do cavalo”, finaliza o ferrador.

Na próxima reportagem especial da Série Mustad, você vai aprender a técnica do ferrageamento por completo. Afinal, o casco cresce e precisa ser cortado, desbastado e corrigido. Não perca!

Facebook: Mustad Brasil Instagram: @mustadbrasil

Por Natália de Oliveira
Crédito da foto: Divulgação/Mustad

Veja mais notícias da Mustad no portal Cavalus

Ranch Sorting

Com convite de Wesley Safadão, I Etapa do Campeonato Alagoano de Ranch Sorting promete agitar a Arena CPMF

De acordo com a organização, evento terá momentos inesquecíveis para os competidores e criadores

Publicado

⠀em

Com convite de Wesley Safadão, I Etapa do Campeonato Alagoano de Ranch Sorting promete agitar a Arena CPMF

Nos próximos dias 1 e 2 de março, a cidade de Pilar se tornará o epicentro das emoções equestres com a realização da I Etapa do Campeonato Alagoano de Ranch Sorting. O evento, que promete reunir apaixonados por cavalos e competições equestres, será sediado na renomada Arena CPMF e contará com a chancela oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM).

Campeonato Alagoano de Ranch Sorting

Promovida pelo Núcleo Equestre Alagoano de Ranch Sorting, a competição tem como objetivo principal celebrar a tradição e a habilidade dos competidores em separar e conduzir gado em alta velocidade, demonstrando técnica, destreza e trabalho em equipe. O Campeonato Alagoano de Ranch Sorting 2024 será composto de 6 etapas, e inclui etapas na ExpoGenética e na ExpoAgro de Maceió, além de uma etapa em Barra de São Miguel.

A expectativa em torno do evento é alta, não apenas entre os participantes, mas também entre personalidades conhecidas. Um exemplo disso é o cantor Wesley Safadão, que não poupou esforços para demonstrar seu apoio à competição, gravando um vídeo convidando entusiastas e curiosos a se juntarem à festa equestre.

Com uma programação repleta de adrenalina e emoção, a I Etapa do Campeonato Alagoano de Ranch Sorting promete oferecer momentos inesquecíveis para os espectadores, além de desafios eletrizantes para os competidores. Os melhores conjuntos serão premiados, reconhecendo não apenas sua habilidade individual, mas também sua sintonia como equipe.

Por Divulgação/Assessoria de Imprensa
Fotos: Divulgação/Assessoria de Imprensa

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

15º Grand Prix Haras Raphaela promete agitar o cenário equestre nacional com premiação milionária

Competição, que acontece de 02 a 07 de março em Tietê (SP), distribuirá mais de R$ 1 milhão em prêmios entre os destaques de 23 categorias diferentes

Publicado

⠀em

15º Grand Prix Haras Raphaela promete agitar o cenário equestre nacional com premiação milionária

O Complexo do Haras Raphaela, localizado em Tietê (SP), será palco da 15ª edição do Grand Prix Haras Raphaela, um dos eventos mais aguardados pelos amantes dos Três Tambores. Com uma premiação total de R$1.150.000,00, distribuídos entre os destaques de 23 categorias distintas, a competição promete movimentar o cenário equestre nacional.

Segundo Rose e Dirley Rugolo, proprietários do Haras Raphaela, o Grand Prix já se consolidou como um marco no calendário esportivo do país. Nas 14 edições anteriores, foram contabilizadas cerca de 45 mil inscrições e distribuídos mais de R$ 8.826 milhões em premiações. “Se já contarmos com a 15ª, o valor chega a quase R$ 10 milhões”.

Ainda segundo o casal, desde que se consolidou no mercado, a competição trouxe muitas novidades ao setor, sendo o pontapé inicial oficial da temporada. “O Grand Prix Haras Raphaela é mais do que uma competição, é um evento que reúne apaixonados pelo mundo equestre de todas as regiões do Brasil. É o pontapé inicial oficial da temporada das grandes provas de Três tambores, e muitas vezes define o rumo do esporte para o ano”, destacam Rose e Dirley Rugolo.

Divulgação/Batata Bueno

História do Grand Prix

O evento tem suas raízes na paixão da família Rugolo pelos cavalos. Desde as cavalgadas com as filhas Carol e Louise, até a descoberta da modalidade dos três tambores, o amor pelos equinos sempre esteve presente na vida de Rose e Dirley Rugolo. Em 2007, buscando um local adequado para criar e treinar seus animais, a família adquiriu o Haras Raphaela, batizado em homenagem à primogênita do casal, que faleceu precocemente.

Como parte da inauguração do Haras, surgiu o Grand Prix Haras Raphaela, que se tornou uma referência no esporte de Três Tambores no Brasil. Com premiações atrativas e uma estrutura impecável, o evento não apenas atende aos competidores, mas também preza pelo bem-estar dos cavalos, uma prioridade para a família Rugolo.

“Para esta edição, estamos preparando uma estrutura ainda melhor, com praça de alimentação completa, premiações especiais e ampliação das instalações. Teremos também um leilão especial com o que há de melhor em nosso criatório”, finaliza o casal de proprietários do Haras Raphaela.

Inscrições ainda estão abertas

Os interessados em participar, ainda podem se inscrever pelo site www.sgpsistema.com. A prova, homologada pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), também receberá uma etapa do Circuito ANCAF do Cavalo Árabe, proporcionando uma experiência completa aos amantes do Três Tambores.

Para mais informações, basta entrar em contato com: Flávia Cajé pelo telefone (15) 99696-8822 ou demais informações sobre evento com Roberto Ulhoa no (15) 998448822.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Foto de chamada: Divulgação/Haras Raphaela

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Corrida

Simba Fantastic STM vence GP WA Futurity no retorno dos páreos do Jockey Club de Sorocaba

Durante o fim de semana, o hipódromo recebeu 10 páreos que marcaram o início da temporada 2024 de Corridas

Publicado

⠀em

Simba Fantastic STM vence GP WA Futurity no retorna dos páreos do Jockey Club de Sorocaba

Um fim de semana bem agitado marcou o início da temporada 2024 de Corridas do Jockey Club de Sorocaba. No total, foram 10 páreos disputados no hipódromo que retornou com as competições neste último fim de semana de fevereiro.

Disputas Jockey Club de Sorocaba

No sábado (24), o JCS foi palco das classificatórias do Grande Prêmio WA Futurity, que foram divididas em quatro páreos e das classificatórias do GP Speed Derby. Encerrando o sábado no hipódromo, foi a vez do Páreo Especial Sylvio Wagih Abdalla.

Nesta última disputa, a campeã foi Brilliant Angel HFSJ. De propriedade de Nana Perotto, a égua de pelagem alazão tostado, foi conduzida pelo jóquei V Lima, que venceu a prova nos 301 metros, com bolsa de R$ 20 mil com 16s669.

Já no domingo (25), foi a vez das finais movimentar o Jockey Club de Sorocaba. No primeiro páreo, foi a disputa pelo prêmio Consolação WA Futurity, uma prova de 301 metros onde o vencedor foi Streakin For Six PK. O alazão conduzido por C Medina conquistou o primeiro lugar com 16s671.

No segundo páreo ocorreu a disputa da Final do GP Speed Derby, prova nos 301 metros com dotação de R$ 100 mil ao vencedor e R$ 20 mil ao segundo colocado. Dessa vez, quem levou a melhor foi o tordilho Meteoro Senator HF. De propriedade do Stud GPI, o cavalo foi conduzido por V A Barros, com quem conquistou a prova em 16s434.

Por último, mas não menos importante, fechando as disputas do fim de semana no Jockey Club de Sorocaba, foi a vez da grande final do Grande Prêmio WA Futurity. E nessa disputa, Simba Fantastic STM foi o grande campeão.

Filho de Fantastic Corona e Unique Granite, o tordilho, que é de propriedade do Haras Rio Iguassu, foi conduzido pelo jóquei B C Oliveira, com quem levou a melhor na prova de 301 metros com dotação de R$ 200 mil ao vencedor. A dupla conquistou o topo mais alto do pódio com 16s486.

Por Heloísa Alves/Portal Cavalus
Fotos: Divulgação/Jockey Club de Sorocaba

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Hipismo

Tudo pronto para o primeiro Internacional e Nacional de Adestramento do ano na SHP

A série Internacional (Big Tour) é válida como qualificativa olímpica e, pela primeira vez, Cavalos Novos também competem no Internacional, visando qualificação para o Mundial da categoria

Publicado

⠀em

Tudo pronto para o primeiro Internacional e Nacional de Adestramento do ano na SHP

Começou nesta sexta-feira, 23, e segue até domingo, 25/2, o 1º Internacional e Nacional de Adestramento da temporada na Sociedade Hípica Paulista. Estão frente ao julgamento da série Internacional com chamada de 3*,2* e 1* os juízes Claudia Mesquita, presidente, Natasha Waddell, Marcio Camargo, todos do Brasil, o argentino Cesar Lopardo, Omar Zayrik do México, e o renomado francês Jean-Michel Roudier, juíz olímpico 5*. A série Nacional tem o mesmo quadro de juízes complementado em esquema de rodízio com Lindinha Macedo e André Ganc.

Internacional e Nacional de Adestramento

Uma das novidades na temporada 2024 é que as séries para Cavalos Novos, antes realizadas junto à programação nacional, passam a fazer parte da série Internacional, visando a possibilidade de qualificação para o Mundial de Cavalos Novos de 5, 6 e 7 anos promovido a cada ano. Confira as regras de qualificação

Largam na série Big Tour (GP e GP Special) Victor Trielli Avila, campeão brasileiro senior top 2023, medalha de prata e ouro por equipes no Sul-americano 2022, entre outros títulos, com Gabarito HI. Também estará a postos Fernando Alencar Nunes Rolim com El Sent Global Equus.

Na Small Tour (St Georges e Intermediate I) largaram Sergio Fiori e Milord AMM, Jeferson Rodrigo Avila com Goya Crystal, Victor Trielli Avila e Lobo da Sasa JE, Frederico Correa Mandrot com Maraja da Sasa JE e Carlos Vicente Pereira Cardoso montando Maraja da Sasa JE. Enquanto o cavaleiro português Cesar Marques compete no Internacional de Cavalos Novos montando Sotw Oxidado do Castanheiro (6 anos) e Cesar Marques montando Nagoh Cap OA (7 anos). Já a jovem amazona Charlotte Hering Germsheid com Handicap da Sasa larga no Internacional para Juniores.

Regras de qualificação para Paris 2024

Após não qualificar três conjuntos com o mínimo de dois índices técnicos para manter a vaga por equipes conquistada no Pan 2023, o Brasil passou a ter direito a um representante individual em Paris 2024 será definido pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) até o dia 15 de junho. Todos os participantes devem obrigatoriamente competir em um mínimo de dois concursos Internacionais de Adestramento (CDIs) completos (3*/4*/5*) durante o período de seleção.

Nestes CDIs é necessário que o conjunto se apresente tanto no Grande Prêmio (GP) quanto no Grande Prêmio Especial (GPS). A média dos percentuais finais obtidos nestas provas será considerada para cada CDI.

Além de no mínimo dois concursos, o conjunto terá a opção de participar, no mesmo período, de outros CDIs (3*/4*/5*/ W), onde poderá escolher entre se apresentar no GP e no GPS ou no GP e no Grande Prêmio Freestyle (GPF). No caso de GP e GPs será considerado o resultado final do GP em pontos percentuais.

O processo de seleção ocorre no período de 1 de janeiro de 2024 a 3 de junho de 2024. Todos os cavalos participantes estão sujeitos a avaliação veterinária realizada por um veterinário designado pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH).
Tendo sido cumpridas as exigências serão selecionados 3 conjuntos para uma “short list”.

O conjunto que representará o Brasil nos Jogos Olímpico de Paris será definido pela comissão técnica da CBH auxiliada pelos atletas do adestramento da comissão de atletas eleita. Esse nome deve ser divulgado até dia 15 de junho.

Ordens de Entrada e Resultados e Transmissão ao vivo

Por Divulgação/Assessoria de Imprensa
Fotos: Divulgação/Carola May

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Hipismo

João Victor Marcari Oliva registra índice olímpico na estreia na temporada em Cascais

Na largada para Paris 2024, o conjunto medalha de prata individual e por equipe no Hipismo Adestramento no Pan-americano de Santiago 2023, João Victor Marcari Oliva/Feel Good V.O, vem mostrando ótimo desempenho em pista

Publicado

⠀em

João Victor Marcari Oliva registra índice olímpico na estreia na temporada em Cascais

Decidido a participar pela terceira vez de uma Olimpíada, João Victor Marcari Oliva, de 28 anos, radicado na Europa, começou com bons resultados a fase de competições válidas como processo seletivo para obtenção do Índice Mínimo de Elegibilidade (MER, na versão em inglês) para os Jogos de Paris 2024.

No primeiro Concurso de Dressage Internacional da temporada, o CDI3* de Cascais, em Portugal, realizado em dois fins de semana de fevereiro – entre 9 e 11 e de 16 a 18 – João Victor Oliva montando o warmblood Feel Good V.O venceu três das quatro provas que participou, atingindo o MER nos dois Grand Prix, a prova válida para obtenção do índice estabelecido pela Federação Equestre Internacional (FEI) que é de 67% de nota média final e com um juíz FEI5*.

João Victor Marcari Oliva

No primeiro GP, dia 9, a dupla atingiu 67.674% de nota média final e 68.370% com o juiz FEI5* Leif Tornblad, da Dinamarca, ocupando o 5º lugar entre os 22 competidores de oito países. No dia seguinte, no GP Special a nota subiu para 69.723% e o cavaleiro conquistou sua primeira vitória na temporada. No fim de semana seguinte, a dupla registrou novo índice e vitória nas duas provas: no Grand Prix, dia 16, com participação de 18 conjuntos de sete países, atingiu 69,891% de nota média final e 70.326% com o juiz FEI5* Magnus Ringmark, da Suécia, e 70.766% no GP Special.

“No primeiro fim de semana não fiquei contente com o resultado: o tempo estava ruim e a ventania atrapalhou o Feel Good, então resolvi competir na semana seguinte, e aproveitei o intervalo entre as competições para corrigir alguns erros. Deu tudo certo e terminamos com mais duas vitórias. Estou muito feliz com os resultados, mas precisamos melhorar para buscar a vaga para Paris”, comentou o cavaleiro que estreou em Olimpíadas nos Jogos do Rio 2016 e foi o único representante do país em Tóquio 2021.

Diferente das outras duas modalidades hípicas, Salto e Concurso Completo que terão equipes na pista dos jardins do Palácio de Versalhes, palco do Hipismo nos Jogos de Paris, no Adestramento (Dressage) o Brasil só terá um representante depois de perde a vaga por equipe por não cumprir a exigência de ter três conjuntos com índices até 31/12/2023, prazo estipulado pela FEI.

João Victor Oliva, que já tinha índices com Feel Good e Escorial Campline – seu parceiro em Tóquio – decidiu buscar a vaga com Feel Good não só pelos resultados que vem obtendo, como as pratas em Santiago, mas também pelo entrosamento dos dois. Foi João Victor quem domou Feel Good desde potrinho. Estrearam em pista em 2018 em concursos nacionais em Portugal, e em internacionais em terras lusas em 2020.

Além de João Victor Marcari Oliva, outros atletas também buscam índices e o sonho de representar o Brasil em uma Olimpíada. Um destes candidatos é Renderson Oliveira – que foi cavalariço de João Victor – e hoje é parceiro na equipe da Horse Campline e no pódio no Pan de Santiago. No Brasil, outros candidados estarão competindo em CDIs programados pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). O processo seletivo estabelecido pela CBH começou em janeiro e segue até o dia 3 de junho.

Por Divulgação/Assessoria de imprensa CBH
Fotos: Divulgação/Rui Pedro Godinho

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Analu de Geus e Helena Zerbinato vencem Etapa Bônus da ANTT na Prova ZD&EK

Em setembro de 2023 a ANTT deu início a sua 21ª temporada consecutiva, um marco nas arenas e pistas brasileiras, sendo o campeonato mais antigo em atividade e mais duradouro da história dos Rodeios no Brasil

Publicado

⠀em

Analu de Geus e Helena Zerbinato vencem Etapa Bônus da ANTT na Prova ZD&EK

No último fim de semana a ANTT – Associação Nacional dos Três Tambores, mais uma vez marcou presença no Show de Três Tambores ZD & EK onde realizou uma Etapa Bônus do Circuito RAM ANTT. A prova que foi realizada na Pista Coberta do Parque Ney Braga em Londrina (PR) é uma das maiores e mais tradicionais do calendário equestre nacional.

Este foi o quarto ano consecutivo em que a ANTT realizou uma Etapa Bônus no evento, marcando mais um capítulo desta parceria de sucesso. Comemorando sua 16ª edição com grande sucesso, a prova é a união de duas das marcas mais famosas do mercado equestre nacional, a ZD de Marília (SP) e a EK de Umuarama (PR).

“Por mais um ano estivemos presentes no Show de Três Tambores ZD & EK, o que é sempre motivo de muita honra para a ANTT. Em nome da nossa diretoria quero agradecer a todas as competidoras que fizeram parte da Etapa Bônus, seus treinadores e familiares, e um agradecimento especial também ao Sr. Paulo Dedemo, ao Eduardo Kucinski, toda a equipe do ZD e do EK, e a Letícia do Valle pela parceria e confiança em receber a ANTT mais uma vez no evento,” disse a presidente da ANTT, Graziella Agnes.

A Etapa Bônus foi mais uma oportunidade das competidoras pontuarem no Circuito RAM ANTT nas categorias Feminino e Mirim e devido ao nível geral das competições do evento a etapa mais uma vez superou as expectativas, reunindo os principais conjuntos da atualidade em ambas as categorias, o que resultou em uma disputa acirrada do início ao fim.

Pela Categoria Feminino o título da Etapa Bônus foi de Analu de Geus, que conquistou sua primeira vitória pela ANTT. Em conjunto com Trinity Gray a competidora concluiu a prova em 17,189 segundos para assegurar o primeiro lugar e escrever seu nome na galeria de campeãs do Circuito RAM ANTT.

O segundo lugar ficou com Leila Marisa de Oliveira, que fez conjunto com Queen N Dash HSJR para marcar o tempo de 17,276 segundos. Ela foi seguida por Rafaela Slaviero que garantiu a terceira colocação com Django Red Agae e Kelly Caroline que foi a quarta colocada montando Shes Famous Bug KLF, enquanto Simone Zamora Cunha completou o pódio da Categoria Feminino na quinta colocação com Luna Easy Fame.

Na Categoria Mirim, a pequena estrela Helena Zerbinato venceu pela segunda semana consecutiva, depois de também ter conquistado o título no ANTT Barrel Show dias antes. Marcando o tempo de 17,701 segundos em conjunto com MJS Blonde Ta Fame, a jovem estrela da ANTT conquistou sua terceira fivela na temporada e se mantém como uma das principais candidatas ao título nacional da categoria.

A segunda colocada da categoria exclusiva para competidoras de até 11 anos foi Luísa Gonçalves que fez conjunto com Poco More e concluiu a prova em 17,957 segundos. Completaram o pódio da Categoria Mirim, Alice Cruz Camargo com Vivi Zorrero, em terceiro lugar, Bianca Tessi com Calana Líder ID na quarta colocação e Maria Luiza Blásio com Sheza Olena Question que terminou na quinta colocação.

Circuito RAM ANTT – Etapa Bônus Prova ZD&EK

Classificação Final – Categoria Feminino

1 – Analu de Geus – Trinity Gray – 17s189

2 – Leila Marisa de Oliveira – Queen N Dash HSJR – 17s276

3 – Rafaela Slaviero – Django Red Agae – 17s293

4 – Kelly Caroline – Shes Famous Bug KLF – 17s373

5 – Simone Zamora Cunha – Luna Easy Fame – 17s396

6 – Ana Vitória Benis – Chick Bullion Bryan – 17s440

7 – Bárbara Menezes Moura – Frenchmans Cartel – 17s452

8 – Mayana Muniz – Ivis Ta Fame HR – 17s624

9 – Letícia do Valle – Memes Fame EK – 17s875

10 – Livia Alves – Hot N Victory – 18s267

 

Circuito RAM ANTT – Etapa Bônus Prova ZD&EK

Classificação Final – Categoria Mirim

1 – Helena Zerbinato – MJS Blonde Ta Fame – 17s701

2 – Luísa Gonçalves – Poco More – 17s957

3 – Alice Cruz Camargo – Vivi Zorrero – 18s201

4 – Bianca Tessi – Calana Líder ID – 18s331

5 – Maria Luiza Blásio – Sheza Olena Question – 18s412

PRÓXIMAS ETAPAS

Dando continuidade a Temporada 2024 o Circuito RAM ANTT realiza mais uma Etapa Bônus no BAURU TAMBOR FEST em Bauru (SP), que acontece de 22 a 24 de fevereiro. As inscrições e reservas de baias já estão disponíveis no SGP Sistema, e todas as informações estão no site oficial e nas redes sociais da ANTT. Em seguida serão realizadas etapas no GRAND PRIX HARAS RAPHAELA (Etapa Bônus) de 03 a 10 de março e na FESTA DO PEÃO DE COLORADO em Colorado (PR) de 22 a 24 de março. As informações de todas as etapas estão disponíveis nas redes sociais da ANTT ou através dos contatos.

Por Divulgação/Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação/Hugo Lemes

Leia mais notícias aqui.

 

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

Competidora de Três Tambores fecha parceria com plataforma de apostas e vislumbra novo horizonte

Carol Rugolo, do Haras Raphaela, se associa à Bet VIP para explorar novas oportunidades no mundo do Três Tambores

Publicado

⠀em

Competidora de Três Tambores fecha parceria com plataforma de apostas e vislumbra novo horizonte

A competidora Caroline Rugolo, do renomado Haras Raphaela, está pronta para desbravar novos horizontes a partir da parceria estratégica com a Bet VIP, uma plataforma de apostas que já é amplamente utilizada na Vaquejada e agora está ingressando no universo dos Três Tambores. A empresa está direcionando seus esforços para selecionar alguns competidores de destaque do mundo do tambor, sendo Carol uma das escolhidas.

“Fiquei muito lisonjeada pelo convite. A Bet VIP chega para somar em nosso esporte. Sem dúvidas, essa parceria levará o esporte a outro patamar. Estou muito empolgada”, comemorou a competidora, conhecida carinhosamente como Carol Rugolo.

Carol Rugolo – Competidora Haras Raphaela

A atleta do Haras Raphaela, que fica localizado em Tietê (SP), enfatiza que a Bet VIP é uma plataforma versátil que abrange diversas modalidades esportivas. “Nos Três Tambores, não será diferente. A plataforma está preparando uma série de possibilidades. Embora haja uma seleção de provas, muitas novidades estão por vir”.

Com essa parceria promissora, a Bet VIP entra com força no mundo dos Três Tambores, trazendo consigo novas perspectivas e oportunidades para os competidores e aficionados pelo esporte. “Fazer parte desse time me deixa muito empolgada. Eu testemunhei o crescimento que as plataformas de apostas trouxeram para outros esportes. O verdadeiro legado será o crescimento e desenvolvimento contínuo do esporte”, conclui Carol.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Divulgação/Rodrigo Monteiro

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Ranch Sorting

Feira de Santana vai sediar prova oficializada ABQM durante a II Etapa do Campeonato Baiano de Ranch Sorting 2024

Premiação final ultrapassa os R$ 50 mil, demonstrando o compromisso e investimento na modalidade

Publicado

⠀em

Feira de Santana vai sediar prova oficializada ABQM durante a II Etapa do Campeonato Baiano de Ranch Sorting 2024

Feira de Santana se prepara para sediar a emocionante segunda etapa do Campeonato Baiano de Ranch Sorting 2024, que será realizada no Rancho NV nos dias 8 e 9 de março. Este evento promete reunir os melhores competidores da região em uma disputa acirrada e repleta de adrenalina.

Campeonato Baiano de Ranch Sorting

Uma das novidades desta etapa é a inclusão de uma prova oficializada pela ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha) nas categorias Aberta, Master e 19+, adicionando ainda mais prestígio e competitividade ao evento.

Para os amantes do esporte equestre que não puderem comparecer pessoalmente, a boa notícia é que a competição será transmitida ao vivo no YouTube, através do canal Agenda do Cavalo, proporcionando aos espectadores uma experiência emocionante e imersiva, acompanhando cada lance e estratégia dos competidores.

Com a expectativa de receber mais de 50 competidores, entre homens e mulheres, vindos de diversas cidades da Bahia, a II Etapa do Campeonato Baiano promete ser um verdadeiro espetáculo de habilidade e destreza. Os competidores irão demonstrar todo o seu talento e técnica na arte de apartar o gado em alta, em meio a uma atmosfera de pura emoção.

O Campeonato Baiano de Ranch Sorting é composto por um total de 8 etapas, sendo esta a segunda delas. Além da glória esportiva, os competidores também terão a oportunidade de disputar uma premiação final que ultrapassa os R$50 mil, demonstrando o compromisso e investimento da organização em reconhecer o talento e dedicação dos participantes.

Por Divulgação/Assessoria de Imprensa
Fotos: Divulgação/Assessoria de Imprensa

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Três Tambores & Seis Balizas

ANTT Barrel Show: Edição especial de cinco anos teve grande sucesso

Considerado o evento destaque da temporada, o ANTT Barrel Show recebeu a elite dos Três Tambores durante três dias de disputas emocionantes no Haras Raphaela

Publicado

⠀em

ANTT Barrel Show Edição especial de cinco anos teve grande sucesso

Comemorando cinco anos de história, de 08 a 10 de fevereiro aconteceu mais uma edição do ANTT Barrel Show, o evento conceito da ANTT – Associação Nacional dos Três Tambores. A quinta edição da prova foi realizada novamente no Haras Raphaela, o maior complexo de competições equestres das América Latina e reuniu a elite da modalidade Três Tambores no fim de semana do carnaval.

“O ANTT Barrel Show é o nosso evento de destaque na temporada e por isso trabalhamos durante meses para realiza-lo da melhor maneira possível. Estamos muito felizes que depois de tanto esforço e dedicação conseguimos realizar mais uma edição com grande sucesso para comemorar os cinco anos da prova. Em nome de toda a diretoria da ANTT, agradeço a todos que participaram e ajudaram de alguma forma a realizar o ANTT Barrel Show 2024,” declarou a presidente da ANTT, Graziella Agnes.

Mais uma vez o ANTT Barrel Show ultrapassou a marca de R$ 150 mil em premiação e superou o total de 1500 inscrições nas 22 categorias realizadas, que envolveram as mais diversas idades e graduações da modalidade. As competições de todas as categorias foram transmitidas ao vivo e na integra pelo Canal Estrelas da ANTT no YouTube, mais uma vez registrando recorde de visualizações.

A presidente da ANTT agradece aos competidores, treinadores, proprietários de animais e familiares que mais uma vez foram parte fundamental do ANTT Barrel Show, em especial aos patrocinadores, parceiros, equipe de trabalho, fãs e demais colaboradores que tornaram possível o sucesso do evento. Ela também agradece a Graziela Mendonça, Paula de Camargo, Letícia do Valle, Rafaela Slaviero e toda a diretoria da ANTT pelo empenho na realização da quinta edição do evento.

Complementando ela agradece especialmente a família Rugolo, ao Filipe Fedozzi e toda a equipe do Haras Raphaela pelo suporte e parceria em mais uma edição do ANTT Barrel Show e a todo staff que ajudou a realizar o evento, incluindo a apresentadora Aline Lima, o médico veterinário Dr. César Fabiano Vilela, o juiz oficial Miguel Alves, o locutor Daniel Netto e sua equipe, a videomaker Ana Carolina Simonato, o fotografo Marcos Stevanelli, ao Zóio e Agmar Cunha responsável pelo preparo de pista, a equipe de manejo, as Agências PrimeComm e Farol Lab, a JK Produções (sistema de imagens e transmissão) e aos patrocinadores e expositores que prestigiaram o ANTT Barrel Show.

Keila Mendonça e Helena Zerbinato vencem etapa do Circuito RAM ANTT

Como nas outras quatro edições anteriores, o ANTT Barrel Show 2024 se destacou pelo alto nível das competições em todas as categorias. Além das categorias oficiais com animais e competidores das mais variadas idades, o evento contou com uma etapa do Circuito RAM ANTT, valendo pontos para o ranking Feminino e Mirim.

As duas categorias tiveram uma classificatória na sexta-feira, com as cinco melhores competidoras da Categoria Mirim e as 10 melhores da Categoria Feminino se classificando para a Final no sábado. As Finais são o momento mais esperado do ANTT Barrel Show e traz um conceito implementado desde a primeira edição, com apresentação e locução no estilo Rodeio, levando toda a emoção das arenas para a pista.

Marcando o melhor tempo da Final, Keila Mendonça conquistou o título da Categoria Feminino em conjunto com Coldy Miracle MAV, saindo da terceira colocação para vencer mais uma vez nesta temporada. A competidora que também venceu a abertura da temporada no Jaguariúna Rodeo Festival totalizou 33,447 segundos nas duas apresentações no ANTT Barrel Show e se mantém entre as primeiras colocadas do ranking do Circuito RAM ANTT.

A segunda colocação na categoria foi de Caroline Nogueira em conjunto com EF Zuma Brown, após totalizar 33,728 segundos na prova. Ela foi seguida por Maiara Oliveira Alves com JJ King Tux B2B, na terceira colocação, Mayana Muniz com Ivis Ta Fame HR, na quarta colocação e Caroline Rugolo com Daslu Show, que completou o pódio na quinta colocação.

Entre as pequenas estrelas da Categoria Mirim a vitória foi de Helena Zerbinato, que também conquistou sua segunda fivela na temporada depois de manter a regularidade na prova. Em conjunto com MJS Blonde Ta Fame a pequena estrela da ANTT completou a passada final com o tempo de 17,063 segundos para sair da quarta colocação e terminar no lugar mais alto do pódio.

Completando o Top 5 da Categoria Mirim, Maria Eduarda Simões garantiu o segundo lugar com Prime Holland Fly, enquanto Natália Ribeiro Freire foi a terceira colocada com Little Potato Red. A quarta colocada da categoria foi Lívia Alves em conjunto com Hot N Victory, seguida de Alice Camargo que ficou em quinto lugar com Muchacho Corona.

O resultado completo está disponível em www.sgpsistema.com

Por Divulgação/Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação/Marcos Stevanelli

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo

Team Penning

Campeonato Baiano de Team Penning 2024 terá transmissão ao vivo no Youtube em todas as oito etapas

Bahia vem sediando grandes competições, mostrando que os esportes equestres estão se difundindo por todo o Brasil

Publicado

⠀em

Campeonato Baiano de Team Penning 2024 terá transmissão ao vivo no Youtube em todas as oito etapas

Nos dias 15 e 16 de março, a cidade de Valente (BA), será palco da emocionante I Etapa do Campeonato Baiano de Team Penning 2024, realizada no Rancho Toca do Rato. Com a promessa de muita adrenalina e habilidade, o evento marca o início da temporada para os competidores e entusiastas do esporte.

Campeonato Baiano de Team Penning

O Campeonato Baiano de Team Penning (CBTP) é uma competição tradicional, composta por oito etapas em cidades diferentes da Bahia, proporcionando um espetáculo único em cada localidade. Valente abre as portas para receber os apaixonados por cavalos e pela arte do Team Penning, onde a destreza e a sintonia entre cavaleiros e seus equinos são postas à prova.

Com duas categorias em disputa, a competição oferece opções para diferentes níveis de habilidade e experiência. A categoria Integração, onde os trios de competidores são escolhidos por sorteio, promove uma atmosfera de camaradagem e imprevisibilidade, enquanto a categoria Aberta permite que os trios sejam formados previamente, elevando o nível de estratégia e preparação.

Além disso, durante as etapas do campeonato, os espectadores poderão testemunhar a emoção da GP Integral Mix, uma competição exclusiva para cavalos registrados. Esses animais de excepcional habilidade atlética acrescentam ainda mais energia e competitividade ao evento, proporcionando momentos de pura emoção para os presentes.

Gabriel Marques, presidente do CBTP, expressa sua expectativa para a primeira etapa: “Estamos muito animados para o início desta jornada. O Team Penning é um esporte que envolve paixão, técnica e trabalho em equipe, e tenho certeza de que veremos performances incríveis durante toda a competição. Este ano promete ser ainda mais especial, com a transmissão ao vivo de todas as etapas através do canal no Youtube Agenda do Cavalo, levando a emoção do evento para um público ainda maior”.

Por Divulgação/Assessoria de Imprensa
Fotos: Divulgação/Assessoria de Imprensa

Leia mais notícias aqui.

Continue lendo