Appaloosa

HR Butter Exocett é a Appaloosa mais rápida do Brasil

A égua bateu o recorde do pai nos Três Tambores, Cutter Exocett, ao ser conduzida pela jovem competidora Letícia Delospital: 16s958

Publicado

⠀em

Um exemplar da raça Appaloosa entrou na casa dos 16 segundos nos Três Tambores e, ainda, em uma das pistas mais cobiçadas pelo cavalo Quarto de Milha. Trata-se da égua HR Butter Exocett, que, ao ser conduzida pela jovem competidora Letícia Delospital, chegou a marca dos 16s958, se tornando, portanto, a Appaloosa mais rápida do Brasil.

O feito aconteceu na categoria Jovem B do 2° VS Festival Indoor, realizado em dezembro do ano passado, no Haras Raphaela, em Tietê/SP. Antes de mais nada vale frisar que HR Butter Exocett é filha do garanhão da raça mais premiado de todos os tempos, Cutter Exocett. Ele, inclusive, era o detentor até então do recorde de tempo do Appaloosa nos Três Tambores: 17s070.

Em entrevista ao portal Cavalus, Letícia Delospital, de 12 anos, contou que forma conjunto com a Butter, como carinhosamente a chama, desde 2018. De lá, pra cá a dupla já soma mais de 100 tempos na casa dos 17 segundos.

Mesmo assim, elaa garante que não esperava que fosse chegar na marca dos 16. “É um sonho realizado ter ela. Onde vamos correr, ela me coloca no pódio. Sou muito feliz com ela. Não esperava que ela fosse fazer tempo nessa casa. Agora é treinar muito e buscar sempre o nosso melhor”, desabafa a competidora que acumula títulos com a Butter em provas como de Barretos, do Rancho Mariana e no Rodeio de Leme.

HR Butter é a Appaloosa mais rápida do Brasil – Foto: Arquivo Pessoal

Formação do conjunto

Letícia corre desde os 7 anos de idade nos Três Tambores. Anteriormente, montava em um exemplar da raça Quarto de Milha, mas que não chegou a formar conjunto. Era apenas um cavalo professor. Foi aí que ela começou a busca por um animal fiel para a sua idade e se deparou com a HR Butter Exocett, em 2018.

“Ela era da filha do meu treinador, mas ela não tinha tempo de montar na Butter. Sabíamos que a égua era um pouco forte para mim, porque o animal que eu corria, na época, era um animal de tempos mais altos. E o menor tempo da Butter, antes de eu começar a correr com ela, era 18s200. Mas daí compramos ela pensando em chegar nesse tempo na casa dos 18 segundos”. 

Contudo, logo nas primeiras provas Letícia e Butter já conseguiram chegar na marca de 18s200. “Ficamos muito felizes até que meses depois dei o meu primeiro 17 segundos e, a partir desse momento, ela nunca mais parou de dar 17. Alguns 17 baixo, mas nunca um 16 esse foi o primeiro tornando- a, assim, a Appallosa mais rápida do Brasil”, finaliza.

Por Natália de Oliveira
Crédito das fotos: Arquivo Pessoal/Letícia Delospital

Veja mais notícias sobre o cavalo Appaloosa no portal Cavalus

WordPress Ads
WordPress Ads