Crioulo

Núcleos se preparam para realização de Exposições Passaportes da raça Crioula

ABCCC divulga que serão 18 seletivas em sete Estados e eventos seguirão protocolos sanitários já estabelecidos e que tiveram êxito

Publicado

⠀em

Recentemente, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) divulgou o calendário de Exposições Passaportes para o ciclo 2021. Antes de mais nada vale frisar que os eventos levam os oito melhores exemplares, quatro machos e quatro fêmeas, para a Nacional da Morfologia.

A princípio, o evento está previsto este ano para o período de 1º a 5 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS. Dessa forma, no total estão marcadas 18 seletivas em sete estados brasileiros, entre os meses de abril e julho.

De acordo com o vice-presidente de Núcleos e Expansão da ABCCC, Fellipe Boratto, os passaportes servem como incentivo para os núcleos. Haja vista que eles fazem divulgação para a raça em todos os cantos do país.

“Viemos de um ano sem passaportes, onde tínhamos uma programação que foi transferida para as prévias em Esteio. Mas para este ano a perspectiva é boa. Afinal, temos 18 passaportes agendadas para o ciclo. Destas, quatro são em regiões de fomento para a raça. Como, por exemplo, Uberaba, que foi um marco para a raça Crioula estar na mesma pista das raças zebuínas”, explica.

Boratto reforça também que as Exposições Passaportes sempre são bem vistas. Além disso, acabam proporcionando uma oportunidade para os criadores mais regionais levarem seus animais e testarem em pista. “E para os núcleos é uma oportunidade. Vejo que este ano teremos um bom número de inscritos. E os Núcleos realizarão os eventos com todos os protocolos necessários”, destaca.

Finalmente, a seleção dos locais desta temporada teve como base as cidades e os núcleos que iriam sediar as Passaportes no ciclo anterior. Isso quando não foi possível realizar as exposições neste formato devido à situação da pandemia de Covid-19.

Confira o calendário

  • Pelotas/RS (Região 1): 07 a 11/04/2021
  • Campo Grande/MS (Região 8): 10 e 11/04/2021
  • Caxias do Sul/RS (Região 6): 16 e 17/04/2021
  • Uberaba/MG (Região 8): 30/04 a 02/05/2021
  • Outonal de Esteio/RS (Região 6): 04 a 09/05/2021 (junto ao Bocal de Ouro)
  • Carazinho/RS (Região 4): 14 a 16/05/2021
  • Bagé (Região 2): 22 e 23/05/2021Uruguaiana/RS (Região 3): 28 e 29/05/2021
  • Guarapuava/PR (Região 7): 28 a 30/05/2021
  • Cuiabá/MT (Região 8): 04 e 05/06/2021
  • Encruzilhada do Sul/RS (Região 2): 05 e 06/06/2021
  • Canguçu/RS (Região 1): 11 a 13/06/2021
  • Araranguá/SC (Região 5): 11 a 13/06/2021
  • Ponta Grossa/PR (Região 7): 18 a 20/06/2021
  • Lages/SC (Região 5): 02 a 04/07/2021
  • São Borja/RS (Região 3): 09 e 10/07/2021
  • Santo Ângelo/RS (Região 3): 15 a 17/07/2021
  • Goiânia/GO (Região 8): aguardando data do município

* Datas sujeitas a alteração em razão da pandemia de Covid-19

Fonte: ABCCC
Crédito da foto: Divulgação/ABCCC/Felipe Ulbrich

Veja mais notícias do cavalo Crioulo no portal Cavalus

Crioulo

Eventos oficiais da raça Crioula são suspensos no Rio Grande do Sul

Decisão foi tomada diante do aumento do número de casos de Covid-19 e o pico de internações em leitos hospitalares, obrigando o Governo do Estado a colocar todas as regiões na fase preta

Publicado

⠀em

Crioulaço do Cavalo Crioulo - Imagem: Felipe Ulbrich

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) comunicou a suspensão de todos os eventos oficiais da raça Crioula no Estado do Rio Grande do Sul. A medida começa a valer a partir deste sábado (27) e segue até o dia 12 de março.

De acordo com a Associação, a decisão foi tomada após análise da diretoria em razão do agravamento da situação da pandemia de Covid-19 no estado. Tanto que obrigou o Governo do Rio Grande do Sul a ampliar as restrições, colocando todas regiões em bandeira preta.

Afinal, vem sendo registrado um crescimento exponencial de contágio de coronavírus no Rio Grande do Sul. Bem como há um pico de internações em leitos hospitalares. Como resultado, o houve o esgotamento de UTIs em algumas cidades.

A ABCCC salienta que a suspensão apenas segue o decreto estadual e se inicia após a vigência do mesmo marcada para o próximo sábado. Conforme, aliás, horário e divulgação feitas pelos órgãos oficiais do governo do Rio Grande do Sul.

Seguindo as medidas de segurança e prevenção necessárias para o momento e respeitando os decretos dos órgãos governamentais. A suspensão é válida tanto para atividades de organização da própria ABCCC. Além, aliás, para provas ou quaisquer atividades promovidas pelos Núcleos de Criadores vinculados à entidade, que não poderão ser realizadas neste período.

Por fim, a associação informou que seguirá acompanhando a situação de enfrentamento à pandemia. Sendo assim, qualquer atualização a respeito do calendário de atividades será divulgada sempre através das nossas mídias oficiais. 

Fonte: ABCCC
Crédito da foto: Divulgação/ABCCC/Felipe Ulbrich

Veja mais notícias do cavalo Crioulo no portal Cavalus

Continue lendo

Crioulo

Credenciadoras ao Freio de Ouro apresentam alto nível de competitividade

Seletivas anteriores às classificatórias vêm ocorrendo normalmente e apresentando disputas acirradas

Publicado

⠀em

As credenciadoras ao Freio de Ouro estão movimentando o ciclo. Afinal, as etapas antes das classificatórias da modalidade promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) já mobiliza criadores e ginetes.

Todos, aliás, em busca do título do ano, que terá sua final no último fim de semana de agosto, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). Até agora, de acordo com a ABCCC, oito credenciadoras aconteceram.

De acordo com o vice-presidente de Exposições e Provas Funcionais da ABCCC, Eduardo Suñe, as provas realizadas até o momento demonstram um nível satisfatório de competitividade. “Os núcleos que fizeram suas credenciadoras tiveram um nível bastante competitivo e alto. O que nos dá certeza de mais um ciclo para o Freio de Ouro que será muito acirrado”, salienta.

Ademais, Suñe ainda afirma que até o momento 11 credenciadoras foram confirmadas no ciclo. “Nós fizemos juntamente com a comissão de ginetes quantos animais teríamos para correr este ciclo. E ainda temos cerca de 350 animais para participar. Este número nos deixa mais tranquilos, pois pensamos que a pandemia poderia nos atrapalhar com uma redução drástica de participação”, destaca.

Por fim, o vice-presidente da ABCCC ressalta que os núcleos que quiserem realizar suas Credenciadoras ao Freio de Ouro em Esteio poderão solicitar à entidade. Isso devido às dificuldades impostas pela pandemia em suas regiões.

Afinal, em Esteio a entidade mantém protocolos sanitários aprovados e que foram bem sucedidos ao longo da última temporada. “Os ginetes podem inscrever os animais em suas credenciadoras junto aos núcleos que estão com eventos agendados”, finaliza.

Por Equipe Cavalus
Fonte: ABCCC
Crédito da foto em destaque: Divulgação/ABCCC/Fagner Almeida

Veja mais notícias do cavalo Crioulo no portal Cavalus

Continue lendo

Crioulo

Crioulo se despede de BT Delantero, um dos maiores reprodutores da raça

Aos 31 anos, BT Delanterro morreu de causas naturais na madrugada de sábado (30), de acordo com informações divulgadas pela ABCCC

Publicado

⠀em

A raça Crioula se despediu na madrugada de sábado (30) de um de seus maiores reprodutores. Trata-se do cavalo baio BT Delantero, que faleceu aos 31 anos, de causas naturais. De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), ele era considerado um dos garanhões mais longevos e bem pontuados no Registro de Mérito da raça.

Chileno puro, filho de La Invernada Hornero e El Ideal Asi Guarda, BT Delantero tem entre seus descendentes animais de peso. Dentre eles, ainda de acordo com a ABCCC, podemos citar: Maragato dos Alpes, Aqui Estoy da Santa Juvita, Hijo Bueno da Reconquista, Xingú Ibiá e muitos outros expoentes da raça.

Antes de mais nada vale mencionar que DT Delantero era de criação de Flavio Bastos Tellechea, da Cabanha Paineiras, localizada em Uruguaiana/RS. Contudo, atualmente o animal pertencia à parceria Delantero, composta pelas Cabanhas Maufer, Don Miro, Cabanha da Figueira, Cabanha da Charqueada, Basca, Reconquista e Gap São Pedro.

Por Equipe Cavalus
Fonte: ABCCC
Crédito da foto em destaque: Divulgação/ABCCC

Veja mais notícias do cavalo Crioulo no portal Cavalus

Continue lendo
X
X