Quarto de Milha

Quarto de Milha em foco com Potro, Copa e Derby ABQM

Publicado

⠀em

Hoje tem Três Tambores, Laço Cabeça e Working Cow Horse

A ABQM programou uma cerimônia de abertura para celebrar o começo de mais um evento do Quarto de Milha. Comandada pelo locutor Alessandro Mendes, a solenidade oficial do 40º Potro do Futuro, 13ª Copa dos Campeões, 5º Derby e 2º Juvenil foi realizada na tarde de domingo, 6 de outubro.

As arquibancadas da Arena Vetnil, no Parque Clibas de Almeida Prado, ficaram lotadas e houve presença de diversas autoridades. A ABQM foi representada pelo presidente do Conselho de Administração, Sérgio Ricardo Pulzatto; pelo superintendente-geral, Sérgio Ricardo da Silva, que esteve acompanhado pelos gestores de todos os Departamentos.

Segundo nota da ABQM, entre as personalidades da cidade de Araçatuba/SP, estiveram o prefeito Dilador Borges; o presidente do Sindicato Rural da Alta Noroeste, Fábio Freixo Brancato. E como convidados os incentivadores para a vinda da ABQM à Araçatuba, os criadores José Macário e Jamil Buchala. Além da participação do conhecido padre Edgar, da Paróquia Sant’ana.

ABQM: Abertura

Quatro cavaleiros montados deram o galope contornando toda a pista, com as bandeiras do Brasil, São Paulo, Araçatuba e do Potro do Futuro. A seguir, todos se postaram para ouvir o Hino Nacional Brasileiro. No telão foi exibido um pronunciamento da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Ela, inclusive, está no recinto no dia de hoje acompanhado as provas de perto.

E por falar em provas, o dia Quarto de Milha na Arena Organnact foi todinho voltado para a prova dos Três Tambores. A Copa dos Campeões foi disputada nas categorias Aberta Júnior, Aberta Sênior, Aberta Castrado e Pro-Light. Uma chuva de ‘16’ já começou em Araçatuba. Até o momento, encerrada a Aberta Junior com vitória de Rodrigo Fernandes de Oliveira e Cades Tres Seis HRZ, 16s830.

O menor tempo da modalidade até agora no evento é 16s695 de Gilson Borges dos Reis e ST Caloca, de Ademir José Rorato. Na Aberta Junior Castrado, o conjunto recordista mundial ficou com o título. O tempo foi 17s009 para Sidnei Pereira Junior e Game Boy e EK. Os dois também foram segundo lugar na categoria GP ABQM, o segundo menor tempo até o momento, 16s746.

O laço está ‘bombando’ nesse evento da ABQM

Na Arena Vetnil foi dada continuidade à prova do Laço Cabeça, com Potro do Futuro, classificatórias e finais, das categorias Amador, Amador Light e Jovem; Derby Amador e Jovem; Copa dos Campeões Amador, Amador Light, Amador Master A, Amador Master B, Amador Principiante, Jovem até 13 anos, Jovem 14 a 18 anos e Jovem Principiante.

Frederico Ary Stelle Neto com Obrigativo Pep Olena venceu classificatória (222,5 pontos) e final (225,5 pontos) do Laço Cabeça Potro do Futuro Amador. A nota do conjunto na decisão configura-se como a segunda maior até agora da modalidade nesse evento do Quarto de Milha. A maior (226 pontos) continua com JD Yates e HFM Clint Boy no Potro do Futuro Laço Aberta Livre.

Working Cow Horse dominou a Arena RAM hoje com Derby Aberta, Amador e Jovem; Potro do Futuro Aberta, Amador e Jovem. E Copa dos Campeões Aberta Júnior, Aberta Sênior, Amador Júnior, Amador Sênior, Amador Master A, Amador Master B, Amador Principiante, Jovem e Jovem Principiante.

Só pela ABQM, são mais de 20 fivelas de primeiro lugar para Brew Dual. Foto: Cedida/Arquivo Pessoal

A melhor performance do dia no Potro do Futuro foi de Henrique Paccola Ribeiro com Country A Play Z, 429,5 pontos, campeões categoria Aberta de Working Cow Horse. Nelson Rodrigues entrou em pista para buscar seu décimo título da ABQM nessa categoria. Ficou com o reservado campeonato e o terceiro lugar dessa vez. Com Eagle Hollygun QR marcou 420,5 pontos e com Bet This Oak, 420 pontos. Caso tivesse alcançado a vitória, manteria seu aproveitamento de 100%, ou seja, dez participações e dez títulos.

Na Copa dos Campeões do Quarto de Milha, porém, título para Nelsinho. E mais um troféu para o rosilho Brew Dual. Foram campeões de Working Cow Horse Aberta Senior com 440,5 pontos, a maior nota da modalidade até o momento nesse evento da ABQM. Em julho, foram campeões Nacionais. Outro conjunto acostumado aos pódios ganhou a Aberta Junior: Henrique Ribeiro montando Equicenter Country, nota 432 pontos.

Resultados completos, provas ao vivo, programação e demais informações: abqm.com.br/potrodofuturo.

Por Equipe Cavalus
Fotos: Cedidas/ABQM

Comentar com o Facebook

Quarto de Milha

A importância da formação e reciclagem dos juízes

Em nota, a Diretoria Executiva da ABQM informa que busca melhorias nos julgamentos das provas do Quarto de Milha

Publicado

⠀em

O treinamento de anos de um cavalo é posto à prova quando chega o momento da competição. Não apenas sonhos, como também todo o investimento estão em jogo. Antes de mais nada, há uma grande responsabilidade delegada aos juízes. São esses os profissionais habilitados a atribuir notas de acordo com as performances apresentadas. Inegavelmente, erros não são aceitos. E é por isso que regras de ingresso e reciclagem são tão importantes.

O assunto veio à tona logo após os julgamentos realizados nas provas do 43º Campeonato Nacional, 41º Potro do Futuro e 6º Derby da raça Quarto de Milha. Desse modo, a Diretoria Executiva da ABQM afirmou em comunicado que pretende ampliar a qualificação e a valorização dos juízes oficiais. E ainda tem meta de formar novos profissionais. Diversos pedidos, inclusive, partiram das Comissões de Modalidades, fundamentais na defesa do esporte esquestre.

Entre os objetivos divulgados pela ABQM, está o de consolidar a participação de juízes americanos nas competições de 2021. Assim como qualificar ainda mais os juízes oficiais brasileiros. De tal forma que serão programados cursos internacionais de julgamentos, ministrados por juízes da AQHA, associação americana do Quarto de Milha. Outro ponto é a realização de cursos para a formação de novos juízes.

Carlos Auricchio, presidente da ABQM, finaliza a nota dizendo que “a Associação busca, constantemente, a melhoria em todas as suas áreas, seja dentro ou fora das pistas de competições. Para esses avanços, terá todo o apoio das comissões, a quem agradece pelas informações e pela relevante parceria.”

Em nota, a Diretoria Executiva da ABQM informa que busca melhorias no quadro de juízes das provas do Quarto de Milha e tem planos para 2021

Capacitação de juízes

No entanto, durante o evento citado acima, os juízes oficiais da ABQM participaram de um curso de reciclagem, semipresencial, ministrado pelos juízes internacionais Jeff Allen e Chris Benedict, ambos membros da AQHA.

Desse modo, acompanharam online a capacitação juízes de todo o país. Já os profissionais que julgaram as provas participaram presencialmente, no Parque Clibas de Almeida Prado. Entre os temas, a reciclagem abordou as modalidades Laço Cabeça, Laço Pé, Laço Individual e Working Cow Horse. Acima de tudo, esses cursos já fazem parte do compromisso da Associação com os competidores e todos aqueles que participam das competições da raça.

De acordo com Fernanda Costa, coordenadora de Jurados da ABQM, Jeff Allen é instrutor de juízes de Laço da AQHA. Enquanto Chris Benedict é o juiz com o maior número de Mundiais AQHA julgados, além de um dos mais requisitados nas provas de Working Cow Horse. “Estamos empenhados em propiciar oportunidades para o aprimoramento técnico e para a excelência nas avaliações, respeitando os regulamentos (competições e jurados), cavalos, competidores, criadores e ABQM.”

Por Equipe Cavalus
Crédito das fotos: Cedidas/ABQM

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Quarto de Milha

ABQM e ABNT lançam ‘Prática Recomendada de Equipamentos’

O objetivo do documento elaborado pela ABQM junto à ABNT é padronizar os equipamentos utilizados em provas equestres do Quarto de Milha

Publicado

⠀em

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha – ABQM e Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT lançaram a ‘Prática Recomendada de Equipamentos’. O anúncio aconteceu durante o 3º Campeonato Nacional, 41º Potro do Futuro, 6º Derby & 3º Juvenil no Haras Raphaela em 30 de outubro. Em discurso no centro da pista de provas (foto), o presidente da ABQM, Caco Auricchio, recebeu o presidente da ABNT, Mário William.

De acordo com o presidente da ABQM, Caco Auricchio, o objetivo é estabelecer recomendações, inicialmente para as modalidades Laço Individual, Três Tambores e Vaquejada. Além disso, o documento tem a função de padronizar os equipamentos necessários para cada uma das competições. Ou seja, há uma busca por definir um patamar mínimo de segurança em cada uma delas. E ainda a preservação de cavaleiros, equinos e bovinos.

O presidente da ABNT, Mário William, atesta que o documento (ABNT PR 1008) está dividido em cinco partes. E, acima de tudo, é destinado à normatização de equipamentos utilizados nas atividades esportivas equestres da raça de cavalos Quarto de Milha.

Os trabalhos iniciaram em fevereiro deste ano. Participaram as áreas de Bem-Estar Animal e Sustentabilidade e Sistema de Gestão da Qualidade da ABQM. Bem como a gerência de Normatização Nacional da ABNT. Trataram, sobretudo, da análise de documentação e necessidades. Ao final de seis meses de debates e adequações, saíram os cinco primeiros documentos, submetidos à Consulta Nacional.

São eles:

O objetivo do documento elaborado pela ABQM junto à ABNT é padronizar os equipamentos utilizados em provas equestres do Quarto de Milha
Documento contempla, a principio, as modalidades Laço Individual, Três Tambores e Vaquejada

Metas futuras

A intenção é que a ABNT e a ABQM desenvolvam ‘Práticas Recomendadas’ para as mais de 20 modalidades existentes no Brasil. Praticadas nos eventos oficiais e oficializados da ABQM. Além da ABNT PR 1008, está em desenvolvimento também outra Prática Recomendada que cuida de ‘Operações seguras para realização de eventos equestres, de montaria, agropecuários e exposições’.

O documento tem por intuito fornecer uma estrutura operacional e recomendações técnicas de limpeza, desinfecção e de operação segura para prevenir a propagação do vírus SARS-CoV-2 (novo coronavírus). O foco desse estudo, sem dúvida, é a a realização de eventos equestres, de montaria, agropecuários e exposições. E o objetivo é proteger praticantes, profissionais de apoio (tratadores, transportadores) e equipe técnica.

Da mesma forma que esse documento estabelece ainda procedimentos para limpeza e desinfecção de veículos, trailers, equipamentos esportivos. B em como de baias e pavilhões, currais, pistas de exposição/competição. E até cabine de locução e áreas de julgamento. Além disso, define cuidados preventivos para hospedagem dos tratadores, e nas tratativas dos animais. Conforme nota da ABQM, o documento está em fase avançada de elaboração e deve ir para a consulta nacional este mês.

Pódio ANTT

ANTT

A Associação Nacional dos Três Tambores – ANTT realizou uma Etapa Especial durante o 43° Campeonato Nacional da ABQM pelo terceiro ano consecutivo. A saber, o evento ocorreu no Complexo Haras Raphaela entre os dias 23 de outubro e 1° de novembro. Com resultado, as competidoras que optaram por participar dessa etapa receberam pontos nas categorias Feminino e Mirim para o Circuito RAM Rodeo ANTT.

Pela categoria Feminino a disputa foi acirrada entre as inscritas filiadas à ANTT. Antes de mais nada, os pontos desta Etapa Especial já contam para o ranking da temporada 2020/2021. O título ficou com Campeã Nacional Caroline Rugolo. Em resumo, Carol venceu a prova com o tempo de 16s910 em conjunto com PG Blube Max Jazzy. Por outro lado, entre as pequenas estrelas da categoria Mirim, a vitória ficou com Sofia Esser, de apenas 10 anos. Montando King Gates marcou 17s743.

Entre os dias 19 e 21 de novembro a ANTT realiza a terceira etapa do seu campeonato. A edição de estreia da Copa NSG, em São Pedro/SP, acontece na Arena Coberta do Haras NSG, uma das melhores estruturas para competições do país. Dessa forma, entre as diversas categorias da modalidade Três Tambores, Feminino e Mirim valerão pontos para o ranking da ANTT.

Fonte: ABQM e ANTT (Assessoria de Imprensa)
Crédito das fotos: ABQM/Divulgação e Hugo Lemes

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo

Quarto de Milha

Associação do Quarto de Milha anuncia parceria com a ANDE-Brasil

Publicado

⠀em

Superintendente da ABQM, a associação do Quarto de Milha, se reuniu com o presidente da Associação Nacional de Equoterapia em Brasília/DF

Com o intuito de firmar novas parcerias na área social, a Associação do Quarto de Milha esteve em Brasília/DF. Primeiramente, o superintendente geral da ABQM, Manuel Rossitto, se reuniu com o presidente da Associação Nacional de Equoterapia, Jorge Dornelles. De tal forma que eles trataram sobre futuras parcerias entre as duas entidades.

Rossito também visitou o Parque de Exposições Granja do Torto (PGT). Na ocasião, reuniu-se com o diretor presidente do parque, Eugênio Farias. “A nossa ideia é firmar parceria entre ABQM e a ANDE-Brasil, para ampliar nosso projeto de Equoterapia em todo país”, ressalta.

Após a conversa, o superintendente conheceu a estrutura da ANDE-Brasil. Assim como assistiu a uma aula com as crianças que fazem parte do programa. A saber, a entidade atende crianças com deficiência e em estado de vulnerabilidade. Fundada em 10 de maio de 1989, é uma entidade civil sem fins lucrativos, de caráter filantrópico, assistencial e terapêutico.

Superintendente da ABQM, Associação do Quarto de Milha, se reuniu com o presidente da Associação Nacional de Equoterapia em Brasília/DF
Manuel Rossito, Jorge Dornelles e Eugênio Farias

ANDE-Brasil

Sediada em Brasília, a ANDE-Brasil já realizou 130 edições de Curso Básico de Equoterapia em sua sede. Desse modo, ao todo foram capacitados mais de 10.000 profissionais brasileiros e 55 estrangeiros. Além disso, realizou três edições de Curso Especial de Equoterapia em Portugal. Por outro lado, são 18 edições de Curso Avançado, capacitando mais de 500 profissionais.

A ANDE-Brasil, que tem como missão oferecer a Equoterapia como meio de reabilitação, de educação e de inserção social para melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência ou necessidades especiais, realizou 31 edições de Curso de Equitação para Equoterapia, capacitando mais de 500 profissionais. E ainda promoveu seis congressos brasileiros, com presenças nacionais e internacionais, e um congresso internacional.

Acima de tudo, o trabalho da ANDE-Brasil tem três pilares: seriedade, profissionalismo e responsabilidade. Fatores que colaboraram para um padrão respeitável da Equoterapia no Brasil.

Fonte: ABQM e ANDE-Brasil
Crédito das fotos: Divulgação

Veja mais notícias da raça Quarto de Milha no portal Cavalus

Comentar com o Facebook

Continue lendo
X
X